04 – Primeiro andar

Estou em um mundo desconhecido em um lugar desconhecido, não sei os perigos que assolam as redondezas, eu preciso ganhar o máximo de DP possível, reunir matérias para novos monstros, o único jeito de sobreviver e ficar mais forte.

Já confirmei que existem goblins nesse mundo, isso significa que podem existir outros monstros, primeiro irei construir o primeiro andar da masmorra.

As regras da masmorra eram simples, sempre deveria ter uma maneira de chegar ao núcleo, a saída deveria sempre estar conectada a entrada.

– Criar primeiro andar! – Um painel surgiu na minha frente, depois de me tornar o mestre da minha primeira masmorra eu descobri após muito tempo que quando menos eu mexer no que os monstros fazem e apenas guia-los por um caminho de longe melhor seriam os resultados

Os monstros tinham a tendência de querer ficar o mais próximo possível do núcleo, quando mais forte eles eram mais alto na masmorra eles ficavam
Eu olhei o painel, escolhi o modo de floresta, no centro eu criei um grande espaço aberto sem mata, em forma de estrela eu criei outros 5 espaços menores Eles tinham 1/3 do espaço do meio.

Ficaria assim…

      ○

○    ●     ○

○   ¤    ○

A entrada seria o ¤ Eu criei um floresta bem densa entre a entrada e os dois primeiros espaços, criei um espaço como uma estrada que levava da entrada para o espaço no meio, o espaço no meio tinham outras estradas que levavam para os outros espaços, para passar de um espaço menor para outro era necessário atravessar a floresta ou ir até o meio, havia uma distância de 3km entre o meio e os outros espaços menores e existia um espaço de 5km da entrada para o meio.

O tamanho total da sala era de 100km² isso custava 10,000DP a floresta era mais 1,000DP e ainda tinha minhas modificações.

[13,535DP serão gastos ]

O projeto estava completo, nesses espaços abertos haviam escadas que levavam para o ultimo andar

DP disponível: 83,410

– Criar 1,500 goblins

[37,500DP serão gastos]

Começaram a surgir do chão, um exército de goblins, como eu estava no último andar eles não podiam me ver, eles olhavam uns para os outros confusos.

DP disponível: 45,910

Essa quantia seria o suficiente.

– Comprar 5 pedras de mana de goblins.

[125DP serão gastos]

Meu objetivo com essas pedras de mana era utilizar o caldeirão que era a forma usada normalmente para se desbloquear monstros, eu simplesmente joguei as 5 pedras lá dentro e aguardei.

[Novo monstro criado… Xamã goblin]

Eu queria um goblin chefe, mas Xamã também seria uma boa opção
Ele apareceu no salão principal, assim que surgiu ele se ajoelhou na minha frente.

– Eu… ju…ro leal…dade ao mes…tre da masmo…rra. – Goblins xamãs eram inteligentes o bastante para falar e seguir ordens mais complexas.

[Status]

Nome…

Raça: Xamã Goblin

Rank: F+

Nível: 1

Força: F-

Velocidade: F

Vigor: F

Inteligência: F+

Espirito: F+

Mana: F+

Xamãs eram monstros classe mágico eles eram bem fortes comparados com goblins comuns, seu potencial também era bem alto.

Rank F+ Xamã Goblin 150DP

–Criar 10 xamãs goblins.

[1,500DP serão gastos]

Outros 10 xamãs surgiram

– Comprar Cajado Rank F+

[200DP serão gastos]

Um cajado pequeno com uma pedra de mana de fogo surgiu, eu o entreguei ao Xamã.

– Vá para baixo e lide com os goblins, você é o chefe.

O xamã agradeceu e saiu do salão, Olhando para o andar de baixo eu vi o que o xamã fez, assim que eles chegaram tentaram tomar controle sobre os goblins, claro que como goblins eles não os ouviram, um goblin tentou atacar o Xamã chefe

O xamã levantou a mão com isso uma bola de fogo voou matando o goblin instantaneamente, depois disso os outros começaram a ouvir o xamã, goblins eram mesmo burros, com seus números superiores eles facilmente poderiam eliminar o xamã, sem uma boa arma acho que nem eu poderia lidar com tantos de uma vez.

A habilidade criação era meu ganha pão, mas havia algo que no começo fazia o Mestre da masmorra ser tão forte quando centenas de outros jogadores do mesmo nível, agora que eu sabia como ganhar todas as conquistas de novo estava na hora de Farmar.

DP Disponível: 44,087

10k são 1 semana 40k dá 1 mês isso era tempo o bastante

– Usar Mestre da masmorra, Retirar primeiro andar, alterar tempo 1h Para 1 mês.

[40,000DP serão gastos]

A habilidade Mestre da masmorra, a única habilidade que me tornou o melhor jogador mesmo tendo chegado 1 ano atrasado e me permitiu ultrapassar todos os outros jogadores que ainda estavam presos tentando matar o primeiro boss

A sala do núcleo voltou a ser o único andar da masmorra, o primeiro andar foi levado para uma dimensão separada ou plano, não importava, lá o tempo iria passar varias vezes mais rápido que o lado de fora, eu só poderia fazer isso uma vez por andar, nenhum invasor poderia estar no andar.

Mas ainda era uma grande vantagem, criação só poderia ser usado 1 vez por mês, enquanto eu Mestre da masmorra era passivo/ativo, isso que me permitia ver todos os cantos da masmorra sem sair da sala do trono, além de varias outras funções como locomoção instantânea entre andares que não tinham invasores e controle sobre os monstros feitos de DP e do caldeirão.

Olhando para o primeiro andar eu podia ver os goblins se movendo em ultra velocidade, como planejado eles começaram a montar casas nos espaços abertos, houve algumas lutas, mas a reprodução de goblins era muito acelerada também, uma goblin fêmea dava a luz de 10 a 13 dias depois de engravidar e os goblins se tornavam adultos em mais 10 dias, além da quantidade de goblins que variavam de 6-10 por ninhada.

A hora se passou rapidamente com a passada dela as mensagens começaram a surgir.

[Conquista: Vila goblin completa +10,000DP adquiridos, Goblin chefe desbloqueado.]

[Conquista: Cidade goblin completa +50,000DP adquirido, Goblin Soldado desbloqueado.]

[Conquista: Comunidade goblin completa +25,000DP adquirido, Goblin guerreiro desbloqueado.]

[Conquista: Nascimento goblin completa +10,000DP adquirido, Chance de mutação surgiu.]

No final das mensagens eu havia adquirido um total de 350,000DP, também havia desbloqueado a maioria dos monstros do tipo goblin, olhando para baixo havia uma grande vila goblin no centro, com outras 5 vilas menores ao redor, eu chamava de vilas mas não eram muito diferentes de barracos.

Eu fiz serem 6 espaços no total para que a vila no meio fosse considerada uma cidade, com essa estrutura foi criado uma sociedade, olhando para os goblins eles pareciam bem incomodados eles corriam de um lado para o outro, brigavam entre si e outras diversas coisas, isso era culpa da passagem do tempo.

Dentro da masmorra os monstros não precisavam se alimentar, a masmorra fornecia tudo, mas para um ser vivo ficar sem comer por um mês deveria ser horrível.

Está na hora deles saírem para caçar.

Comentários