CEO: Capítulo 171 Parte 1


Capa CEO

My Wife is a Beautiful CEO

Autores: Cabbage Flatbread (霉干菜烧饼)
Tradutor: Pyown

Confiança Mútua (Parte 1)

Como esteve em Hong Kong nos últimos dias, seu telefone estava no modo de espera. Ele não tocou em tudo. Retornando a Zhonghai, ele também não teve tempo de recarrega-lo depois de discutir com Lin Ruoxi. No final, o telefone que não tinha sido carregado por uma semana ficou sem bateria! Além disso, ficou sem bateria de maneira “oportuna!”

 

Yang Chen coçou a cabeça, angustiado. Não importa o quão capaz ele fosse, ele não podia carregar um telefone com as próprias mãos, e não tinha o poder de ondas cerebrais para entrar em contato com Lin Ruoxi.

 

O mais lamentável foi apesar da memória notável de Yang Chen, ele era o mesmo que a maioria das pessoas modernas que dependem do catálogo de contatos do telefone, e nunca se lembram dos números de telefone das pessoas. Portanto, ele não podia nem usar um telefone público para fazer a ligação.

 

Pensando nisso, Yang Chen só poderia tomar uma decisão; voltar para a cena do crime.

 

Yang Chen observou seu entorno e havia uma loja de roupas barata. Depois de entrar rapidamente, ele casualmente olhou em volta e pegou uma camisa de mangas curtas, bermuda e um boné antes de entrar no vestiário.

 

Três minutos depois, Yang Chen, que saiu da loja de roupas, mudou completamente sua aparência. Com a cabeça abaixada, ele tinha um estilo hip-hop, não havia indício da sua imagem de funcionário de escritório.

 

Ao mesmo tempo, na entrada do Banco Huaxia, a polícia usou fita amarela para cercar a cena do crime. Até mesmo os repórteres foram bloqueados, de modo que as massas também não puderam entrar.

 

A polícia por dentro perguntou aos executivos do banco por um relato detalhado do crime. Muitos funcionários da pesquisa reuniram evidências concretas em ordem.

 

Nesse momento, um Bentley vermelho fez um rastro de vermelho quando freou ao lado do canteiro de flores perto da cena do crime.

 

Lin Ruoxi, que usava um agasalho branco, saiu correndo do carro com o cabelo solto. Ela bateu a porta e caminhou rapidamente para a fita policial.

 

Um policial que vigiava obstruiu Lin Ruoxi, com uma expressão nervosa, ela disse: “Senhorita, nenhum acesso é permitido à cena do crime nesse momento!”

 

“Afaste-se, estou procurando alguém.” Lin Ruoxi disse friamente.

 

“Desculpe, senhorita … Eu realmente não posso deixar você entrar.” O policial era um homem jovem, vendo a beleza fria na frente dele o fez corar um pouco, mas ele ainda persistiu em seu dever.

 

Lin Ruoxi o ignorou e tentou forçar sua entrada.

 

Como ela era uma experiente CEO de uma grande empresa, o carisma de Lin Ruoxi fez o policial se sentir fraco, ele não se atreveu a recorrer à força para impedi-la.

 

“Hey, o que você está fazendo!?”

 

A voz alta de uma policial que correu para lá foi ouvida. Vendo que Lin Ruoxi queria forçar sua entrada, ela arrastou Lin Ruoxi de volta, agarrando seu cotovelo.

 

Lin Ruoxi tentou se soltar e olhou com raiva para a policial: “Não me toque!”

 

“Heh, eu não tenho permissão para tocar em você? Quem você pensa que é? A polícia está lidando com um caso, com o que você está se envolvendo? Você é cúmplice dos criminosos ou de um especialista da polícia? Por que eu tenho que deixar você entrar?” Aquela policial riu sarcasticamente.

 

“Eu já disse, estou procurando alguém!” A voz de Lin Ruoxi foi aumentada. Como ela era apenas uma mulher na casa dos vinte anos, ela obviamente não era tão imponente quanto uma policial em seus quarenta anos.

 

A policial olhou de cima para baixo Lin Ruoxi, depois bufou e disse: “Procurando alguém? O que você está fazendo é chamado de obstrução policial! Não é como se houvesse apenas uma vítima aqui, por que os membros da família dessas vítimas não são tão loucos quanto você? Você parece uma garota atraente e inteligente, mas você não tem cérebro ou algo assim? Você acha que só porque é bonita, dirige um carro caro e nós, a polícia, temos que deixá-la entrar? Você acha que o mundo inteiro te deve alguma coisa? Você não vê que há tantos espectadores preocupados e membros da família cumprindo as regras e esperando !?”

 

Enquanto dizia isso, a policial apontou para as pessoas em pé fora da área cercada pela polícia. Havia de fato algumas pessoas que pareciam insatisfeitas com a repentina tentativa de Lin Ruoxi de avançar, elas olhavam para ela com olhos pouco amigáveis.

 

Lin Ruoxi permaneceu imóvel onde estava e as duas frases que a policial falava ressoavam em sua mente: “Você acha que só porque é bonita, dirige um carro caro e nós, a polícia, temos que deixá-la entrar? Você acha que o mundo todo te deve alguma coisa?”

 

Palavras semelhantes foram ditas por aquele homem para ela na noite passada. Hoje, uma mulher que ela não conhecia as disse…

 

O belo rosto de Lin Ruoxi empalideceu, ficou difícil para ela respirar. A multidão de olhares fez com que ela sentisse pela primeira vez como se sentia mal recebida.

 

Lin Ruoxi virou-se em silêncio, com a intenção de voltar para o carro, mas depois de dar alguns passos, o emaranhado em seu coração a fez virar-se. Com um tom implorando, ela disse para a policial: “Eu … eu só quero ver alguém, eu quero saber se ele está bem, você vai me deixar entrar…”

 

Até onde ela conseguia se lembrar, era a primeira vez que Lin Ruoxi usava um tom tão fraco e modesto para falar com alguém.

 

A policial parecia ser capaz de entender o humor atual de Lin Ruoxi. Sua expressão suavizou, mas ela ainda balançou a cabeça, “Regras são regras, se você quiser ver a vítima, você tem que esperar até terminarmos a cena.”

 

Deprimida, Lin Ruoxi mordeu o lábio, virou-se e voltou para o carro.

 

Sentando-se em seu carro, os olhos de Lin Ruoxi imediatamente se avermelharam. Ela abaixou a cabeça e suas lágrimas pareciam um colar de pérolas quebradas, caindo uma a uma.

 

Ela mesma não sabia por que tinha vontade de chorar, mas não conseguia aguentar de alguma forma. Talvez ela estivesse se culpando, ou ela estivesse envergonhada, ou se sentisse injustiçada. Mas, em todo caso, Lin Ruoxi sentiu que o ambiente a deixava se sentindo impotente por dentro e por fora, fazendo-a sentir que poderia desmoronar a qualquer momento.

 

Depois de discutir com Yang Chen ontem, ela pode ter tido o conselho de Wang Ma, mas ela continuou a ter uma intensa batalha interna em sua mente. Seu orgulho não permitia que ela abaixasse a cabeça para um homem tão facilmente, mas as palavras ditas por Yang Chen quando ele partiu, sua determinação, tinham acertado profundamente o coração de Lin Ruoxi. Isso fez com que sua convicção vacilasse e diminuísse sua confiança.

 

Originalmente, ela pensava que se manteria fiel às suas crenças e não se comprometeria com tal assunto, foi como ela passou pelos anos anteriores da sua vida. Ela só precisava ser ela mesma, e ninguém poderia forçá-la a mudar!

 

Inesperadamente, quando ela viu as notícias de hoje, que mencionavam o assalto ao banco, ela viu um flash para o rosto de Yang Chen. Quando a notícia incluía “muitas pessoas feridas” e “com poderosas armas de fogo” e outras declarações impressionantes, Lin Ruoxi não conseguia mais controlar suas emoções.

 

Imediatamente, ela sentiu como se tivesse misteriosamente perdido o controle de si mesma, ela nem mesmo trocou de roupa, colocou qualquer maquiagem, e apenas pegou a chave do carro para sair de casa, e dirigiu para a cena do crime!

 

Nesse momento, Lin Ruoxi lentamente entendeu. Em seu coração, o homem que ela conhecia como “marido” ocupou uma posição tão importante. Sentia-se preocupada, ansiosa, desconfortável e até perdia o rumo por ele!

 

Quando Lin Ruoxi soluçou, ela lentamente descansou a cabeça contra o volante. Seus cabelos caíram, fazendo-a parecer solitária e triste…

Comentários