Haroon: Volume 5 Capítulo 10


Capa Haroon

Haroon

Autores: LEE Hyun Bi
Tradutor: Pyown

Circulação de Ki

Cada um dos guerreiros ficaram feridos durante a batalha com o hark. Alguns tiveram ferimentos graves como ossos quebrados ou órgãos bagunçados, então tiveram que agir rapidamente para tratá-los. Felizmente, os guerreiros da aldeia YeongHeung tinham medicação eficaz para tais situações.

Demorou meia hora para tratar todos os guerreiros. Foi uma sorte que ninguém tenha sido penetrado pelas garras do hark. Tratar ossos quebrados ou perder pedaços de carne não era tão ruim.

O problema era que aqueles que tinham seus órgãos bagunçados por causa de impactos poderosos, não havia uma boa maneira de tratá-los além de deixá-los descansar enquanto estavam deitados. Pelo menos o remédio que eles tinham ajudaria.

“Por que ele não está voltando?”

Nain não estava tirando os olhos do ponto no horizonte em que Haroon havia desaparecido.

“Minha exata pergunta. É suicídio enfrenta-lo sozinho” disse Haeran.

“Devo tentar sair e procurar por ele?”

Seran estava inquieta, já que ela não estava tão exausta. Mas ela não podia sair e procurá-lo. Ela não era realmente uma guia, e não havia como ela conseguir persegui-los sozinha.

“Ah, não!”

Nain de repente gritou. As pessoas se reuniram em torno dela, ficando nervosas sem saber o que estava acontecendo.

“O que foi?” Haeran agarrou os braços de Nain e perguntou.

“A mascara! As roupas!”

“A máscara e as roupas?”

“Aquele homem, Haroon…”

O rosto de Haeran ficou pálido assim que ela percebeu o que Nain queria dizer.

“Ah, não. Ele está perseguindo o hark com apenas sua armadura.”

Expor a pele nua a uma luz solar tão forte causa um câncer de pele agudo. Além disso, respirar a atmosfera contaminada pela radioatividade por mais de 30 minutos danifica o sistema respiratório e o sistema circulatório, a partir dos pulmões. Aqueles trabalhadores cujas vidas foram salvas por Haroon, e aqueles que lutaram com Haron acharam isso angustiante. Já fazia 30 minutos.

“Ele não deveria te-lo perseguido.”

“Não, ele não deveria.”

“Cara, estou frustrado por não poder fazer nada!”

O tempo voou impiedosamente. Uma hora voou depois que Haroon saiu, depois duas, ainda assim ele não estava voltando. Já passava do limite de tempo que os humanos podiam durar sem qualquer equipamento.

“Ele poderia estar morto?”

Um trabalhador sussurrou para seu amigo.

“Não diga coisas tão horríveis. Você acha que um guerreiro capaz de esfaquear os olhos de um hark morreria tão facilmente? Você conhece Hosang, certo?”

“Hosang? Você quer dizer aquele órfão que seguiu você na viagem para a Fornalha Ardente?”

“Sim. A primeira vez que aquele idiota saiu da barreira, ele esqueceu nossa advertência e não estava usando a máscara por uma hora.”

“Ele esqueceu? Não me diga que ele acabou morrendo.”

“Não, ele não morreu. Ele ficou doente por dois dias ou mais, depois disso tudo ficou bem. Apenas dizendo que nem todos os humanos são iguais. Talvez Haroon seja saudável como Hosang.”

“Huh, interessante. Bem, espero que seja o caso do nosso salvador ”

“Claro que é. Ele lutou contra um hark, sabia…”

Ouvindo os trabalhadores conversando, as pessoas encontraram um raio de esperança no meio do desespero. Eles estavam dizendo que algumas pessoas sobreviveram mesmo que fossem expostas ao clima por um período excessivo de tempo. Além disso, Haroon era o guerreiro que lutou contra o hark e conseguiu ferir seus olhos, quando ninguém conseguia lutar sozinho. Então eles ainda tinham um vislumbre de esperança.

Em momentos como esse, as pessoas normalmente abandonavam a pessoa que deixava o grupo, mas Varan, o líder do grupo, e mesmo Rosu, não planejavam fazer um movimento. Eles estavam gravemente feridos, é claro, mas se quisessem se mover, teriam forçado suas pernas com força de vontade.

Finalmente, houve notícias quando sua ansiedade atingiu seu pico. O guerreiro que não estava ferido e se ofereceu para procurar gritou para o grupo à distância.

“Algo está vindo!”

A tensão se espalhou pelos seus rostos. O hark poderia ter perdido sua visão, mas as pessoas sabiam que era vingativo, e sabiam que voltaria com seu olfato superior.

“É Haroon! Haroon está vindo!”

No grito do batedor, pessoas comparativamente bem correram em direção à direção que o batedor estava olhando. Eles podiam ver Haroon andando na direção deles sob a ardente luz do sol. Ele estava um pouco lento, mas parecia que ele não estava muito ferido.

“Haroon!” Haeran gritou fracamente, aliviada de vê-lo seguro. Seran estava sorrindo também, correndo em direção a ele.

“Que alivio. Que alívio.” disse Nain, logo caindo de joelhos. Ela também estava muito preocupada com Haroon e ficou aliviada ao vê-lo voltar.

Haroon caminhava em direção ao grupo com orgulho (embora ocasionalmente cambaleasse), carregando algo em uma mão e arrastando algo no chão com a outra.

As pessoas examinaram a pele exposta de Haroon com os olhos quando ele estava perto o suficiente.

“Ele está bem! Ele não tem bolhas ou queimaduras!”

Ele estava exposto a uma luz solar tão forte por mais de duas horas, mas, além de ele ter vermelhidão visível, não havia muita mudança em sua pele.

‘Então ele estava passando por florestas, em vez do terreno baldio esse tempo todo?’ eles pensaram. Haroon parecia tão bem quanto antes da batalha, tão bem que até fez alguns pensarem que era inútil se preocupar com ele.

De qualquer forma, as pessoas ficaram felizes em vê-lo de volta.

“O que são essas coisas?” Haeran perguntou,

“A cabeça do hark e seu couro.”

“Mesmo? Então você realmente perseguiu e o matou?”

Haroon assentiu, abaixando o saco. Haeran, Nain e os guerreiros verificaram as coisas que ele trouxe. Definitivamente era couro duro, com peles curtas, finas e densas que pareciam uma pele lisa à distância.

“Você realmente o matou! Como?! E como você conseguiu isso?” Disse Haeran.

Seu queixo caído se recusava aa fechar. Mesmo se fossem cegos, eles não poderiam dizer como Haroon conseguiu o matou, ou como ele o esfolou.

Todos olharam para Haroon, alusivamente, pedindo uma explicação, mas Haroon simplesmente pousou a cabeça do hark na frente de Nain, também esfolado.

“É o meu presente!”

Dizendo isso, Haroon afastou-se um pouco e sentou-se, fechando os olhos. Ele parecia muito cansado. Ninguém se atreveu a incomodar Haroon mais.

Para eles, Haroon era um homem com poucas palavras e uma expressão rara no rosto. Qualquer um poderia dizer que Haroon estava consideravelmente exausto, embora não falasse sobre isso.

“…… pai” Nain começou a chorar, ajoelhando-se na frente da cabeça do hark. Atrás dela, Rosu e outros guerreiros estavam olhando ferozmente para ele.

Depois de algum tempo, Nain pegou seu punhal afiado e apunhalou a cabeça do hark duas vezes. Parecia uma cerimônia de vingança. Os guerreiros fizeram a mesma cerimônia.

Haeran, Seran e os trabalhadores tentaram apresentar suas próprias ideias de como os guerreiros poderiam estar se sentindo, mas nunca puderam dizer com confiança que tinham o caminho certo.

***

Perseguindo o hark em um clima tão severo, Haroon mal conseguiu caçá-lo. Somente depois de enfiar a espada na boca, aproveitando-se de sua cegueira, foi capaz de matá-lo. Ele passou por alguns momentos de ameaça à vida dentro do processo, mas todas as coisas consideradas correram bem, já que ele, felizmente, descobriu suas forças e fraquezas boas o suficiente durante a primeira batalha.

Sob a ardente luz do sol, ele esfolou o hark morto e voltou, forçando seu corpo a andar com o Andar do Mensageiro, aceitando e circulando o ki enquanto arrastava a cabeça e o couro, mas ele realmente sentia que poderia morrer.

Lutando contra o desejo de deixar seu corpo descansar no deserto com sua força de vontade, ele conseguiu voltar. Ele queria dormir, então ele fechou os olhos, mas depois de tal evento ele não conseguiu. Quando seu corpo finalmente sentiu que podia descansar, cada parte de seu corpo começou a doer, então a dor ficou mais forte e mais forte. Haroon cerrou os dentes para reprimir os gemidos.

‘Ugh, estou morrendo. Dói tanto que só quero morrer.’

Haroon tentou suportar a dor, mas sua pele que absorvia o calor começou a queimar como se ele fosse colocado em um incêndio; seus ossos, músculos e órgãos começaram a gritar com dor.

‘Eu realmente vou morrer assim?’

De repente ele ficou com medo.

Ele tentou pensar em outra coisa para esquecer essa ansiedade e dor, mas não conseguia se concentrar. No jogo ou na vida real, ele nunca esteve tão cansado ou sentindo tanta dor.

‘Eu não vou perder. Não mais…….’ Ele pensou para si mesmo.

Ele tentou concentrar sua vontade no oceano de mana, que seria seu dantian nos termos do ki.

Ele podia ver que seu ki estava fervendo como um vulcão ativo. Não estava em sua forma sólida, mas derretia em uma forma líquida fervente.

Até o meu ki é instável! Isso não pode ser bom.

Algo não estava certo com isso. Parecia que iria explodir a qualquer momento, rasgando seu corpo em pedaços.

Haroon começou a derramar sua força de vontade em seu ki, sentindo fortemente a ameaça da morte. Ele não sabia se funcionaria, mas ele só sabia um jeito de esfriar antes de esquentar ainda mais. Era circular o ki. Ele sabia que circular o ki o acalma com base em sua experiência limitada.

‘Vamos! Mova-se!’

Seu lábio inferior foi cortado pelos dentes e o sangue se arrastou pelo queixo.

Apesar de não ser capaz de tirar os olhos de Haroon, Haeran ficou de pé.

“O que… Qual é o problema?” Sua voz vacilou.

Ela nervosamente segurou as mãos e esfregou-as, sem saber como reagir. As pessoas se reuniram em torno de Haroon. Haeran se aproximou de Haroon sem pensar. Nain estava fazendo o mesmo também.

“Não!” Rosu as parou.

Haeran e Nain olharam interrogativamente para ele, mas ele apenas balançou a cabeça.

“Ele parece estar em um estado de risco, então deixe-o assim.”

“Mas por quê?” Nain questionou.

“Aquele amigo, Haroon, ele é um guerreiro com algum poder que não conhecemos. Ele deve ter o seu próprio caminho. A menos que ele esteja inconsciente, não devemos incomodá-lo enquanto estiver lidando com qualquer problema que ele tenha” explicou com confiança.

“Ele tem um ponto! Ele tem alguma coisa. Deveríamos deixá-lo, como Rosu disse” Concordou Varan.

Ninguém se atreveu a se aproximar de Haroon. Eles estavam preocupados com ele, mas a única coisa que eles podiam fazer era rezar por ele.

Não sabendo o que estava acontecendo ao seu redor, a consciência de Haroon ainda estava profundamente dentro de seu eu interior.

‘Por favor mexa-se! Por favor!’

Ele implorou, perguntou e persuadiu, mas seu ki se recusou a se mexer e, em vez disso, ferveu ainda mais intensamente. Por instinto, ele sabia que iria explodir a qualquer segundo. Ele não estava mais reconhecendo a dor porque estava tão focado em tentar mover seu Ki.

Então, em algum momento, ele desistiu de tentar movê-lo e observou como estava fervendo. Foi uma cena muito fascinante. De repente, ele se esqueceu por que estava tentando movê-lo.

Logo, sua consciência afundou em seu ki. Uma vez que sua consciência foi misturada com o ki, ele foi capaz de sentir.

‘Oh, não é quente.’

Estava fervendo como se explodisse a qualquer momento, mas não estava quente.

“Então por que está fervendo?”

Assim que ele pensou isso, ele foi capaz de descobrir que o calor estava fluindo em seu dantian de algum lugar. Ele não podia dizer de onde estava vindo, pois era muito sutil, mas era forte o suficiente para ferver seu ki.

No momento seguinte, ele viu uma passagem aberta no fundo do seu dantian. A passagem em si não era tão grande, mas estava bem aberta. Quando ele pensou que talvez o seu ki não conhecesse essa pequena abertura e ficou preso, ele moveu sua consciência para a abertura, o ki rapidamente se moveu em direção à passagem em pouco tempo.

A consciência de Haroon foi rapidamente sugada para a passagem.

‘Isso está perto das minhas genitais.’

Ele estava em um ponto meridiano perto de suas genitais. O ki que continha uma quantidade extrema de energia jorrou para suas costas quando passou perto do cóccix.

O ki parou por um momento e seguiu uma passagem aberta para cima. Como acumulou energia potencial como energia cinética quando caiu, facilmente subiu. Além disso, essa passagem era familiar para ele.

Logo o ki alcançou o topo de sua cabeça, passando pela espinha, atrás do pescoço e depois atrás da cabeça. Ressoou com energia externa por um momento, passou pela testa, por cima do lábio superior, pela raiz da língua, pelo pescoço e depois descansou na boca do estômago. Ressoou com energia externa mais uma vez.

Logo, voltou ao daintian.

‘Esse é o caminho que encontrei antes.’

O ki fundido com sua consciência seguiu o caminho de circulação com o qual agora estava familiarizado. Ficou mais calmo depois de circular pelo corpo ao longo do caminho, mas a energia térmica interminável continuou aquecendo-o.

‘Vamos!’

Ele não sabia dizer se era sua vontade ou a vontade do ki. Mas seguiu de bom grado a ordem e começou a circular de maneira mais estável.

A circulação não parecia terminar.

O vácuo criado no final do ki atraiu a energia térmica e seguiu a circulação. O ki aceitou a energia térmica e fundiu-a em si mesmo e acalmou-a enquanto circulava.

Essa circulação continuou até que não houvesse energia térmica.

Mesmo esquecendo o conceito de tempo e espaço, Haroon finalmente parou a circulação quando sentiu que seu ki estava agora completamente estável. Foi notável como uma vez se recusou a seguir sua vontade, mas agora começou a querer seguir suas intenções.

Ele achava que existia em seu corpo, mas não fazia parte dele, mas estava errado. Ele agora começou a sentir seu ki como uma parte de seu corpo semelhante a seus braços ou pernas. Até mesmo a forma do seu Ki havia mudado. Era mais sólido antes, mas agora era mais líquido viscoso. O movimento calmo não estava mostrando sinais de fervura.

Agora que seu ki estava calmo, ele atraiu sua consciência de volta ao mundo exterior.

Ele abriu os olhos.

Ele viu pessoas olhando para ele. Alguns tinham preocupação em seus olhos, e alguns tinham surpresa em seus olhos.

‘Huh, não dói mais.’

Ele não estava sentindo nenhuma dor. Sua pele que estava queimando com calor voltou ao normal também.

Ele se levantou e esticou o corpo para verificar o status de seu corpo. Seu corpo era tão flexível como de costume. Não havia dor, e ele não teve problemas em mover seu corpo.

Seu corpo estava totalmente renovado, quase como se ele tivesse dormido bem.

‘Não me diga que eu tenho sido assim por um dia.’

Ele observou secretamente os rostos surpresos de todos e ficou aliviado porque não parecia ter passado muito tempo. Não parecia que a viagem havia atrasado por causa dele.

‘Você é realmente um interior? Você estava dizendo a verdade quando disse que não tinha deixado a barreira antes? Você voltou ao normal em menos de 30 minutos, quando parecia que você morreria a qualquer momento. O que diabos você é, Haroon?’ pensou Haeran.

Ela ficou tão surpresa ao vê-lo voltar ao normal apenas descansando por um curto período de tempo que ela até esqueceu que estava feliz em vê-lo de volta depois de perseguir o hark.

Havia alguém que não se esqueceu disso. Nain saltou para os braços de Haroon, nem mesmo se incomodando com a armadura suja de sangue e poeira.

“AHHHH! Obrigado, obrigado! Por tudo, e voltar vivo!” Ela começou a chorar.

Ele deu um tapinha nas costas dela sem uma palavra. Naquele momento, ele achou que ela precisava se acalmar.

Rosu veio. Ele tentou duramente caminhar em direção a ele enquanto seu rosto estava pálido pela dor de seus ferimentos internos.

“Você tem meu sincero agradecimento” disse Rosu. 

“Aquele monstro que você matou era um inimigo jurado de Nain e eu. 12 grandes guerreiros de minha aldeia e o pai de Nain, o guerreiro-chefe tinham caído sob suas garras. Em uma escolta de retorno para um grupo de mercadores, eles foram emboscados pelo hark. Eles lutaram bravamente mesmo que não fossem páreos para ele, para ganhar algum tempo para os mercadores escaparem e no final da batalha… ” Ele suspirou. 

“Bem, eles foram comidos por ele e não deixaram cadáveres.”

“Entendo.”

Haroon calmamente respondeu, e abraçou Nain chorando em seus braços.

“Para ser honesto com você, Nain e eu íamos convidá-lo para nossa aldeia para caçá-lo. Esse incidente infeliz aconteceu antes de nós, a próxima geração de guerreiros aprender o suficiente, por isso não estávamos confiantes o suficiente para caçá-lo por nós mesmos” acrescentou.

Isso explicava o que Nain iria pedir a Haroon. Ela queria que ele se juntasse ao seu grupo para ajudar a se vingar de seu pai e aos guerreiros.

“Nós lhe devemos nossos sinceros agradecimentos por isso, assim como pelas muitas vidas que você ajudou a salvar antes.”

“Eu só tive sorte. Se vocês guerreiros não tivessem lutado e o mantido ocupado, e se Nain não tivesse parado seu movimento com sua habilidade, meu simples ataque de aposta não teria sido muito útil. Eu só o terminei, e acho que são vocês guerreiros que conseguiram sua vingança.”

Rosu e os guerreiros apenas mostraram o polegar para cima, sorrindo sem acrescentar mais palavras a Haroon. Na verdade, eles não conheciam essa palavra como humilde, mas as palavras de Haroon impulsionaram a honra e o ego dos guerreiros que antes eram esvaziados pelos ferimentos da batalha.

“Apenas nos dê a palavra, e arriscaremos nossas vidas para lutar por você. Mal começamos nosso treinamento adequado, mas logo nasceremos de novo como bravos guerreiros.”

“Eu espero que eu nunca precise, mas eu irei se eu precisar de sua ajuda irmãos.”

Rosu e os guerreiros ficaram felizes em ouvi-lo chamando-os de irmãos. Essa palavra tornou Haroon mais especial do que alguém a quem eles deviam.

“Hahaha! Certo, nós lutamos com nossas vidas, então o que é se nós não formos irmãos? Hahaha! Aqui. Pegue meu colar. Mostre isso para as pessoas da minha aldeia e elas vão tratá-lo tão bem quanto se fosse eu.”

Haroon não hesitou e recebeu o colar de Rosu. Haroon sentia que estar com guerreiros de mente aberta, tornava-o mais liberal.

“Obrigado. Chame Varan sempre que precisar de mim. Eu vou ajudar em qualquer lugar.”

Haroon não sabia se ele sairia da barreira novamente. Mas ele foi pego no momento; ele não queria recusar sua sinceridade e queria devolver um pouco.

“Bem, isso é perturbador. Você não foi o único que lutou na batalha.”

Foi Varan, que em algum momento se juntou à multidão. Seu rosto estava tão pálido quanto o de Rosu por causa de seus ferimentos internos, mas seus olhos ainda eram intensos. Ele teve a mesma impressão que Rosu teve. Ele teria sido um guerreiro se não tivesse nascido em uma família de ferreiros.

“Bom! Vamos ser irmãos!”

Varan e Rosu virilmente se abraçaram.

Ugh!” 

Kugh!”

Um segundo depois eles se separaram em dor. Eles não estavam considerando seus corpos quando declararam sua amizade. A multidão começou a rir.

Comentários