iLivro

Capítulo 4: Skill Book


Rayzaki teve um treco. Ele caiu em sua cama com os olhos fechados. Quando reabriu os olhos, o sol já estava se pondo e ele finalmente estava mais calmo.

Pensando mais calmamente, fazia sentido as Joias do Infinito aparecer na Loja, afinal, aparentemente elas não tinham dono, e qualquer um pode usa-las. Então, qualquer personagem da Marvel que aparecesse, até mesmo os normais, iria desbloquear as joias na loja.

– Porque que tinha que ser tão caro? E que diachos de números são esses?

Ele mal sabia contar os números da casa dos bilhões, que dirá o que vinha depois. Será trilhões?

Seja como for, ele sabia que o preço era um roubo. E o pior? Ele sabia que o preço estava bem mais barato do que realmente devia ser.

Pelo o que ele entendia, diga-se, leu na internet, as joias estavam abaixo apenas do Tribunal Vivo que estava abaixo apenas de One-Above-All, o “Deus” do universo Marvel.

Claro que ele pesquisou sobre as joias. Qualquer noob da Marvel possivelmente fez o mesmo depois dos filmes. Por isso ele tinha uma teoria.

Para não entrar em conflito, o sistema modificou a forma em que as joias foram criadas. Ele usou as informações que foram liberadas até 2016.

Sendo assim, as joias tem os poderes dos quadrinhos, a forma perfeita para usar na manopla, mas sua criação veio dos filmes. O sistema usou a história da singularidade no início do universo.

Essa era sua teoria, e ele tinha 80% de certeza de que estava certa.

Isso explicaria o porquê de não ter os outros artefatos poderosos do universo Marvel, como o Coração do Universo.

Os outros artefatos foram todos criados por personagens, logo, eles só iriam estar disponíveis na loja somente quando ele tirasse uma pílula do criador, One-Above-All, ou do personagem que a usou, como por exemplo o Coração do Universo sendo usado pelo tal do faraó(ele não se lembrava do nome dele), ou Thanos.

Rayzaki nem queria imaginar o preço de tal artefato.

Enquanto pensava nessas coisas, o subconsciente de Rayzaki já estava bolando um plano.

Ele já sabia qual era o seu objetivo final. Se era pra ter poder, ele queria estar acima de todos. Então só restava uma opção.

Adquirir o personagem One-Above-All, mas não era só isso. Para não correr qualquer risco, ele iria adquirir a Presença, a Mão, a Voz, a Fonte ou Yahweh, seja lá o que fosse, tudo o que ele sabia era que o personagem era tido como o “Deus” do universo DC.

Tendo essas duas divindades, não haveria ninguém acima dele, pelo menos assim ele esperava.

Para alcançar o seu objetivo, ele iria precisar de dinheiro, muito dinheiro. No final, tudo iria se resumir a dinheiro. Tudo se resumiria em adquirir uma única joia.

A Joia da Realidade.

Com esta joia, ele iria desejar muito dinheiro, assim iria adquirir todas as outras joias, depois iria comprar inúmeras fichas e iria usar a MacBot para adquirir todos os personagens e iria usar todos antes de usar as duas divindades.

Melhor prevenir do que remediar. Por precaução, ele também iria comprar inúmeras pílulas e guardar em seu inventário, afinal, esse mundo é grande e nunca se sabe quando vai encontrar alguém que possivelmente poderia apagar todos os seus poderes. Ele só espera que o sistema não fosse apagado também.

Como porto seguro ele iria criar planos para se algo assim acontecesse.

Ele estava considerando em dizer ao pai e irmão sobre o sistema, mas agora que ele tinha tal objetivo, e depois de considerar, achou melhor ninguém saber de tal habilidade, jamais.

Como ele havia ponderado, nunca se sabe quando alguém com poder suficiente para derrota-lo irar surgir, sendo assim, o próprio sistema era um plano de backup.

Estava decidido, o sistema é um segredo que ninguém é permitido saber. Quanto aos poderes adquiridos dos personagens?

Isso já era outra história.

Até parece que ele iria bancar o tímido tendo tais poderes.

Rayzaki saiu do quarto e foi para o pátio aprender a usar suas novas habilidades.

Depois de quatro horas, o céu já estava coberto por estrelas e três luas o enfeitavam. Cada lua estava em uma direção diferente, e cada uma estava em uma fase diferente. Era raro ver as três luas cheias no céu, mais raro ainda era ver um eclipse lunar triplo.

Não era só a lua que era o triplo neste mundo. Também havia três sois formando um triângulo no céu enquanto o planeta orbitava girando ao redor do triângulo.

Eclipse solar triplo? Considere o seguinte: 1 a cada 1 milhão de anos.

Rayzaki caminhou até a sala de jantar. Desta vez ele encontrou o seu pai sentado em uma extremidade da mesa e na outra ele encontrou o patriarca da família, Zabhor Zukar, seu avô.

Zabhor Zukar nunca lhe tratou como lixo, mas também nunca lhe tratou bem. Uma simples palavra o descreveria: neutro.

Rayzaki não gostava de seu avô, mas também não desgostava dele. Para Rayzaki, Zabhor era apenas um conhecido com quem ele nunca realmente chegou a conversar.

[Patriarca do Ramo Familiar da Cidade Sandell]

Zabhor Zukar

Nível 41

Rayzaki pode imaginar de o porquê do patriarca estar aqui.

– Então é verdade, pequeno Rayzaki realmente se tornou um Neiran. Bom, muito bom.

Rayzaki não deu muita atenção ao avô, e nem Zabhor ousou tentar conversar com Rayzaki. Ele sabia que sua atitude com o neto no passado foi errada e provavelmente não iria ser consertada da noite para o dia.

Rayzaki estava mais preocupado em como ganhar dinheiro. Núcleos de bestas mágicas.

Quando um animal comum consegue cultivar, um núcleo é formado em sua cabeça.

Os núcleos são divididos em 7 cores. Cada cor representando um elemento.

Azul: água.

Vermelho: fogo.

Verde: vento.

Amarelo-barro: terra.

Amarelo: raio.

Branco: luz.

Preto: escuridão.

Além disso, eles também são classificados por seu cultivo. Cada núcleo tem em seu interior de 1 a 10 estrelas indicando a camada do nível de seu cultivo. As estrelas mudam de cor cada vez que o nível do cultivo rompe para o próximo.

Neiran: Rank C: Estrela Cor-de-Rosa.

Zuran: Rank B: Estrela Cinza.

Keyoji: Rank A: Estrela Púrpura.

Xantiam: Rank S: Estrela Dourada.

Somente bestas mágicas até o nível Xantiam tinham núcleos. A partir do nível Yeiran era a mesma coisa dos humanos, seus núcleos explodem e se fundem ao corpo as permitindo tomar forma humana.

Bestas mágicas eram mais inteligentes que animais comuns e conforme seu cultivo aumenta, sua inteligência pode superar até mesmo os humanos.

Enfrentar uma besta mágica com mesmo nível era cortejar a morte. Para enfrentar uma besta um humano deve considera-la duas camadas acima de seu real cultivo.

Obviamente quanto maior o rank e o número de estrelas, maior é o valor do núcleo.

– Rayzaki, agora que você se tornou um cultivador, você pode ir na biblioteca da família aprender uma boa técnica de cultivo, além de técnicas marciais. – Zabhor informou depois do jantar.

– Obrigado, patriarca. Escutarei seu conselho e irei o mais breve possível. – Rayzaki foi formal com Zabhor.

O patriarca suspirou. Isso foi culpa dele mesmo por ter sido um péssimo avô.

– Bom. Espero ver grandes proezas de você daqui três meses na reunião familiar.

Rayzaki apenas acenou. Em seguida ele se virou para o pai.

– Pai, estarei me retirando por agora.

Tristan acenou para o filho.

Depois de sair da sala de jantar, Rayzaki foi direto para a biblioteca. Ele achou melhor ir nessa hora para não correr o risco de deparar com algum membro da família. Apesar de todos os jovens estarem na seita Iron Dragon, ainda havia os adultos.

Rayzaki simplesmente não estava com estomago para aturar os malditos olhares.

Assim como os comprimidos e os núcleos mágicos de bestas, as técnicas de cultivo, artes marciais e alquimia eram classificadas por rank’s também. Sendo o menor rank “G” e o maior “SSS”.

Como ele não podia cultivar antes, Rayzaki não era permitido a entrar na biblioteca.

Caminhando pelo térreo, o qual era para todos do nível Neiran, ele percebeu que as técnicas eram todas de Rank G.

A biblioteca tem quatro andares.

Térreo: tem todas as técnicas de nível Neiran.

1º andar: todas as técnicas são do nível Zuran.

2º andar: as técnicas são do nível Keyoji.

3º andar: as técnicas são do nível Xantiam.

Para impedir que alguém tente ir no andar ao qual não corresponde, pedras espirituais com feitiços servem como uma porta. Basta tocar a pedra para o caminho ser liberado.

Ao tocar o primeiro livro, algo aconteceu o pegando de surpresa.

(TING)

Nova habilidade adquirida!
Ascensão do Dragão Espiritual –(Ativa)
Uma técnica marcial que utiliza Qi nos punhos o fortalecendo, assim podendo até mesmo lançar ataques de longa distância contra o inimigo.

 

Rank: F

Requisitos: Nível 11; 501 Energia

Ataque: 100~???

Custo: 500 Energia

 

De alguma forma ele ainda foi surpreendido, mesmo depois de tudo.

– Que estranho. O sistema classificou essa habilidade como Rank F… Mas, parando para pensar… essa habilidade tem potencial pra ser até mesmo uma habilidade de Rank S. Basta imaginar o Superman usando essa habilidade.

(TING)

A Loja foi atualizada!

Você agora pode comprar na Loja.

Rayzaki deu apenas uma olhada na mensagem antes de quase ter mais um infarto.

Se fosse o que ele estava pensando, ele não iria ficar rico?

Controlando sua respiração, ele guardou o livro na estante e em seguida abriu o status.

– Abrir status.

NomeDavid ShawNível11
EXP1200/6600
HP

(10,6/segundo)

1140Energia

(14/segundo)

1360
Pointcoin55Ficha (F)0
Habilidades/Personagem
·        Capitão América

·        Ascensão do Dragão Espiritual

Ascensão do Dragão Espiritual –(Ativa)

 

Uma técnica marcial que utiliza Qi nos punhos o fortalecendo, assim podendo até mesmo lançar ataques de longa distância contra o inimigo. O dano causado no alvo depende da força do usuário e do quanto pretende-se causar ao alvo.

 

Rank: F

Requisitos: Nível 11; 501 Energia

Ataque: 100~???

Custo: 500 Energia

 

Depois de verificar o status e confirmar a habilidade, Rayzaki abriu a Loja.

Na loja ele viu mais um produto. Estava como:Skill Book Rank F: Ascensão do Dragão Espiritual. Seu preço era de 100 Pointcoins.

Rayzaki respirou fundo. Estava na hora do experimento.

Ele abriu o banco e converteu 50 moedas de ouro em Pointcoins. Tendo agora 105 Pointcoins, ele respirou mais uma vez e os gastou comprando o livro de habilidade. Lhe restou apenas 5 Pointcoins e 5 moedas de ouro.

Apareceu uma mensagem dizendo que o livro foi adicionado em seu inventário.

Ele fechou a loja e abriu o inventário e lá encontrou o livro. Hesitante, ele o retirou.

Ele se surpreendeu. Era uma cópia perfeita do livro original. Tinha até mesmo o traço de Qi.

Ele estava rico!

Esse livro de habilidades custa no mínimo 500 moedas de ouro, mesmo sendo Rank G. ele o adquiriu por 100 moedas de ouro. Se o sistema fizer o mesmo com comprimidos de cultivo, armas, objetos marciais, núcleos de bestas mágicas, etc… Então ele está definitivamente rico.

Parando pra pensar, as Pílulas-Avatares podem ser usadas por outras pessoas também aparentemente.

Se ele fingir ser um alquimista e vende-las no leilão, então ele está feito, pois de uma coisa ele tem certeza: as Pílulas-Avatares são melhores do que qualquer comprimido de cultivo do mesmo rank, afinal, além de dar energia (Qi), elas também dão habilidades.



Capítulo Anterior      Menu    Próximo Capítulo

Comentarios em Another Level: Capítulo 4

Categorias