Avanço #5

A Fortaleza do Trovejar da Destruição não era a última fortaleza do Reino Anão. Portanto, o registro de como a Fortaleza do Trovejar da Destruição foi destruída e por quem foi transmitido às gerações posteriores.

Dragão Negro Partizan.

Ele era enorme, ganancioso e mau e tinha sido o dragão mais ativo na guerra contra o Reino Anão.

Sua estratégia era simples.

Bater contra a fortaleza até que ela colapsasse.

Partizan tinha reunido um número enorme de monstros e atacou a Fortaleza do Trovejar da Destruição. De acordo com os registros do Reino Anão, o número estava perto de 100.000, embora houvesse alguns que duvidavam da autenticidade deste devido à fanfarronice característica dos anões. Na verdade, era comumente aceito entre os estudiosos que o número estava mais próximo de 20.000~30.000.

A mais forte Fortaleza do Reino Anão, Fortaleza do Trovejar da Destruição, bloqueou bem o primeiro ataque.

No entanto, houve um problema a partir de então.

O dragão negro, Partizan, era um guerreiro poderoso e mago. Ele era um necromante excelente e reviveu todos os monstros mortos para uma segunda tentativa.

Para sua surpresa, a Fortaleza do Trovejar da Destruição conseguiu suportar este segundo ataque também. Os mortos-vivos enxameando a Fortaleza do Trovejar da Destruição foram destruídas e não poderiam ser ressuscitados novamente.

Os anões tinha conseguido duas grandes vitórias, mas não podiam se alegrarem. Isso aconteceu porque terceiro ataque de Partizan começou, como se tudo antes tivesse sido apenas sem sentido.

Partizan e seus ataques anteriores tinham sido suficientes para enfraquecer a Fortaleza do Trovejar da Destruição.

A parede exterior de Fortaleza do Trovejar da Destruição colapsou. Partizan e seus monstros entraram na fortaleza onde os anões tinham estados preparados para ele. Todos os anões da Fortaleza do Trovejar da Destruição, jovens e velhos, reuniram-se na praça central com suas armas.

Da vanguarda, Partizan, um dragão das maiores espécies, abateu muitos anões como se fossem insetos.

Então Partizan foi morto. Talvez fosse porque seus olhos estivessem cobertos por orgulho excessivo.

Ele teve um confronto com Faísca Minúscula, um dos guerreiros mais poderosos da Fortaleza do Trovejar da Destruição e a arma mais forte perfurou o peito do Partizan.

A lança dragão, Ascalon.

Entre a série de armas matadoras de dragão do Reino Anão, esse era o nome da que levou à morte de Partizan. Embora o valente Faísca Minúscula foi destruído pela magia que Partizan usou antes de sua morte, ele tinha acabado gargalhando alegremente em vez de gritar de dor.

Partizan morreu e suas tropas começaram um alvoroço insano depois de perder seu mestre.

Os anões foram forçados a abandonar a Fortaleza do Trovejar da Destruição. O pequeno número de sobreviventes partiu para outras cidades através do portal anão e a Fortaleza do Trovejar da Destruição se tornou um enorme cemitério com os cadáveres de vários anões e Partizan enterrados lá.

“Então, no final, a lança perfurando o peito do Partizan é chamada de Ascalon? ”

“Talvez.”

In-gong balançou a cabeça lentamente enquanto olhava para o corpo do Partizan na tela. Segundo suas estimativas, o corpo era de cerca de 30 metros de comprimento. Embora não fosse equivalente a um dragão ancião que era de várias centenas de metros de comprimento, ele poderia ser chamado de um verdadeiro ‘monstro’.

Havia algo branco e longo preso no peito do cadáver. Era claramente a lança dragão, Ascalon, uma obra-prima da série matador de dragão.

Felicia estreitou os olhos e disse,

“Se eles estão lutando assim, seu objetivo deve ser Ascalon.”

Ele não tinha certeza. Desde o início, havia muitos pontos incertos sobre este ataque. Assim como In-gong, Felicia era incapaz de encontrar em uma resposta do porquê desse ataque ter começado.

No entanto, era uma possibilidade. Felicia falou decisivamente.

“Obviamente, não podemos dar Ascalon para pessoas não identificadas. Não só eles mataram um general e soldados do Palácio de Rei Demônio, eles também visaram nossas vidas. Não podemos deixá-los atingir os seus objetivos.”

O número excedia 100 pessoas, mas In-gong não se importava. Desde o início, não tinha sido necessário se envolver em uma guerra completa com eles.

In-gong olhou para os guardiões da masmorra na tela e perguntou:,

“Noona, você pode obter o controle dos guardiões da masmorra? ”

Ele não podia tentar isso em Saga do Cavaleiro mas a realidade era diferente.

No entanto, Felicia sacudiu a cabeça.

“É difícil. Esta situação é diferente da Bigorna da Luz do Trovão. Atualmente, o guardião da masmorra melhor classificado… é o grande golem anão lá. Parece que todas as pessoas que tinham autoridade sobre ele estão mortos.”

Os olhares de todos direcionaram-se ao enorme golem que estava no centro da tela. Era seis vezes a altura de um anão normal e era feito de um metal prata. Ele estava conduzindo a luta com um martelo em uma mão e um escudo na outra.

Como disse Felicia, se todos aqueles com a autoridade sobre ele tinham morrido, então ela não seria capaz de controlar o guardião mesmo que ela usasse a sala de controle.

Daphne já tinha desmaiado, por isso não houve reação dela, mas a expressão de Karma escureceu.

Felicia sorriu para Karma antes de olhar para In-gong.

“Há uma ideia que podemos considerar. Seria bom se entrasse no momento apropriado.”

O melhor caso era se os guardiões da masmorra e o terceiro grupo fossem destruídos no final da batalha. Era o melhor cenário se pudessem se livrar dos sobreviventes e adquirir os restos da Fortaleza do Trovejar da Destruição, incluindo Ascalon.

Os guardiões da masmorra não iriam parar de lutar até que as pessoas fossem destruídas.

No entanto, parece que aquelas pessoas serão capazes de ganhar quando se olha para a situação atual.

“Shutra, o que você acha? ”

Ao Felicia perguntar, In-gong olhou para o guardião melhor classificado na tela. Era o último chefe da Fortaleza do Trovejar da Destruição em Saga do Cavaleiro, mas desta vez, ele não tinham que lutar contra ele.

“Eu vou arranjar algum seguro primeiro.”

“Seguro? ”

“Seguro”.

In-gong levantou o braço esquerdo, que estava equipado com Águia Branca.

&

A batalha entre os guardiões e o terceiro grupo estava muito intensa.

Os guardiões da masmorra eram intensos e destemidos, apesar do passado, em que os dragões tinham os deixado com um décimo de seu número original.

O guardião melhor classificado empunhava um martelo que disparava raios enquanto os guardiões gárgula disparavam uma massa poderosa de energia.

O terceiro grupo não estava apenas lá impotentemente. Ao contrário dos que haviam atacado In-gong, essas pessoas tinham poder real. Havia algumas pessoas grandes como ogros e alguns que usavam magia.

A coisa surpreendente era que eles tinham alguns monstros nativos da masmorra da Fortaleza do Trovejar da Destruição sob seu controle. Essas pessoas, obviamente, tinha certos artefatos que podiam controlar monstros poderosos.

Era uma luta esplêndida e espetacular. O campo de batalha tinha sido arruinado por centenas de anos de luta e os restos dos anões acrescentavam um ar solene e desolado a ele.

No entanto, o grupo de In-gong focou-se em outra coisa em vez da luta.

In-gong estava atualmente se escondendo em um canto da praça central. Delia permaneceu na sala de controle com Daphne enquanto Felicia, Carack e Karma vieram com In-gong.

In-gong respirou fundo antes de olhar para seus companheiros. Felicia suspirou como se não pudesse ser ajudado e bateu no ombro de In-gong levemente.

“Isso é realmente imprudente. Isso pode ser óbvio, mas tenha cuidado.”

“Não se preocupe.”

In-gong respondeu com uma risada e olhou para Karma quando ela falou.

“Eu desejo sorte a Sua Alteza.”

“Volte em segurança.”

Carack era tão franco como sempre, mas a franqueza fez In-gong se sentir confortável neste momento.

“Eu já volto.”

In-gong respondeu levemente antes de usar Proteção do Vento. Agora, o que ele precisava não eram movimentos explosivos, mas os ágeis e silenciosos.

In-gong olhou para o mini-mapa e dividiu o campo de batalha em dois.

Um deles foi o campo de batalha onde os guardiões da masmorra e o terceiro grupo estavam juntos.

O outro era o lugar onde os guardiões da masmorra estavam diante do dragão negro, Partizan.

O destino de In-gong era o corpo de Partizan.

‘Eu tenho que tomar Ascalon.’

O objetivo mais importante em atacar a Fortaleza do Trovejar da Destruição era obter Ascalon.

Se ele pudesse obter Ascalon, ele poderia aproveitar o fluxo do campo de batalha.

Se os guardiões da masmorra ganhassem, ele não teria que lutar. Se o terceiro grupo ganhasse, ele iria acabar com os remanescentes. Se o terceiro ganhasse por uma margem estreita, ele iria lutar. No entanto, se isso não acontecer, ele poderia simplesmente se retirar. No mínimo, ele poderia fazê-los parecer como cães perseguindo galinhas.

In-gong moveu seu corpo rapidamente. O som de trovões do guardião melhor classificado cobriu qualquer som que In-gong fez

In-gong ziguezagueou e se escondeu enquanto avançava até que ele finalmente alcançou o corpo de Partizan. Involuntariamente, ele engoliu a saliva.

Ele não só era enorme, a cor do corpo do Partizan era tão vívida que não parecia que ele morreu há centenas de anos. Ele parecia que ele estava vivo e em movimento.

Obviamente, ele não poderia ser comparado a um dragão ancião, que tinha a grandeza de uma montanha. No entanto, ele descobriu por que a palavra ‘dragão’ poderia causar medo.

In-gong acalmou seu coração e subiu sobre o corpo de Partizan. Quando ele chegou à área do peito, ele encontrou o cabo de Ascalon.

Ascalon não era uma lança simples. Em vez disso, o cabo era mais próximo de uma flecha de balista ou uma lança gigante.(Kokori: Aqui ele se refere a lança daquelas de justas)

In-gong agarrou a alça de Ascalon sem pensar.

A simples força muscular era necessária. Em vez de invocar Sangue de Dragão que poderia estimular a Ascalon, In-gong cerrou os dentes e concentrou sua aura em ambos os braços. Ele também investiu alguns pontos adicionais em força.

Houve o som de um trovão. Os gritos do terceiro grupo balançaram a praça central. Entre todo o barulho, In-gong engoliu um gemido. Pelo menos, a lança foi levantada e Ascalon começou a mostrar a sua aparência.

Uma lança branca. Apesar de estar incorporada no corpo de um dragão por um longo tempo, ela manteve a sua beleza original.

Havia padrões dourados complexos esculpidos nela. Era um feitiço para atacar um dragão, o núcleo da série matadora de dragões.

In-gong agarrou a ponta da lança em vez do cabo e puxou usando o restante de sua força. Ele libertou Ascalon do corpo de Partizan.

Felicia e Karma exclamaram sem fôlego enquanto Carack olhou para o campo de batalha com os olhos nervosos.

[Ascalon][Uma obra-prima da série Matadora de Dragões][Uma enorme lança que destruiu o coração do dragão negro Partizan. Ela contém todos os rancores e raiva dos anões da Fortaleza do Trovejar da Destruição.

Em vez de olhar para as opções, In-gong apressadamente moveu-a do peito de Partizan. Era porque ele sentiu uma anormalidade quando Ascalon era puxado para fora.

‘Mestre!’

In-gong permaneceu em silêncio enquanto Vento Verde gritou em voz alta. Em vez de responder, In-gong colocou Ascalon no inventário. Ele iria se preocupar em fazer desculpas para Felicia depois. O importante era a aquisição de Ascalon com segurança.

Kwakakaka!

O som não era devido a um trovão do guardião melhor classificado. Ele vinha do dragão negro, Partizan. O corpo de Partizan, que tinha sido preservado durante centenas de anos, foi finalmente libertado. A carne desapareceu e os ossos enfraqueceram como se de repente experimentasse centenas de anos. O corpo de Partizan contorceu-se com um rugido e o olhar de todos no campo de batalha se virou para In-gong.

O guardião da masmorra melhor classificação ficou em pânico. Não, ele caiu em confusão. O corpo de Partizan colapsou e Ascalon desapareceu. Então, o que devo fazer agora?

A resposta foi corrigida. O guardião da masmorra melhor classificação pensou simplesmente em vez de torná-lo muito complicado. Ele começou a martelar qualquer intruso na frente dele, mas seu alvo era mais do que o terceiro grupo que estava mais próximo do que In-gong.

A reação do terceiro grupo foi um pouco diferente.

Alguns deles gritaram freneticamente enquanto outros perfurado através das lacunas nas defesas, causadas pelo guardião melhor classificado enlouquecendo. Os que escaparam do campo de batalha correram para In-gong.

In-gong decidiu rapidamente. Ele não sabia que o corpo de Partizan colapsaria dessa forma. Se ele soubesse, ele teria planejado outra coisa.

De qualquer forma, a água já tinha sido derramada e não era uma situação ruim. Ascalon foi obtida e a prioridade dos guardiões da masmorra era o terceiro grupo. Além disso, algumas das pessoas foram atraídas, então ele não tinha necessidade de dirigir-se ao principal campo de batalha que envolvia os guardiões da masmorra e o terceiro grupo.

“Greenie! Continuar a operação “! (Nota Gringa: In-gong, na verdade chamou a primeira sílaba de ambas as partes de seu nome, aka Gre Wi, então eu só fiz um apelido para ela.)(Kokori: Em português ficaria ‘VenVer’, então melhor não º-º, como também acho que não vai se usado mais para frente vou deixar assim)

‘Esse apelido é demais! Meu nome é Vento Verde!’

Vento Verde reclamou, mas seguiu as ordens de In-gong fielmente. Águia Branca espalhou as suas placas de metal como asas e voou próximo aos pés de In-gong. In-gong subiu em Águia Branca e sentiu como se estivesse andando de skate.

“Voe! ”

‘Pesado! Mestre!’

Vento Verde choramingou novamente, mas ela ainda seguiu os comandos fielmente. Águia Branca voou para o teto enquanto carregava In-gong.

Os inimigos chegaram tarde demais e atiraram flechas ou jogaram armas nele, mas era inútil. Águia Branca moveu-se sem esforço quando acertavam uma barreira ou evitava os ataques.

Felicia e Karma estavam perplexas com a visão inesperada enquanto Carack gritava. Era um aviso, não de admiração.

“Príncipe! Cuidado! Esses caras estão fazendo alguma coisa! ”

In-gong olhou para trás. Nem todos os inimigos estavam perseguindo In-gong.

Alguns deles estavam de pé em meio aos escombros de Partizan. Eles apunhalaram o peito dos mortos, fazendo com que o sangue fluísse em direção a uma grande jóia que eles estavam de pé ao redor.

In-gong sentiu algo ameaçador, mas seu comportamento foi mais rápido. Esses caras esfaquearam-se no coração e concluíram a gema. Naquele momento, uma aura azul explodiu e cobriu o corpo inteiro de Partizan.

Kiaaaaaaah!

O rugido sacudiu todos eles. O guardião melhor classificado parou de lutar enquanto o terceiro grupo sentiu uma mistura de horror e alegria.

O corpo de Partizan se levantou. O dragão foi ressuscitado. Ele havia perdido toda a sua inteligência suprema e poderes mágicos, mas ele ainda era um monstro poderoso.

Dragão Zumbi.

A energia azul que cobria o corpo de Partizan ficou roxa.


(Kokori:‘Fortaleza Thunderdoom’ foi mudado pra ‘Fortaleza do Trovejar da Destruição’, para a compreensão das pessoas que sabem pouco de inglês[Caso ache um jeito melhor para traduzir ‘Thunderdoom’, pode comentar]{e eu estou na casa do meu primo não sei se vou conseguir traduzir outro})

Comentarios em Breakers: Capítulo 67



15

Índice×