Capítulo 15: Em Estado Crítico


A noite já estava surgindo. O sol já tinha sumido atrás das montanhas. O vento frio do inverno soprava para todos os lados.

Rayzaki usou um esforço sobre-humano para finalmente conseguir assumir o controle do voou, claro que pra isso ele teve que sacrificar um pouco da sua velocidade. Ele já não voava na velocidade do som, mas estava no limiar.

Os três tentáculos saíram de suas costas. Com a ajuda deles, ele podia ver que duas pessoas o seguiam em uma alta velocidade.

Uma das pessoas estava sentado em um trono enquanto o outro estava em pé como um guarda real. Eles estavam dentro de uma esfera de energia purpura.

Nos tentáculos há câmeras embutidas que o permite ver tudo o que os tentáculos veem.

Com a palma da mão aberta e estendida para trás, ele disparou um jato de energia com a mão direita contra os seus perseguidores.

O raio de energia atingiu a esfera purpura e deslizou sobre ela como se fosse água indo contra uma barragem esférica. O pior é que não surgiu nenhum efeito. A esfera não abrandou sua velocidade.

– Maldição… Como é que esses monstros ficaram sabendo que eu era a pessoa por trás das pílulas? Quem foi o futuro defunto que abriu o bico? – Rayzaki praguejou.

– Será que…? Só pode ser. Meu pequeno show na Torre de Babel atraiu a atenção deles pra mim. E quando eu fui na Casa de Leilões hoje usando o mesmo disfarce que eu usei na Torre de Babel, somente um idiota não iria untar os pontos. Claro, eu sou um idiota por ter trazido essa tribulação pra cima de mim mesmo. Se ao menos eu pudesse… Só de pensar nisso me da uma vontade mutilar aquele infeliz!

Enquanto voava, Rayzaki abriu a maldita janela para ler com um pouco mais de calma.

Você foi atingido por um ataque espiritual.
Você foi amaldiçoado!
Maldição do Leviatã

 

Uma poderosa e antiga maldição que sela o poder do alvo.

 

Todas as Habilidades/Personagens adquiridos ate o momento foram bloqueados. Você não pode usar nenhuma Habilidade/Personagem e seus efeitos são negados.

 

Habilidades/Personagens bloqueadas não podem ser aprendidas novamente.

 

Pílulas-EX de personagens bloqueados não terão efeito algum enquanto a maldição permanecer ativa.

 

Você só pode tomar 1 Pílula-Avatar ou EX a cada 72 horas.

 

Você só pode tomar 1 Pílula-Avatar por personagem. Pílulas do mesmo personagem não surtirá efeito algum a partir da segunda dose.

 

Nenhuma nova habilidade, além das concedidas pelas pílulas podem ser aprendidas.

 

Títulos não são afetados pela maldição.

 

75% de seus stats foram perdidos permanentemente.

 

Nenhuma EXP será adquirida enquanto a Maldição do Leviatã permanecer ativa.

 

HP e ENERGIA irão aumentar normalmente.

 

Enquanto a Maldição do Leviatã permanecer ativa, todos os efeitos descritos acima permaneceram.

 

Para quebrar a maldição, o item usado para lançar a maldição, o Cajado do Leviatã, deve ser destruído.

 

Assim que Rayzaki terminou de ler, um fogo explosivo se ergueu dentro dele. Como ele odiava aquele maldito encapuzado. Ele jurou em seu coração que iria fazer aquele verme se arrepender de ter nascido.

(TING)

Alerta de Missão!
Quebrando a Maldição!
Uma maldição foi lançada e em sua alma enraizada. Usando o poder do demônio Leviatã, um misterioso mago conseguiu com efeito lançar uma maldição em você. A maldição roubou 75% de seu poder e selou todas as suas habilidade e personagens já adquiridos. Felizmente pra você, os Títulos são imunes a esse tipo de poder externo.

 

Para quebrar a maldição é necessário destruir a sua fonte, o Cajado do Leviatã. Ache o cajado e o destrua para quebrar a maldição. Cuidado, esta missão pode lhe custar a própria vida para ser concluída.

 

Requisito: ter sido amaldiçoado pelo Cajado do Leviatã; nível 10 ou maior.

Rank da missão: C

Tarefa: achar e destruir o Cajado do Leviatã.

Tempo Limite: nenhum

 

Recompensa dada pelo sistema:

+ a maldição será quebrada e suas habilidades e personagens serão liberados

+ 100000 EXP

+ ???

Aceitar missão?
Sim Não

Sem hesitar, ele aceitou a missão

Distraído, ele apenas sentiu seu corpo atingir algo como se fosse uma parede. Na verdade, era uma parede. Uma parede de energia purpura com mais de 100 metros de altura e mais de 200 metros de comprimento.

Ele se sentiu um inseto batendo no para-brisa do carro em alta velocidade.

(TING)

Você sofreu um grande impacto. Você sofreu 10000 de dano
– 300 HP

– 50 HP

– 200 HP

– 400 HP

– 100 HP

– 500 HP…

Nem mesmo a armadura foi capaz de proteger o seu corpo. Ele sentiu seus órgãos serem apertados e seus ossos racharem. Ele devia ter quebrado umas 3 costelas, provavelmente.

Dentro do capacete, inúmeras mensagens de alertas do sistema explodiram diante de seus olhos. Ele não fazia ideia do que significavam. Ele podia apenas chutar e dizer que:

– Ferrou.

A armadura tinha apenas 10% de energia restante. Faíscas estavam saindo das juntas, um pedaço do capacete se partiu e revelou seu rosto do lado esquerdo.

Além de bater no muro de energia bruscamente em alta velocidade, ele sentiu que o muro tinha algum tipo de força magnética. Antes desse chocar, foi como se sua velocidade aumentasse, e depois de se chocar, foi como se uma força repulsiva emanasse do muro.

Sangue escorreu de sua cabeça e desceu pelo seu rosto. Rayzaki segurou a vontade de vomitar sangue na garganta enquanto caia quase inconsciente.

Um estrondo repercutiu ao redor e uma cratera pequena se formou tendo o corpo de Rayzaki como centro.

(TING)

Você está em estado crítico.
4 costelas estão quebradas e 2 fraturadas.

 

Seus órgãos internos sofreram uma grande pressão.

 

Fragmentos de ossos perfuraram alguns órgãos.

 

Você sofreu uma concussão.

 

Você esta com hemorragia interna.

 

Você esta sangrando.

 

Você esta com tontura.

 

Você tem 3% de chance de alucinar.

 

Se não for tratado imediatamente, você vai morrer.

 

– 500 HP a cada 10 segundos

 

Sem hesitar, ele murmurou.

– Desequipar… – pra falar a verdade, ele nem precisava dizer algo, apenas pensar já seria suficiente, mas na hora ele apenas agiu por impulso.

A armadura sumiu e em seguida ele já estava vestido com o manto e a máscara. De quatro no chão, com o braço tremendo, ele afastou a máscara e vomitou sangue.

Rayzaki sentiu seu corpo ficar mais fraco.

Mesmo fraco, ele só pensava em sobreviver pra caçar e estripar aquele maldito.

– A vingança é um prato melhor servido três vezes.

Ele virou seu corpo e foi forçado a se sentar enquanto se apoiava nos braços. Rayzaki olhou para o céu. Parado no ar acima das árvores, a mais de 20 metros de distância dele estavam as duas pessoas. Aquele esquisito dentado no trono e o possível cavaleiro.

O cavaleiro usava uma armadura típica de jogos RPG onde qualquer jogador iria a loucura para conseguir tal artefato. A armadura era negra com riscos que pareciam veias vermelhos de energia. Nas costas dele havia uma espada templária com uma lamina negra e alguns centímetros mais larga que espadas normais.

– As pílulas, entregue-me. – a voz de Draiko estava calma, mas tinha um tom autoritário. Era como se o mundo devesse se curvar diante de sua presença. Esse era o tipo de pessoa que Rayzaki mais odiava.

– Que pílulas? – Rayzaki se fez de desentendido.

– Hmm… – Draiko ergueu a sobrancelha. – Mesmo sabendo de sua atual situação, você se recusa e admitir a derrota. Quantos anos você tem? 16? 17? Interessante. Algumas horas atrás encontrei alguém com uma atitude parecida com a sua. Ele devia ser um ou dois anos mais velho que você. Falando nisso, ele emanava uma sensação parecida com a sua. Talvez vocês sejam parentes? Deixe-me ver… Daniel, qual era o nome dele mesmo e qual seita?

Rayzaki não sabia por que, mas ele sentia um mal agouro. Uma sensação terrível começou a se manifestar dentro dele.

– Sim, mestre. – o homem chamado Daniel se curvou. – O nome da seita é Iron Dragon…

Quando ouviu o nome da seita, apenas um rosto veio a mente de Rayzaki.

Raikon Zukar.

Raikon é seu irmão mais velho. Além de seu pai, Raikon era a pessoa mais importante do mundo para Rayzaki.

Por ter crescido na Terra sendo órfão, quando chegou a esse mundo no corpo de Rayzaki, ele conheceu o que era ter uma boa família. Ele iria fazer qualquer coisa para protege-los.

– Já o nome da criança, infelizmente não sabemos, mestre. – Daniel se curvou respeitosamente.

Os lábios de Draiko se curvaram em um sorriso sádico.

– Pelo seu estado, vejo que você tem alguém que lhe é importante naquilo que chamam de seita. Como eu vejo, você tem apenas três opções. Primeira, você me entrega todas as pílulas de boa vontade e eu talvez lhe deixe viver. Segunda, eu te mato simplesmente e pego as pílulas. E terceira, você de alguma forma consegue escapar e a Seita Iron Dragon deixa de existir.

Apesar de calmo e sereno, Rayzaki sabia que aquele homem sentado no trono estava falando sério. De alguma forma, Rayzaki sabia que aquele homem tinha o poder para aniquilar toda a Seita Iron Dragon.

Ele não fazia ideia do que fazer. Ele estava tão ferrado.

Comentários