Traduzido originalmente em Infinite Novel

Entrada #2

Ruínas eram descobertas em Saga Cavaleiro por uma razão.

Relatar ruínas úteis para o Palácio do Rei Demônio ajudaria alguém a ganhar méritos e recompensas apropriadas.

A coisa mais importante para os filhos do Rei Demônio era o sistema que lhes permitia obter méritos.

Naturalmente, dependendo do tipo e da natureza das ruínas, mante-la para si próprio poderia às vezes ser benéfico. Contudo, esconder ruínas do Palácio do Rei Demônio era acompanhada de riscos consideráveis. Se o Palácio do Rei Demônio descobrisse, não só uma grande quantidade de méritos seriam removidos, mas punições, tais como multas e prisões, seriam aplicadas.

‘Já experimentei isso antes no jogo.’

No entanto, o Palácio do Rei Demônio não era apenas punições. Eles não tratavam os descobridores de ruínas com dureza.

Em geral, aqueles que descobriam uma ruína seriam capazes de manter algumas das relíquias, dependendo do tamanho.

‘É claro que há procedimentos um pouco mais informais.’

As ruínas e relíquias escondidas diferiam em suas dificuldades.

Estava claro que a descoberta da Bigorna da Luz do Trovão era um grande mérito. Mesmo que fosse dividido entre três filhos do Rei Demônio, ele tinha certeza de que o mérito seria grande.

No entanto, era impossível manter para si a Bigorna da Luz do Trovão.

A Bigorna da Luz do Trovão estava amarrada a essas ruínas. Se a bigorna foi separada e instalada em outro lugar, não seria capaz de ter o mesmo desempenho.

‘Não tem jeito.’

Era um fato que ele aprendeu depois de controlar a bigorna. A bigorna era alimentada pelos encantamentos deixados para trás pelo wyrm Enkidu e o enorme poder mágico que flui debaixo das ruínas. Era por isso que os anões tinham partido sem a bigorna.

‘Mas não vou ficar de mãos vazias.’

Ele sentiu pena em relação a Caitlin e Felicia, mas elas estavam dormindo agora, por isso a uma oportunidade perfeita para obter relíquias.

“Os que eu puder usar irão no inventário, enquanto os itens diversos serão colocados na sacola de Carack”.

Não haveria provas, portanto, seria um crime perfeito.

‘Desculpa.’

In-gong pediu desculpas a Caitlin e Felicia em sua mente, então ele entrou no segundo quarto com Carack.

O segundo quarto era muito maior do que aquele com a bigorna. O teto parecia 10 metros de largura.

“Uau, que monstro terrível!”

Carack agiu como uma criança quando apontou excitadamente para um monstro no meio da quarto.

In-gong ficou intrigado.

‘Meu Deus. É um arc golem! Olhe para essa forma!’

(Ianse: Aqui Arc ou Arch pelo que eu sei seria algo como superior,de uma raça. Ex.: Archangel, Archdemon etc [coloquei em inglês pq é mais legal], também tem os “High” que seria mais como pureza da raça Ex.: High Elf.)

Um monstro tinha a cabeça e asas de uma águia e o corpo de um leão. O monstro à sua frente parecia ser um grifo coberto de armadura.

Se os olhos de In-gong não estavam enganados, o monstro na frente dele era obviamente um arc golem entre os guardas da masmorra.

‘Podemos enfrentar isso?

Se fosse Caitlin no momento da invasão a base da tripo Relâmpago Vermelho, poderia ser possível. No entanto, agora, ela estava fraca.

‘Felicia também não parece ser uma maga de combate.’

Embora ela fosse um maga capaz, nem todos os magos capazes eram combatentes.

A magia que Felicia mostrou nessa expedição tinha sido principalmente magia indireta, como apoiar aliados ou mudar o ambiente do campo de batalha.

Carack fez a In-gong uma pergunta enquanto olhava para o arc golem que ainda estava parado como uma estátua.

“Príncipe, aquilo não vai se mover, certo? Não vai subitamente se levantar e nos atacar, não é?”

“Está tudo bem, eu estou no comando desta ruína agora.”

Estava tudo bem desde que ele tinha o reconhecimento da Bigorna da Luz do Trovão. Aos olhos do arc golem, In-gong e Carack eram tesoureiros.

In-gong examinou a sala em vez do arc golem e disse:

“Precisamos encontrar um armazém ou arsenal, este lugar é basicamente uma fortaleza, por isso é improvável que haja tesouros.”

Além disso, era altamente provável que o arsenal ou armazém fossem conectado a este quarto ou ao quarto seguinte. Esse era o lugar mais seguro das ruínas.

Carack assentiu as palavras de In-gong.

“Eu tenho certeza de que a bigorna naquele quarto é o melhor tesouro.”

O objetivo desta ruína era defender a bigorna. Como sempre, a compreensão de Carack era rápida.

Não havia nada sala além do arc golem, então In-gong foi para o quarto ao lado. Desta vez, era um quarto com muitas portas.

‘Acho que houve uma remodelação.’

Era bem diferente da masmorra de que ele se lembrava quando jogou com Locke.

‘Bem, eu estava ocupado destruindo tudo no momento.’

Depois de ter destruído a bigorna, a montanha desabou e enterrou a masmorra.

“Carack, vou investigar este lado, então vá para as portas do lado oposto.”

“Certo… Ooh! Eu encontrei!”

Assim que In-gong falou, Carack gritou alto depois de abrir a porta mais próxima. Uma vez In-gong se aproximou, viu uma sala cheia de armas e armaduras.

‘Talvez Carack seja o verdadeiro protagonista?’

In-gong riu interiormente quando entrou no arsenal com Carack. O item que impressionou muito Carack foi a grande armadura no meio do arsenal.

“Príncipe, não é realmente legal? Parece realmente robusta.”

Mesmo In-gong foi forçado a admirar a notável armadura. O peitoral foi decorado com desenhos de dragões elegantes, enquanto asas de dragão foram anexados aos ombros como decorações. Era, obviamente, uma armadura mágica, já que ele podia sentir poder mágico vindo dela.

‘É para um mercenário ork?’

Não importa como ele olha-se para ela, o tamanho mostrava que não era para um anão. Parecia que só alguém do tamanho de Carack seria capaz de se encaixar nela.

‘É provável que seja um item de produção em massa.’

Era um item de produção em massa feito pelos anões de Enkidu. Não podia ser comparado com a armadura que Carack usava agora.

In-gong olhou para cima e para baixo e examinou a armadura usando a autoridade da bigorna. Não havia maldições ou magia prejudiciais.

“Carack, você quer?”

Os olhos de Carack brilharam na proposta de In-gong. Ele ficou sem palavras antes de finalmente abrir a boca.

“R-realmente? Eu realmente posso ficar com ela?”

“Sim, é muito grande para mim de qualquer maneira.”

Além disso, Carack era seu precioso subordinado número um. Carack se tornar mais forte era como se In-gong fica-se mais forte.

“Obrigado, obrigado, Príncipe.”

Carack imediatamente correu para a armadura e experimentou-a. In-gong olhou para a cena com um olhar quente antes de voltar sua atenção para outro lugar.

Havia lugares estranhamente vazios em vários pontos do arsenal. Quando os anões deixaram a masmorra, eles devem ter levado seus equipamentos.

‘Bem, equipamentos feitos para o tamanho de anões não é certo para mim mesmo.’

In-gong pensou no que era bom e começou a colocar as coisas em seu inventário. Não havia razão para hesitar mesmo sendo tesouros que os anões tinham deixado para trás.

‘Um dia, vou usá-los.’

Os anões tinham deixado estes equipamentos para trás com a Bigorna da Luz do Trovão, então eles provavelmente não eram excepcionais. In-gong iria decidir se usaria os itens, daria-los a seus subordinados ou venderia-los.

In-gong pegou as espadas, escudos e machados nas prateleiras antes de olhar para os baús no chão. A maioria deles estava vazio, mas alguns continham velhas moedas de ouro.

‘Essa são antigas moedas de ouro?’

O valor de uma moeda de ouro antiga continuava significativo. Então In-gong encheu seu inventário sem pensar.

Depois de dezenas de minutos. In-gong de repente sentiu-se desconfortável quando olhou para os baús.

‘Que sentimento é esse?’

Apesar de limpar as prateleiras e os baús do quarto, ele sentiu como se tivesse perdido alguma coisa.

O que foi isso? O que ele perdeu?

Meus nervos ficaram irritados.

Seu olhar foi para um baú no meio. Não foi por causa de nada especial. Foi apenas um sentimento. No entanto, era um sentimento que absolutamente não poderia ser ignorado.

In-gong esticou a mão sem saber e tocou o bau. Sua mão tocou em alguma coisa.

‘Heok, um dispositivo secreto?’

Ele podia sentir um botão sob sua mão. In-gong engoliu sua saliva e apertou o dispositivo.

‘Foi isso que eu senti. Como esperado de Correção de Protagonista!’

Ele ouviu o som familiar de engrenagens e a parede atrás do bau abriu. Era uma camará secreta usada para esconder as coisas realmente importantes.

“Principe?”

Carack ficou surpreso com o súbito ruído de engrenagens e aproximou-se de In-gong enquanto estava apenas meio vestido de armadura. No entanto, In-gong não olhou para Carack. No meio da camarâ secreta, uma luva de aço flutuava em silêncio.

“Encantada por Enkidu…  Treme Terra.”

(Nota: Só pra quem ta curioso a tradução de Treme Terra é algo como tremor de terra ou terremoto, mas vou deixar eu inglês mesmo.)(Ianse: Acho que é a luva na capa, 80% de certeza º-º, aquela com o dragãozin saindo dela, e pelo que ta escrito ta no singular ‘luva’ então da pra entender que é só uma não um par de luvas.)

O nome apareceu em sua cabeça no momento em que ele a viu.

Ela chegava ao topo de seus braços e se assemelhava ao wyrm, Enkidu. As placas de aço eram como as escamas de um dragão enquanto a luva foi esculpida como uma cabeça de dragão.

“Oh… parece incrível.”

Carack murmurou com uma expressão vazia. Respirando pesadamente, In-gong estendeu a mão lentamente para agarrar a luva.

[Seu nível não é alto o suficiente.]

[Seu poder mágico não é alto o suficiente.]

[Seu poder mental não é alto o suficiente.]

[Sua força não é alta o suficiente.]

[Sua persistência não é alta o suficiente.]

Frases apareceram em sua cabeça no momento em que sua mão tocou. Era um artefato mágico poderoso que era impossível para In-gong usar no seu estado atual.

Contudo-

[A Treme Terra reconheceu você como seu dono.]

[O usuário da Treme Terra mudou para ‘Shutra.’]

In-gong encontrou a Treme Terra. E ela aceitou aquele que conquistou a Bigorna da Luz do Trovão como seu mestre.

Uma luz amarela brilhou e a luva se desmontou. In-gong ficou surpreso ao ver que ela se reformou em torno do seu braço direito. Foi um ajuste perfeito.

“Você viu, ela reconheceu o Príncipe como seu mestre!”

[Sua força aumentou em 10.]

[Seu poder magico aumentou em 10.]

[Sua persistência aumentou em 10.]

Algumas das características da Treme Terra foram ativadas. In-gong formou um apertado punho e ficou emocionado com o poder que sentia na ponta dos dedos.

‘Espere um pouco. Vou treinar duro para restaurar suas características originais.’

Provavelmente seria uma arma de classe S se todas as suas funções originais estivessem funcionando. Ele sabia disso porque sentiu o poder mágico de Enkidu ao usar a bigorna.

‘A permissão é necessária.’

Parecia que os anões sabiam disso e por isto deixaram a Treme Terra para trás. Se In-gong não tivesse dominado a Bigorna da Luz do Trovão, ele não teria obtido a Treme Terra.

In-gong desmontou a luva e colocou-a em seu inventário. Ele então se virou e disse a Carack:

“Carack, tenho algo a dizer que…”

“É para manter a luva misteriosa que você vai leva, em segredo.”

Carack o interrompeu e completou a frase com um sorriso. Realmente, um gênio ork. Tinha notado as intenções de In-gong. In-gong assentiu com uma expressão de satisfação.

“Sim. Mantenha em segredo das minhas irmãs também.”

“Entendido. Tenho orgulho de servir ao Príncipe. Vou mantê-la em segredo mesmo que uma faca esteja em meu pescoço.”

Ele se sentiu um pouco desconfortável, mas era realista.

‘Pensando bem.’

Ele tinha esquecido até que ele foi lembrado por causa de Carack.

‘Os Cavaleiros do Rei.’

A nova habilidade que ele ganhou quando o nível de Conquistar aumentou.

Que tipo de habilidade era? Era uma habilidade de invocação como o nome sugeria?

‘Vou saber em breve.’

Era um provérbio que uma imagem valia mais que mil palavras.

In-gong respirou levemente e declarou:

“Os Cavaleiros do Rei.”

O novo poder de Conquistar foi ativado na ponta dos dedos de In-gong.

 

Comentarios em Breakers: Capítulo 35



15

Índice×