iLivro

Rainha #4

“Shutra, seja sincero. O que você fez com a minha filha? Hoje em dia, ela só fala sobre você quando ela abre sua boca. Não são exatamente palavras, mas através de suas cartas.”

“Hã?”

In-gong não sabia o que fazer nesse momento.

Ele ouviu duas vozes falando ao mesmo tempo de diferentes lugares.

“Omamama!?”

“Oh, isso soa como minha filha.”

A primeira foi Felicia, enquanto a segunda veio de Elaine.

A súbita observação de Elaine fez com que os olhos de Caitlin se alargassem.

“Mama? Ah, não. Mãe?”(Kokori: Ué, exatamente a mesma frase de quando encontrou ela?)

Elaine riu como se toda a situação fosse cômica. Ela parecia idêntica a Caitlin, mas sua personalidade era completamente diferente. Sylvia não prestou atenção a Felicia e continuou falando,

“Apenas dois dias atrás, recebi uma carta de Felicia. É uma das razões pelas quais eu vim aqui hoje.”

“Omamama!”

Felicia quase gritou, mas Sylvia não escutou. Ela tirou uma carta de uma pequena caixa que preparou com antecedência.

“Recebi algumas cartas, mas esta é especialmente impressionante.”

“Oma… hup hup!”

Sylvia era uma maga muito mais habilidosa do que Felicia, e ela silenciou a boca de Felicia instantaneamente com um feitiço. Então ela abriu a carta.


“Mais escuro do que a escuridão, a noite profunda só estava cheia com desespero. Silvan parecia que ele iria parar de respirar a qualquer momento, e eu tinha sucumbido ao medo. Mas Omamama, quando Shutra apareceu. Era tão legal vê-lo aparecer com um manto azul escuro e uma luz branca brilhante. Ele havia liderado um grande exército ao andar em um escudo branco e se movia mais rápido do que o vento, mas desta vez ele estava ainda mais grandioso do que isso. Ah, ainda posso ver se eu fechar meus olhos. Fiquei aliviada apenas por ver as costas de Shutra. Senti como se eu tivesse encontrado a luz na escuridão. Agora, eu posso viver, e Silvan pode viver… Ah, lágrimas vieram inconscientemente aos meus olhos. Posso sentir a alegria preenchendo meu coração.”


(Kokori: Até coloquei como se fosse uma ‘carta’, é isso o que posso fazer para tal…)

“Hup hup! Hup!”

O rosto de Felicia ficou avermelhado enquanto lutava para falar.

Parecia que ela realmente escreveu a carta alguns dias atrás. Os elfos negros e os licantropos eram espécies com rainhas, de modo que trocarem cartas não era difícil, já que eles tinham formações de transporte diretamente ligadas ao Palácio do Rei Demônio.

Até mesmo Sylvia corou ligeiramente ao ler a carta. Elaine falou alegremente quando Sylvia dobrou a carta,

“Felicia é muito adorável. A propósito, também tenho uma para ler.”(Kokori: Esse é o cap das revelações…)

“Mãe?”

Caitlin levantou-se e gritou. Então Elaine ordenou a Caitlin com olhos sérios,

“Caitlin, sente-se.”

Caitlin sentou-se reflexivamente. Ela era como um cachorrinho treinado. Embora Caitlin tivesse uma expressão de enjoo, ela não se lamentou nem reclamou. Elaine assentiu com uma expressão satisfeita e puxou uma pedra azul.(Kokori: Essa parte do ‘cachorrinho’ tecnicamente não está totalmente errada né; lobo= ancestral de cachorro…)

“Esta é uma carta de voz que Caitlin me deu há algum tempo.”

Caitlin a enviou quando deixou a quarta base para ver Felicia. Quando Elaine inseriu o poder mágico na pedra, Caitlin fechou os olhos com força. A voz animada de Caitlin saiu da pedra mágica.

“Incrível! Incrível! Realmente incrível! Ele é tão formidável e incrível que ele derrotou o rei bárbaro! Shutra pode até ser mais forte do que Oppa. Não, ele vai ser mais forte. Sua força é clara. Não é realmente incrível? Incrível!”(Kokori: Incrível!)

Como esperado, foi preenchido com a palavra ‘incrível’. Ela ficou sem fôlego e o som da respiração foi ouvido. Então ela disse com uma voz cheia de alegria, orgulho e admiração,

“Shutra é incrível.”

Ele poderia facilmente imaginar o rosto brilhante e radiante de Caitlin.

‘Mestre, eu admito isso. A Princesa Incrível é realmente incrível. Ela parece um pouco diferente de mim. Bem, acho que não devemos ser iguais.’

Vento Verde murmurou nos ouvidos de In-gong, e ele ficou em silêncio. Isso era normal, mas estava estranhamente envergonhada hoje. Além disso, havia a carta de Felicia. Felicia escreveu a carta depois de estar à beira da morte. Sua expressão parecia que ela começaria a chorar a qualquer momento. In-gong não estava muito diferente. Sua expressão não mudou, mas seu rosto estava vermelho. Além dos dois, Caitlin também ficou envergonhada. Ela sentiu vergonha depois de ouvir sua voz através da pedra mágica.

Elaine e Sylvia apenas riram graciosamente. Carack e os outros assessores também tiveram que colocar muito esforço para suprimir suas risadas. Delia estava beliscando sua coxa, enquanto Seira e Sepira estavam mordendo os lábios com os olhos bem fechados.

Silvan era o único entre as crianças do Rei Demônio que não estava envergonhado. Ele sorriu enquanto olhava para In-gong com olhos invejosos.

‘Huu, hu. Relaxe.’

In-gong tentou diminuir o fluxo sanguíneo em seu rosto enquanto engolia seu chá. Foi um pouco útil recuperar sua calma.

Sylvia falou novamente,

“É uma brincadeira. Não pretendo criticá-lo, mas quero agradecer sinceramente.”

Sua voz e expressão se tornaram sombrias. Ela falou como a mãe de duas crianças, não a 3ª Rainha.

“Obrigado por salvar Silvan e Felicia. Shutra, você é o meu salvador e da minha família. Agradecê-lo apenas algumas vezes não é suficiente.”

Não eram palavras vazias. In-gong podia sentir a sinceridade de Sylvia. Era óbvio que ela faria qualquer coisa por In-gong.

Os lábios de In-gong se contorceram. Ele queria falar palavras de humildade, mas não surgiram.

Sylvia sorriu novamente devido a aparência de In-gong.

“Shutra, você realmente se importa com ambos.”

Sylvia podia sentir isso. Não era através de esquemas que In-gong tinha salvado Felicia e Silvan. Ele tinha feito isso puramente porque ele se importava com ambos.

“É um alívio. Eu sei porque sou semelhante a Felicia… É fácil ver os possíveis danos. Mas desta vez, não há danos. Estou muito grata por ela ser valorizada igualmente.”

Felicia, que acabava de se acalmar, se avermelhou novamente. In-gong também concordou com as palavras de Sylvia. Era bom que Felicia não tivesse sofrido nenhum dano, o que teria sido possível devido à sua natureza.(Kokori: Acredito que se referiria aos danos mentais.)

‘Esta parte é semelhante.’

Elas eram diferentes de Caitlin e sua mãe, que se assemelhavam, mas tinham personalidades diferentes. Sylvia e Felicia eram igualmente genuínas por natureza, então In-gong podia ver Felicia em Sylvia.

“Agora, o entretenimento acabou, então devemos socializar?”

Sylvia liberou o feitiço em Felicia e levantou a xícara de chá. Felicia mostrou alguns sinais de ressentimento devido a palavra ‘entretenimento’, mas isso não importava.

Se passaram duas horas. Sylvia fez pequenas conversas para promover sua amizade. Felicia era o assunto principal da conversa, mas ainda era uma festa de chá divertida.

Então, In-gong finalmente entendeu. Havia uma grande diferença nas percepções de In-gong e as duas rainhas.

Para In-gong, ele não tinha muito tempo livre para a luta pelo trono do Rei Demônio. O Dia do Massacre ocorreu no ano 516 em Knight Saga. Este era atualmente o ano 513, então haviam apenas três anos. Além disso, o atual Zephyr era muito mais forte que o Zephyr de Knight Saga. Talvez o incidente ocorresse antes do previsto.

No entanto, para as duas rainhas, dezenas de anos era pouco tempo. Os elfos negros e os licantropos eram espécies de longa vida. Não, era assim para todas as espécies do Mundo Demônio.

O rei sura, Mitra, subiu ao trono do Rei Demônio há cerca de 100 anos atrás. Na época, ele já tinha mais de 60 anos. Por outro lado, a criança mais velha das crianças reais estava apenas em meados dos 20. Era óbvio que ainda restavam décadas para decidir a sucessão.

Era inacreditável para In-gong, mas não podia mencionar o Dia do Massacre para as duas pessoas. Talvez o Dia do Massacre nem sequer aconteça. O Dia do Massacre em Knight Saga aconteceu porque todos as crianças do Rei Demônio, com exceção de Zephyr, foram bastante afetados durante a subjugação licantropa.

In-gong planejou impedir a subjugação licantropa e se tornar mais forte que Zephyr. Então Zephyr não seria capaz de causar o Dia do Massacre.

Sylvia e Elaine eram inteligentes e rápidas. Eram pessoas que podiam se adaptar rapidamente se a situação mudasse. Por enquanto, ele não precisava se preocupar demais com a diferença de percepção.

“Vamos falar sobre a fada da próxima vez. Eu lhe darei algumas das coisas que preparei para agradecê-lo.

Era a mensagem mágica que Sylvia entregou antes dele deixar a festa de chá. Talvez a intrusão de Elaine fosse inesperada para Sylvia.

‘Bem, eu não acho que foi uma intrusão real.’

Talvez ela tenha convidado Elaine após a encontro tribunal.

O grupo de In-gong deixou o palácio e embarcou na carruagem puxada por dracos. Felicia, que se agitou várias vezes durante a festa de chá, caiu com uma expressão completamente exausta.

In-gong sentou-se ao lado dela e de repente tornou-se brincalhão. Ele pressionou os dedos nos braços de Felicia e perguntou,

“Noona, foi realmente tão legal naquele dia?”(Kokori: The zuera NEVER ends…)

Ao invés de responder, Felicia levantou-se e bateu em In-gong com o leque. In-gong riu agradavelmente devido a resposta de Felicia.

Carack murmurou algo estranho, fazendo com que Delia e Seira concordassem com expressões sérias. No entanto, In-gong apenas os ignorou.

O tempo passou mais uma vez, e depois de deixar Felicia, Silvan e Caitlin, In-gong voltou para sua mansão com Carack. Era muito tarde, então sua visita ao Departamento de Méritos teve que ser adiado até amanhã.

“Foi um dia divertido.”

“Sim.”

Ele estava completamente envergonhado, mas houveram muitas partes agradáveis. In-gong e Carack entraram na mansão com rostos sorridentes.

Em vez de um descanso agradável, eles se encontraram com Flora, cujo rosto estava tenso. Um pedaço de papel preto estava na mão dela.

“Parece que hoje não acabou.”

Carack disse com olhos cerrados. In-gong concordou e recebeu o papel preto de Flora.

Haviam letras brancas em um fundo preto. O conteúdo era bastante semelhante ao convite de Sylvia.

No entanto, o remetente era diferente. In-gong deu um sorriso irônico enquanto lia a mensagem.

O remetente era o rei sura, Mitra.

O Rei Demônio lhe enviou um convite.(Kokori: The day NEVER ends…)

Comentarios em Breakers: Capítulo 147

Categorias