Kuork

Apenas Tradutores Errantes

iLivro

Ataque #1

O brasão na testa de Nayatra e Carack, que eram feitas de luz, eram deslumbrantes e belos.

Os Cavaleiros do Rei— o símbolo indicava que eles eram apóstolos de Conquista. O Brasão da Conquista significava que Nayatra e Carack, bem como Karma do lado de fora da sala, estavam sob o controle de In-gong.

‘Há um efeito.’

O brasão não era simplesmente para declarar afiliação. O brasão em si tinha poder.

Primeiro de tudo, ele reforçava suas habilidades.

Quando ele usou Brasão da Conquista, todas as estatísticas dos cavaleiros do rei aumentavam em 20%. Além disso, o efeito de Abaixo da Bandeira do Rei era maior. Ambos estes efeitos tinham um efeito sinérgico.

Em seguida era o reforço da solidariedade. In-gong podia ver a compreensão nos olhos de Nayatra, e ele sentiu um pouco de boa vontade. In-gong, então mudou o seu olhar em direção de Carack, que olhava para a luz branca em torno de seu corpo e sorria.

“Eu posso sentir a minha lealdade ao Príncipe aumentando.”

Elas não eram apenas palavras; realmente era o que estava acontecendo.

In-gong assentiu com a cabeça lentamente e olhou para Nayatra novamente. Ao contrário de Carack que estava acostumado ao poder da Conquista devido à Abaixo da Bandeira do Rei, esta era a primeira vez que ela tinha experimentado a estranheza da Conquista.

‘Eu acho que não terei que se preocupar com ela fugindo?’

Ele estava preocupado porque este era um contrato meio-aceito por meio de intimidação. A razão pela qual ela teve que se juntar aos Cavaleiros do Rei era para que ele pudesse usar Convocação sempre que ela tentasse fugir. No entanto, olhando para os olhos de Nayatra agora, parecia que não haveria necessidade de usar Convocação.

O terceiro efeito do Brasão da Conquista era o fortalecimento de sua administração. Antes, In-gong só sabia o nível de Carack, mas não seus stats detalhados, mas isso era diferente agora. In-gong era capaz de ver as estatísticas de Carack, bem como a sua própria.(Kokori: o Charme do Carack deve estar muito alto.)

‘Sua Persistência não é brincadeira.’

Sua persistência e Durabilidade eram esmagadoramente elevadas em comparação com suas outras estatísticas. Depois de ser reforçada pelo Brasão da Conquista, eles eram apenas ligeiramente menor do que as estatísticas de In-gong.

‘Carack também ganhou muitos níveis.’

In-gong lembrou que estava em torno do nível 23 ou 24 durante a subjugação Relâmpago Vermelho, mas agora ele estava nível 28.

‘Sua inteligência é muito alto.’(Kokori: É sacanagem não estar em números. ლ(ಠ╭╮ಠლ))

Inteligência de Carack era maior do que qualquer orc que havia encontrado em Knight Saga. No entanto, a inteligência não era uma quantificação de áreas mecânicas, tais como quão rápido o cérebro pensa ou a memória. Era diferente de sabedoria ou esperteza.

‘Talvez eles sejam altos também.’

No entanto, eram stats invisíveis.

In-gong continuou e olhou para os stats de Nayatra. Seu nível, ocupações e status estavam listados no Brasão. Em Knight Saga, ladra e assassina eram suas ocupações secundárias, mas elas eram suas principais agora. Em vez disso, sua ocupação secundária era cavaleiro de escolta.

‘Ela também tem stats altos e baixos.’

Se ela tinha experimentado escravidão ou não parecia ter criado uma pequena diferença em seus stats. No entanto, o seu nível era inferior ao que era em Knight Saga. Era inevitável uma vez que este era um ano antes de então.

“Como se sente?”

Assim que perguntou In-gong, Nayatra falou com os olhos brilhando.

“Muito bem. Eu me sinto mais leve.”

Não eram apenas os olhos, mas sua voz continha um tom de êxtase também. Ela estava em um estado animado, mas ela queria dizer suas palavras.

In-gong riu e soltou a mão de Nayatra. Nayatra deixou escapar um longo suspiro como se ela estivesse gostando. O Brasão da conquista e a luz branca tinham desaparecido, mas seu rosto ainda estava vermelho.

“Mestre”.

In-gong ouviu a voz de Vento Verde de repente em seus ouvidos. Ela tomou sua forma sólida e agarrou-se ao braço de In-gong ao olhava para trás e para frente entre Carack e Nayatra.

“Mestre, eu quero ser uma cavaleira do Mestre também.”

“Huh?”

“Eu já sou do Mestre, mas Carack e a súcubo que apareceu de repente são diferentes. Eu quero ser o mesmo.”

In-gong piscou ao pedido inesperado. Havia uma sensação estranha de ciúmes no rosto de Vento Verde.

‘Eu preciso disso?’

In-gong sempre teve Vento Verde com ele, ao contrário de Carack, Karma e Nayatra. Não havia necessidade de usar Convocação, e como Vento Verde disse, ela já foi conquistada. Então, ele não podia pensar nela como um cavaleiro.

O número de pessoas que ele poderia aceitar em Cavaleiros do Rei era limitado. Desta vez, o nível de cavaleiros do rei levantou-se, então, o número foi ligeiramente aumentado, mas foi apenas por dois lugares.

‘Vou dar um deles para Vandal, e eu tenho um ponto extra restante.’

Ele pensou que seria desperdício para dar um desses lugares para Vento Verde. A situação era um pouco diferente de quando ele aceitou Karma; na época, além de Carack, que não era um subordinado.

Como se notasse os pensamentos de In-gong, Vento Verde puxou o braço com mais firmeza e olhou-o seriamente. Ela quase parecia uma criança. In-gong não podia ignorar aquele olhar, então ele pensou sobre os benefícios de ter Vento Verde como um cavaleiro.

‘Será que o efeito de chamada se aplica a Águia Branca?

Águia Branca veio voando quando chamado, mas não havia uma diferença entre voar e aparecer instantaneamente. Ele era limitado a uma vez por dia, mas não era inútil.

“E o efeito fortalecedor… não é mais eficaz do que eu pensava?

O poder de Vento Verde caiu significativamente depois de deixar as Planícies Enger. Graças a isso, ela não poderia utilizar os vários buffs que tinham sido usados nas Planícies Enger.

Talvez o Brasão da Conquista não afetasse apenas as estatísticas numéricas, mas as habilidades do alvo também. Era bem possível que ele pudesse restaurar o poder de Vento Verde.

“Mestre?”

Vento Verde perguntou de novo, e In-gong riu.

“Sim, Vento Verde está sempre comigo.”

O limite de Cavaleiros do Rei iria aumentar novamente quando o nível subisse. A vantagem era suficiente, e ele não queria decepcionar Vento Verde, que estava satisfeita com o menor dos elogios.

Vento Verde riu brilhantemente  quanto ela recebeu  a permissão de In-gong e se ajoelhou. In-gong se lembrou de seu primeiro encontro com Vento Verde nas Planícies Enger.

Ele aceitou Vento Verde como sua cavaleira do mesmo jeito que ele tinha feito com Nayatra.

“Ahh.”

Vento Verde abriu os olhos lentamente e expirou. O Brasão da Conquista formou-se em sua testa também.

‘Seu poder se recuperou.’

Desde o início, ela era uma guardiã de classificação superior. Carack ficou surpreso quando viu Vento Verde, enquanto In-gong sentiu a sacralidade e a mística que sentiu quando a viu pela primeira vez.

“Obrigado mestre. Você é um grande mestre.”

Vento Verde abraçou In-gong com força antes de se virar e abrir os braços.

“Ok, com isso, não há nada de que eu não faça parte.”

Os olhos de Nayatra se estreitaram com a declaração repentina, e ela perguntou a In-gong,

“Hrmm, Mestre, quem é ela?”

Era claramente uma voz suave e gentil, mas estranhamente, ele não soava assim. In-gong respondeu apressadamente,

“Ela é Vento Verde, a guardiã das Planícies Enger. Agora, ela é a minha guardiã.”

Os olhos de Vento Verde brilharam em ‘minha guardiã’.

“Sim, eu sou do Mestre. A minha história e as tradições são diferentes de você que apareceu de repente.”

“Você só esteve conosco por apenas dois meses. Então, que história?”(Kokori: Perguntas negativas… adaptei pra ficar mais fácil de entender.)

Vento Verde rosnou pela observação afiada de Carack, e Carack rapidamente voltou seu olhar para outro lugar.

Nayatra concordou em silêncio.

“Então, nós somo quase como irmãos. Por favor, cuidem de mim no futuro.”

Seu rosto sorridente era muito bonito, mas In-gong sentiu medo por algum motivo. Vento Verde enfrentou Nayatra com os olhos arregalados e agarrou sua mão. Um lado estava rindo enquanto o outro estava alerta, mas a atmosfera parecia ser a mesma. Ambas estavam cautelosas com a outra.

In-gong sentiu algo quente em seu peito ao ver o confronto entre as duas.

‘O-o quê? Essa estranha sensação de realização…’

Era um tipo de felicidade que ele não tinha experimentado antes. Ele não sabia por que Vento Verde e Nayatra sentiam-se hostis uma a outra, mas ainda era uma coisa boa.(Kokori: Parece uma coisa que já apareceu até que bastante nessa novel… só não sei por quem era, né?)

No entanto, In-gong logo recuperou seu espírito. Depois que ele parou o confronto por desfazer o estado sólido de Vento Verde, ordenou Carack e Nayatra irem descansar. Não era uma situação em que eles poderiam se dar ao luxo de continuar conversando e rindo. A partir de amanhã, ele teriam que continuar trabalhando duro.

Nayatra saiu respeitosamente, enquanto Carack saiu depois de expressar suas preocupações.

Embora ainda houvesse Vento Verde, In-gong parecia estar sozinho na superfície, então ele se sentou.

‘Nayatra juntou-se a mim.’

Um de seus três subordinados mais amados em Knight Saga…

Ela tinha sido a pessoa que forneceu a informação que levou à subjugação licantropa.

Ele sentiu como se tivesse dado um passo para mais perto de seu objetivo; havia um forte sentimento de realização.

‘Vandal.’

O aperto de mão que In-gong compartilhou com ele veio à mente, e um sorriso se formou em seu rosto.

‘O rei bárbaro é forte. Eu preciso ser cauteloso. Eu preciso vencer a luta com Vandal também.’

In-gong tomou uma respiração profunda e determinada e clareou sua cabeça. Ele estava indo praticar sua aura como de costume antes de ir dormir.

No entanto, ele então ouviu uma batida na porta.

“Shutra, posso entrar?”

Era a voz de Felicia. In-gong abriu a porta para vê-la usando uma camisola macia. Parecia que ela tinha terminado seus preparativos para dormir.

“A conversa terminou?”

Felicia perguntou enquanto ela fechava a porta. In-gong respondeu com uma expressão relaxada,

“Sim, Nayatra irá nos acompanha no futuro. Ela será responsável pela coleta de informações.”

Era essencial ter alguém responsável pela coleta de informações. Carack era um assessor competente, mas ele não tinha a capacidade de coletar informações como Seira ou Delia. Nayatra era uma especialista na coleta de informações, então ela iria reforçar o que faltava em Carack.

No final das palavras de In-gong, Felicia sentou-se na cama de frente para In-gong.

“Hmm, Estou curiosa se você a fez se juntar porque ela é uma súcubo, mas… Eu acredito em Shutra”.

Isso significava que ela não perguntaria nada. In-gong não tinha forma de explicar isso, então ele aceitou cortesia de Felicia.

“Obrigado.”

“Bem, não há necessidade de agradecimentos.”

Felicia riu e cruzou as pernas.

“Shutra, você sabe por que eu vim?”

Ele podia adivinhar. Portanto, In-gong perguntou outra coisa antes de começar.

“Caitlin noona?”

“Ela já está dormindo. Hoje foi bastante difícil para ela.”

Ela tinha ido fazer compras em Takar durante o dia e lutou na casa de leilões à noite.

“Agora, diga-me a história.”

Felicia pediu quando ela cruzou as pernas para o outro lado. In-gong levou um minuto para pensar sobre onde começar a história, então ele tomou sua decisão. Ele puxou o Elmo Dourado do Rei Dragão do seu inventário.

“Este objeto é chamado Elmo Dourado do Rei Dragão. Paratus, o irmão mais novo do rei bárbaro, atacou a casa de leilões por causa disso.”

In-gong a entregou o elmo dourado. Felicia virou o elmo para o rosto de dragão e perguntou,

“O Elmo do Rei Dragão?”

“O rei bárbaro lendário o usava. Ele era adorado como um deus.”

“Ohh.”

Como uma especialista em exploração de ruínas, Felicia estava profundamente interessada em relíquias. Seus olhos estavam cheios de alegria enquanto ela olhava para o elmo.

In-gong continuou falando,

“A importância do Elmo do Rei Dragão é incomum para os bárbaros. É algo semelhante a uma coroa ou um selo. Este é um item que certifica a autoridade do rei.”

“Isso era parte dos itens na casa de leilões de Takar? ”

“Eu não sei a razão também, mas os que atacaram o leilão estavam atrás dele.”

Poderia ter sido roubado ou encontrado durante uma guerra, mas ele não sabia os detalhes.

Felicia tocou a superfície do elmo dourado lentamente. Havia uma luz diferente em seus olhos. Não era o olhar de uma estudiosa animada sobre a exploração de ruínas, mas o olhar de uma Princesa do Palácio do Rei Demônio.

“Na verdade, pode vir a calhar de algumas formas.”

Apesar de ter sido um símbolo da realeza, era impossível para eles governarem os bárbaros simplesmente usando o Elmo Dourado do Rei Dragão. Se um elfo negro tentasse se tornar o governante dos licantropos, haveriam licantropos que iriam ouvi-lo. Os bárbaros eram os mesmos. Era impossível ganhar autoridade sobre os bárbaros simplesmente usando o Elmo Dourado do Rei Dragão.

No entanto, ainda haviam muitas coisas em que isso poderia ser usado. Eles poderiam quebrar a moral dos bárbaros ou provocar brigas internas.

Felicia não precisava listar tais exemplos para In-gong. Então, ela deu de ombros e fez outra pergunta,

“Você disse Paratus? De qualquer forma, ele sabe que você tem isso?”

“Sim, embora ele não saiba quem eu sou.”

Além disso, agora, Paratus estava ocupado fugindo. In-gong não sabia sobre o campo de batalha com os bárbaros, mas era improvável que ele iria enfrentar Paratus por um tempo.

De qualquer forma, era óbvio que ele estava obcecado com o elmo dourado quando ele enfrentou In-gong.

“Como sempre, você traz uma tempestade com você. Você não pode pensar sobre as pessoas que vão se envolver?”

Felicia franziu a testa quando ela perguntou com os braços cruzados. In-gong tinha apenas uma possível resposta a Felicia,

“Desculpe.”

Ele realmente se sentia arrependido para Felicia visto que ela sempre tinha de lidar com isso.

Visto que uma expressão sombria formou-se na face de In-gong, Felicia ficou com uma expressão constrangida.

“É uma piada, uma piada. E é bom que fomos envolvidos n isso. Você não tem que se preocupar com isso.”

Felicia piscou e rapidamente mudou de assunto.

“De qualquer forma, Paratus só estava visando este elmo?”

“Por enquanto.”

“Hmm, então o resto dos itens?”

Felicia colocou as mãos na cintura dela e inclinou a cabeça. In-gong riu sem jeito e disse,

“Isso, bem… não teriam sido destruídos pelo desmoronamento se eu não tivesse os pego?”

Era uma razão válida, mas Felicia clicou a língua quando ela olhou para In-gong.

“Você realmente fala bem.”

Era óbvio que ele teria os pego de qualquer maneira.

No entanto, Felicia apenas deu de ombros e disse-In-gong,

“Bem, era uma situação inevitável. Vulcanus também é uma má pessoa, mas somos a realeza. Não devemos evitar roubar?”

“Eu vou manter isso em mente.”

“Sim, por favor, faça isso, Shutra.”

Felicia deu um tapinha na cabeça de In-gong suavemente. Sempre era In-gong que afagava a cabeça de alguém, então ele se sentiu muito estranho.

“De qualquer forma”.

“De qualquer forma?”

“Então, o que você conseguiu? Qualquer coisa boa? Minhas joias favoritas ou pinturas?”

Felicia perguntou com um sorriso, e In-gong não pôde deixar de sorrir de volta. Em vez de explicar, ele tirou os itens do leilão do seu inventário, um por um.

&

“Eeeeeh! Primeiro, o Palácio de Rei Demônio, e agora você quer me arrastar para um campo de batalha!”

“Sim.”

Comentarios em Breakers: Capítulo 118

Categorias