DK&H: Capítulo 7 Parte 3


Capa DK & H

Demon King & Hero

Autores: Phantom Of The Moonlit Night 월야-팬텀
Tradutor: Pyown

***

“O q-q-que vocês estão falando?”

Nas palavras chocadas de Yuria, o rei demônio respondeu francamente:

“Tirando o Deus Chefe, elas são os dois maiores seres, não seria correto mostrar respeito a elas?”

“Esta aqui é nossa deusa. Ela ainda é a Deusa em quem nosso império acredita, então não seria correto mostrar o devido respeito a ela?”

Yuria ficou perplexa. O Rei Demônio, claro, já que ele fazia isso o tempo todo, mas aquele velho astuto era mesmo o papa arrogante que lhe deu a ordem de capturar o rei demônio logo no começo? Talvez, apenas talvez, quando ele e o rei demônio estivessem juntos, algum outro grupo o substituiu por um substituto falso? Era o que ela estava pensando, quando Sermir, que estava servindo chá, mostrou um sorriso amargo e disse:

“Infelizmente, esse é o papa que tem a responsabilidade de transmitir minhas palavras aos humanos.”

“Ho ho, infelizmente, que escolha de palavras! Para eu, fiel servo da Deusa!”

“O que, quer dizer que você é aquele que deu essa bênção?”

Com intenção de matar instantânea, a Deus Demônio olhou para o Papa. Mas sua resposta foi rápida e eficaz.

“Tudo está de acordo com a deusa.”

Quando ele juntou as duas mãos e murmurou com uma voz reverente, a sede de sangue da Deus Demônio virou-se para Sermir.

“Hwiiiiiing…”

Diante daquele olhar, Sermir só pôde se voltar para o Papa com um olhar ressentido, só para evitar o olhar dela.

‘E-ele a vendeu?’

Yuria podia sentir sua mentalidade desmoronando ainda mais. Mas suas provações não estavam nem perto de terminar.

“Ho, e você seria aquela que encantou o meu Rei Demônio?”

“Eh, eh?”

O olhar frígido da Deus Demônio mudou de Sermir para Yuria, e ela estremeceu um pouco em face de sua intenção de matar. Tentando acalma-lá, o Rei Demônio disse,

“Hm, hm… ela é minha esposa.”

“Então, foi você!”

Não, não continue. Apenas derramando óleo na fogueira.

“Quem é sua esposa!”

“Nós compramos este ninho de amor juntos!”

“Que ninho de amor!”

“Então, a herói é uma tsundere…”

“O que você quer dizer com tsundere!”

“Indo tudo tsuntsun… Então, novamente, normalmente sendo tsuntsun, faz o deredere ainda mais bonito.”

“Eu não tenho ideia do que você está dizendooooooooooooooo!”

Olhando para aqueles dois, Raelle murmurou para a Deus Demônio,

“O que há com esse Rei Demônio… ele é assustador de alguma forma…”

“Eu não sei, mas o mesmo aqui.”

Normalmente, a essa altura Yuria teria retirado a sua espada há muito tempo e enlouquecido, mas encarando um Deus, muito menos deuses superiores que poderiam até aniquilar outros deuses, todos os seus títulos de “melhor guerreira do império”, “gênia da espada” eram todos sem sentido.

“Nós mais ou menos entendemos isso. Então, heroí. O que você fez para atrair o meu Rei Demônio?”

Tendo finalmente cessado a discussão aparentemente interminável, com um sorriso frio, ela bebeu o chá que Sermir tinha servido.

“Ow quente! Hey, eu te disse que queria o meu frio!”

A Deus Demônio que poderia aniquilar o mundo humano liberou seu poder através da casa, por nenhuma outra razão senão porque o chá estava quente, não frio.

“Ah, desculpe…”

“Hey, espere um segundo …”

Raelle olhou para a Deus Demônio com uma expressão assustadora.

‘Ah, lady Raelle! Como esperado, minha mãe está do meu lado?’

Sermir confiava em sua mãe.

“Tenho certeza que eu queria o meu frio também?”

Mas essas expectativas foram quebradas instantaneamente.

“Você não acha que é o suficiente, Deus Demônio?”

Mas o que subiu para reprimir a ira da Deus Demônio não era outro senão o Rei Demônio.

“Ho, então só porque você entrou em seu pacto, você está do lado dela agora?”

Sermir tinha esperança. Ele entrou em um pacto, então certamente o Rei Demônio ficaria do lado dela.

“Eh, não, eu não me importo se você cagar em Sermir ou não, mas não podemos ter esta casa destruída agora. Afinal, faz apenas um dia desde que nos mudamos.”

Mas sem surpresa, Sermir era o saco de pancadas de todos.

“Hweeeee…”

‘… Pobre Deusa…’

Olhando para Sermir, Yuria suspirou.

Vendida pelo papa, abandonada pelo rei demônio em seu pacto, agora destruída pela deusa criadora da luz. Havia alguém mais lamentável do que ela?

‘Espere um segundo, não há, não há?’

Agora que ela pensou sobre isso, havia. E essa pessoa não era outra senão ela mesma.

Jurado no lado errado da Balança do Deus Chefe, e arrastada pelo Rei Demônio desde então, lutou contra organizações malignas, travou uma grande batalha com a Rei Demônio do Encanto, arrastada até o Papa e agora ela estava presa no meio de uma briga entre deuses.

‘I-isso é tudo culpa do Rei Demônio!’

“Eh?”

Quando Yuria encarou o Rei Demônio com olhos carregados de várias emoções, o Rei Demônio evitou seu olhar muito ligeiramente.

“Olhee aqui, agora eles podem se comunicar com os olhos só?”

A Deus Demônio que poderia fazer cubos de gelo flutuarem em uma xícara de chá quente com um olhar, reafirmou seu olhar para o alvo original, a herói.

“Hiiiiiing… Mesmo sabendo que ela pode fazer isso frio sozinha…”

Vamos ignorar os murmúrios de uma certa deusa.

“O quê parece que até a vontade do mundo está me ignorando!”

Você já teve bastante tempo de tela. Desculpe.

“Garota herói. Por que você abanou o rabo para o meu Rei Demônio e o fez entrar em uma aliança com aquela Deusa inútil!”

“Eu não sou inútil! Eu ainda sou no que o Império acredita!

“Isso é verdade. Ela não é inútil.”

E o papa estendeu a mão a Sermir.

‘C-como esperado do meu primeiro servo!’

“Mas ela é pobre.”

“Sob…”

Sermir pensou isso. Não havia ninguém em quem você pudesse confiar no mundo.

“Hm hm… desculpe. Deixe-me corrigir isso. Por que você abanou o rabo para o meu Rei Demônio e o fez entrar em uma aliança com aquela pobre Deusa!”

“Nós, bem, para começar, eu sou de fato o inferior nessa relação…”

Yuria explicou como ela havia perdido sua aposta com o Rei Demônio, e estava ligada a ele com um contrato jurado na Balança do Deus Chefe.

E a reação da Deus Demônio foi simples.

“Então, quebre!”

“Alguma coisa jurada na balança não pode ser quebrada, mesmo que seja pelo nome das duas deusas…”

Yuria franziu a testa. A balança do Deus Chefe era uma relíquia do Criador. Uma promessa inquebrável.

“A balança do Deus Chefe, uma relíquia do Criador, uma promessa inquebrantável? Hmph, você acha que o pai tem tempo para isso? Balança do Deus Chefe? Me dê ela! Claro, pai as fez, mas ele disse que não poderia se incomodar em mantê-las, então nos deu a autoridade para lidar com elas? Então a quebre! Eu nem me importo se você quebra-lá! Eu não vou puni-lá!”

Nas palavras da Deus Demônio, Sermir trocou contato visual com Raelle.

‘É uma mentira, não é? Certamente o Deus Chefe não seria assim…’

‘Você sabe a verdade. Que nossa família é de comercial.’

Completamente chocada, Sermir encarou Raelle.

Pensar que a família da mãe era uma bagunça…

‘Hey, é a sua família também.’

Com uma expressão de completo desespero, o corpo de Sermir estremeceu, agarrando a mesa.

“Pensar que eu era uma pessoa, não, uma deusa de tal família…”

Com essas palavras, até mesmo o Rei Demônio parecia não acreditar.

“Mesmo?”

“Hmph. Você já me viu enganar alguém?”

Nas palavras da Deus Demônio, o Rei Demônio assentiu.

Ela era, como por seu título, a deus de todas as coisas demoníacas e uma deusa da força tirânica. Ela não mentiu. Se ela quisesse alguma coisa, ela simplesmente bateria em alguém e a tomaria.

“… Então, realmente?”

Com uma expressão um pouco hesitante, Yuria encarou a Deus Demônio.

“Que tal isso, você quer que eu quebre ela para você?”

A Deus Demônio olhou para Yuria com um sorriso sedutor.

‘O que devo fazer…’

Para colocá-lo bem, ela estava sob contrato, mas de forma franca, ela não era mais do que a serva do Rei Demônio. Era isso que ela pensava no começo.

‘Então, por que estou hesitando?’

Mas agora ela não sabia. Por que ela ainda tinha dúvidas em seu coração. Fazendo beicinho, Yuria fez uma expressão como se estivesse sofrendo por causa de uma decisão.

“Eu não esperava isso…”

E olhando para Yuria, o Rei Demônio franziu a testa e encarou a Deus Demônio.

“Você realmente tem que destruir o relacionamento de outra pessoa?”

‘Quem te disse para deixar de ser um Rei Demônio e formar um pacto com aquela desgraçada para que você pudesse se divertir com aquela herói? Você quer morrer?’

Em direção àquele Rei Demônio, a Deus Demônio soltou uma aura de raiva.

“Embora pareça um pouco cedo para isso…”

Embora ele não tivesse a iniciativa no momento, se ele deixasse isso acontecer, estaria arriscando a possibilidade de ter sua mulher roubada. Levantando-se de sua postura ajoelhada, com passos confiantes, ele se aproximou da Deus Demônio.

“Você está louco? Qual o problema?

Sorrindo, a Deus Demônio afrouxou seu punho.

Tudo bem então. As suposições atuais parecem estar se mantendo. Nesse caso.

“Lady Deus Demônio, vamos fazer um negócio?”

O Rei Demônio ofereceu negociações com a Deus Demônio.

Comentários