Duelo Mágico! (1 Parte)

 

 
Depois de uma explicação longa, longa até demais para Arthur. Liz, narrava sua viagem como se fosse uma história, desde os vilarejos até uma pedra sem importância. Ainda assim, a história fascinava o pequeno Arthur, assim como os lábios rosa dela o fascinavam – desejando um dia provar o sabor dos lábios de Liz.

Bebendo o chá com delicadeza, brincando com mecha de seu belo cabelo loiro. Lembrava uma pintura divina, chegando a duvidar se não estava sendo afetado por sua aura mágica. Na sua vida passada havia conhecido muitas mulheres bonitas, até mesmo modelos, mas nenhuma delas chegava aos pés daquela pequena fada sentada no sofá ao seu lado.

Para Arthur, sem dúvidas nenhuma, a pequena fada havia movido seu coração.

Eu jurei que mudaria quando estava morrendo, mas não vai ser tão fácil cumprir minha promessa. Realmente, um tigre não pode disfarçar suas listras, assim como um lobo não pode se disfarçar como uma ovelha.

Arthur, na sua vida passada havia sido um playboy mulherengo, saindo com várias mulheres sem se importar com seus sentimentos. Foi por essa mesma razão que acabou sendo esfaqueado por sua namorada, Sara. Nesse mundo ele prometeu para si mesmo que mudaria, que não seria como antigamente, que quando se apaixonasse trataria essa mulher com seriedade.

Ele estava apaixonado por Liz, foi arrebatado por sua beleza. Na sua mente havia um único pensamento: dormir com aquela beleza feérica.

Felizmente, ou não, ele tinha apenas dez anos de idade e conseguia se controlar, caso contrário já teria pulado em cima de Liz.

A conversa seguiu com Liz falando animadamente com Milaine. Enquanto falava, Liz pegou aquele pequeno garoto de olhos cinzentos a olhando com cara de bobo, bochechas vermelhas. Ela fingia não notar o olhar cheio de paixão do pequeno Arthur, divertindo-se com as olhadas rápidas do jovem garoto que obviamente estava apaixonado por ela.

―Depois de receber sua carta, deixei rapidamente a academia ― esclareceu bebendo o doce chá. ―Não podia perder essa oportunidade de ver uma amiga.

―Entendo, mas não irá te atrapalhar na academia mágica? ― perguntou Milaine, preocupada.

―Não vai me atrapalhar ― respondeu com um leve sorriso. ― Eu recebi permissão do diretor Lucius para deixar a academia para ensinar seu filho.

―Lucius? ― perguntou Milaine fazendo uma careta. ―Aquele velho rabugento?

As duas começam a rir, sem entender nada, Arthur perguntou:

―Quem é Lucius?

―Lucius era um… ― Liz de repente parou de falar, olhou para Milaine que acenou dando permissão. ―Era um grande amigo de Allan, os dois se aventuravam por toda Arcádia explorando ruínas antigas atrás dos segredos da magia antiga. Atualmente ele é o diretor da Academia Mágica de Zaberstab.

Milaine cruzou os braços e acrescentou com um resmungo mal humorado:

―Esqueceu de falar que é um velho rabugento mal humorado! Aqueles dois ficavam horas conversando sobre magia e politica! só de lembrar me da dor de cabeça!

―Os alunos na academia o chamam de “corvo cinzento” por ser tão ranzinza! ― Liz gargalhou, sua risada era como uma música celestial aos ouvidos de todos presentes.

Milaine esboçou um meio sorriso, perguntou para Liz:

―Conhecendo bem aquele velho rabugento, se ele permitiu você deixar a academia para ensinar Arthur, ele deve estar querendo algo.

―Ele permitiu eu deixar a academia tão facilmente, por que era para ensinar o filho de Allan. Outro motivo, após ler a carta, ele tinha grandes expectativas em Arthur ― Liz esclareceu, depois virou-se para Arthur e confessou: ― Eu não devia te contar, mas, se mostrar que tem talento para magia, assim como seu pai Allan, tenho permissão do direto Lucius para convida-lo para ingressar na Academia Mágica de Zaberstab.

O coração de Arthur disparou, sentindo-se eufórico ao ouvir as doces palavra de Liz. Sentiu-se como se tivesse recebendo uma declaração de amor da garota de seus sonhos.

―Sério!― perguntou atônito.

―Sim, mas isso vai depender do seu talento, esforço e trabalho duro nesses cinco anos em que vou ser sua professora de magia ― disse ela com uma piscadela para Arthur, depois olhou para Milaine e completou ― Claro, se sua mãe conceder permissão!

Arthur olhou para Milaine cheio de expectativas. Mas ela permaneceu imóvel, bebendo seu chá, com olhos distantes. Seu rosto era de alguém lutando contra si mesmo, contra os sentimentos de mãe que não permitiria se afastar de Arthur. Contudo, não poderia ignorar a vontade de seu filho, mesmo apenas tendo dez anos, se mostrou bem responsável e inteligente como um adulto.

Na verdade ela não tinha escolha.

Se não permitisse Arthur seguir o caminho da magia, sabia que ele nunca a perdoaria.

Milaine voltou sua atenção para Arthur e com um sorriso amargo falou:

―Se é isso que realmente deseja, você tem minha permissão.

Arthur saltou do sofá, abraçando Milaine com alegria.

―Te amo mãe, você é a melhor!― Arthur disse animadamente, com seus grandes olhos marejados.

Apesar de tudo, ele sempre vai ser meu pequeno bebê, pensou Milaine.

―Primeiro vamos ter um pequeno teste para verificar o nível de seu poder e conhecimento sobre a magia ― disse Liz curvando seus lábios de cereja em um sorriso estranho.

―Teste? Como? ― Arthur perguntou confuso.

― Como dois mágicos duela? Com espadas? ― ela zombou. ― Obviamente com um duelo mágico! Vou testar sua força, caso seja muito fraco, não serei sua professora e votarei para academia!

Arthur ficou tenso, sentindo um frio em sua barriga. Apesar de ter o grimório demoníaco, Ars Goetia e tem praticado magia nesses últimos meses. Não estava muito confiante para enfrentar Liz.

Apenas por sentir sua densa aura mágica, sabia que ela não era uma maga medíocre.

Arthur fechou seus olhos, respirando profundamente. Meditou em poucos segundos, planos, e as magias que vai utilizar em seu duelo.

Controlando sua respiração, ao voltar abrir seus olhos, estava completamente calmo e com a mente fria. Ele havia desligado completamente suas emoções.

―Compreendo, vai ser hoje? ― Arthur perguntou com um semblante sério, mas o brilho em seus olhos continham a nitidez de uma espada afiada.

―Não, estou cansada da viagem! Preciso de um banho, e descanso! ― Liz exclamou, levantou-se e pediu para Milaine mostrar um quarto e a sala de banho. ―Amanhã, teremos nosso duelo mágico!

Sozinho na sala. Arthur deixou escapar um sorriso de excitação.

―Mal posso esperar por amanhã! ― disse Arthur cerrando seus punhos.

Comentarios em AUMDA (Reescrito): Capítulo 8



15

Índice×

  1. 1
    Nova Vida!
  2. 2
    Liz a Druida
  3. 3
    Batalha nas cordilheiras (1 parte)
  4. 4
    Batalha nas cordilheiras! (2 Parte Final)
  5. 5
    Técnica de Qi? Lilith? Azura? (1 Parte)
  6. 6
                                  Técnica de Qi? Lilith? Azura? (2 Parte Final)
  7. 7
    AUMDA: Aviso sobre lançamento
  8. 8
    AUMDA: Capítulo 7
  9. 9
                            Crise dos elfos negro (Parte 2)
  10. 10
                                          Crise dos elfos negro (Parte 3 final)
  11. 11
                                            Ascensão (Parte 1)
  12. 12
                                        Ascensão (2 Parte final)
  13. 13
    Viajando para as terras desoladas do norte!
  14. 14
    Antes da batalha!
  15. 15
    Batalha de um demon lord e um rei bruxo! (1 Parte)
  16. 16
    Batalha de um demon lord e um rei bruxo! (2 Parte final)
  17. 17
    Segredo dos elfos negro e planos para o futuro!
  18. 18
    Intermissão
  19. 19
    Três anos depois (1 parte)
  20. 20
    Três anos depois (2 parte final)
  21. 21
    A procura pelos anões!
  22. 22
    Sobre AUMDA e HDUM
  23. 23
    Um monstro chamado Milaine!
  24. 24
    A jovem rainha! (1 Parte)
  25. 25
    A jovem rainha! (Parte 2)
  26. 26
    A jovem rainha! (3 Parte final)
  27. 27
    Reencontro impossível! (1 Parte)
  28. 28
    Reencontro Impossível!(2 Parte Final)
  29. 29
    A caminho de Ryfhel! (1 Parte)
  30. 30
    A caminho de Ryfhel! (2 Parte Final)
  31. 31
    Ryfhel, a mais gloriosa cidade de Arcádia!
  32. 32
    Jantar com a família real! (1 Parte)
  33. 33
    Jantar com a família real!(2 Parte Final)
  34. 34
    Antes do torneio
  35. 35
    Vencedor!
  36. 36
    Intermissão
  37. 37
    Tempo de guerra!(1 Parte)
  38. 38
    Tempo de guerra! (2 Parte)
  39. 39
    Tempo de guerra!(3 Parte final)
  40. 40
    Bloodbath! (1 Parte)
  41. 41
    Aviso importante HDUM
  42. 42
    Bloodbath! (1 Parte)
  43. 43
    Bloodbath! (2 Parte Final)
  44. 44
    Nascimento de um rei demônio!
  45. 45
    Epílogo
  46. 46
    Aviso sobre AUMDA!
  47. 46
    Prólogo
  48. 47
    Nova Vida!
  49. 48
    Arquimago da Névoa Congelante!
  50. 49
    Ars Goetia!
  51. 50
    Aprendendo a lançar feitiços!
  52. 51
    Intermissão
  53. 52
    A Druida! (1 Parte)
  54. 53
    A Druida! (2 Parte Final)
  55. 54
    Duelo Mágico! (1 Parte)
  56. 55
    Duelo Mágico!(2 Parte)
  57. 56
    Duelo Mágico! (3 Parte Final)
  58. 57
    Intermissão 2
  59. 58
    Batalha nas Cordilheiras! (1 Parte)
  60. 59
    Batalha nas Cordilheiras! (2 Parte)
  61. 60
    Batalha nas Cordilheiras! (3 Parte Final)
  62. 61
    Epílogo
  63. 62
    A Cidade dos Aventureiros, Al-Markhen! (1 Parte)
  64. 63
    Viagem Para a Cidade dos Aventureiros! (2 Parte)
  65. 64
    Viagem Para a Cidade dos Aventureiros! (3 Parte Final)
  66. 65
    Separação!
  67. 66
    Entrando em Al-Markhen e Curando a Jovem Espadachim!
  68. 67
    Guilda dos Aventureiros! (1 Parte)
  69. 68
    Guilda dos Aventureiros! (2 Parte Final)
  70. 69
    Akai Ito, O fio Vermelho do Destino!
  71. 70
    Intermissão