iLivro

Destruição da Guerra #6

Os wyverns, que haviam perdido dois aliados pelos sopros de dragão de In-gong, fugiram. Na verdade, a grande surpresa era o Sopro de Dragão em si, em vez dos wyverns que morreram.

Embora fosse o Sopro de Dragão do dragão mais poderoso, seu uso diário ainda era o mesmo. In-gong estava realmente feliz porque os wyverns haviam escapado rapidamente antes que ele só tivesse um sopro restando.

Os wyverns foram expulsos da floresta, e os animais já não observavam o grupo. Galang e os outros caçadores Gullam cuidaram dos cadáveres dos wyverns apressadamente e concentraram-se em limpar a retaguarda.

Quando os gigantes começaram a se moverem, o grupo de In-gong se aproximou. Felicia olhou para In-gong com uma expressão confusa e disse,

“Shutra é incrível. Não, você é estranho— um trapaceiro”

“Oh, desta vez existem algumas semelhanças, Princesa.”

Felicia ignorou o que Carack disse e apenas olhou para o In-gong. In-gong sorriu para o grupo antes de enviar uma piscadela a Felicia. Ela entendeu o significado de seu gesto e pediu um espírito de vento para fazer uma cortina que bloqueasse qualquer som.

“Shutra, o que está acontecendo? Isso… foi um Sopro de Dragão, certo?”

Era uma situação em que o som foi bloqueado, mas Felicia baixou a voz como se tivesse medo de que alguém estivesse escutando. In-gong assentiu com a cabeça.

“Possivelmente.”

“Wah! Isso significa que o Príncipe vai crescer asas, uma cauda e chifres?”

Carack perguntou com um rosto animado. Claramente, ele estava realmente entusiasmado com isso. No entanto, In-gong sacudiu a cabeça.

“Como eu disse antes, não é assim. Bem, pode ser possível se eu aprender magia polimórfica.”

“Ohhh.”

Claro, o uso de magia polimórfica tornaria uma transformação literal, mas ele ainda cresceria asas e uma cauda como Carack disse.

“Mas o sopro— foi devido ao coração de dragão?”

Felicia ainda estava confusa. In-gong levantou a mão no meio do peito, onde estava o coração de dragão e respondeu,

“Sim, o Sopro de Dragão é mais como a essência do coração de dragão, ao invés de um feitiço mágico. Um ato primitivo? De qualquer forma, era algo assim.”(Kokori: Esse ‘primitivo’ tava em duvida entre, ‘natural’, ‘inerente’; ele se refere a algo que é natural da espécie, uma capacidade, sem uso de um intermediário para usá-lo. O próximo parágrafo explica o resto…)

Sopro de Dragão não era como uma habilidade ou magia; Era um direito que um dragão desfrutava. Portanto, o Sopro de Dragão estava mais perto da essência de um dragão, do que um feitiço mágico. Era algo que despertava instintivamente, como a forma como um pássaro podia voar ou um peixe podia nadar.

Felicia parecia novamente confusa com a explicação e olhou para o peito de In-gong.

“Shutra, você já está mais perto de um dragão do que um gandharva?”

Não só ele podia utilizar um coração de dragão, mas também podia disparar Sopro de Dragão. Se ele pudesse usar feitiços mágicos, então ele seria um dragão de tipo humano.

“Bem, eu vi claramente uma característica dos gandharva.”

Carack disse depois de recordar algo. Felicia fez um som confuso e perguntou,

“Característica dos gandharva?”

“Sim, uma característica do gandharva.”

Felicia voltou-se para In-gong e estreitou os olhos.

“Uh… Shutra é muito bonito.”

“Noona também é bonita.”

In-gong respondeu um pouco sem vergonha ao súbito elogio de sua aparência. Era verdade que Felicia era bonita. No entanto, Carack disse com uma careta,

“Este não é o momento para se divertir.”

In-gong encolheu os ombros enquanto Felicia abriu seu leque apressadamente. Delia, que estava observando silenciosamente, disse suavemente,

“Carack, a beleza é uma característica de ambas as espécies. Os gandharva e os elfos são conhecidos como espécies com belas aparências.”

Claro, os padrões variariam de espécies para espécies, mas mesmo assim, haviam alguns padrões gerais. Carack pensou por um momento antes de assentir.

“Bem, na verdade. Delia também é muito bonita.”

“Oh, meu.”

Delia ficou vermelha ao elogio de Carack, enquanto Karma franziu a testa com irritação.

No entanto, Carack não foi mais longe. Ele observou Felicia e perguntou,

“Princesa, quais características os gandharva possuem além da aparência?”(Kokori: Serem uns docinhos…)

“Uh, vamos ver? Até onde eu sei… eles têm um bom aroma e são bons em dançar e cantar? Havia uma linda dançarina gandharva, que fazia parte das Oito Legiões, que andava por aí se apresentando para cada espécie. Ah, eles também são excelentes para sentir o fluxo. Eles podem sentir tudo que tem um fluxo, seja o vento ou a aura.”(Kokori: Os gringos linkaram isso em Oito Legiões, em português achei esse ta bem simplificado, algumas coisas que vi, no do inglês é que, os gandharvas são chamados de ‘comedores-de-aromas’…)

Estas eram praticamente todas as características da espécie que ela conhecia. Carack pensou por um momento antes de assentir.

“Bem, o líquido que vem do corpo do Príncipe é delicioso. É realmente incrivelmente doce e delicioso.”(Kokori:‘líquido que vem do corpo do Príncipe’…( ͡° ͜ʖ ͡°))

“O que? Um sabor delicioso?”

Felicia virou-se para In-gong apressadamente, parecendo estar gritando em seu rosto.

In-gong respondeu apressadamente,

“Uma vez tentei beber meu sangue. Se eu fundir o poder mágico no sangue, ele se transforma em um sabor muito doce.”

“Sangue?”

“Não apenas sangue… outros fluidos corporais são possíveis.”

Ele também experimentou sua saliva e suor.

“A Noona quer tentar?”

In-gong perguntou, e Felicia rapidamente acenou com as duas mãos.

“Oh não. Está bem. Ainda é sangue.”

“Você vai se arrepender mais tarde. É realmente delicioso. Não pergunte depois disso. Meu sangue é precioso.”

In-gong respondeu com de forma brincalhona e recuou o braço novamente. Carack riu e fez a Felicia outra pergunta.

“Então, Princesa, você mencionou algo sobre as Oito Legiões? O que são as Oito Legiões?”

“Uh, eu não sei? Carack?”

“Eu também não sei.”

“Estranho.”

Felicia sorriu e olhou para Delia. Era um olhar pedindo por ajuda, então Delia abriu a boca imediatamente.

“As Oito Legiões são um grupo de Oito Espécies que migraram aqui de um lugar distante. Há uma história de que eles vieram de um lugar chamado Mundo Celestial, mas é apenas uma lenda, por isso não é preciso.”

As Oito Legiões apareceram repentinamente um dia, mas não havia evidência de onde realmente vieram. Faziam milhares de anos, então não havia ninguém que pudesse testemunhar sobre esse tempo. As únicas pistas eram os registros sobre as Oito Legiões, mas a maioria dos registros haviam sido destruídos durante a Era das Lutas. Agora, era apenas uma lenda.

“As espécies que pertencem às Oito Legiões são a gandharva, yaksha, sura, deva, karura, dragão, kinnara e mahoraga. Carack, você deveria ter visto os yaksha e os sura algumas vezes.”(Kokori: Fiz uma nota comentando sobre algumas coisas, mas ficou muito grande e coloquei no final do cap.)

O Rei Demônio era um sura.

Carack assentiu para as palavras de Felicia.

“Eu já vi quase todos eles. Mas esta é a primeira vez que ouvi dizer que as oito espécies estavam relacionadas.”

“Bem, como eu disse, é apenas uma lenda. Há algumas pessoas que questionam a existência das Oito Legiões como espécies do Mundo Demônio. No entanto, é assim tão fácil? É um pouco equivocado apontar para um dragão ou qualquer outra espécie.”

Os yaksha eram provavelmente os mais aparentes das Oito Legiões no Mundo Demônio. A maioria dos outras das Oito Legiões, incluindo os sura, eram poucos em número.

“Ohu. Então Princesa, quais são as características dos elfos negros e dos sura? O príncipe e a princesa carregam o sangue do Rei Demônio.(Kokori: Ou não…)

No entanto, do lado de fora, os dois não pareciam possuírem qualquer sangue sura. Agora, Felicia não era muito diferente de Delia, que era uma elfa negra de sangue puro.(Kokori: Tan tan tannnnn…                   brinks.)

“Eu vou te contar as características dos elfos negros. Uma aparência bonita e… corpo leve e ágil, alta afinidade com espíritos, longevidade e olhos especiais que podem ver no escuro?”

Ao ouvir as palavras de In-gong, Felicia riu. Então ela continuou sua explicação,

“A sura é uma espécie de combate natural. Eles têm bons sentidos de combate, alta resistência, resiliência e recuperação. Aura também é um talento especial.”

Eles eram literalmente uma espécie nascida para lutar.

“Mas o sangue da sura é menos dominante, visto que as crianças do Rei Demônio tendem a herdar mais das características de sua Omamama, e não as do Abamama. Eu acho que o único efeito óbvio do sangue de Abamama é a infância que Silvan e eu tivemos.”

“Infância?”

“Os outros elfos negros têm uma infância bastante longa. Mas Silvan e eu não somos muito diferentes de Shutra, Caitlin e Chris.”

“Ah, é assim? Talvez o príncipe lute bem devido ao sangue do Rei Demônio.”

Carack assentiu com a cabeça como se estivesse convencido.

Após as explicações, Felicia virou-se para In-gong.

“De qualquer forma, o Sopro de Dragão é realmente incrível e estranho. Shutra, você pode tirá-lo de qualquer lugar que não seja sua boca?”(Kokori: Peido de Dragão…)

Embora pareça natural soltar um Sopro de Dragão de sua boca, algum desconforto era inevitável.

In-gong encolheu os ombros e respondeu,

“Fico feliz que não seja solto dos meus olhos. E também estou feliz por estar sob a forma de um pilar de luz. Se fosse fogo, a situação ficaria pior.”(Kokori: Iria virar o Ciclope.)

“De fato.”

Felicia assentiu devagar enquanto imaginava In-gong soltando fogo de sua boca. O pilar da luz parecia mais fácil de se formar e tinha menos desconforto.

“Bem, Noona, acho que devemos manter o coração de dragão em segredo de Galang e dos caçadores Gullam. Devo dizer que é uma poderosa magia ou habilidade?”

Havia uma razão para bloquear o som em torno do grupo. Felicia imediatamente entendeu as palavras de In-gong.

“Na verdade, não acho que seria bom se Anastasia unni ouvisse sobre isso. Vamos fazer isso.”

Ele não sabia se ele teria que lutar contra Anastasia, mas era melhor manter escondidas algumas coisas. Quanto mais trunfos ele tivesse, melhor.

Desde de que a história terminou até certo ponto, Felicia afastou o espírito do vento. Então os caçadores Gullam chegaram ao grupo de In-gong, e todos disseram o mesmo.

“Drakon Kechatulla.”

“Drakon Kechatulla.”

“Drakon Kechatulla!”

Era uma situação em que até Galang que era calado havia dito isso. Felicia e seus companheiros olharam para In-gong reflexivamente. Todos pareciam estar perguntando ao In-gong sobre o significado.

“Não sei… o ‘grande dragão guerreiro’?

Era uma língua que ele não conhecia, mas agora conhecia. A voz da mulher foi ouvida em sua cabeça.

[Linguagem dos Gigantes Antigos Lv1 foi aprendida.]

A linguagem dos gigantes antigos… In-gong olhou para as palavras que pareciam estar escondendo algo, mas Felicia balançou uma mão em seu rosto.

“É conveniente, mas estou começando a me sentir brava como se eu estivesse sendo privada de alguma coisa.”

Ela trabalhou arduamente para aprender cada caractere. Se ela não usasse isso muitas vezes, ela iria esquecê-los.

Enquanto Felicia estava grunhindo com raiva, Galang abaixou o rosto. Ele olhou diretamente para In-gong e disse,

“Drakon Kechatulla. Finalmente, a encarnação do dragão voltou.”

Havia uma expressão quase piedosa nos olhos de Galang, e não era simplesmente porque ele estava maravilhado com In-gong.

“Parece que há algo mais.”

Carack disse, e In-gong concordou. Ele olhou para cima e Galang e disse,

“Me conte a história.”

 

 

Havia algo que era transmitido dentro do clã Gullam.

Era a imagem de um humano, que era a encarnação de um dragão, lutando contra um deus serpente vermelha perversa para proteger o mundo. A encarnação do dragão lutando contra o deus serpente não era uma previsão do futuro, mas uma representação do passado.

Felicia quebrou todas as partes da história que Galang lhes disse. Originalmente, a história era composta de parábolas e símbolos.

Felicia substituiu as palavras de Galang, uma a uma.

‘O mundo era a floresta. O deus serpente perversa era um dragão. A encarnação humana de um dragão pode ser interpretada de maneiras diferentes. Poderia ser um guerreiro apoiado por um dragão do bem ou um dragão do bem que se transformou na forma de uma pessoa.’

Nas Planícies Enger, havia a história do guerreiro centauro que havia protegido o norte depois de receber Águia Branca.

“Passando por isso… existe uma relíquia associada a um dragão na área?”

Felicia chegou a essa conclusão, e In-gong concordou.

“Provavelmente é um covil de dragão.”

Talvez fosse um lugar associado a um dragão ancião. Mesmo que não fosse um dragão ancião, era o covil de um dragão que viveu a milhares de anos atrás. Então, era um grande tesouro.

“Minha motivação está aumentando.”

Felicia esqueceu o suor e as outras preocupações que teve no passado enquanto murmurava.

In-gong olhou para Galang e perguntou,

“Galang, isso também é dito entre os Paran e os Hwarin?”

“As raízes dos três clãs gigantes são as mesmas. A história sobre a encarnação do dragão também é transmitida entre os Paran e os Hwarin.”

A atitude de Galang em relação a In-gong era muito mais cuidadosa do que antes. Havia uma veneração que não podia ser escondida.

A encarnação do grande dragão…

Se os Paran e os Hwarin compartilhassem a mesma história, eles provavelmente reagiriam de maneira semelhante a Galang.

In-gong lembrou dos centauros das Planícies Enger e assentiu silenciosamente. Como Felicia disse, ter mais trunfos era bom.

“Vamos encontrar a ruína.”

Ainda restava tempo antes do início do pôr sol. Os passos do grupo aceleraram.


(Kokori: De acordo com essas Oito Legiões, é ‘Ashura/Asura’ em vez de só ‘sura’, deve ter sido algum erro de tradução ou do autor, e que não quiseram mudar… se alguém tiver uma memória boa, na época quando foi postado o cap 10, eu coloquei uma nota falando sobre isso, eu me baseei, na wikipédia, já que não me aprofundei no assunto; e também tem o negócio de os dragões serem inimigos dos gandharvas, mas na verdade são dos Karura/Garuda; e quantos aos grandharvas apresentarem características de pássaros, acredito que possa ser descartado, ou serem poucas partes.[Eu sei ta confuso, mas eu comecei a pesquisar um pouco e tentei dar uma resumida…])

Comentarios em Breakers: Capítulo 155

Categorias