Kuork

Apenas Tradutores Errantes

iLivro

Olá seres desse mundo, esta é uma breve mensagem minha. Amanhã não haverá capítulo de Gun-Ota, porque estarei escrevendo ‹MD›. Mas na quarta feira voltará tudo ao normal.

Qualquer erro de ortografia ou coerência, deixe nos comentários. Aproveitem a leitura =)


GO

[NT: Quanto ao título do capítulo, ele se refere ao jogo de tabuleiro comumente jogado no japão. https://pt.wikipedia.org/wiki/Go ]

Lute, quatro anos de idade

Johann Cruyff, antigo representante de futebol dos países baixos, disse {A base da bola é o controle. Se não posso controlar a bola, então irei atrás da bola em outro esporte}.

Assim que, em vez de usar magia, decidi aprender a controlar minha mana.

Mas quando se alcança os quatro anos, o mesmo deve cuidar das crianças mais pequenas. Em consequência, significa que eu podia fazer o que quiser antes disso. Havia três crianças, entre dois e três anos, que devíamos cuidar; e somos quatro crianças, da mesma idade, para cuidar deles.

O que se espera de nós é que façamos companhia na enfermaria, onde os menores dormem. Mas já que dos quatro, sou o único homem, as deixei involuntariamente cuidar dos pequenos, enquanto eu me dedicava a melhorar meu controle de mana.

Me sento no canto da enfermaria e começo a lembrar da aula de Elle-sensei. Ela explicou o que a {Mana} é, sendo esta a energia que entra em uma pessoa ocupando como recipiente a alma. O tamanho da alma para manter o corpo – e a alma – dificilmente muda entre as raças.

A mana é a quantidade de energia que está dentro da alma, tendo o necessário para manter o corpo e a alma. A quantidade de mana varia de forma menor entre raças. Pode ser gigantesco como um lago, ou pequeno como um copo de vidro; e se este poder se esgota, a energia para manter o corpo e a alma será insuficiente, e causará um desmaio.

Perdi a consciência, já que não fui capaz de manter a condição do corpo e espirito porque esgotei minha mana.

Se esse é o caso, primeiro deveria poder reconhecer a quantidade de mana total em meu corpo e revisar quanto do mesmo posso gastar antes de alcançar o limite.

Mantenho meus olhos fechados, enquanto foco minha consciência no interior. Ao centro do meu peito, sinto uma pequena aglomeração de luz e calor. Lentamente imagino mover essa aglomeração, pouco a pouco, até minha mão direita, movendo-se quase como uma bola de luz desde o centro do meu peito até minha mão.

Não houve sensação de consumo de mana, nem fadiga, nem abatimento em meu corpo. Tento liberar a mana, que coletei, ao exterior.

“Uoo…”

Quase metade da luz se liberou e meu corpo se sente pesado como depois de uma noite sem sono.

É esse cumulo de luz a quantidade usável de mana?

Minhas expectativas são provavelmente corretas e minha intuição me diz o mesmo.

Ao dia seguinte.

Na enfermaria, as garotas cuidam dos pequenos, enquanto eu me sento no canto do quarto para treinar, novamente, meu controle de mana.

Fecho meus olhos e sinto a pequena e cálida luz no centro do meu peito. Me imagino movendo a mana, pouco a pouco, até minha mão direita.

Ontem, não me preocupei já que só movi até minha mão, mas o fluxo não foi diretamente a ela. A luz se distorcia como se foi uma linha pintada por um rato e a linha não era uniforme, mas como em ondas.
Será possível enviar rapidamente um quantidade estável de mana ao ponto que quero?

Primeiro, necessito alcançar o ponto onde posso livremente ajustar o tamanho e a forma do fluxo por mim mesmo. Si eu consigo, poderia enviar rapidamente a quantidade de mana necessária ao ponto desejado, inclusive seria necessário dizer que necessito chegar tão longe se quero controlar a mana sem interferências.

Emocionado subo as mangas, mas o treinamento é interrompido pelo protesto das garotas.

“Lute-kun, vão brigar com você se não cuida dos pequenos conosco!”

A garota – chamada Snow – disse como a representante das garotas. Suas características são: Um cabelo prateado até os ombros, pele charmosamente branca, orelhas de cachorro e uma cauda. Ela é de uma espécie rara chamada “tribo do lobo branco”, que vivem nas montanhas nevadas do continente note.

Ela e eu somo amigo de infância que se dão muito bem, já que quando eramos bebês, ambos fomos deixados no orfanato no mesmo dia. Surpreendentemente, neste mundo quase não há pais que abandonam um a criança sem deixar um bilhete.

No orfanato, as crianças que vêm são aquelas cujo os pais morreram por acidentes, doenças, guerra, etc. É por motivos econômicos que o orfanato está cheio.

Devido a não ter nenhum familar para confiar, as outras duas garotas do nosso grupo foram trazidas aos três anos, quando seus pais morreram por doença e acidentes.

Snow e eu, aqueles que foram abandonados por nossos pais em frente ao orfanato no mesmo dia e foram colocado nas mesma cama desde bebês, temos um forte laço de apego e amizade desde a infância. Devido a isso, de vez em quando formamos um par.[NT:“desde a infância“… você e ela só tem quatro anos…]

Enquanto lembrava aquilo, me desculpei com um sorriso forçado.

“Quero ajudá-las do fundo do meu coração, mas são tão boas nisso que não tenho oportunidade de fazê-lo. Esse é o porquê de que me sento no canto, simplesmente para não incomodar”

Elas são muito boas confortando os pequenos e eles já dormiam calmamente na cama. Snow veio a mim com olhos grandes e inflexíveis e perto da minha cara fez uma demanda.

“Se esse é o caso, você pode ajudar brincando de casinha. Há papéis o suficiente para os quatro”

“Brincar de casinha?”

Quando virei meus olhos, as outras duas garotas estavam sentadas no centro de sala, esperando.

“Se Lute-kun não brinca, direi a sensei que saltou o trabalho”

“Mesmo que eu não fiz realmente… Tudo bem! Brinquemos”

Me rendi quando mencionaram Elle-sensei, interrompendo meu treinamento de controle de mana.

“Que papel devo tomar? Pai ou professor?

“Lute-kun será a mascote Limo Rosado!”[NT: Limo é o mesmo que Slime]

“É realmente necessário…?

Respondi rapidamente.

Naquele dia continuei fazendo “purupuru” até que as garotas me “liberaram”.

***

Fui forçado a brinca de casinha com as garotas três dias seguidos, sempre sendo a mascote. As mascotes que fiz foram {Coelho branco e preto},{Doninha Barbona},{Papagaio do Paraíso}, etc.

Uma vez, rejeitei o papel de mascote, mas fui claramente ignorado.

Elas brincavam de casinha como senhoritas nobres, onde criar uma mascote é um sentido de moda e riqueza, por causa disso é que insistiam que era necessário o papel de mascote que me davam.

Um homem nunca pode ganhar uma discussão contra uma mulher, seja neste mundo ou no outro, mais ainda, o grupo contra o que eu perdia, tinha três membros.

Mesmo se tenho mais de trinta, não havia maneira de ganhar. Mas mesmo se obedientemente às obedecia, não significava que estava sendo tironeado por essas garotas de quatro anos.

[NT: Tironear ›  Ato de tironear, puxar a rédea do cavalo.]

Quando tinha tempo livre, ia ao leito do rio seco perto do orfanato e pegava pedras planas, pintando um lato com tinta e as secando.

Peguei uma tábua de madeira e o marquei com uma grade de 8×8 com uma faca.

A quarta vez brincando de casinha e as garotas pedem o usual, que eu seja mascota. Desta vez, eu ponho uma condição.

“Se alguma de vocês puder ganhar de mim em um jogo que criei (usando o conhecimento da minha vida passada), continuarei sendo a mascote.

{GO} é o que estava em frente a elas.

“””Lute-kun?”””

As vozes das garotas foram uma, ao tempo que inclinava suas cabeças. Usando o tabuleiro que fiz, expliquei as regras do GO.

Entre os japoneses que conhecem o jogo, não há ninguém que não entenda as regras, já que são simples e fáceis de memorizar. Essa foi a razão de que escolhi GO de todos os jogos de tabuleiro do meu mundo anterior e como planejei, as garotas memorizaram as regras de imediato.

A primeira a me desafiar foi Snow, que obviamente escolheu o lado branco.

“Snow, sua vez”

“Se te derroto, você será um MaruMaru dourado o dia de hoje”

o que diabos é um MaruMaru dourado?

Snow felizmente gira as peças negras. Primeiro, lhe dou a vantagem para que se sinta confiante.

“Lute, você é fraco ♫♪… Apesar de que você o fez ♫♪…”

Snow estava presa na sensação de que está ganhando, ao ponto de que suas orelhas se movem orgulhosamente.

“Hahaha. Snow, se vai fazer uma piada tem que ser mais engraçada. Se você não sabe somar e subtrair, como eu poderia perder neste jogo de intelecto?”

“Muu… tenho a sensação de que está zombando de mim… Bem! Se perdee, tem que escutar outra ordem além de ser um MaruMaru dourado!”

“Tudo bem… mas se eu ganhar, Tocarei suas orelhas de cachorro e sua cauda como eu desejar!

“Não são orelhas de cachorro! … São orelhas de lobo! Porque sóu da tribo do Lobo Branco!”

“Eu sei… e não esqueça da promessa”

*Respiração profunda* Snow se irritou um pouco, mas recuperou a compostura e observou a superfície do tabuleiro, como esperava, continuou girando as peças sem pensar verdadeiramente.

Snow teve um mal entendido. Aqueles que têm mais peças da mesma cor cor ganham no GO, é por isso não é importante a quantidade de peças até a metade do jogo.

Iniciei o contra-ataque quando as peças brancas eram dominantes. Dominei um canto e as peças desse lado não podem mudar mais, em um instante, o preto dominou o tabuleiro.

“Uuuu… pedri…”

“Aha, ganhei! Não se esqueça da promessa, de acordo?”

“Eu sei… Te deixarei tocá-las quando fomos dormir a noite…”

“O-ok”

Snow aceitou enquanto suas orelhas estavam caídas e envergonhadamente olhava para baixo. sua figura desanimada me fez sentir culpado.

Escuta Snow! A forma que você fala parece como… se tivesse feito uma promessa suja comigo…

“O que ocorre Lute? Sua cara está vermelha, pegou um resfriado?”

“Não é nada… Assim que, quem é meu próximo oponente?”

Balancei minha cabeça para afastar os pensamentos sujos e continuei desafiando-as.

Snow se irritava com as bochechas infladas à borda da minha visão. Com tudo, não sei o porque está iritada.

Será por que ganhei de forma infantil? Na próxima vez irei um pouco mais evagar contra ela…

Enquanta pensava isso, me esqueci dos oponentes que me desafiavam. Obviamente, ganhei facilmente, como contra Snow.

Foi um um feito que Snow e companhia me desafiarão no GO ao dia seguinte. Enquanto praticavam, suas habilidades melhoraram muito, mas não havia outros oponentes com quem eu podia competir.

Se escolhi o GO, foi porque as regras são fáceis de lembrar e atraem facilmente as pessoas.

Durante meus dias de escola superior, permanecia em casa e ocasionalmente me absorvia em jogar jogos de tabuleiro para matar o tempo, já que não tinha com quem jogá-los. Entre eles, o GO foi o único em que a máquina não pode ganhar de mim e cheguei a pensar seriamente em participar em um jogo regular.

No final não participei nunca, por causa do meu medo de conhecer estranhos. Uma criança de quatro anos, com muita pouca prática, não poderia ganhar de mim. Todas elas sofreram derrotas esmagadoras contra mim.

Mesmo com uma aparência de 4 anos, minha idade mental alcança os 31 esse ano! Mesmo se esse não fosse o caso, não seria vencido por uma criança.

Eh? Por que… porque há… água saindo dos meus olhos?

Fui desafiado por elas por poucos dias, mas sempre pude ganhar facilmente. Snow e as garotas rapidamente se deram conta da diferença de habilidade, e não continuaram me desafiando, já que se entretinham mais entre elas.

Depois dos menores dormirem, Snow e as garotas jogavam GO enquanto se alternavam. Mais ainda, o GO se fez popular entre os garotos maiores que nós. Me dei conta ao ver uma imitação do tabuleiro e peças enquanto ocupavam os outros.

Mesmo Elle-sensei e as senhoras voluntárias se interessaram, sendo a popularidade bem recebida. Isso, provavelmente foi devido a que as regras são fáceis de lembrar e por em prática,, por isso qualquer um pode jogá-lo.

Eu, me vi livre do papel de mascote das garotas, comecei a realizar meu treinamento secreto novamente. Me tomou uns 30 dias para aprender a mover a mana rapidamente em um linha parecia a uma rede pelo o corpo, embora, quando me acostumei, passou a ser simples.

Também, houve coisas que notei enquanto treinava. Uma foi,{Mesmo se um pequeno fragmento da massa é removido, ele não irá desaparecer}.

Então, separei um fragmento e o movi ao índice da minha mão direita, dali, um por um por, para cada dedo até o o mindinho.

A diferença de quando o libero, a mana não é consumida se ela se move dentro do corpo.

Esta técnica pode ser útil se desejo temporariamente reforçar uma parte do meu corpo.

Por exemplo, se quero reforçar meu braço direito, necessito três segundo para cortar uma parte da manda e movê-la até meu braço direito, então posso envolver meu braço com mana.

Outra coisa que aprendi é{Quanto mais aumenta a força, mais mana é envolto}, ainda que o consumo de mana é alto por só fazer isto. Em caso de reforçá-lo moderadamente, só tem que usar um pouco de mana.

Depois de terminar o controle de mana, comecei a estudar e treinar a foração defensiva. O que entendi com meu estudo é que: Você pode liberar grandes quantidades de mana diretamente ao ar se é um mago talentoso.

Por exemplo: se a formação defensiva se faz pondo uma grande quantidade de mana usando a palma da mão como ponto de inicio, o consumo diminuirá radicalmente do que fazendo diretamente no ar.

Quando descobri, fique surpreendido. A diferença de mana entre aqueles de classe B- e superior era um assunto em si.

Eles podem usar o reforço corporal e formaçao defensiva sem se preocupar com isso, inclusive, eles podem atacar ao mesmo tempo, estando a diferença de talento realmente clara.

Lembro, enquanto estava em choque, quando me disseram que os magos baseados em classes eram limitados. A gigantesca diferença chamada talento era como este mundo.

Um, posso assumir que eles também têm um método para reduzir o consumo de mana nas batalhas longas, mas devido a diferença em quantidade de mana… eu tratava de conserva-la como alguém que só tem uma vela para se iluminar; enquanto eles podiam facilmente ignorar alguém que encontrou um desconto de 100 yenes no supermercado.

Por isto entendi o porquê dos que são julgados como {sem talento} não podem ultrapassar os de rank B-. A quantidade de mana é fundamentalmente distinta.

De qualquer modo, ocupando pequenas quantidades de manda desde minha mão, posso produzir uma formação defensiva instantaneamente. Acabei usando um ano neste estudo de experimentar e treinar.


Notas finais:

Traduzido e formatado por: KooZ

 Revisado por: Pode ser você xD

Comentarios em Gun-Ota: Volume 1 Capítulo 4

Categorias