iLivro

Os próximos esqueletos foram derrotados, sendo que cada um, demorou em torno de 1 hora e meia para serem derrotados.

 

Alan estava cheio de feridas por todo o seu corpo, e estava extremamente cansado de lutar com 99 Esqueletos usando todas as suas forças.

 

Seus 3 Mares Espirituais estavam quase vazios, sangue pingava de seus braços, pernas e cabeça.

 

Um humano normal já estaria gemendo e chorando de dor, mas Alan é imune a dor, então além de um desconforto, ele não se importa muito.

 

Mas não significa que ser imune a dor, ele será imune ao cansaço também.

 

Alan estava em seu limite depois de lutar com o 68° Esqueleto, mas ele continuou a se forçar a lutar, ele não sabe o motivo ao certo, mas ele sente que será um enorme benefício para ele no futuro.

 

Alan olhou com os olhos meio abertos para a frente, onde haviam 99 pessoas ajoelhadas diante o esqueleto com a Armadura do Dragão Vermelho.

 

Havia uma variedade de emoções na face do esqueleto, ele olhou para todos os fantasmas ajoelhados e suas chamas brilharam intensamente, e então ele olhou para Alan.

 

O esqueleto fez apenas um sinal com a mão, e Alan entendeu e agradeceu.

 

Alan então de repente desapareceu, pois entrou dentro do Reino.

 

O sinal que o esqueleto havia feito, era um sinal para ele se recuperar, pois ele queria lutar com Alan em seu melhor estado.

 

 

Dentro de seu Reino, Alan simplesmente desabou no chão de tão cansado que estava, e isso fez com que várias Harpias que estavam sobrevoando os arredores vissem isso e ficassem preocupadas.

 

Logo as Harpias de Bronze e Prata chegaram e o levaram para o Palácio, para se recuperar e descansar.

 

 

Alan ficou 1 semana inteira adormecido e quando acordou, ele se sentiu um homem novo!

 

Seu corpo estava completamente relaxado, e sua aura estava milhares de vezes mais refinada, como se fosse uma espada monstruosa dentro de uma bainha.

 

E junto com o Soberano Supremo das Espadas, a sua aura tinha um toque de arrogância imensa, que faria qualquer mulher ser atraída.

 

Alan ficou chocado com as mudanças em sua aura, assim como também sentiu que sua mente estava várias vezes mais ágil que antes.

 

– Sistema, o que está acontecendo?

 

[Respondendo ao usuário! Sua mente depois de tantas batalhas, recebeu enormes benefícios e você se tornou mais experiente no combate! Isso causou um pequeno despertar na Alma de Batalha, que é algo impossível de se ver, apenas se pode sentir!]

 

– Alma de Batalha? O Que é isso?

 

[A Alma de Batalha é algo que todos conseguem despertar, mesmo humanos normais conseguiriam isso, e pelo menos todos os Monarcas Marciais tem tal coisa!]

 

[A Alma de Batalha só é possível despertar, depois de incontáveis batalhas ou quando a alma de alguém chega até certa iluminação no caminho da batalha, que lhes permite despertá-la! Mas saiba, não haverá mudanças em sua força ou compreensão, mas quando em batalha, sua mente agirá muito mais rápido e você conseguirá usar eficientemente todas as suas técnicas!]

 

Ouvindo isso, Alan ficou chocado, sem saber o que dizer, pois mesmo não sendo algo que melhore a sua força ou compreensão, mas ainda é de imenso benefício para quando ele for lutar em combates.

 

– Espera! Como eu nunca soube disso?

 

[A Alma de Batalha é um estado que ninguém pode ver, apenas sentir, e quando aparece, no máximo as pessoas sentirão que suas mentes se tornaram mais ágeis e é apenas isso, então é normal que não esteja em informações, pois as pessoas em seu Universo não descobriram tal coisa ou não divulgaram!]

 

Ouvindo o sistema, às dúvidas de Alan sumiram e então um cheiro surgiu, um cheiro bastante perfumado e quando ele olhou ao redor, ele estava em seu quarto dentro do Palácio.

 

E ao seu redor, havia Aica, Rina e várias Harpias deitada ao redor dele.

 

Todas estavam dormindo profundamente, e o estranho, todas estavam nuas.

 

Alan olhou para baixo, e percebeu que também estava nu, e ele sentiu uma sensação estranha em seu Malaquias.

 

Ele então olhou para baixo e entre as pernas de todas percebeu um líquido branco em suas fendas e então sua expressão escureceu.

 

– Que porra aconteceu?

 

[… Por causa das várias batalhas, o usuário ficou sobre imensa tensão e a 3 dias, quando seu corpo se recuperou completamente, seu corpo queria soltar os desejos guardados dentro de si, mas você estava inconsciente, mas isso não mudou o fato de que seu pênis estava de pé, e algumas Harpias viram isso e aproveitaram, e desde então todas as Harpias, Aica e Rina, estão vindo diariamente ao seu quarto!]

 

Ouvindo isso, Alan soltou um sorriso amargo, não achando que algo assim teria acontecido.

 

Alan sorriu e então se levantou e saiu do quarto, e logo depois Aica e Rina abriram os olhos depois que ele saiu e sorriram uma para a outra e depois voltaram a dormir.

 

As Harpias também acordaram e soltaram um leve suspiro de alívio e depois voltaram a dormir.

 

O sistema não contou completamente a verdade.

 

O que realmente aconteceu, foi que seu corpo inconscientemente se moveu sozinho a 3 dias atrás, e então começou a fazer sexo selvagem com todas sem restrições.

 

Aica e Rina não foram exceções, e desde 3 dias atrás, nenhuma delas tem dormido direito, pois Alan a cada 10 minutos escolhia uma nova para penetrar.

 

Se Alan soubesse disso, ele ficaria chocado e sem saber o que dizer.

 

Alan depois de um tempo, voltou para aquele salão escuro e viu novamente o Esqueleto com a Armadura do Dragão Vermelho.

 

E vendo que Alan havia voltado completamente recuperado, o esqueleto apenas assentiu e deu grandes passos a frente.

 

E de repente, uma quantidade monstruosa de Energia Espiritual surgiu nos arredores e entraram dentro do corpo do esqueleto.

 

A quantidade era tão grande, que deu um enorme susto em Alan, mas então ele viu algo chocante.

 

Essa Energia Espiritual não aumentou a força do esqueleto, ela simplesmente se juntou ao seu redor e então carne, músculos e pele começaram a se formar.

 

Mas as partes que estavam se formando irradiavam com luz azul clara, e era um pouco instável, parecendo que iria desaparecer a qualquer momento.

 

E então a aparência de um homem de 25 a 30 anos surgiu no lugar do crânio esquelético.

 

Um sorriso surgiu no rosto do homem e então a voz soou.

 

“Olá meu jovem! Me chamo Lucius D. Eeter, segundo príncipe da Nação do Fogo! Posso saber sua identidade? ”

 

Alan ficou surpreso ouvindo a voz do homem, mas não chocado, pois esperava algo do tipo.

 

“Alan! Mestre da Seita Chama Celestial! ”

 

“Chama Celestial? Não conheço tal Seita, deve ter sido uma que foi formada depois de eu ter sido preso nesse lugar com meu exército! Você pode me dizer como está o lado de fora desde que eu morri? ”

 

Alan não esperava que em vez de lutar, começaria um diálogo com Lucius, mas é até justificável que isso aconteça, pois como um príncipe, ele deveria estar preocupado com a sua Nação.

 

“Bem, não sou muito informado sobre a Nação do Fogo ou outras Nações, mas posso lhe dizer o seguinte! ”

 

 

Alan então começou a contar várias histórias que havia acontecido, desde os Dragões e Fênixs, alguns talentos que surgiram nas várias Nações, guerras que aconteceram e etc.

 

Lucius ouviu atentamente e um olhar decepcionado surgiu em seu rosto.

 

“Nosso mundo caiu a tal nível, e decepcionante apenas de ouvir! Agora entendo porque não há ninguém vindo aqui depois de tantos anos, na verdade a força dos humanos diminuiu tanto, que eles não ousam se aventurar nos vários terrenos perigosos e cheios de tesouros, mas não posso fazer nada, além de ficar aqui e cumprir minha promessa! ”

 

“Promessa? ”

 

“Prometi a um velho fantasma, que assombrava esse lugar, que se eu não conseguisse passar do teste em receber a Herança de um tal Cavaleiro do Apocalipse, eu e meu exército, teríamos que se tornar seus fantoches para o próximo teste da Herança! E ele estava meio que desaparecendo da última vez, e se você chegou aqui, significa que você recebeu a sua herança, pois a aura em seu corpo é parecida com a dele, essa aura de morte imensa ao seu redor! Mas bem, posso dizer que se você me derrotar, eu não apenas irei lhe entregar um livro que aquele velho me entregou que era para passar ao seu herdeiro, como também serei teu Cavaleiro da Morte! ”

 

Ouvindo Lucius, Alan ficou chocado e de repente pensou nas roupas na pequena cabana e então naquela barreira.

 

“Só para saber, qual foi o teste que você fracassou? ”

 

Quando Alan perguntou, um olhar irritado surgiu no rosto de Lucius e ele respondeu.

 

“Eu tinha que passar por uma barreira idiota e poderosa, que testa o talento de alguém! Eu não consegui passar por ela e no final eu e meu exército morremos de fome e o homem selou nossas almas dentro de nossos corpos e nos deixou para adormecer até que aquele com a Herança chegasse! Ele me deixou com um livro chamado Criação de Cavaleiros da Morte, que apenas aquele com a Herança poderá aprender! Mas bem, vamos deixar de conversa, eu agradeço que você tenha me contado as informações, mas agora não tenho mais que 5 horas nessa forma, então vamos acabar com isso rápido! ”

 

De repente uma lança enferrujada surgiu na mão de Lucius e então a Energia Espiritual entrou dentro da lança e a ferrugem de repente desapareceu e uma lança com desenhos de Dragões estava em suas mãos.

 

A lança era extremamente bela, e dava uma pressão imensa.

 

Alan apenas sorriu e pegou sua espada.

 

“Bem, vamos começar a festa! ”

 

Nota do Autor

 

Ae pessoal, estou aqui para fazer uma pequena divulgação de uma Novel que eu estou postando no Wattpad, chamada O Senhor Final.

 

Link:https://my.w.tt/RQN5loSzsP

 

Tem um sistema de cultivo como ALDF, mas está muito inclinado no sistema de RPG, então se gostarem, deem uma olhada.

Comentarios em ALDF: Capítulo 107

Categorias