iLivro

Rei Demônio #2

Pisos, pilares e tetos brancos— além disso, era apenas um monte de espaço, e o Rei Demônio se destacava de onde ele estava no centro.

Ele não olhou para trás. Seu cabelo preto era mais longo do que In-gong pensava que seria, quase alcançasse sua cintura. O manto azul escuro tornou ainda mais clara a presença do Rei Demônio.  In-gong sempre olhava para a sua forma sentada nos encontros tribunais a uma distância, mas agora ele se aproximou das costas do Rei Demônio.

In-gong engoliu sua saliva. Sua boca estava seca. Apenas se aproximar do Rei Demônio dificultou sua respiração. Era devido à enorme pressão?  O Rei Demônio não estava emitindo poder. Ele se manteve em silêncio como ele fez no encontro tribunal.

No entanto, ao diminuir a distância, o Rei Demônio simplesmente manteve sua posição. In-gong  entendeu a presença desse homem e a razão pela qual ele tinha a posição de Rei Demônio.

O Rei Demônio se virou, e In-gong parou de andar reflexivamente. A distância entre eles era de cerca de cinco metros, então não haveria dificuldade em se comunicar.

In-gong olhou para o Rei Demônio. Era a primeira vez que In-gong estava tão perto dele.

Os olhos do Rei Demônio eram vermelhos, e In-gong se lembrou de Felicia. Os olhos vermelhos de Felicia e Silvan lembravam os do Rei Demônio. No entanto, os olhos do Rei Demônio eram bem diferentes dos dois. Seus olhos vermelhos eram mais parecidos com os do Duque da Espada. Os olhos do Duque da Espada pareciam poder ver através de qualquer coisa. O que o Rei Demônio via? Até onde ele via em In-gong?

“9º Príncipe Shutra, cumprimenta o Rei Demônio.”

A tensão preencheu In-gong enquanto ele abria a boca. Ele praticou isso muitas vezes com antecedência, então ele não foi rápido demais nem gaguejou. Em vez disso, ele falou com uma voz calma.

In-gong estava de frente para o Rei Demônio, alguém que tinha tão pouco contato com suas crianças que simplesmente conversar no encontro tribunal era um choque. Por que o Rei Demônio pediu um encontro secreto?

O Rei Demônio abriu a boca para responder. Sua voz soou um pouco mais emocional do que no encontro tribunal, mas ainda estava seca.

“Você veio, criança de Semita.”

Semita Ignus, a 5ª Rainha que já havia deixado o mundo— ela era a filha do rei gandharva, Karuta e a mãe de Shutra.

Era um título inesperado. A 5ª Rainha tinha uma presença maior no Rei Demônio do que In-gong pensava? Ou era um título que indicava alguma distância?

In-gong se lembrou da festa de chá que ele teve com a 3ª Rainha Sylvia. Sylvia realmente amava o Rei Demônio. Houve uma ligeira mudança em seus olhos e voz toda vez que ela o mencionava. A 4ª rainha Elaine era diferente. Para ela, o Rei Demônio era um parceiro de negócios que não podia ser evitado. Ela não odiava o Rei Demônio, mas não o amava.

Qual era a relação entre o Rei Demônio e a 5ª Rainha? Era devido às suas memórias da 5ª Rainha que In-gong foi chamado aqui hoje?

Não poderia ser. Não era possível.

In-gong simplificou os pensamentos complexos em sua cabeça. Em vez de evitar o olhar do Rei Demônio, In-gong o encarou como fez no encontro tribunal.

O Rei Demônio sorriu. Foi um sorriso pequeno, mas ele definitivamente fez isso.

In-gong conseguia entender as mentes daqueles que participaram do encontro tribunal. Ele não entendia por que ficaram maravilhados toda vez que o Rei Demônio falava, mas In-gong entendeu agora. Ele sentiu sua cabeça ficar em branco apenas porque o Rei Demônio sorriu.

O Rei Demônio observou calmamente In-gong e disse,

“O filho de Semita nasceu neste mundo sem alma. Pobre Semita, pensou que era um castigo celestial pelo pecado do gandharva.”(Kokori: É o que, ele notou que agora ele tem uma alma, é por isso que ele começou a se interessar por ele? Faz sentido do porque ele não ter memórias…)

In-gong respirou fundo. As palavras continham uma história que não podia ser negligenciada. Uma criança nascida sem alma…  O pecado dos gandharvas…

Ele não conseguiu entender facilmente a parte ‘sem alma’. O que isso significava? Shutra era incompetente porque não tinha alma?

Os pecados dos gandharva estavam facilmente ligados em sua cabeça. Atualmente, a espécie gandharva como um todo estavam confinados, e o motivo de tal castigo era devido ao ‘pecado dos gandharva’. Nesse caso, o que eles fizeram de errado? Ao pensar sobre a causa e o efeito, foi um crime cometido antes do nascimento de Shutra.

Haviam muitas coisas que In-gong queria fazer, mas ele era paciente. O Rei Demônio ainda não havia terminado de falar. Ele ainda estava olhando para In-gong.

“Mas agora há uma alma forte. Se Semita te visse agora, ela teria gostado demais.”

Shutra tornou-se In-gong. O vaso vazio foi preenchido com a essência de In-gong.

Quanto o Rei Demônio sabia? Ele notou que In-gong era uma pessoa separada de Shutra? Ou ele achava que era apenas a transformação de Shutra? A última possibilidade era ligeiramente maior. Não havia nenhum motivo para acrescentar que a 5ª Rainha Semita ficaria encantada com isso.

‘Não, isso não faz sentido.’

In-gong tornou-se Shutra; eles já se tornaram um. Aqui de pé estavam ambos Shutra e In-gong.(Kokori: Paranoico e agora com crise existencial…)

O olhar do Rei Demônio se afastou. Era um olhar que estava olhando para In-gong e os arredores. In-gong entendeu instintivamente que o Rei Demônio era diferente do Duque da Espada. Estava claro que o Rei Demônio estava olhando algo que o Duque da Espada não podia ver.

O olhar do Rei Demônio voltou a se direcionar para In-gong. Sua voz era baixa e grossa, mas não estava fria.

“Shutra, criança de Semita, você se tornou forte muito rapidamente. Estou ansioso para você se tornar mais forte no futuro. O destino está girando ao seu redor.”

A modificação do destino—

O Rei Demônio sentiu isso. Estava lá desde que ele encontrou pela primeira vez In-gong no encontro tribunal, e era o mesmo com cada encontro depois daquele.

Portanto, o Rei Demônio tomou sua decisão.

“Eu o chamei hoje para ver se as palavras do Duque da Espada eram verdadeiras e para fazer um julgamento.”

Aqueles com energia roxa e energia vermelha estavam atacando vários lugares no Mundo Demônio…  E alguém que afirmou ser o Cavaleiro da Fome havia aparecido neste mundo. In-gong encontrou todos eles. O destino estava girando ao redor deles.

“A pessoa mais forte deve subir ao trono do Rei Demônio. Isso ocorre porque o Rei Demônio não é quem governa o Mundo Demônio, mas aquele que o protege.”

In-gong lembrou-se das espécies indígenas destruídas. Quanto o Rei Demônio sabia? Quanto ele sabia sobre os Quatro Cavaleiros do Apocalipse? Ou ele considerou os Quatro Cavaleiros do Apocalipse um problema, assim como o Duque da Espada?

In-gong percebeu que era inútil pensar sobre isso, pois era o mesmo para ele. O Rei Demônio era quem protegia o Mundo Demônio, então todas as ameaças eram as mesmas para ele. Assim como o Duque da Espada disse, ele tinha que se tornar forte o suficiente para vencê-los.

O Rei Demônio ergueu a mão direita lentamente.

“As realizações que eu consegui— o Duque da Espada os chamou de nada extremo. Eu não gosto de colocar um nome para isso, mas Shutra, você deveria saber. Não é fácil derrotar sua teimosia.”

O Rei Demônio deu uma pequena risada. Era difícil imaginar, uma vez que o Rei Demônio só havia sido visto no encontro tribunal, mas isso poderia ser chamado de imagem verdadeira do Rei Demônio.

“Eu deixarei algo para você. É a Semente do Nada Extremo. Espero que você possa germiná-la algum dia. Espero ver você chegar além dos limites do que eu alcancei.”

Era uma das razões para chamar In-gong aqui. O Rei Demônio estava sofrendo de uma doença profunda e queria apostar no futuro que o Duque da Espada viu.

O Rei Demônio estendeu a mão. A distância entre In-gong e o Rei Demônio diminuiu, e o Rei Demônio colocou uma grande mão na cabeça de In-gong.

“Os únicos que receberam isso são Zephyr e você. Mesmo que o Duque da Espada o tenha guiado aqui, você conseguiu esse local com suas próprias forças, ao contrário de Baikal e Anastasia.”

O Rei Demônio não falou mais.

In-gong fechou os olhos naturalmente. Era o mesmo que quando o Duque da Espada lhe deu a Lei do Coração Sura. A aura azul do Rei Demônio envolveu o corpo de In-gong.

Era como um raio, e In-gong gritou silenciosamente com dor.

Naquele momento, a voz desesperada da mulher branca foi ouvida de longe. Era semelhante ao uivar de Vento Verde.

‘Conquistar. Obediência e governar.

A Autoridade Sura Divina respondeu. In-gong liberou todos os seus poderes, incluindo o coração de dragão e o Núcleo Luar. Ele precisava aceitar algo que ele não podia suportar.

Foi só por um momento, mas também parecia durar uma eternidade. Foi gravado profundamente na alma de In-gong. Então a voz de uma mulher soou em seus ouvidos,

[Nada Extremo Lv 0 foi aprendido.](Kokori: Tava na dúvida entre deixar ‘extremo’ e ‘excepcional’, qual preferem?)

Era como quando ele encontrou o poder da Conquista pela primeira vez. Este era um poder que ainda não estava disponível para ele, mas era óbvio para In-gong que era naturalmente forte.

Nada Extremo— este era o maior tesouro do Rei Demônio, mesmo quando estava morrendo de doença. Era natural que o poder da Conquista não pudesse dominá-lo.

No entanto, isso não significava que não foi bem sucedido. In-gong sentiu uma mudança em seu corpo— o equilíbrio interno tinha sido abalado devido à adição do coração de dragão. Esse equilíbrio estava completamente quebrado e se ajustou a um novo equilíbrio. Era o efeito de Nada Extremo que In-gong ainda não tinha aberto.

O Rei Demônio viu tal mudança em In-gong. Mesmo Zephyr achou a semente do Nada Extremo difícil de aceitar em seu estado selado, então o Rei Demônio não podia deixar de admirar In-gong.

“Estou impressionado, mas não seja irracional. Não há necessidade de ser muito apressado.”

No entanto, a voz do Rei Demônio não chegou a In-gong. In-gong já havia perdido a consciência quando uma luz branca brilhava de seu corpo. Era para suportar as mudanças físicas de forma mais eficiente.

O Rei Demônio olhou para In-gong e lançou um feitiço mágico no ar. O Duque da Espada veio como o vento e agarrou In-gong. Ele observou as mudanças ocorrendo no corpo de In-gong e riu.

“Mais uma vez, ele é realmente incrível.”

Em vez de responder, o Rei Demônio sorriu. No entanto, isso não durou muito. Ele cambaleou como se ele sentisse uma tontura repentina e lançou magia. Uma cadeira brotou do chão para apoiar seu corpo.

“Você está bem?”

O Duque da Espada perguntou franzindo o rosto. Seus olhos preocupados e sua voz mostraram o calor de um professor em direção ao discípulo. Ao invés de responder imediatamente à pergunta do Duque da Espada, o Rei Demônio se sentou. Ele não perdeu o outro significado na pergunta do Duque da Espada.

E bom passar a Semente do Nada Extremo para o 9º Príncipe como ele também tinha compartilhado com o 2º Príncipe Zephyr?

Era uma questão que nem precisava ser discutida. O Rei Demônio fechou os olhos e raspou,

“Duque da Espada, você deveria saber. É suficiente para a pessoa mais forte subir ao assento do Rei Demônio. Se eles são relacionados ao sangue ou não, não importa.”

Era a lei que apenas as crianças do Rei Demônio poderiam se tornar o próximo Rei Demônio. Embora toda criança do Rei Demônio seguisse esta lei, não tinha sentido para o Rei Demônio.

O Duque da Espada assentiu silenciosamente. Ele concordou com a ideia do Rei Demônio de que a pessoa mais forte deveria se tornar o Rei Demônio. Além disso, o Duque da Espada sabia sobre o segredo do nascimento do 9º Príncipe. Ele sabia o quanto a 5ª rainha Semita amava o Rei Demônio.

O fato do sangue do Rei Demônio não fluir no 9º Príncipe não era importante para o Duque da Espada, já que o 9º Príncipe já havia sido reconhecido.

“Eu retornarei à Terra Santa depois de levar 9º Príncipe. Fique saudável até nos encontrarmos de novo.”

“Você também.”

O Duque da Espada desapareceu como o vento após a troca curta de despedidas. Uma vez sozinho, o Rei Demônio olhou lentamente para o céu escuro.

O Rei Demônio leu o destino do Mundo Demônio…

E sentiu as fortes massas de destino em torno de Zephyr e In-gong.

A doença do Rei Demônio estava progredindo mais rápido do que o esperado. O Rei Demônio fechou os olhos, e ele caiu em um sono profundo por um tempo.

 

&  

 

O Guardião Queian ergueu a cabeça.

Ao sul, olhou para o norte e sabia que não podia mais demorar.

Dos seis dragões anciões que protegiam e preservavam este mundo, haviam apenas três restantes. Sentinela Ainkel e Violento Kaltein já não estavam presentes. O Guardião dos Registros Torres tinha caído em um sono profundo do qual ele não conseguia acordar.(Kokori: Aqui apareceu ‘Recorder’, mas deixei da maneira ao qual apareceu da primeira vez, que eu acho que fica melhor.)

Os únicos restantes, além de Queian, era o Grande Enkidu e a Cruel Talia.(Kokori: Anteriormente apareceu como ‘Brutal’, mas deixarei ‘Cruel’.)

Logo, haveria uma grande batalha, e a batalha tinha que acabar com a queima do Mundo Demônio. Absolutamente não poderia alcançar o Mundo Humano.

“Vá, minha criança. Torne-se a espada e o escudo para proteger o Mundo Humano.”

Sua voz estava cheia de magia. As palavras das bênçãos foram até longe do covil de Queian.

Do sul ao norte…

A criança de Guardian Queian, o guerreiro Locke se moveu com seus companheiros.(Kokori: Ele tá um ano adiantado pelo que o Shutra falou.)

Eles se dirigiram para o Mundo Demônio.  


(Kokori: Então, esse cap foi um que deu uma idéia pra saber qual é o ‘pecado dos gandharva’, queria que vocês colocassem ai nos comentários seus palpites, e queria dizer que eu com muita dificuldade consegui me conter pra não contar alguns spoilers…)

Comentarios em Breakers: Capítulo 149

Categorias