GK: Capítulo 2


Capa GK

Goblin Kingdom

Autores: Haruno Inja (春野隠者)
Tradutor: schnitzel

Nota do tradutor gringo:

Gekokujou = quando alguém mais novo ou de classe inferior supera seu superior.

No original o kanji de orc é escrito com os caracteres para demônio, besta e porco.

 

Capitulo 2: Gekokujou

Eu saciei minha fome, indo atrás de presas pequenas.

Desta forma eu passei a noite.

Eu havia devorado um total de 4 presas. 2 coelhos, um sapo e um lagarto.

Se alimentar desta forma, se eu ainda fosse um humano, então eu teria sem dúvida recusado. Não há mais o que se discutir. Com esta refeição, e o que aconteceu na última noite, não tenho mais quaisquer dúvidas.

Monstro.

Eu sou um monstro.

Ver a forma da hedionda caverna já tornou algo comum. No mínimo, não importa se eu a ignorá-la eu ainda vejo minha aparência.

Além disto, não é tão ruim assim. Notei isso enquanto estava caçando. Esse corpo é consideravelmente mais forte que o dos seres humanos.

Olhos que veem no escuro, garras que rasgam e trituram suas presas. Tal poder não poderia mesmo ser comparado à insignificante força de um ser humano.

Além disso, não há nada a temer quando se trata de água suja. A resistência deste corpo é excepcional, água suja não vai afetar ele.

A humanidade havia perdido várias habilidades ao longo da evolução. Estas habilidades perdidas habitam este corpo.

E se eu quisesse, eu poderia viver desta forma pelo resto dos meus dias, e acho que não haveriam quaisquer dificuldades. Porque este corpo é realmente mais conveniente que meu corpo humano.

Claro, eu preferia ter recusado a ter que viver como um monstro.

Caindo na sombra de uma árvore, eu comecei a pensar.

Agora, o que devo fazer?

E definitivamente não quero ser um monstro.

Eu no passado li uma história de uma situação parecida com esta.

Era a história de um homem que se tornou um tigre. Nesta história, o homem ficou louco, ele não se tornou um tigre apenas em mente, mas também fisicamente.

O que devo fazer agora?

Eu ponderava meu curso de ação, enquanto brincava com o coelho que tinha apanhado antes do amanhecer.

Pensando nisto, o que o Goblin falou?

“Obter comida”, disse ele

Sim ele falou. Se for assim, então ele é capaz de falar.

Desde que o entendimento mútuo é possível, então isso não implica que existem outros goblins?

Eu posso não saber como retornar, mas se existe uma comunidade, então deve existir uma maneira de se obter informações.

Com isto definido em minha mente. Eu pego o coelho e começo a andar.

Mas assim que eu o fiz, eu senti um arrepio em minha espinha, fazendo com que eu estatelasse no lugar. Eu senti essa sensação de algo correndo até mim, eu imediatamente pulei em um arbusto.

O medo correu por todo meu corpo, fazendo com que meus pés tremessem incontrolavelmente.

Curioso e alerta eu agucei meus ouvidos. Assim, um ruído doloroso preencheu meus ouvidos. Ao mesmo tempo, percebi uma aranha gigante, do tamanho de dois homens adultos, andando como um rei.

Meu coração está calmo como gelo, porém minhas pernas não mostram sinais de parar de tremer.

Minha lógica questiona a identidade do monstro, mas meu instinto desperta um tipo de terror primordial pela besta.

Meu corpo tremer não é algo que pode ser ajudado, o balanço de poder entre predador e presa. Um caça e o outro é caçado.

Seis olhos completamente vermelhos, olhos desumanos, correu o cenário e encarou sua presa. Enquanto seus seis membros, cada um comparável à altura de um ser humano, a atacou.

 

“kisha! ”

 

No momento que pensei que ela havia parado de se mover, aquela aranha monstro se jogou no arbusto oposto ao que eu estava escondido.

 

“Guwoo! ”

 

A criatura que estava escondida no arbusto oposto entrou em pânico. A criatura tinha a cabeça de um porco, e ao mesmo tempo, ele tinha duas pernas para andar. Em outras palavras, um orc.

Em pânico, o orc tentou fugir, mas a aranha monstro o perseguiu. O orc tentou saltar para fora dos arbustos, mas a aranha monstro habilmente mudou a direção de suas longas pernas em uma velocidade muito alta para os olhos seguirem, dirigindo-o para um canto.

Empurrado para um canto, o orc foi jogado para baixo pelas duas pernas traseiras da aranha. Em seguida, a aranha monstro trouxe suas presas em direção à cabeça do orc. Com um “chomp”, ela mordeu a cabeça do orc, esmagando seu crânio e liberando uma infinidade de fluidos, sangue, cérebro em sua boca. As partes da cabeça do porco rolaram na abertura do carnívoro, a aranha vorazmente devorou cada pedaço, e desfrutou sua refeição.

Vendo a batalha das duas bestas do topo da cadeia alimentar se desenrolar diante dos meus olhos. Esse meu corpo monstruoso, não para de tremer.

No entanto, reuni todos os sentidos que eu tinha dentro de meu corpo, reunindo toda a coragem que pudesse para sair sem fazer nenhum som. Depois de tomar alguma distância, eu imediatamente corri o mais rápido que podia.

Eu, tenho vivido entre os seres humanos toda a minha vida, tinha acabado de ser enfrentado pela absurda natureza, a lei da selva.

 

 

△▼△

 

 

“Gigi! ”

 

Os sons incompreensíveis escaparam pela minha boca, eu gritava enquanto corria.

Mas ao chegar na caverna, eu não podia fazer nada, a não ser sentir-me hesitante em entrar no buraco estreito. No entanto, eu não posso perder qualquer tempo a aranha poderia aparecer a qualquer momento. Sem tempo eu levantei minha voz, e gritei para cova. Pouco tempo depois, o Goblin saiu.

“Comida. ”

O mesmo, um rosto cruel, acompanhando um olhar que não pode ser descrito como qualquer coisa senão ódio. No entanto, houve uma coisa que me surpreendeu, a diferença entre nossas alturas.

Embora eu tenha ficado fora apenas uma noite, parece que eu já havia crescido um pouco.

Entreguei o coelho para o Goblin, e ele olhou para ele, sem dizer uma palavra. Em seguida, ele desapareceu na caverna. Eu não sei se deveria segui-lo ou não, mas depois de um tempo, ele voltou para fora. Com um olhar severo, ele gritou para mim.

 

“Vem! Inimigo, chegando! ”

 

O goblin puxou meu braço com força, e me levou para a caverna.

Eu deixei vazar um grito pela força. Aparentemente, ele nunca teve a qualquer intenção de me esperar em primeiro lugar.

O Goblin, em seguida, me jogou em um quarto, e rapidamente passou por mim para pegar um tacape.

 

“Pegue. ”

 

Quando olhei ao redor, notei algo. A sala pode parecer de má qualidade, mas na verdade é um arsenal.

Em qualquer caso ele quer que eu escolha um, certo?

Quando senti medo do Goblin, eu procurei no arsenal por uma arma. Infelizmente, eram todos de baixa qualidade.

Não é como se eu esperasse que esses monstros tivessem uma katana ou lança, mas mesmo assim, eu estava esperando algo que ao menos se parecia com uma arma.

Com isso em mente, eu trabalhei para encontrar algo mais adequado, como uma espada longa. Infelizmente, tudo que eu consegui encontrar era um tacape razoavelmente longo, uma estaca comprida, e um tridente usado em agricultura.

Bem, melhor que nada suponho.

Com isso eu me convenci e levei o tacape.

 

“Venha. ”

 

Disse o goblin enquanto saía do quarto.

Meio pensativo, eu segui atrás dele.

 

 

△▼△

 

 

“Pressa. ”

Ele me pediu para ir mais rápido, enquanto balançava seu tacape. Eu pensei que ele apenas queria que eu pegasse uma arma, mas então ele me levou a superfície, e me fez correr. Finalmente, depois de ter sido apressado, chegamos ao nosso suposto destino, uma aldeia que aparenta estar abandonada.

Eu não poderia realmente dizer, se a aldeia foi abandonada ou não, já que eu percebia algumas sombras se mexendo.

Acontece que se reunindo ali, estavam um grande número de goblins verdes. E no centro um Goblin que parecia ser o chefe que tinha a pele vermelha.

“Vem! ”

O goblin que me trouxe, me pegou pelo braço com a mão, e me levou até onde esse chefe estava. Como ele me trouxe, eu não poderia deixar de abrir os olhos bem para aquela coisa que não deveria ter qualquer sinal de majestade.

O Goblin vermelho detinha uma estatura respeitável, braços grandes, um brilho acentuado no olho, e mais que tudo, um semblante hediondo. Ele estava equipado com uma armadura enferrujada, e uma espada sem fio. Olhando par isso, eu não poderia falar nada, mas quero duvidar se somos da mesma raça.

 

“Rei, venha. Esse, insignificante. ”

 

Ouvindo as palavras fragmentadas, eu tenho uma ideia sobre a relação dos dois. O vermelho é o rei, e esses goblins são seus servos. E assim, esse cara está me fazendo ter uma audiência com o rei como alguém que ainda é inferior a ele.

Então, de repente, o rei olhou para mim.

 

“Você, último … bastardo lento, dar punição”

Em outras palavras, ele quer me punir por estar atrasado?

Não brinque comigo … quem você pensa que é?

Como eu pensei, o duende ao lado do bastardo vermelho já havia me encurralado.

 

“Eu, suave. Não vou te matar. ”

 

Olhando para cima, meus olhos se cruzaram com os olhos do Goblin vermelho.

Quando vi os olhos do monstro, eu pensei que nunca iria esquecer esta vista.

Aqueles olhos estavam enlameados com um sentimento de superioridade e desprezo. O tipo de olhar condescende que um pai, professor ou um irmão de merda iria dar-lhe.

Então eu sentir minhas costas receber um golpe.

 

“Gugigi! ”

 

Sentindo a dor eu não podia fazer nada além de soltar um grito.

O Goblin vermelho foi me golpear com um tacape, enquanto mostrava sinais de prazer.

Parecia que sentia prazer, em me perseguir e me golpear varias vezes.

Depois de um tempo, ele parou, e então pisou em minha cabeça e disse.

 

“Eu, Rei. Não … desobedecer. ”

 

Eu vou lhe matar.

Eu não sei como, mas definitivamente irei lhe matar.

Nesse mundo de pesadelos, pela primeira vez eu senti uma emoção nostálgica. Era um mundo diferente, o desejo de comer. Eu não me importo mesmo que você diga que é humano. Talvez você pense que tal emoção não deveria nascer em um mundo como este, que é sustentado pela lei da selva. Em um mundo onde o forte sempre será forte e o fraco sempre será fraco.

 

“Resposta. ”

 

O ódio me encheu, tanto que estava a ponto de pingar, eu respondi.

 

“Gai”

Eu não vou desafiar.

 

Com o sangue azul escorrendo pelo meu corpo, eu jurei, vou matar esse filho da puta.

 

 

△▼△

 

 

Assim eu amaldiçoei enquanto era pisoteado pelo chefe, eu ouvi um grito de algum local distante.

 

“Inimigo! ”

 

De repente, eu fui chutado para o lado e o chefe elevou sua voz.

Enquanto eu estava jogado no chão como lixo, eu distraidamente observei a cena.

Ao lado do goblin vermelho estavam vários goblins, e ao longe estavam 3 orcs.

Esses orcs enquanto ceifavam várias dezenas de goblins, se aproximavam do goblin vermelho.

Apesar do grande número de goblins, os orcs que eram quase que 2 vezes seu tamanho, varreu-os com seu tacape.

Isso não é um jogo.

Essa foi minha impressão. Com uma diferença tão grande, não existe nenhuma maneira que isso não se torne um massacre.

Com um balanço, as cabeças foram esmagadas e seus fluidos estouraram. Os goblins atacaram uma vez atrás da outra. Mas suas laminas foram paradas pela gordura do orc, e foram incapazes de causar um ferimento fatal.

Durante todos esses eventos, o goblin vermelho só observou os goblins morrerem sem sair para ajudar.

Aquele chefe apenas olhava para os orcs enquanto eles eram cercados por uma parede de goblins. Apenas encarando ele ainda fez os goblins ao seu lado entrar na batalha.

Mas uma coisa não fazia sentido. Algo como isso não poderia parar os orcs enquanto estavam empurrando. E usando seus corpos, os orcs romperam o cerco.

Apenas um goblin precisava cair. Se um caísse, a parede, também cairia a seguir. Mas não é como se os orc não tivessem feridas. Na verdade, os orcs tinham feridas por todo corpo, tanto que eles ficavam cada vez mais irritados. Podia-se ver seus olhos piscando com ódio, sem traço de qualquer de razão sobrando.

Eles estavam desesperados para sair do cerco.

E então um daqueles orcs, correu para a direção de goblin vermelho e colidiu com ele

 

“Guru! ”

“Guga! ”

 

Apesar de ter sido uma colisão de dois monstros, acabou rapidamente.

Tudo que restava era o resultado esperado.

O orc ignorou o corte profundo em seu ombro, e arremessou o goblin vermelho, e eles desapareceram na floresta.

O goblin vermelho, perdeu a consciência.

Não está nem mesmo se contraindo.

Eu notei uma espada na borda do meu campo de visão

Du dump.

Nesse instante, eu ouvi a batida de meu coração, uma vez que comecei a correr…

Reuni toda força que consegui, ignorando os ruídos dos monstros.

 

“Gi, Gigi—“

 

Bem bem. Isso é uma virada bastante fortuita nos eventos, não é mesmo?

Certo?

Apesar de atordoado, eu pego a espada

Então me aproximo do goblin vermelho imóvel.

Não deve ter morrido depois de apenas isso.

 

“Gigigi. ”

—Morra, cadela.

 

Enfiei a espada longa no pescoço do goblin vermelho com toda minha força.

Quando sinto a ponta da espada perfurar através da garganta, eu balanço a espada horizontalmente.

 

“Gigugyaguguaa!”

“Dji, –Djai”

 

E, o grito de dor ecoou, ele suspirou uma última vez, e acabou.

 

“Gu, bababa…”

Eu matei ele.

 

“Gigigigigi”

O que é isso?

 

Eu estou realmente mais abalado do que esperava.

 

“Gi, guha!?”

Quando eu pensei isso, eu senti algo explodir dentro de mim, fazendo-me cair de joelhos.

 

“Gigi, guha!?”

 

Senti algo estranho dentro de mim, eu não conseguia mais levantar minha cabeça. Algo estava acontecendo. Algo inexplicável, uma sensação horrível, me comendo por dentro.

Ouvi uma espada cair com um baque a distância.

 

“Ah… Ahhh…”

 

Apenas um segundo se passou, mas parecia uma eternidade de dor. Como que a dor diminuiu, olhei em volta.

 

Muito quieto.

Olhando ao redor, eu descobri, para minha surpresa que os goblins estavam todos olhando para mim.

 

Eu estou com problemas?

Infelizmente, porém, não consigo reunir até mesmo a menor força. Nem mesmo para fugir.

Como eu temia, um goblin avançou.

“Rei. ”

 

O que?

 

“Ahh? ”

 

Oque este goblin falou? Rei?

“Suas ordens. ”

 

Sem reação, eu escutei aquelas palavras, e então olhei para meus braços.

Vermelho, horroroso, e duro como aço.

Como devo descrever as emoções que senti neste momento?

Não era felicidade de me tornar forte. Nem repugnância de ser horrendo. Em vez disso, intoxicado.

Por oque eu me pergunto.

Mas, independentemente disso, estou definitivamente intoxicado.

Comentários