iLivro

Vitória #2

Na margem do lago, um barco branco estava à espera do grupo de In-gong. Era largo e longo, mas era um navio de transporte, então não tinha um telhado.

Apenas uma pessoa estava no barco. Moriyu subiu primeiro no barco e curvou-se educadamente. In-gong entendeu intuitivamente quanto ao que ela queria dizer: apenas os companheiros de In-gong podiam visitar o Templo do Dragão.

Os 61 homens-lagarto eram acompanhantes de In-gong e Felicia. Ao solicitar que não entrassem no templo, poderia ser interpretado como grosseiro. No entanto, In-gong não se importou. Se o Templo do Dragão estivesse planejando algo, então ele acabaria destruindo a conspiração.

Olhando para Felicia, parecia que ela também entendeu a situação geral. Ela concordou com uma piscadela e subiu primeiro no barco. Então ela foi seguida por Delia, Karma, Carack e, finalmente, In-gong.

Os homens-lagarto perceberam tardiamente que não podiam visitar o Templo do Dragão. Eles estavam chateados, mas optaram por esperar na margem em vez de fazer uma confusão. Eles respeitavam a autoridade do Templo do Dragão e também eram fiéis a In-gong e Felicia.

O barco que carregava o grupo de In-gong se moveu rapidamente apesar de não ter velas. Depois de se mover por 100 metros, chegaram ao Templo do Dragão, onde vários sacerdotes com capuzes estavam esperando.

“Drakon Kechatulla, nós cumprimentam o Grande Dragão Guerreiro.”

Os sacerdotes removeram seus capuzes e cumprimentaram o grupo. Olhando para eles, In-gong podia entender por que os homens-lagarto comuns chamavam os sacerdotes do Templo do Dragão como ‘aqueles que estavam mais perto dos dragões’.

Os sacerdotes eram uma ou duas cabeças mais altos do que os homens-lagarto comuns, e suas escalas eram maiores e mais grossas. As sacerdotisas eram bonitas como Moriyu. Cada vez que se moviam, suas escamas pareciam brilhar.

“O sumo sacerdote está esperando por vocês lá dentro.”

Um sacerdote, que atuou como representante, disse educadamente a eles. Os sacerdotes agiram como se estivessem em frente ao Dragão Guerreiro, em vez da família real do Mundo Demônio. O interesse dos sacerdotes estava focado exclusivamente em In-gong. Em vez de se queixar sobre esse fato, Felicia importunou In-gong. Ela queria entrar no templo rapidamente.

“Por favor me guie.”

In-gong absteve-se de rir quando ele os instruiu, fazendo com que todos os sacerdotes se levantassem imediatamente. Apesar de seu tamanho grande, seus passos eram leves. Quando eles se aproximaram, o próprio templo parecia um enorme dragão. As placas brancas anexadas ao exterior do templo pareciam escamas de dragão. Dentro do templo, o teto era alto e simples, e brilhava como a luz branca brilhante do sol.

Moriyu e os sacerdotes continuaram em frente, e uma grande sala logo surgiu em suas vistas. Havia água fria fluindo ao longo da borda da sala, com uma pequena cachoeira em ambas as paredes. Felicia soltou um som de admiração assim que ela entrou na grande sala. No entanto, não era apenas devido ao sentimento sagrado da sala. O olhar de Felicia brilhava com curiosidade enquanto olhava para o lagarto no meio da sala.

“O sumo sacerdote cumprimenta o Drakon Kechatulla. Eu também gostaria de cumprimentá-la, Princesa do Palácio do Rei Demônio.”

Felicia foi a primeira a se curvar ao sumo sacerdote. Ela tinha um sorriso brilhante no rosto.

“Estou encantada de conhecer o descendente do grande dragão.”

Felicia disse elegantemente. In-gong concordou com as palavras de Felicia em seu coração.

‘Isso é real.’

Os homens-lagarto alegavam ser descendentes de um dragão, mas eram muito diferentes em comparação com os draconianos.

No entanto, o sumo sacerdote era diferente. Asas saiam de suas costas, fazendo-o parecer muito mais um dragão do que os draconianos, que tinham uma aparência humana. Era o suficiente para acreditar que ele era um dragão polimórfico, em vez de um homem-lagarto.

O sumo sacerdote era um homem velho, e o olhar profundo em seus olhos provava isso.

“Drakon Kechatulla, o Grande Dragão Guerreiro. Gostaria de falar claramente. Você está aqui porque tenho algo para lhe dizer.”

O sumo sacerdote não perdeu tempo com palavras polidas desnecessárias. Entre os homens-lagarto, ele era particularmente gigantesco. Ele olhou para os olhos de In-gong e disse,

“Há alguns dias, o Dragão Guerreiro despertou a Espada do Rei Gigante. Graças a esse velho corpo, finalmente posso ter certeza de que o Dragão Guerreiro voltou após um longo período de tempo.

“Sumo Sacerdote, você tem uma Espada do Rei Gigante aqui?”

Felicia perguntou. O sumo sacerdote sacudiu a cabeça.

“O Dragão Guerreiro só tinha uma Espada do Rei Gigante. Em vez disso, há algo que pode ser chamado de irmão da Espada do Rei Gigante. É isto.”

Como In-gong e Felicia, o sumo sacerdote estava vestido com ornamentos dourados, e levantou algo que pendurado na cintura. Era um chifre belamente pintado.

“Este é o Chifre do Dragão. Assim como a Espada do Rei Gigante, ele tem o poder de governar os homens-lagarto. Esteve dormindo por um longo tempo até acordar alguns dias atrás.”

Haviam várias gemas grandes incrustadas no chifre, e a gema na Espada do Rei Gigante brilhava com uma luz semelhante.

“Grande Dragão Guerreiro, você pode se perguntar por que essas coisas existem e por que elas respondem ao Dragão Guerreiro. De agora em diante, vou lhe contar tudo o que sei.”

O sumo sacerdote respirou profundamente por um momento. Então seu voltou seu olhou para longe, como se estivesse absorvido em suas memórias.

“Os gigantes foram divididos em três durante a turbulência da época e perderam suas tradições. Nós, os homens-lagarto, também esquecemos a maioria das tradições e nossa missão depois de tantos anos. Eu sou o único que pode lembrar, apenas um pouco, algumas coisas que ocorreram no passado.”(Kokori: Quantos anos tem esse projeto de dragão?)

Não foram a mil anos; Era muito mais antigo do que isso.

“Drakon Kechatulla, o guerreiro que lutou contra o deus maligno serpente vermelha… Os gigantes e os homens-lagarto foram criados para ajudar o Dragão Guerreiro. Essas espécies nasceram para lutar contra o deus maligno serpente vermelha.”

“Tesouros.”

Felicia disse de repente. Os mamutes do pântano com quem tiveram que lutar quando enfrentaram a tribo Relâmpago Vermelho eram tesouros do Grande Enkidu, e os mamutes do pântano viviam com os homens-lagarto.

O sumo sacerdote sorriu.

“Você pode dizer que eles são como tesouros, apenas em uma escala maior. Os homens-lagarto e gigantes foram feitos pelo antigo dragão.”

“Você está falando sobre os dragões anciões?”

O sumo sacerdote sacudiu a cabeça na pergunta de Felicia.

“Eu não sei com certeza. No entanto, a criação dos homens-lagarto e gigantes aconteceu pelo menos 10.000 anos atrás. Os dragões mais antigos conhecidos hoje não são tão antigos.”

10.000 anos… Essa era uma grande unidade de tempo. Mais uma vez, Felicia perguntou apressadamente,

“Sumo Sacerdote, você conhece as espécies indígenas?”

“Elas certamente existiram. Mas eles desapareceram há 10 mil anos. Sua civilização foi destruída pelo deus maligno serpente vermelha.”

Esta foi a primeira vez que In-gong tinha ouvido esta história, mas estava convencido de que era verdade. Ruínas das espécies indígenas podem ser encontradas em todo o Mundo Demônio, e tal grande destruição não ocorreria naturalmente.

“Mas você pode ter certeza. O deus serpente vermelha desapareceu. É graças ao trabalho das espécies indígenas e ao Grande Dragão Guerreiro.”

Havia um sorriso gentil no rosto do sumo sacerdote. Ele parecia orgulhoso de seus antepassados. In-gong perguntou,

“Sumo Sacerdote, o que é o Dragão Guerreiro?”

“O Dragão Guerreiro se refere a uma pessoa com o coração e a alma de um dragão— um intermediário dos dragões sagrados para manter o mundo.”

In-gong atualmente tinha um coração de dragão por causa de Ainkel, mas de acordo com as palavras do sumo sacerdote, pessoas como In-gong existiam há 10 mil anos.

“Sumo Sacerdote, você conhece os Quatro Cavaleiros do Apocalipse?”

Os olhos do sumo sacerdote se afiaram devido a questão, e ele expressou uma hostilidade feroz.

“Eles são chamados de cavaleiros de destruição—  as únicas pessoas que lutaram com o deus maligno serpente vermelha. Dragão Guerreiro, você pode levar isso?”

O sumo sacerdote entregou um anel. O anel era feito de platina e incrustado com uma gema azul.

“Isso é algo que um dos dragões anciões, o Guardião dos Registros Torres, deixou no Templo do Dragão há 1.000 anos.”

In-gong recebeu o anel. Então milagrosamente, o tamanho do anel foi reduzido para se ajustar ao dedo de In-gong.

“Shutra.”

Felicia disse com uma voz um tanto inquieta. No entanto, In-gong sorriu de forma tranquilizadora para ela. O anel era uma relíquia de um dragão ancião. Até agora, as relíquias dos outros dragões mais antigos aceitaram In-gong assim que ele as tocava. Era como se estivessem esperando serem conquistados.

In-gong trocou um último olhar com Carack antes de colocar o anel no dedo indicador. Naquele momento, ele ouviu a voz de um homem na cabeça dele.

‘Eu sou o Guardião dos Registros Torres’.

In-gong estava no escuro, e ele ouviu a voz vindo de um lugar alto. Ele ergueu a cabeça e viu uma enorme cabeça de dragão com belas escamas brancas.

‘A magia foi ativada, assim como com Ainkel.’

In-gong percebeu isso intuitivamente. Esta não era uma conversa. Era uma comunicação unilateral, como um vídeo gravado. A voz de Torres continuou falando,

‘Não há muito a contar. Não sei quanto tempo faz ou o que está acontecendo. Portanto, esta história será breve. Muitos milhares de anos atrás, as civilizações, que estavam enraizadas no Mundo Demônio, foram destruídas. Os registros foram destruídos e a história foi perdida. Foi um deus maligno serpente vermelha que destruiu o mundo. O Dragão Vermelho do Apocalipse—  A besta que celebra o fim dos dias.’

O chão começou a queimar, e surgiu uma enorme presença. Era um dragão vermelho com sete cabeças e dez chifres. A presença do próprio dragão vermelho era uma grande catástrofe. Apenas abrindo as asas abertas, parecia cobrir o céu, como uma sombra trazendo a morte à terra.

‘A luta de milhares de anos acabou com o fracasso. O Dragão Vermelho também morreu. Mas foi difícil dizer que foi uma vitória. A civilização foi destruída, e apenas um punhado de espécies foram deixadas para construir uma civilização novamente. Os dragões anciões anteriores foram eliminados. Então, o mundo teve que ser construído a partir do zero novamente.’

Nenhuma espécie teve uma história maior que 10.000 anos. Os registros mais antigos pertenciam aos elfos negros que só tinham preservado 7.000 anos. Os dragões anciões estavam todos mortos, e havia uma nova geração de seis dragões anciões. Eles eram os seis dragões anciões que In-gong conhecia.

‘E, no entanto, eles permaneceram.’

Na escuridão, haviam quatro chamas de cores diferentes. A Conquista branca, a Guerra vermelha, a Morte azul e a Fome negra.

‘Eles são chamados os Quatro Cavaleiros do Apocalipse… Aqueles que ansiavam pelo fim do mundo junto com o dragão vermelho.’

Eles não desapareceram. Foi apenas o dragão vermelho que havia desaparecido.

‘Os dragões anciões, inclusive eu, sabiam que os outros causadores sempre estarão de volta. Finalmente, eles voltaram após milhares de anos.’

Torres mostrou alguns registros do passado, e In-gong percebeu que eram de 1.000 anos no passado.

“O Violento Kaltein foi o primeiro a sofrer uma lesão fatal. Foi devido a um ataque de um dos mais fortes e ferozes dos quatro cavaleiros, a Guerra. Com apenas uma luta, Kaltein perdeu quase todo seu poder.’(Kokori: Então esse é o Boss final? )

In-gong se lembrou do covil de Kaltein. Haviam evidências de lutas onde a escrita das espécies indígenas estava esculpida.

‘O próximo atacado foi a Sentinela Ainkel. Mas seu caso foi diferente de Kaltein.’

‘Conquista. Ela estava na luta.

A voz de Torres estava cheia de emoção, mas não era um ódio contra o inimigo.

‘Eu lutei com Ainkel contra Conquista e Guerra. Foi uma batalha feroz, mas finalmente fomos vencidos. Eu sofri uma lesão fatal, e Ainkel não pôde evitar morrer. Mas pouco antes de morrer, Ainkel disse algo para mim. Eu também poderia sentir isso no decorrer da luta. A Conquista não queria a destruição do mundo. Ela não queria que a civilização fosse apagada do mundo mais uma vez. Conquista lamentou a destruição há milhares de anos.’

O coração de In-gong palpitava. A aparência da mulher branca, no fundo de sua alma, veio à sua mente. Parecia que ele estava lutando contra o Cavaleiro da Fome.

‘O Grande Enkidu não acreditava em Ainkel e em minhas palavras. A Cruel Talia também disse que fomos enganados pelos inimigos perversos. Assim como queremos proteger o mundo, os cavaleiros querem trazer o fim. É o seu instinto.’

O registro que permaneceu na Fortaleza do Trovejar da Destruição… Os quatro cavaleiros estavam indo contra os seis dragões anciões.

‘Mas eu queria acreditar nisso. Não, eu tinha que acreditar.’

Ainkel enfrentou a Conquista. O próprio Torres sentiu a tristeza da Conquista. Torres respirou fundo, então falou com uma fadiga pesada,

‘Logo, haverá uma grande luta. É uma grande luta entre os dragões anciões e os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Eu irei enfrentar Conquista naquela luta. E com a alma de Ainkel ao meu lado, irei libertar Conquista.’

Essa luta tinha sido há mil anos. E desde aquela luta, os dragões anciões haviam desaparecido do mundo. O Grande Enkidu abandonou seu covil, e a Cruel Talia desapareceu. O Guardião Queian desapareceu no fundo da história.

‘Preciso arriscar minha vida. Talvez eu falhe, mas acho que vale a pena.’

Torres sorriu. Esse sorriso era realmente acolhedor, e parecia com o da Sentinela Ainkel.

“Não sei o que aconteceu mais tarde. Eu sou um registrador. Portanto, embora eu conheça o passado e o presente, é impossível vislumbrar o futuro que tem infinitas possibilidades. Mas vou fazer uma previsão.’

Torres olhou para o céu quando sua voz abalou o mundo inteiro.

‘Este registro não será transmitido a mais ninguém. Mas também espero que seja transmitido. Se esse registro não for transmitido, significa que a primeira luta contra os Cavaleiros do Apocalipse terminou em nossa vitória completa ou nossos dragões anciões foram derrotados. O fato de que esse registro foi transmitido significa que Conquista foi libertada de seu destino de acabar com o mundo.’

Torres olhou para In-gong de novo. No entanto, Torres já não era um enorme dragão. Ele agora era um jovem de cabelos brancos vestindo roupas largas.

‘Cavaleiro da Conquista, o fato de que este registro foi comunicado significa que a luta não acabou na vitória de nenhum dos lados. A luta entre os Quatro Cavaleiros do Apocalipse e os dragões anciões foi adiada para o futuro.

Esse era realmente o caso. Depois de mil anos, os cavaleiros que seguiram a vontade dos Cavaleiros do Apocalipse apareceram.

‘Cavaleiro da Conquista… aquele que quer proteger o mundo, não aquele que anseia pelo seu fim. Mesmo que a aposta seja bem-sucedida, não sei qual será o estado da Conquista. Talvez ela nem consiga se comunicar adequadamente com você. Reúna o equipamento dos dragões anciões. Torne-se um Cavaleiro da Conquista e Dragão Guerreiro. A luta no futuro não será um confronto direto entre os cavaleiros e os dragões anciões, mas uma luta entre os Cavaleiros do Apocalipse e os dragões guerreiros. Se você tem a força de ambos, então você pode superar os outros Cavaleiros do Apocalipse.

In-gong podia entender isso, e ele agora percebeu…

A razão pela qual o equipamento dos dragões anciões tinha sido conquistado como se estivessem esperando por ele, e a razão pela qual a alma de Ainkel e o coração do dragão aceitaram In-gong. Este era o processo para se tornar um Cavaleiro da Conquista e Dragão Guerreiro.(Kokori: Tava achando que a Conquista era tudo isso pra dominar tudo tão facilmente… se fosse assim era fácil.)

‘Está na hora. Este é o último registro. Cavaleiro da Conquista, rezo pela sua vitória. E Conquista, vou estar lutando contra você em breve.

Torres olhou para In-gong e viu a mulher branca dentro de In-gong. Embora fosse apenas uma gravação e não havia interação entre os dois, In-gong sentiu o olhar de Torres. A mulher branca não era diferente.

‘Espero que você tenha sido libertado da sua prisão. Não fique triste mais.’

Torres sorriu. In-gong sentiu as emoções da mulher branca; A tristeza e a alegria surgiram violentamente dentro dele. Então o jovem desapareceu, e além da escuridão, havia um enorme dragão branco.

‘Eu sou o Guardião dos Registros Torres. Meu registro acabará aqui.’

Torres se virou e desapareceu na escuridão.

No entanto, In-gong conseguia vê-lo—  a memória da Conquista. Ela lembrou do fim de Torres. Ele tinha sorrido para Conquista até o final. Sentinela Ainkel e o Guardião dos Registros Torres… Eles foram os que libertaram Conquista.

[O nível da Conquista aumentou.]

[O nível de Cavaleiro da Conquista aumentou.]

[Armamento foi adquirido.](Kokori: Não tenho idéia do que seja ainda, então está sujeito a futuras mudanças…)

[Dragão Guerreiro Lv1 foi aprendido.]

[Palavras de Dragão Lv1 foi aprendido.]

In-gong fechou os olhos e ouviu a voz da mulher branca do fundo de sua alma.

 

&

 

O Cavaleiro da Guerra olhou para um buraco profundo no chão.

Era um lugar que as espécies do Mundo Demônio chamavam de divisão da Linha de Limite. A área de divisão da Linha de Limite era uma terra abandonada que costumava pertencer às espécies indígenas.

O Cavaleiro da Guerra riu, e era como o fogo da Guerra. Em frente ao Cavaleiro da Guerra, havia o corpo de um enorme dragão branco. Não parecia morto, e o Cavaleiro da Guerra sabia seu nome.

Ele testemunhou diretamente a luta há 1.000 anos. Desde aquele dia, o dragão era um inimigo odioso que ele nunca esqueceria. Desde que o Cavaleiro da Guerra despertou novamente, ele estava procurando por isso.

O Cavaleiro da Guerra podia sentir as emoções de Guerra e, como as chamas vermelhas, ela celebrava com uma raiva violenta.

O Guardião dos Registros Torres, o dragão ancião amaldiçoado que tinha corrompido a Conquista… Por um momento, ele a enganou para ser simpática com seus inimigos.

Conquista era a líder dos cavaleiros. Os cavaleiros a perderam e se dispersaram. Mesmo agora, depois de terem acordado novamente, Guerra estava separada da Morte e da Fome. Ela só podia senti-los vagamente. Era uma sensação terrível de perda. A maior tristeza era que Conquista já não estava com eles.

Então o Cavaleiro da Guerra descobriu que seus apóstolos haviam desaparecido e que o Cavaleiro da Conquista havia intervido.

O Cavaleiro da Guerra esteve com a Guerra há mais de 1.000 anos. Portanto, era correto dizer que o Cavaleiro da Guerra era Guerra.

A alma do Guardiãos dos Registros Torres morreu 1.000 anos atrás naquele dia. O corpo diante dele agora era apenas uma concha.

A Guerra causou um enorme fogo que queimou o corpo de Torres. O Cavaleiro da Guerra olhou para as chamas e passou a pensar profundamente.

O plano da Morte estava em andamento. Não demoraria até que as peças separadas do plano que o Cavaleiro da Morte tinha colocado cuidadosamente se concretizassem.

O Cavaleiro da Guerra deixou o buraco.(Kokori: Só não entendi o pq de em 1.000 fucking anos, ninguém aparentemente ter encontrado o corpo de um dragão…)

Ele andou para além da Linha de Limite norte para a terra onde o Cavaleiro da Morte estava localizado.(Kokori: Tenho notado que esses último estão aumentando gradualmente, de 2200 pra 3000 palavras…:/)

Comentarios em Breakers: Capítulo 170

Categorias