iLivro

Alan apertou fortemente a espada em sua mão, e sua intenção assassina vazou.

 

O Leão de Juba Roxa, também soltou uma enorme Intenção Assassina, como se Alan fosse seu pior inimigo.

 

O leão rugiu e atacou com suas garras.

 

Alan já acionou a Aura do Rei Dragão, mas quando a garra colidiu com sua espada, Alan percebeu que esse leão não era normal, era uma Besta mutada.

 

-As Bestas Mutadas não são super raras, porque no intervalo de 1 ano, eu encontrei 3 deles?

 

Alan sorriu amargamente e depois ficou assustado.

 

A Aura do Rei Dragão simplesmente foi destruída por esse ataque e Alan foi enviado voando.

 

Alan bateu forte em uma árvore, e cuspiu um bocado de sangue.

 

Alan parou de pensar e atacou com todas as suas forças e usou a Chama de Gelo do Rei Dragão com 20% de sua Energia Espiritual.

 

Um Dragão de chamas azuis voou do corpo de Alan e colidiu com o leão, mas o leão não recuou, em vez disso ele atacou com todas as suas forças o Dragão de chamas azuis.

 

Quando as duas forças colidiram, criaram um fenômeno, onde o chão dos arredores foram destruídos em pó e gelo.

 

O Dragão de Chamas Azuis desapareceu, pois sua energia foi exausta com apenas esse ataque, fazendo Alan chocado.

 

Enquanto isso, o Leão foi mandado longe e havia férias e queimaduras em sua pele.

 

Ele olhou com ódio para Alan e depois soltou um rugido e correu na sua direção.

 

-Essa merda não se importa com suas feridas não?

 

Alan apertou os punhos na espada e correu, usando a Aura do Rei Dragão, que aumentou sua força em 3x e atacou.

 

Os dois ataques colidiram e dessa vez Alan não voou ou o leão, os dois ataques se pararam, pois as forças eram comparáveis.

 

Alan não esperou e atacou novamente, direto na cabeça do Leão, mas o Leão havia recuado e atacado com suas garras.

 

Alan sentiu o perigo e rapidamente usou Controle da Espada e fez a espada dobrar para parar o ataque.

 

Alan pulou e quando o ataque acertou a lâmina, ele foi enviado voando, mas ele não sofreu nenhum dano, apenas seus braços estavam entorpecidos.

 

Alan parou e olhou para o Leão.

 

O leão olhou para ele e rugiu alto e atacou novamente.

 

-Me da um tempo caralho!

 

Alan usou 10% e conjurou o Dragão de Chamas Azuis, e viu que estava quase sem Energia Espiritual sobrando.

 

O Dragão de chamas rugiu de raiva e atacou o leão.

 

Alan correu para o outro lado do Leão e atacou daquele lado.

 

O Leão foi atacado de duas direções, por ataques poderosos, e a única coisa que ele poderia fazer era recuar, mas infelizmente para ele, o Dragão de chamas tinha sua própria mente e o seguiu, e a espada de Alan que havia perdido seu alvo, já se dobrou e foi na direção do Leão.

 

Booooom!!!

 

Assim que o Dragão de Chamas Azuis, bateu o leão, uma grande explosão soou, fazendo o leão voar na direção de Alan.

 

Alan atacou e enfiou a espada pelas costas do leão, atravessando, mas logo depois ele xingou em seu coração, pois ele voou junto com o Leão.

 

-Não poderia ser um pouco mais inteligente e bater nele de cima em vez de enviá-lo para minha direção!

 

Alan cuspiu grande quantidades de sangue, e percebeu que ele foi envenenado nesse momento.

 

-Meu corpo é mais forte que aqueles do mesmo nível, mesmo Mestres Marciais não se comparam, eu não vou morrer por causa de veneno certo?

 

[+100 milhões de Pontos de EXP, por matar uma Besta Espiritual de Rank 4 Pico!]

 

[Você atingiu o Nível 7!]

 

Alan sentiu seu corpo ficar mais forte, mas era apena isso, ele logo desmaiou.

 

No momento que ele desmaiou, Paloma que estava observando toda a luta, correu e puxou o corpo de Alan que estava envenenado, e rapidamente o colocou para se sentar encostado em uma árvore e depois pegou um pouco da Juba Roxa do leão.

 

Ela tirou uma panela e rapidamente fez um fogo, colocou água e começou a esquentar o pêlo junto com a água.

 

Essa não é a maneira mais eficaz de usar a Juba, mas ainda é possível desintoxicar o veneno dessa forma.

 

Paloma estava com uma expressão preocupada em seu rosto e ansiosa, espera do que rapidamente ferva a água.

 

Depois de alguns segundos, a água começou a esquentar e o pelo de repente um pouco.

 

Depois de 2 minutos, a água ficou completamente Roxa, Paloma sabia que o antídoto estava pronto.

 

Ela rapidamente pegou a panela e tentou dar a Alan mas não conseguiu, pois o antídoto não descia, fazendo Paloma ficar mais preocupada ainda.

 

Paloma então pensou em uma ideia, que a fez ficar envergonhada.

 

Ela colocou o antídoto dentro de sua boca, e beijou Alan, fazendo ele beber o antídoto.

 

Paloma beijou Alan um total de 4 vezes para dar completamente todo o antídoto.

 

A cor de Alan voltou um pouco ao normal, mas ainda estava um pouco pálida por causa de esgotar grandes quantidades de Energia Espiritual e ter vários ossos quebrados.

 

Paloma viu que o corpo de Alan estava bastante ferido, e começou a ver as pílulas dentro de seu anel e depois as aplicou nas feridas de Alan, e depois colocou outra em sua boca e beijou Alan novamente, o ajudando a tomar a pílula.

 

Paloma ficou envergonhada e cobriu o rosto com as mãos, enquanto se sentava ao lado de Alan.

 

Seu coração estava batendo loucamente.

 

 

Alan acordou 4 horas depois, e quando se levantou, ele viu Paloma sentada ao seu lado.

 

Alan sentiu um gosto estranho, mas familiar em sua boca, e depois olhou para a panela que tinha um pouco de líquido Roxo, e entendeu o que Paloma fez.

 

Alan olhou para ela, e depois para as feridas.

 

“Obrigado! ”

 

Alan falou, fazendo Paloma surpresa, e quando olhou para Alan, ela ficou feliz e o abraçou! Assustando Alan.

 

Alan ficou lá, surpreso, mas logo sentiu que seu ombro ficou um pouco molhado.

 

Alan sentiu seu coração esquentar mais ainda a abraçou de volta, acariciando seu cabelo gentilmente e falou.

 

“Já está tudo bem! Eu não irei a lugar algum! ”

 

Soluços começaram a ser ouvidos e Alan a abraçou mais fortemente e depois olhou para seu rosto chorando.

 

Alan sentiu paixão em seu coração, e não pôde deixar de roubar um beijo.

 

Paloma ficou surpresa com Alan a beijar de repente, mas não lutou. Ela já havia aceitado Alan como seu único homem.

 

Os dois ficaram daquela forma por alguns minutos, e quando se separaram, uma ponte feita com as salivas dos dois foi formada.

 

Alan sorriu e depois a abraçou novamente.

 

-Não importa o que, eu a protegerei!

 

Alan prometeu em seu coração.

 

Depois de algum tempo, os dois se separaram e Alan levantou com um pouco de dificuldade, seus ossos ainda estavam quebrados.

 

Paloma foi para ajudar, e Alan aceitou.

 

Depois de se estabilizar e tirar um pílula do anel, ele a tomou e depois andou em direção ao corpo do leão e o guardou.

 

-Seu corpo era bom para criar armas com efeitos de envenenar, assim como criar antídotos para venenos se Rank 4 e abaixo!

 

Nas Tribos e Cidades, o maior problema é o veneno, pois sempre terá alguma Besta Espiritual que envenena as pessoas, e sempre tem poucos antídotos nas lojas, fazendo que muitas pessoas morram.

 

Por isso o corpo do Leão de Juba Roxa, é pelo menos 5x mais caros que aqueles do mesmo nível, e como era uma Besta mutada e de Rank 4 Pico, é provável que o efeito do antídoto seja várias vezes melhor, fazendo com que o preço chegue até 10x o normal.

 

Assim que Alan preparou todas as coisas, ele estava pronto para sair com Paloma, quando ouviu um choro vindo da Caverna do Leão.

 

Os dois se olharam e assentiram.

 

Quando chegaram, eles viram um filhote de Leão de Juba Roxa chorando, como se estivesse chamando sua mãe.

 

De repente Alan entendeu porque o leão estava tão furioso e mesmo gravemente ferido, ele não escapou.

 

-Ela estava protegendo seu filhote de invasores.

 

Alan percebeu isso e suspirou, chegou até o leão e o colocou entre os braços.

 

O leão lutou um pouco, pois sentiu o cheiro de alguém que não era familiar e tentou morder Alan.

 

Alan riu e depois colocou um pedaço de carne na frente do leão filhote.

 

Parecia que o filhote estava com bastante fome, então ele foi e atacou o pedaço de carne, mordiscando-o.

 

Alan viu um olhar estranho no rosto de Paloma e falou.

 

“Eu sei que você quer acariciar o filhote. Va em frente, ninguém está te impedindo! ”

 

Paloma sorriu e depois se agachou, acariciando gentilmente o filhote de leão.

 

Alan contou que esse leão tinha pelo menos 3 a 4 meses de vida, então não se preocupou com ele passando mal depois de comer carne.

 

De repente Alan pensou em algo e falou apressadamente.

 

“Vamos correr rápido daqui, o parceiro da leoa que matamos pode aparecer em pouco tempo, e se isso acontecer estaremos mortos! ”

 

Paloma acabou se lembrando também e ficou com medo, se levantou rapidamente, mas olhou relutantemente para o filhote de leão.

 

Alan revirou os olhos e agarrou o leão com o pedaço de carne, e depois usando 10% de energia espiritual, ele conjurou o Dragão de Chamas Azuis, e pediu para que ele congelasse tudo no local, e dissipar o cheiro.

 

Depois de tudo feito, os dois correram rapidamente para a direção da Black Lion Tribe.

 

 

3 horas depois de saírem, um Leão de mais de 5 metros de altura apareceu e olhou para os arredores, e percebeu sangue de sua parceira no chão, assim como seu filho havia desaparecido.

 

De repente fúria surgiu em seus olhos e ele rugiu, um rugido que abalou toda a floresta, acordando várias Bestas Espirituais de Rank 4 e mesmo 5.

 

Todos perceberam que alguém irritou o Rei Leão da Floresta.

 

O Rei Leão da Floresta, é uma Besta de Rank 5 quando cresce totalmente, podendo chegar até o Rank 6 se desenvolver completamente.

 

Ele tem os Elementos Fogo e as vezes Terra como principais, e quando um de suas raças mutam, eles são aterrorizantes em força.

 

Alan não percebeu que ele irritou uma Besta de Rank 6, um Rei Marcial assim que ele saiu para caçar.

 

Várias tribos que vivem perto, ouviram o rugido furioso do leão, e sem hesitar, mandaram mensageiros informar as cidades.

 

Eles estavam com medo de serem atacados pelo Rei Leão da Floresta em seu ataque de raiva.

 

Quando Alan ouviu o rugido longe, era bastante baixo, mas ainda soltava uma enorme pressão, por sorte eles já estavam bastante longe do local, e não ficaram lá por mais tempo.

 

Alan pensou em algo e perguntou.

 

“Você sabe qual Tribo vive perto daquele lugar? ”

 

Paloma pensou um pouco e depois respondeu.

 

“Eu acho que é a Wolf Mountain Tribe. Uma das tribos que tentou me assassinar.”

 

Alan sorriu e xingou em seu coração

 

-Se eu não tivesse esbarrado nesse leão maldito! Eu teria chegado nessa Tribo amanhã, e poderia ter causado grandes problemas ou mesmo exterminado eles, fazendo com que eu nivele para o pico do Guerreiro Marcial, assim como ganhar grandes quantidades de Orbs de Espírito Marcial.

 

Alan suspirou em arrependimento e continuou a ir para a Tribo sem se importar com essas coisas, ele resolveu sair em outra direção no futuro, para uma das outras duas tribos que atacou Paloma.

 

Desde que Alan pediu para ir treinar, ele queria ir para as tribos e fazer um massacre e upar, mas ele encontrou esse leão de Rank 4 assim como o filhote, fazendo ele ficar gravemente ferido.

 

Se não fosse por isso, Alan teria chegado a Wolf Mountain Tribe, e ganhado grande, mas como não conseguiu, Alan sentiu tristeza, mas ao mesmo tempo feliz, pois talvez o pai do pequeno leão em seus braços extermine aquela Tribo em seu excesso de raiva.

 

Depois de algum tempo, os dois ficaram cansados e começaram a preparar as coisas para comerem.

 

Alan colocou um pedaço de carne para o leão em seus braços e depois o colocou no chão, e começou a preparar a comida.

 

Depois de comerem, Alan olhou para o lindo rosto de Paloma, e não pôde deixar de elogiar em seu coração.

Depois ele se deitou e começou a descansar, mas não dormiu, ele estava alerta o tempo todo, apenas circulando sua Energia Espiritual dentro de seu corpo para curar suas feridas rapidamente.

Comentarios em ALDF: Capítulo 28

Categorias