Traduzido originalmente em Infinite Novel

Despertar# 4

“Não treine hoje e vá para cama cedo.”

Carack disse enquanto voltavam para a tenda depois que a reunião com Vandal terminou e de terem jantado. Nos últimos três dias, ele estava treinando duro na tenda durante a noite.

Amanhã, ele estaria saindo para o campo de batalha, então ele não deveria se preocupar em treinar hoje.

In-gong entendeu seu significado e assentiu.

“Compreendo, mas, o que você é, minha babá? ”

“Algo do gênero.”

Carack respondeu naturalmente e In-gong não conseguiu refutá-lo. Quando ele pensou sobre isso, o orc era realmente era algo parecido com uma baba.

‘Como esperado de Carack – ele é um orc lógico.’

Ele disse isso tudo porque estava preocupado com In-gong.

In-gong levantou um dedo e disse.

“Hoje, eu vou fazer apenas um treino básico.”

Um treino básico consistia em fazer os movimentos básicos de Autoridade da Besta três vezes, treinar Aura 30 vezes, mover objetos com Telekinesis 50 vezes e conjurar magias 10 vezes. Claro, Carack só sabia que ele estava treinando habilidades básicas e circulação de aura.

A expressão de Carack era séria, mas ele acenou com a cabeça.

“Eu entendo – contanto que seja apenas um treino básico.”

“Sim sim.”

Carack deixou a tenda e In-gong começou a circular sua aura.

“Em vez de ficar cansado, quero treinar cada vez mais. Se eu estudasse assim, teria chegado à Universidade Nacional de Seul?

In-gong estava se esforçando a trabalhando duro. As coisas podem parecer como se tivessem ido bem até agora, mas ele já tinha vivenciado uma crise de quase morrer duas vezes. Havia uma chance de que haveriam mais crises no futuro.

Além disso, ele achava treinar interessante.

Graças a habilidade Corpo de Protagonista, ele foi capaz de ver os níveis de habilidade subindo com treinamento constante. Cada vez que o nível da habilidade subia, Autoridade da Besta se tornava cada vez mais elaborada enquanto Aura e Telecinese se tornavam mais fortes. As efeitos visíveis aumentavam sua motivação.

‘Ser forte. Quero ser forte.’

Não era apenas para vencer Zephyr. In-gong simplesmente queria se tornar mais forte.

Era um mundo onde ele poderia se tornar forte o suficiente para se opor a um exército de um país. Não havia nenhuma lei que ditasse a In-gong não podia se tornar assim. Não, ele se tornara assim.

Ele conseguiu imaginar a força de Zephyr depois de despertar Aura e, como resultado, sentiu medo. Na época, In-gong não podia imaginar ir contra a força de Zephyr.

No entanto, era diferente agora. Parecia que ele estava escalando uma montanha, mas ele estava convencido de que poderia conseguir.

Algum dia ele iria ver o cume e irá ficar em cima dele!

‘Uhh, eu fiquei distraído. Vamos treinar.’

In-gong resolveu seus pensamentos e começou a executar os movimentos básicos de Autoridade da Besta com uma mente calma.

O importante agora não era Zephyr, mas a batalha de amanhã contra a tribo Relâmpago Vermelho.

&

Uma mulher de cabelos brancos que usava uma coroa de ouro estava de frente para uma mulher de cabelo vermelho como chamas.

Elas pareciam estar se encarando, enquanto conversavam.

In-gong olhou para elas e as duas pessoas obscuras se tornaram um pouco mais claras. In-gong pode ver as roupas que estavam vestindo.

A mulher branca usava roupas que lembravam as vestes de um padre. Era semelhante a roupa do papa que ele via na Internet.

A mulher vermelha estava usando armadura. A armadura vermelha era usada sobre calças vermelhas escuras.

‘Conquista e Guerra.’

Assim que essas duas palavras entraram em sua mente, a mulher branca e a mulher vermelha se voltaram para In-gong.

“Príncipe, acorde, eu lhe disse para ir para a cama cedo, mas você ficou acordado até tarde? ”

A voz áspera de Carack sacudiu seus tímpanos. In-gong foi puxado de seu sono e abriu os olhos.

“Uh, não. Eu só fiz um pequeno… O quê, nem é tão tarde! “

Olhou para o relógio ao lado do mini-mapa e viu que eram cinco horas da manhã. Entretanto, Carack puxou a coberta de In-gong.

“De qualquer forma, apresse-se, temos de estar prontos para ir depois de comer o café da manhã.”

Parecia que ele estava realmente ansioso por isso. Além disso, ele era apenas um orc, mas ele estava sendo excessivamente rude com um príncipe.

‘Bem, este é Carack.’

In-gong levantou-se e se lavou com a água preparada por Carack. O ar frio da manhã, junto com a água gelada, acabou com toda a sua sonolência. No entanto, as imagens ainda estavam claras em sua cabeça.

‘O que foi aquilo? Aquela mulher vermelha? ’

Ela era igual a mulher branca, mas diferente. Ela era tão linda quanto a mulher branca, no entanto, ela não se parecia como uma pessoa.

In-gong sentiu algum tipo de familiaridade com a mulher branca, mas sentiu-se hostil em relação à mulher vermelha.

(Nota: Eu quero muito que cada pecado tenha seu cavaleiro, e eles tenham que lutar um contra o outro.)

Por quê? Qual era a relação entre In-gong e elas?

“Príncipe, vamos, não podemos chegar mais tarde do que o outro príncipe ou as princesas, o príncipe é o mais novo.”

O guerreiro orc, Carack, mais uma vez interrompeu os pensamentos de In-gong. In-gong respirou fundo, acalmou sua mente e saiu da tenda. Primeiro de tudo, a batalha contra a tribo Relampado Vermelho é prioridade.

Depois de um pequeno café da manhã simples na tenda de Vandal, a última reunião de estratégia foi realizada.

A formação e disposição de cada unidade era um tanto complicada, mas a operação em si era simples.

Uma formação de rotação em um confronto direto entre dois lados.

As tropas de Vandal estariam no centro, enquanto Chris e Caitlin levariam licantropos para o lado direito. Felicia e os elfos negros estariam na retaguarda para aproveitar sua mobilidade.

In-gong e a unidade orc ficaria localizada no lado esquerdo.

Houve uma reação instantânea quando as tropas foram ordenadas a marchar. Eles estavam prontos para a batalha porque já tinham adivinhado que isso aconteceria hoje.

Parecia que horas tinham passado. Uma vez que ele recuperou seu espírito, ele estava parado no meio de um campo de batalha onde milhares de pessoas estavam reunidas.

“Você está nervoso? ”

Perguntou Carack ao lado de In-gong enquanto observava a onda verde formada pelos inimigos. In-gong montava um lobo gigante em vez de um cavalo, mas Carack era tão alto que tinham uma altura similar.

“Sim. E você? ”

“Claro que estou nervoso.”

Carack riu, mas In-gong não riu. Graças à voz familiar, seus nervos se aliviaram um pouco.

Era diferente de quando ele atacou a base principal da tribo Relâmpago Vermelho. Em Three Kingdoms, centenas de milhares de soldados saíam apenas para apenas milhares de sobreviventes voltarem. In-gong sentia-se abalado pelo pensamento de todas as baixas que teria.

“Fique comigo.”

“Sim.”

In-gong finalmente sorriu para Carack e olhou para frente. Um grande chifre soou das principais tropas de Vandal.

“Avançar! ”

“Avançar! ”

Cada unidade começou a avançar uniformemente. Houve um grande grito do lado da tribo Relampado Vermelho também.

Até este ponto, tudo estava indo como esperado. Agora, as duas forças iriam colidir umas com a outra.

Então algo aconteceu.

“Kueeeeeh! ”

“Kiaaaaaaah! ”

Ouviram-se rugidos ferozes da parte traseira da tribo Relampado Vermelho e todo o campo de batalha foi abalado. Ao mesmo tempo, uma névoa se formou sobre a os orcs inimigos e uma enorme quantidade de poder mágico disparou para o céu.

Kwang! Kwang! Kwang!

Uma massa de poder mágico veio de céu sobre centenas de metros como uma chuva de meteoros. Toda vez que uma massa de poder mágico atingia o chão, explodia e chamas passavam a cobrir o solo.

Dezenas de monstros gigantes apareceram de repente entre a tribo Relampado Vermelho. Houve gritos das tropas aliadas quando a magia estourou ao redor deles.

“Mamute do pântano? ”

Um monstro enorme que vive em pântanos. Como o nome sugeria, parecia um mamute. No entanto, o tamanho não era comparável ao de um mamute já que o comprimento do monstro era de mais de 20 metros. Era um monstro problemático.

A coisa terrível sobre o mamute do pântano não era seu tamanho. Não era um exagero dizer que a magia disparada de um mamute do pântano era como uma arma de cerco mortal.

‘Como? ’

Um mamute do pântano era um monstro quase impossível domesticar.

“Fiquem juntos, não lancem magias as cegas! ”

Alguém gritou alto. Era uma opinião razoável quando vista de um ponto de vista objetivo. No caso dos guerreiros corpo a corpo, eles não seriam capazes de evitar o fogo amigo.

No entanto, os orcs que deviam se preocupar com fogo amigo ou com o mamute?

Além disso, o mamute do pântano não era simplesmente um monstro que lancem magia. O seu rugido tinha o poder de quebrar a vontade do oponente.

Não havia tempo para pensar. Magia continuava a ser lançada e os danos a seus aliados estavam crescendo. O lobo montado por In-gong começou a enlouquecer e os orcs em torno dele deram gritos de medo.

“Príncipe, sai do lobo! ”

Carack gritou e In-gong saltou do lobo. O lobo fugiu e foi acertado por um explosão de magia.

“Atacar.”

“Atacar.”

O grito veio da tribo Relâmpago Vermelho. Os mamutes do pântano avançaram enquanto monstros com cabeça de lagarto saíam correndo entre os orcs.

“Lizardmen! ”

Outro monstro do pântano.

In-gong agora percebeu. A tribo Relâmpago Vermelho não tinha vindo aqui sem motivo. Foi porque eles acreditavam que poderiam controlar os monstros no pântano. Além disso, eles tinham escondido seu poder até essa batalha.

“Príncipe, fique atrás de mim! ”

Carack gritou para In-gong.

Uma terrível batalha começou.

 

Comentarios em Breakers: Capítulo 29



15

Índice×