iLivro

Quando Alan voltou para o local onde Paloma estava, ele percebeu que ela estava tremendo.

 

Alan olhou e sentiu dor em seu coração, pois sabia o que era isso.

 

-Ela está em choque…

 

Alan suspirou e a abraçou pelas costas.

 

Paloma estava com lágrimas caindo de seus olhos, e quando Alan a abraçou, ela não sabia o que fazer.

 

“Não se preocupe! A culpa das mortes não são suas. Se quiser culpar alguém, culpe a mim! Eu que comecei tudo isso, então não se preocupe em jogar toda a culpa em mim! ”

 

Alan falou calmamente, mas seu tom era muito sério.

 

“Por que? ”

 

A voz de Paloma era baixa, mas Alan ouviu bem e claro.

 

“Por que, matar tantas pessoas, mesmo as que não tem nada a ver com isso? ”

 

Alan a abraçou fortemente e falou.

 

“Não é Por que! É por que motivo! Por que você matou as pessoas Paloma? ”

 

Paloma congelou e depois falou.

 

“Eu não sei… “

 

“Você às matou porque estava comigo e sentiu que eu era confiável. Eu não sou uma pessoa boa como você acha que eu sou, eu sou mal e já perdi grande parte de meu coração e sentimentos a muito tempo atrás! Mas quando eu conheci Mari e você, foram as primeiras vezes em muito tempo que alguém confiou em mim. Então eu não queria que essas pessoas parassem confiar em mim! Por que eu as amo! ”

 

Paloma ouviu Alan, e não sabia o que dizer, pois ela sentiu seu coração esquentar, e o peso que antes estava nele, foi solto um pouco.

 

“Por que você mata? ”

 

Paloma fez a pergunta a Alan. Alan pensou um pouco e depois respondeu.

 

“Acho que faz parte de minha alma… Não importa onde eu vá, os problemas sempre me alcançarão e pessoas importantes para mim sempre morrerão.”

 

Alan olhou para o céu claro, e dor era visível em seu olhar.

 

“Eu perdi muitas pessoas na minha vida, e não quero perder você e Mari. Se eu perder alguma de vocês duas, eu não sei o que pode acontecer comigo! ”

 

Alan sabia que no momento que Paloma começou a confiar nele, ele sentiu que já havia se apaixonado por essa garota, e que não a deixaria ir embora, não importa o que.

 

Paloma ouviu Alan e sorriu do fundo de seu coração.

 

“Mas você não havia dito que não se lembra de nada, antes dos 8 anos? ”

 

Alan sorriu amargamente e falou.

 

“Vou te contar um segredo, mas você promete que não irá dizer a ninguém? ”

 

Paloma assentiu.

 

“Um dia, eu de repente me assimilei as memórias de minha vida passada! ”

 

Paloma ficou chocada quando ouviu Alan.

 

“Seu nome era Afonso, um grande mercenário em seu mundo, talvez o melhor de todo o mundo! Ele nasceu pobre e viu como seus amigos cresciam e o abandonaram, assim como sua família foi morreu em um acidente trágico!

 

Um dia, Afonso conheceu um velho, esse velho levou Afonso para longe, o deu comida e o treinou.

 

Afonso aos 20 anos, entrou no mundo dos mercenários e começou a fazer trabalhos imensos e grandioso! Milhares morreram em suas mãos, mesmo antigos conhecidos.

 

Um dia, Afonso estava cansado e resolveu tirar férias! Conheceu uma garota legal e se apaixonou, mas logo seu mundo caiu.

 

Nos anos de trabalho de Afonso, ele arrumou grandes quantidades de inimigos, e quando viram Afonso feliz, eles mataram a garota que estava grávida de seu filho! ”

 

Quando Alan chegou nessa parte, fúria, ódio e dor, era visível em sua voz, que surpreendeu Paloma, que estava com os olhos lacrimejando.

 

“Quando essa garota morreu, Afonso entrou em desespero e a viu morrer em seus braços!

 

Afonso entrou em um estado de raiva imenso logo depois, matou milhares de pessoas e finalmente achou o culpado! Ele o torturou e fez da vida dessa pessoa pior do que o inferno, fazendo essa pessoa pedir para morrer milhares de vezes, até Afonso se cansar dele, e matá-lo!

 

Alguns anos depois, Afonso encontrou uma jovem, que havia caído no mundo das drogas, e não conseguia viver sem elas, a fazendo ter que se prostituir para comprar drogas.

 

Afonso ouviu ela lamentar e chorar quando ela estava dormindo na cama, e sentiu seu coração apertar, e ele sentiu amor a essa mulher! A ajudou a sair dos mundo das drogas, e os dois se apaixonaram cada vez mais, mas Deus não gostava de Afonso, fazendo com que 2 anos depois de ela se recuperar, ela foi diagnosticada com uma doença incurável, e morreu alguns meses depois.

 

Afonso então desistiu de amar, e resolveu se afogar em matar, bebidas e sexo! Não fazendo mais nada de sua vida além disso!

 

Afonso continuou nessa vida, até um dia ele encontrar uma mulher que estava desesperada no meio da chuva. Essa mulher tinha dois filhos que estavam doentes na sua casa, e ela não tinha dinheiro para pagar um médico para seus filhos.

 

Afonso sentiu a dor dessa mulher e sabia a dificuldade que ela estava passando. Ele resolveu ajudá-la, e no processo, os dois se apaixonaram. Afonso e essa mulher ficaram juntos por 3 anos, antes de um trabalho importante aparecer, um trabalho que envolvia as vidas de seus companheiros de equipe.

 

Afonso teve que fazer esse trabalho, então ele deixou as três pessoas mais importantes da sua vida, por um período de tempo! Mas quando ele voltou, ele encontrou as duas crianças mortas e viu a mulher que ele passou as noites, morta no chão com vários ferimentos e sinais de abusos!

 

Afonso enlouqueceu enquanto estava com os três em seus braços, gritando de dor e ódio contra os Deuses, os xingando por odiarem tanto ele.

 

Afonso então decidiu que nunca mais teria uma mulher em sua vida, e falou que essa seria a última vez que ele faria isso.

 

Ele então procurou os culpados, exterminou milhares de grupos até achar os culpados, e quando ele os achou, ele viu que os culpados eram pessoas que ele havia deixado viver!

 

Eles eram filhos de alguém que ele matou por causa do seu trabalho. Ele entendeu que por sua culpa, todos aqueles importantes para ele, sempre iriam morrer!

 

É por isso que eu mato todos sem me importar se são inocentes ou não! Eles no futuro podem guardar ódio contra mim e matar aqueles importantes ao meu lado, por isso nunca deixarei nada mal acabado! ”

 

Paloma já começou a chorar a muito tempo enquanto ouvia Alan, ela percebeu que Alan não estava falando apenas de Afonso, ele estava falando dele mesmo e da dor que ele sentiu.

 

Paloma entendeu que isso já estava enraizado na alma de Alan, então ela não o julgou, pois o destino fez Alan desse jeito.

 

Paloma abraçou Alan com todas suas forças e mostrou amor em sua direção e falou.

 

“Eu não irei desaparecer da sua vida! Eu seguirei você aonde for e nunca deixarei seu lado, eu sou sua mulher! ”

 

Paloma falou e beijou Alan com todo o amor em seu coração.

 

Alan tinha um pouco de lágrimas em seus olhos, e quando ouviu Paloma dizer aquelas palavras, ele prometeu que nunca a deixaria ir embora, mesmo se os Deuses a quisessem tirar dele, ele quebraria os portões dos céus e mataria todos até ele tê-la de volta.

 

 

Nesse momento em um espaço completamente branco, duas bolas de luzes estavam olhando para a cena de Alan e Paloma.

 

“Ele finalmente encontrou as duas mulheres que ele um dia amou! ”

 

“Sim! Agora não teremos que ver ele sofrer mais naquele mundo! ”

 

“Sim. Essa criança nunca deveria ter nascido naquele mundo e sim nesse, mas por causa de um de nossos erros, ele nasceu naquele mundo, fazendo ele sentir dor imensa! ”

 

“Eu sinto pena dessa criança, mas como já arrumamos o que fizemos, então não precisaremos mais nos preocupar.”

 

“Mas estava certo deixar nosso filho com ele? ”

 

“Eu acho que sim. Aquela criança sempre o esteve observando e sempre se interessou por ele. Agora que ele está ao seu lado, e vendo ele feliz, nosso filho pode sentir paz em seu coração! ”

 

Um suspiro foi ouvido de uma das vozes.

 

“Espero que nosso filho fique satisfeito quando isso acabar! ”

 

“Espero.”

 

 

Os dois ficaram naquela posição por alguns minutos, e quando finalmente se soltaram, Alan sorriu e a beijou agradecendo por ter ouvido seus sentimentos.

 

Os dois sentiram seus corações ficarem mais leves, e suas mentes amadureceram bastante comparado a antes.

 

Alan não sabia porque ele confiava tanto em Paloma, apenas sentia que ela era bastante semelhante à primeira mulher que se apaixonou.

 

Os dois ficaram se abraçando apaixonadamente por algumas horas, até 5 horas terem se passado e Alan falou.

 

“Está na hora de começar! ”

 

Paloma apenas assentiu e já havia preparado todos os equipamentos.

 

___—___

 

Nota do Tradutor

 

Desculpem-me pelo capítulo ‘curto’, eu não consegui pensar em mais nada para colocar nele, assim como também fiquei me matando para pensar nessas histórias sobres as três mulheres mais importantes de sua vida(e duas crianças).

 

Saiba que a verdadeira luta que acontecerá demorará bastante para chegar!

 

Não chegará antes dos 40 capítulos, ainda estou estudando bastante cenas épicas de Novels, Animes, Mangás e etc.

Saiba que a luta que acontecerá será foda!(Eu acho)

Comentarios em ALDF: Capítulo 32

Categorias