DK&H: Capítulo 5 Parte 5


Capa DK & H

Demon King & Hero

Autores: Phantom Of The Moonlit Night 월야-팬텀
Tradutor: Pyown

***

“Eles só parecem diferentes, são as dois doppelgangers?”

As duas eram o mesmo, além de serem inutilmente fortes, ambas eram completamente incompetentes em absolutamente todo o resto.

Seria de se esperar que uma rei demônio chamada Charme só seja boa em sedução, mas, na realidade, em termos de capacidade de combate, ela estava no mesmo nível de Destruição.

Quando você levou em consideração que Destruição era quase 2000 anos mais velho, isso significava que, na realidade, em termos de potencial apenas, Aya superou Dawihaslo.

No caso de Yuria, o fato de ela ter lutado com Dawihaslo, também conhecido como Destruição, com nem mais de vinte anos de idade, era impressionante por si só, mesmo depois de levar em conta que metade de sua força havia sido selada. Na verdade, até agora, ela poderia até mesmo lutar com ele mesmo em termos de força total.

“Hahh… Hahhh… Impressionante?”

“Hmph, não é ruim?”

Olhando para as duas mulheres, seria de esperar que tivessem sofrido um duelo de vida ou morte. Na verdade, de um jeito que elas fizeram, e elas riram relembrando suas partidas até agora.

“Tudo bem, então a pontuação atual é de 2 vitórias, 2 derrotas e 1 empate. A próxima partida determina a vencedora!”

“Venha!”

Olhando para as duas, o rei demônio tomou um gole de chá.

“Simplesmente não precisam me envolver. Apenas eu.”

O rei demônio já havia desistido da casa há muito tempo.

E ele, que estava bebendo casualmente seu chá, congelou. Porque as duas mulheres tinham se voltado para ele. E então, Aya abriu a boca.

“O objetivo da última partida é… O rei demônio que começou tudo isso …”

“O rei demônio?”

“Seduzi-lo!”

“Me seduzir? Quem disse?’

O rei demônio se jogou do buraco que o Cérberos havia feito anteriormente e gritou:

“Segunda fuga de emergência!”

***

Resumindo: o rei demônio foi pego novamente.

A razão era porque o Cérberos, pensando que a partida de cozinhar tinha acabado, estava voltando para a casa do rei demônio, e tinha visto o rei demônio fugindo e prontamente o trouxe de volta.

“No momento em que eu voltar ao mundo dos demônios, eu criarei uma cultura de sopa de carne de cachorro.”

Olhando para o rei demônio que estava cerrando os dentes, Aya soltou uma risada.

“Fufufu, como ousa um mero rei demônio rejeitar os encantos deste corpo e escolher ser um animalzinho da herói?”

“Diga certo. Para ser preciso, sou o dono, então a herói é a minha animalzinha.”

“Então eu sou uma animalzinha agora?”

A herói gritou enfurecida com as palavras do rei demônio.

“Não, isso foi um exemplo. Pelas regras do contrato, sou eu quem está em uma posição mais alta?”

“Urgh…”

A herói fez beicinho, não tendo mais nada a dizer.

‘Essa boca minha…’

Só porque ela fez esse contrato de escravidão, a herói se arrependeu um pouco.

“Bem, de qualquer maneira! Agora tudo o que tenho que fazer é fazer você se apaixonar por mim!”

Aya declarou confiante, aproximando-se do rei demônio.

“Fufufu, você não precisa ficar com medo. Apenas feche os olhos e tudo estará terminado.”

“Espere! O que você pensa que está fazendo!”

Com as palavras inesperadas de Aya, o rosto da herói ficou vermelho e ela imediatamente se colocou entre Aya e o rei demônio.

“O que mais, marcando-o como meu, é claro.”

“Marque-o depois de seduzi-lo!”

Com as palavras da herói, os olhos de Aya se arregalaram.

“Hey, heeeey ~ a herói tem o lado mau dela? Se você o tivesse seduzido, você teria ido até o fim?”

Com essas palavras, o rei demônio corou e disse:

“Herói… eu preciso de tempo para me preparar…”

A herói ficou vermelha até as pontas das orelhas e gritou:

“Rei demônio! Eu sei que você está se divertindo com isso, então pare com isso! E quando eu falei assim?”

O rei demônio fez beicinho.

“Tch, eu fui pego.”

Aya fez beicinho também.

“Tch, e foi ela quem disse para toma-lo.”

“Essa combinação de reis demônio!”

Cerrando os dentes, a herói se acalmou. Mas seu vermelho brilhante de seu rosto não mostrava nenhum sinal de desaparecer.

“Bem, pode também resolver isso com algo que até os humanos podem fazer.”

“O que?”

Olhando para a estoica Yuria, Aya encolheu os ombros e disse:

“Dança. É comumente ensinado a todos os nobres humanos, não é?”

“Sim.”

Com essas palavras, Yuria olhou brevemente para sua infância.

Acordar, tomar café da manhã. Então treino de espada. Então almoço. Lições básicas de etiqueta, depois mais lições de espada. Então janta. A espada novamente. Ir para e cama.

‘Espere, eu nunca aprendi esse tipo de coisa!’

“Por quê? Perdeu sua coragem?”

“C-como se eu tivesse!”

Yuria, que teimosamente se recusou a perder para Aya, aproximou-se lentamente do rei demônio.

“Por que você está sorrindo?”

“Oh nada.”

Aya murmurou, olhando para o sorridente rei demônio. Por alguma razão, aquele sorriso lhe deu um mau pressentimento.

“Aquele otaku de heróis…”

Quando a herói relutantemente estendeu a mão para o rei demônio, ele pegou e se levantou.

“Você não pode dançar, certo?”

“C-como você sabia?”

“Não há como minha herói saber dançar, certo?”

Era verdade, mas por alguma razão, isso a incomodava e ela murmurou,

“Eu não tive tempo para aprender. Por que eu deveria desistir?”

“Não, por que nós desperdiçaríamos uma oportunidade tão boa assim?” Sorrindo, o rei demônio puxou-a para ele. “Deixe seu corpo para mim. Naturalmente. Então, tudo vai dar certo.”

Uma suave melodia começou a tocar.

***

Comentários