Vencedor!

 

A larga avenida pela qual tiveram que passar, estava abarrotado de carruagens e pedestres, dirigindo-se para o coliseu. Nenhum deles perderia a chance de ver magos mais talentosos de Arcádia lutando.

O coliseu Gwar era uma construção imponente, arrebatando o fôlego de Arthur. Nos portões do coliseu Gwar havia duas monumentais estátuas – guerreiros fênix numa posse de combate, expressões ferozes, apontando suas espadas para os céu.

Nova Lilac também terá o seu, pensou Arthur. Duas vezes maior, duas vezes mais deslumbrante, duas vezes mais magnífico.

“Tente não os derrotar em um único golpe” Jasmim falou observando os vários espectadores entusiasmados.”Essas pessoas vieram para ver uma luta, e não um massacre unilateral.”

Arthur riu.

“Se é um show que desejam, um show vão ter” Arthur sorriu misteriosamente.

Jasmim sentiu um arrepio nas costas.

“Pegue leve” Jasmim advertiu.

“Vou….Tentar” disse Arthur não prometendo nada.”É hoje que será feito o anúncio do meu novo título, e a mão da mais bela princesa de Arcádia, os deuses me abençoam demais, Jasmim!”

Jasmim revirou os olhos.

Não gostava da ideia de seu “casamento”, fosse anunciado em um coliseu lotado de espectadores. Apesar de seu temperamento forte, era como qualquer garota de sua idade. Durante uma semana se preparou mentalmente para esse momento, em que vai ter toda atenção de Ryfhel.

Jasmim sentiu um frio na barriga.

“Não se preocupe,Jasmim” disse Arthur docemente.”Apenas olhe para mim na arena e esqueça todo resto, e todo nervosismo vai desaparecer como uma nuvem passageira.”

Jasmim o fitou, encontrando segurança em seus olhos cinzentos.

“Poeticamente irritante como sempre” Jasmim soltou uma leve risada.”Mas, não odeio esse seu lado!”

Arthur riu junto com ela.

Ao passarem pela entrada principal do coliseu, revelando a arquibancadas lotada de espectadores. Arthur deixou a carruagem, seguindo o Grã-mestre Lucius até uma área reservada para os participantes do torneio dos jovens magos.

“Boa sorte, Arthur” disse Jasmim vendo as costas dele sumir de vista.

Ela seguiu para arquibancada reservada a nobreza.

………………..

Jasmim estava sentada próximo de seu pai e seu irmão Will, qual estava acompanhado pela lady Melly. Vendo os dois conversarem tão animadamente, não pode evitar sorrir maliciosamente.

Nos assentos próximos estavam nobres ilustres, ministros e Warlords que vieram especialmente ver a capacidade de combate do próximo Warlord, Arthur – a notícia sobre o prêmio para o primeiro lugar espalhou-se como fogo na palha.

Título de Warlord, mão de uma bela princesa, pensou Jasmim com uma cara azeda. Parece um romance barato escrito por plebeus sonhadores.

Jasmim, silenciosamente, manteve sua atenção nas batalhas dos jovens magos – Talentosos e habilidosos na manipulação da magia. Sabia que não era jogo para nenhum deles. Se fosse como os torneios anteriores, saber ao exato quem conquistaria o título de maior gênio entre os jovens magos seria impossível.

Porém esse ano era diferente.

Arthur, o arquimago mais jovem de toda história, para não dizer um gênio no cultivo de Qi, e como se não fosse o suficiente: um lorde demônio.

Diferente do reino Lux, Ryfhel não tem um preconceito contra outras raças.

Por Ryfhel ser um reino militarista, sempre envolvendo em guerras, o que importa não é a raça, mas sim seu poder.

Esse ano sem dúvidas nenhuma, Arthur seria o vencedor do torneio. Não há um único cidadão em Ryfhel que pense o contrário.

Minutos mais tarde, teve inicio a luta mais esperada.

Arthur caminhou lentamente, sorrindo e acenando para os milhares de espectadores.

Hump, um verdadeiro exibicionista! Jasmim resmungou mentalmente.

“Correm boatos, que ele é filho de Allan e Milaine!” gritou vários espectadores.

“Esses olhos cinzentos e charme natural….Sem dúvidas ele é filho dele!!!” gritaram animadamente.

Em poucos instantes não havia um único espectador do coliseu que não comentou sobre os boatos dele ser filho dos principais monstros da equipe de aventureiros dragões dançante.

Apesar dos vários anos após a separação da equipe dragões dançante, ainda era uma tema quente.

Seu oponente surgiu, tremendo, sentido a pressão invisível que a multidão causava. Se Arthur não estivesse acostumado a liderar milhares de subordinados, teria sofrido a mesma reação do jovem mago.

“Sétima batalha! Representando academia mágica Ryfhel, Arthur Magnus!!!!” Anunciou o interlocutor através de magia de voz.

Estrondosos aplausos ecoou por todo coliseu.

Arthur foi tocado por ser aplaudido com tanto fervor, mesmo antes da batalha. Fingindo um sorriso sem graça, agradeceu todos, fazendo uma breve reverencia aos espectadores.

Por um instante, cruzou olhos com a princesa Jasmim, desenhando um sorriso cativante. Ato que não passou despercebido por inúmeros espectadores, que suspiraram surpresos, fofocando a possível relação entre a terceira princesa e Arthur.

“Uma raposa perspicaz!” Jasmim resmungou aplaudindo.

“Arthur tem todos aspectos e virtudes de um excelente rei!” Einar disse com louvor.”Minha Ryfhel irá se tornar muito mais poderosa com Arthur, mesmo o império Vihreä ou o reino Tiikeri serão uma ameaça!”

Império Vihreä era um dos maiores impérios da região leste, composta por 60% humanos e 40% elfos da floresta. Vihreä era um império vasto e misto, com sangue de várias raças.

Muitos acreditam que não existe um humano puro sangue se quer no império Vihreä.

Por ser uma raça mista, seu poder era superior e mais aceito por outras raças, sendo assim um vasto império governado por um imperador e o senado que o auxilia em sua regência.

Um império bom e justo, pensou Jasmim. Bom e justo com os seus, e impiedosos com estrangeiros. Se consideram melhores do que outros povos, mas esquecem que são a mistura de várias raças.

O império Vihreä era poderoso e por esse motivo arrogantes.

Apesar de tudo isso, considera o império Vihreä muito melhor do que o reino Tiikeri composta por 70% Bestmans e 30% de raças variadas, escravizadas. Todo ano Tiikeri atacava um reino vizinho, destruindo e saqueando tudo pela frente.

Bárbaros, Jasmim pensou. Não há palavra que os defina melhor do que bárbaro, um reino caótico e sem leis, aonde o rei constantemente muda.

Tiikeri também era um grande reino escravagista, vendendo escravos para inúmeros reinos de Arcádia.

“Que pai mais amoroso, vendendo sua própria para um poderoso lorde demônio em troca de poder!” Jasmim fingiu indignação.

Rei Einar soltou uma risada animada.

“Minha filha amada, perdoe esse seu pai ambicioso!” gargalhou ruidosamente despertando atenção de nobres próximos.

Jasmim resmungou, mas não contrariou as palavras de seu pai. Pelos poucos dias que passou ao lado do jovem Arthur, não pode deixar de ser afetada pelo charme natural e sabedoria que não pertence a um garoto de sua idade – mesmo sendo um lorde demônio.

“Representando academia mágica Yuhimr, Peter VangWalter!” anunciou o interlocutor.

Houve aplausos, mas nada comparado aos aplausos dados para Arthur.

“As regras são simples! O primeiro a desmair, ficar sem poder mágico ou se render e desclassificado! Não é permitido matar o adversário……” Interlocutor descreveu as regras do combate.”Se afastem mil metros a partir do centro da arena!”

Com passos elegantes e calmos, Arthur ficou mil metros a partir do centro. Peter, tremendo a cada passo, ficou mil metros de distância a partir do centro.

Peter encarou seu oponente.

Seu nervosismo não era a partir da platéia, mas, sim por causa da sua má sorte de enfrentar em sua primeira luta, o mais jovem arquimago de toda história.

Peter tem olhos especiais que o permite ver a densidade e tamanho da aura mágica de todos seres vivos e objetos que contenham magia. Na área vip destinado ao participantes, quando viu o tamanho e densidade da aura mágica dele, quase se molhou todo.

A pressão emitida pela aura mágica de Arthur era milhares de vezes maior do que pressão emitida por todas pessoas juntas do coliseu.

Mesmo o mago mais poderoso de sua academia mágica, não tem uma aura mágica tão poderosa. Para Peter era como estar diante de um poderoso dragão e Peter, era a ovelha que seria o jantar.

Sua vontade era de entregar a luta e se render, mas, isso mancharia a honra de sua academia mágica e todos anos de treinamento duro, qual passou para poder chegar a esse momento.

Não há menor possibilidade de vencer, pensou Peter. Mas se vou perder, que seja lutando e dando o máximo de mim!

“Comecem!!!!”

Peter acalmou sua mente e coração. Apontou sua elegante varinha de carvalho para si mesmo, concentrando seu poder mágico na ponta, lançou uma magia sem cântico.

“「Retirar Limitador」!”

Retirar Limitador é uma magia neutra da quarta camada mágica. Existe um limitador no corpo de um mago que permite usar apenas 40% do poder mágico. Em poucas palavras é como a válvula de uma torneira controlando a quantidade de poder mágico que é possível retirar do corpo de um mago.

Retirar Limitador anula o limitador natural, permitindo usar 100% do poder mágico.

“Oh, vou ter um tempo difícil agora” Arthur brincou, observando as ondas de poder mágico maciços.”Aconselho a ficar apenas por cinco minutos nesse modo. Se passar de cinco minutos seu corpo será prejudicado. Agora me mostre todo seu poder!”

“「Paladino de Gelo」!” Arthur concentrou parte do seu poder mágico na ponta de sua varinha espada. Sem nenhum cântico lançou magia da sétima camada, invocação elementar superior「Paladino de Gelo」. Espectadores ao redor suspiraram surpresos pelo fantasmagórico Paladino de gelo.

Diferente de um cavaleiro de gelo normal, Paladino de Gelo era duas vezes maior e segurava espada e escudo.

Através da viseira do elmo era visível dois par de luzes azuis fantasmagóricas.

“Vá!” Arthur ordenou.

Sem hesitar o Paladino de Gelo avançou. Cada passo congelava a areia da arena. Sua velocidade era anormal, rápido, e logo estaria sob Peter.

“「Invocação Dupla」!「Lança de Fogo 」!”

Peter lançou duas lanças de puro fogo abrasador. Paladino de Gelo firmou sua botas de gelo no solo, erguendo seu imponente escudo coberto uma intensa névoa branca. Como esperado a primeira lança de fogo atingiu o escudo, explodindo, sacudindo todo coliseu.

O solo ao redor estava em chamas.

A segunda lança de fogo seguiu sua trajetória em direção de Arthur. Sem expressar qualquer preocupação ou erguer qualquer defesa. Em um instante a lança de fogo atingiu seu objetivo, explodindo, sacudindo novamente o colisseu.

Gritos surpresos ecoaram entre a platéia.

“…E-ele morreu?” perguntou um nobre

“Uma lança de fogo desse nível tem poder o suficiente para penetrar rochas maciças!” disse um Warlord próximo.

“…Mesmos sendo um jovem talentoso não resistiria a um ataque tão poderoso.”

Rei Einar gargalhou e falou:

“Todos você estão o subestimando!”

Peter encarava o mar de chamas. Apesar de os atingirem, não sentia-se nem um pouco vitorioso. Não acreditava que seria tão fácil colocar para baixo um poderoso mago.

“Um ótimo ataque!” disse a voz vindo das chamas.”A densidade e qualidade de suas chamas são impressionantes. Se eu estiver certo você tem 50% de afinidade com elemento fogo, tornando suas magias base atributo fogo mais poderosas do que um mago comum.”

Lentamente, Arthur saiu das chamas, envolto por uma série de barreiras mágicas. Não havia o menor sinal de dano em seu equipamento. Vendo Arthur sair imune de um poderoso ataque, fez todos presentes levarem um choque.

“…I-impossível….Nem se quer levou um único arranhão!”

“Que defesa mágica absurda!”

“Ele é humano?”

Surpreendendo ainda mais os espectadores. Das chamas, o Paladino de Gelo, brandiu sua espada uma única vez, vento uivou violentamente, apagando as chamas próximas.

Arthur desenhou um largo sorriso.

“Seria falta de educação não retribuir a gentileza de um ataque magnífico. Me permita lhe mostrar um ataque base atributo fogo com 100% de afinidade. Se prepare!「Vórtice infernal」!”

Ventos quentes se reuniram na ponta de sua varinha espada. Em poucos segundo surgiu uma espiral de fogo abrasador, tornando a temperatura dentro do coliseu quase insuportável.

“Um dual elemento!!!” gritou muitos magos surpresos.

Magos praticam magia de acordo com sua afinidade com um dos sete atributos; fogo, água, vento, terra, relâmpago, luz e trevas. Quanto maior for sua afinidade em um elemento mágico, maior vai ser potência de seu ataque. Porém magos normalmente tem alta afinidade somente para um elemento. Era raro um mago ter afinidade com mais de um atributo mágico.

“Nunca em toda história surgiu um dual elemento que controla atributos opostos. Todos dual elemento que surgiram controlavam elementos compatível, água e terra, fogo e vento, relâmpago e luz” explicou um Grã-mestre de outra academia mágica.

Grã-mestre Lucius riu levemente. Mentalmente imaginava os rostos pálidos dos ilustres Grã-mestres quando descobrissem que Arthur, na verdade controlava três elementos.

Na arena.

Peter empalideceu ao ver o vórtice de fogo infernal se dirigindo em sua direção. Nenhuma barreira mágica o protegeria de um ataque tão potente. Sem muita escolha, Peter, usou magia da terceira camada「Aumento de resistência elemental」e「Aumento de velocidade」.

Peter se tornou mais rápido e seu corpo mais resistente a danos elementais.

“Interceptar!” Arthur ordenou.

Paladino de Gelo, avançou em direção ao jovem mago em fuga.

“「Bola de Fogo」!”

Peter conjurou uma bola de fogo, voou em direção ao Paladino de Gelo, que com apenas um balanço de sua espada gélida, cortou a bola de fogo em dois, fazendo explodir inofensivamente.

Paladino de Gelo, fincou sua espada de gelo na arena, criando uma faixa congelada, seguido por inúmeros estalactites de gelos. Se Peter evitar o ataque do Paladino de Gelo ficará exposto ao vórtice de fogo infernal.

Peter estava entre a cruz e a espada.

Sem muita escolha avançou em direção as estalactites de gelo.

Concentrado todo seu poder mágico no próximo feitiço, gritou:

“「Investida do Espirito de Fogo」!”

Peter foi engolfado por chamas, disparando contra as estalactites de gelo. Sentiu como se estivesse atacando a muralha de uma fortaleza sólida. Todo seu corpo sofreu sérios danos, cuspindo sangue, e usando mais poder mágico, rompeu as estalactites de gelo, escapando do vóritce de fogo infernal.

Booooommmmmm!!!!

A onda de choque do vórtice de fogo infernal balançou todo coliseu, assustado os espectadores. Peter foi lançado violentamente contra o solo da arena, sua túnica estava queimada e seu rosto sujo de fuligem.

Tentou se levantar, mas caiu impotente do chão, sentido cada fibra de seu corpo gritar de dor. Além dos danos sofridos pela onda de choque, sofria o preço cobrado por retirar o limitador de seu corpo.

Ficaria em repouso no mínimo por um mês inteiro.

Controlando sua dor, olhou em todas direção, mas não encontrou sinal do aterrorizante adversário.

“Estou aqui” disse Arthur, encostando a lâmina de sua varinha espada em seu pescoço.

Sentido o aço da lâmina em seu pescoço, engoliu em seco, virando lentamente o rosto para encarar Arthur.

Peter estava surpreso por Arthur ter cruzado uma distância tão grande em poucos segundos. Outro fator que o assustou foi que ele não sentia o menor traço de sua poderosa aura mágica.

“Você deixou sua aura mágica exposta de propósito?” Peter perguntou.

Arthur assentiu.

“Sim, minha mãe ensinou-me táticas de guerra psicológica, causar medo, colocar pressão, fazendo o inimigo cometer erros. Sou um mago, mas também um cultivador de Qi e tenho a formação de um guerreiro. Magia é poderosa, mas não é onipotente.”

Peter havia aprendido uma lição importante. Por mais que havia perdido, sentia-se bem por ter feito tudo que podia. Seu oponente era poderoso demais, sabia desde o começo que suas chances de vencer eram de 0,1%.

“Eu perdi!” Peter gritou para todos ouvirem.

O interlocutor surgiu, verificando o estado de Peter e anunciou:

“Arthur Magnus, representado academia mágica Ryfhel, vence a sétima batalha!”

Os espectadores se levantaram fazendo chover palmas ensurdecedoras, ecoando por todo coliseu. Arthur restaurou as forças de Peter, para que ele possa ter a chance de obter o terceiro lugar nas lutas de repescagem. As batalhas seguintes foram iguais, Arthur derrotou todos seus oponentes sem receber um único arranhão.

Naquele dia Arthur venceu o torneio dos jovens talentos.

………….

Jasmim seguiu ao lado de seu pai, Rei Einar, até a arena, para premiar os três primeiros lugares. Como esperado, Arthur foi o vencedor, seguido pelo segundo lugar, representando academia mágica Gyrer, Vagner Voltz, e o terceiro lugar, representando academia mágica Yuhimr, Peter VangWalter – um resultado inesperado.

Rei Einar parou diante dos três jovens magos talentosos. Imediatamente, todos curvaram-se, demonstrando seu profundo respeito.

“Levantem suas cabeças, talentosos magos!” Einar ordenou.”Todos lutaram bravamente, demonstrando todos seu conhecimento mágico e conhecimento tático. Ouso dizer, que após todos séculos da existência do torneio dos jovens talentos, vocês três são os magos mais talentosos em toda história de Arcádia! Suas futuras realizações serão ilimitadas!”

Peter, Vagner sentiram-se animados, mesmo não ter conseguido o primeiro lugar. Conseguiram uma posição entre os top 3 do torneio dos jovens talentos, o que é demonstra o poder e esforço de cada um deles.

“Por tal esforço, vou premiar cada um de acordo com seu mérito” Einar fez um gesto, servos se aproximaram, trazendo as recompensas.”Peter sua determinação, e poder mágico foram dignos de um verdadeiro mago. Por sua determinação, te ofereço a varinha da ordem das fênix e esse anel espacial, contendo 50 moedas de ouro!”

Peter arregalou os olhos vendo o anel espacial. Em Arcádia eram raros os anéis de armazenamento espacial. O anel em sim já era uma tremenda recompensa, mas ainda receber 50 moedas de ouro, era uma generosidade sem precedentes. Não somente isso, como receber a varinha da ordem dos magos de fogo, implica que ele poderá fazer parte da ilustre ordem das fênix de Ryfhel – somente os mais poderosos magos de fogo são aceitos.

Naquele momento, Peter foi grato por ter as forças restauradas por Arthur, caso contrário ele não estaria entre os top três.

Peter recebeu a recompensa, se curvando grato ao rei Einar e ao Arthur.

“Vagner Voltz, suas táticas de batalha, determinação, teimosia e maestria nas artes marcias é mágicas, tirou o fôlego de cada espectador. A luta final entre você e Arthur é algo que ficará profundamente guardado na mente de todos. Sua recompesa vai ser um anel espacial com 200 moedas de ouro e um lugar na guarda real!”

Vagner arregalou seus olhos, mas logo recuperou uma expressão indiferente, aceitando com gratidão a recompensa generosa. Fazer parte da guarda real, era um honra sem precedentes. Apenas os melhores em artes marciais e magia fazem parte da guarda real.

Rei Einar se voltou para Arthur, desenhando um sorriso largo.

“Arthur Magnus! Não sei nem como definir seu talento, um gênio? Um monstro em pele humana? Um dragão entre os homens? Não importa as palavras que eu usar, jamais vão poder definir seu talento monstruoso. Por suas táticas e controle total sobre seus oponentes, concedo o título nobre, Warlord e o controle de 200 cavalaria fênix e 600 soldados da infantaria. Nomeio também como senhor das fronteiras do leste, controle sob a Cidadela Lammas!”

Não houve um participante ou nobre que não olhou com inveja o jovem mago, pela generosa recompensa. Ter controle de uma cidadela e 200 cavalaria fênix – enormes pássaros de penas vermelhas e poder de fogo comparado com dragonwets – era algo que somente Warlords tinham, demonstrando seu poder e glória.

Arthur se curvou.

“Vossa Majestade, servirei com o melhor de minhas capacidades!” Arthur disse num tom composto.

Rei Einar balançou a mão, gargalhando.

“Levante-se, não me agradeça, essa é apenas parte de sua recompensa. Arthur, reconheço suas habilidades mágicas e marciais. No passado, seus pais, Allan e Milaine Magnus salvaram o reino de uma terrível catástrofe. Na época não pude os recompensar como era devido. Por mérito e maneira de recompensar aqueles dois, te ofereço a mão da terceira princesa Jasmim Ryfhel Fênix, em casamento!”

Murmúrios se espalhou por todos lados. Era sem precedentes um rei oferecer a mão de uma princesa como recompensa. Porém como Arthur era filho de Allan e Milaine, acharam justo a recompensa.

Arthur fingiu um expressão surpresa e falou:

“Vossa Majestade, não mereço tamanha generosidade, ter a mão da deslumbrante princesa Jasmim é algo que jamais sonharia em ter!”

Rei Einar gargalhou:

“É uma forma de tranquilizar meu coração, por não ter podido recompensar seus pais na época. Além disso seu talento monstruoso irá fortalecer minha amanda família Fênix!”

Com olhos brilhantes, Arthur falou de forma exagerada:

“Vossa Majestade, juro servir lealmente a família real Fênix e trazer prosperidade e glória ao reino!”

“Ótimo, venha, levante-se e beije a mão de sua futura mulher. O casamento entre os dois será realizado daqui três meses, até o dia da cerimônia de casamento. Você vai ser instruindo sobre suas responsabilidades e deveres perante o reino!”

Arthur beijou a mão de Jamim, saiu da arena segurando os braços de sua futura esposa. Com sucesso obteve um título, terras e uma conexão com o reino Ryfhel. Apenas o primeiro passo de um longo caminho que tem pela frente.

Após todas comemorações, Arthur retornou para as terras desoladas e seu dever como rei negro. Príncipe Will e a princesa Jasmim o seguiram, conhecendo as terras desoladas do norte, entrando no meio das vésperas de uma batalha contra três reis bruxos.

Arthur podia sentir sua ascensão para um rei demônio mais próximo.

Comentários