GK: Capítulo 9


Capa GK

Goblin Kingdom

Autores: Haruno Inja (春野隠者)
Tradutor: schnitzel

Capítulo 9: Seguidor de Zenobia

[Raça] Goblin
[Nível] 43
[Classe] Nobre, Rei de um grupo
[Habilidades] <Comandante de um Grupo> <Vontade desafiadora> <Uivo violento> <Esgrima C+> <Avareza> <Alma errante>
[Proteção divina]Deusa do Submundo, Altesia.
[Atributos] Escuridão, Morte

△▽▲

“Ku … Monstro!”

O cabelo da espadachim era vermelho como um lírio, como água ela despejou insultos sobre mim um após o outro. Talvez já tenha notado. Não a nada mais que ela possa fazer. E sem nenhum outro caminho, ela recorreu a me atacar mentalmente. Ou então ela pode estar simplesmente tentando diminuir a ansiedade da garota por trás dela.

“Venha!”

As moitas balançaram, e meus subordinados saíram grupo a grupo. Eles então se reuniram em torno dos seres humanos sobreviventes, e levantaram suas vozes como que quisessem ameaçá-los, e começou a bater com os seus tacapes no chão.
Vendo esta cena, o sangue saiu das suas faces, e eles se tornaram pálidos e amedrontados.
Agora como eu devo brincar com eles?
Enquanto pensava comigo mesmo, a freira que o espadachim cobria chamou minha atenção.
Luz transbordava das mãos da garota, envolvendo o homem inconsciente que empunhava o machado. Enquanto a luz cobria o homem, o fluxo de sangue parou.

“Que a piedade seja concedida a todos(Cura).”

Naquele momento, eu estava observando fascinado, enquanto olhava para o lado da freira cujo os olhos estavam fechados.
Era como se toda a ganância do homem tive-se sido lavada. Uma elegancia desumana q n deve ser pisada.
Estava diante de meus olhos. No entanto, senti como se eu não pudesse alcança-la, mesmo que estendesse minhas mãos. Uma altitude além do meu alcance.
Eu quero você.
A mão que se esticou daquele mar de desejo agarrou minhas entranhas, sacudindo todo o meu ser, e me trazendo ao chão.
Fiquei de joelhos, a cabeça inclinada e a postura prostrada diante de seus pés.
Se apenas…
Se pudesse apenas arrancar essa flor, então…
Mesmo que meus sonhos fossem…
Fechei os olhos e balancei a cabeça para aqueles pesamentos retumbantes.
Alguma coisa esta interferindo com meus pensamentos. Isso esta fazendo eu me sentir enjoado.
Os gritos de dor e as lamurias atacaram contra mim, fazendo meu cérebro sentir como se pudesse explodir em chamas a qualquer momento.
Desejando, desejando a minha amada, essa angústia aparentemente interminável de loucura que é o desejo se apertou ao redor do meu pescoço, estrangulando-me.

“Desgraçado quem é você!?”

Cheio de ódio olhei para aquele ser invisível.
Estava penetrando nos fluidos do meu cérebro! Em minha alma, mesmo, atacando diretamente meu próprio ser, não pude deixar de segurar minha cabeça em dor enquanto desembainhava minha espada.
Era tão intenso que só a repugnância podia sair da minha boca.
Eu continuei a arfar, enquanto a ponta da minha espada tremia em minha vontade e dor.

“Sou Reshia Fel Zeal, serva da deusa da cura, Zenobia.”

Seus olhos como ametisas prenderam me. A deusa da cura, Zenobia. Era isso que estava fazendo com que algo dentro de mim gritasse.

“GruuuaAaaAAaaA a aa aa a a a !!!”

“Haaaaa!”

A espadachim investiu pela abertura.
Ela ergueu sua espada, e com um corte, ela visou minha cabeça mais baixa.
Mas, é lenta. Eu levantei minha espada de forma reflexiva, batendo contra a espada descendo.
Minha mais forte espada foi contra a espada da espadachim que descia com a força centrípeta, repelindo-a. Tendo colocado muita força, meus braços gritam de dor no recuo, mas eu não tenho tempo para me preocupar com isto.
Continuando assim, a espadachim caiu no chão sem qualquer tempo para consertar sua postura.
Mas naquele momento, em vez de atacar, vacilei de joelhos.
Cortei meu joelhos com minha espada, e com o sangue fluindo recuperei a consciência.
Matar …
Se eu não matar essa mulher agora, quem sera a refeição serei eu.
Esse pensamento que poderia ser dito instintivo brilhou na parte de trás da minha cabeça.
Fervendo de sede de sangue, o que estava diante de meu olhar era uma santa, reverenciada pelos humanos.

“Por favor, corra, Reshia-sama.”

Aquela santa sacudiu gentilmente a cabeça para o espadachim incapacitado.

“Para mim abandoná-los … Que a piedade seja concedida a todos(Cura).”

Em um brilho, a ferida da espadachim foi curada.
“Kuk kuk kuk kuk…”
O que saiu da minha boca foi um zombaria de baixo tom.
Devorado? Eu?
Acabei rindo de meus próprios pensamentos.
Foda-se…
FODA-SE!!!

Eu irei me tornar um rei!

BAIXAR MINHA CABEÇA PARA OUTRO É IMPOSSÍVEL!

SEJA UMA SANTA! SEJA O PRÓPRIO DEUS!!

EU NÃO ME CURVO A NINGUÉM!!!

“Pegue-os, e absolutamente não os machuquem!”

Com sangue correndo por minha cabeça, minhas pupilas se concentravam na santa enquanto ordenava que meus subordinados as pegassem.
Assista me. Eu o superarei.
Recuso-me a aceitar bastardos que interferem em meus pensamentos.

◆◇◆◇◆◇◆◇

[Habilidade] <Vontade desafiadora> aumentou de nível para <Vontade insurgente>
A partir de agora, essa habilidade atenuará não só a pressão de monstros, mas também de raças muito mais altas.
A confiança espiritual na Deusa do Submundo enfraqueceu.
Você está defendido contra os ataques mentais da Deusa do Submundo.
Por causa do enfraquecido ataque mental da Deusa do Submundo, o impulso para com a Deusa da Cura será acalmado.

[Habilidade] <Alma errante> ira evoluir
<Ama distante> adquirida.
<Sabedoria de um governante> adquirida.

[Habilidade] Porque você adquiriu a habilidade <Alma distante>, a lealdade de seus subordinados aumentará. A influência que você recebe dos deuses também irá diminuir.

[Habilidade] Porque você adquiriu a habilidade <Sabedoria de um Governante>, no caso em que você se nomeia e luta contra um oponente com a mesma arma, então você receberá um aumento de: força física 20%, agilidade 20% e danos recebidos serão reduzidos em 20%.

[Habilidade] < Olhos da Serpente Verde > adquirido. Se o número de seus oponentes é menor que o de seus subordinados, então você será capaz de ver seu ponto fraco, independentemente do nível.

◆◇◆◇◆◇◆◇


Finalmente a historia ta deslanchando, os gringos também traduzem as notas do autor, mas por conterem SEMPRE spoilers eu preferi privá-los disso, caso aparece alguma nota relevante eu trago aqui.
As vezes o personagem não usa ele ou ela, e sim humanos no geral como se estivesse falando de animais, quando isso ocorrer não é erro de tradução e sim a forma que ele trata outros seres.
Mais uma coisa, se alguém tiver uma tradução melhor da habilidade < Olhos da Serpente Verde > que em inglês é <Eyes of the Green Snake> eu agradeço porque n gostei muito de como ficou em pt-br, se não tiver uma melhor vai continuar assim mesmo.

 

 

 

 

 

Comentários