A história de amor do Ex-Herói!

>>>><<<<

Ponto de vista Seiji Tanaka

 

 

 

Por quase uma década eu tive pesadelos com esse dia.

Após sua suposta morte, permaneci em Argus por cinco anos trabalhando em Cysgod como aventureiro e escolta da Duquesa Arian em seus trabalhos como embaixadora fora do reino.

Nesse período de tempo eu nunca havia esquecido as palavras ditas por Lyam naquele dia que eu o enfrentei: “Se quiser ser um herói de verdade, vá até Cysgod. Encontre uma boa mulher e a beije. Só assim você será um herói de verdade diante meus olhos. Até lá não passará de um garotinho sem poder algum!”

Por quase um ano aquelas palavras me atormentaram, até o dia que eu me encontrei com a mulher da minha vida.

A mulher mais bela e encantadora de todo o mundo: Engelil Taflen.

Posso me lembrar de cada detalhe de nosso primeiro encontro: seus longos cabelos loiros brilhando como ouro sob o sol radiante; suas orelhas pontudas élficas; aquele radiante par de olhos verdes brilhando como duas esmeraldas; e seus lábios vermelhos que quando sorria, era igual ao desabrochar de uma rosa.

Além de sua beleza de tirar o fôlego fui conquistado por seu charme único e sua gentileza natural que encantava todos presentes.

Desde aquele encontro casual nunca mais consegui tirar ela de minha cabeça. Era o que podia se descrito como “amor a primeira vista”.

Na capital nos encontramos várias vezes por ter o mesmo círculo de amigos. A cada encontro conversamos um pouco e ela era fascinada pelas histórias que eu contava sobre meu pais japão e suas tradições e culinária única.

Fui me aproximando lentamente e depois de um ano havia declarado meus sentimentos para ela…..Mas eu havia sido rejeitado gentilmente. Depois de um tempo um dos ex-alunos de Lyam havia me contado sobre a queda de seu professor por ela e a forma que foi rejeitado. Desista, dissera aquele ex-aluno para mim. Se até mesmo meu professor mulherengo não foi capaz de conquistar ela, quem diabos nesse mundo será capaz? Ela é uma conquista impossível para mortais!

Após ouvir aquelas palavras percebi que ganhar o coração de Engelil era um grande desafio, cujo até mesmo o maior especialista em mulher, Lyam, havia sido rejeitado.

Eu pensei em desistir como todos desistiram, mas não conseguia tirar ela de meu coração. Então eu persisti e a cada ano me declarava para ela até que finalmente após quatro anos ela havia aceitado meus sentimentos.

Naquele dia após me declarar ela havia dito:

―Eu desejo um homem que irá dedicar sua vida unicamente para mim. Um homem que me terá unicamente em seu coração. Posso sentir que seus sentimentos por mim são sinceros, mas poderá amar somente a mim até a última batida de seu coração?

Naquelas simples palavra havia compreendido tudo sobre aquela mulher que eu amava. Ela desejava um amor sincero e não desejava que o coração daquele que amasse fosse compartilhado com outras mulheres.

Naquele mundo aonde era permitido o casamento com várias mulheres. Engelil, apesar de ser uma meia-elfa, seguia as tradições de seu povo – descobri depois que os elfos daquele mundo amavam somente uma pessoa por toda sua vida. A poligamia era considerado um sacrilégio para os elfos.

E essa crença estava bem enraizada no coração de Engelil, então ela nunca aceitaria um homem com outras mulheres.

Quando eu soube da história que Lyam foi rejeitado por Engelil, sempre me perguntei por qual razão ele havia levado um fora. Após ouvir as palavras de Engelil eu havia entendido a principal razão dele o rejeitar.

Para um japonês tradicional como eu, jurei naquele dia amar unicamente ela, até a última batida do meu coração. Um anos depois, surpreendendo todos, nos casamos e naquele tempo havia recebido o convite para fundar minha própria Ordem no Império da Santa Luz.

Antes de mudar para a capital do império me encontrei com todos meus amigos em Cysgod. Foi nesse momento que eu havia sido alertado por uma garota demônio, ex-aluna de Lyam.

―Ninguém sabe se ele vai retornar um dia ou não ―dissera ela para mim naquele dia. ―Mas por ele ser tão irritante igual uma barata, aposto que irá retornar um dia. E quanto retornar, acredito que ele não irá ficar feliz por saber que você teve sucesso aonde ele falhou. Acredite em mim, o instrutor é um péssimo perdedor e uma pessoa de mente estreita. Se eu fosse você me mudaria para os confins do mundo e rezaria para que ele nunca retorne para esse mundo….Apesar que eu rezo todos dia para ele não retornar…..Enfim, felicidades em sua nova vida na capital do império.

Nas palavras daquela garota demônio havia surgido um temor e por uma década todas noites tinha pesadelos com seu retorno.

E aqui estava eu diante meu maior pesadelo, contado toda essa história para ele. Eu estava preparado para receber um soco. Que ele gritasse comigo e enlouquecesse…..

……Mas o que estava acontecendo atualmente havia superado tudo que havia imaginado.

Ao invés de estar gritando comigo ou tentando me matar, ele estava acachado no canto da sala da matriz de teletransporte, chorando, enquanto era consolado por uma bela mulher de orelha de coelho, vestindo um deslumbrante kimono da minha terra natal.

―….Acredita nisso Ania, eu havia sido rejeitada por ela! Foi a primeira vez que eu havia sido rejeitado por uma mulher…..Foi um trauma difícil de superar!

―….Tudo bem, meu senhor. Não chore, não sou uma elfa, mas meus seios não vão perder para ninguém! ― disse a coelha amavelmente, puxando Lyam para seus braços. ― Se o senhor desejar posso procurar uma elfa peituda e capturar para o senhor. Se não for o suficiente posso matar esse homem e a mulher que feriu seu coração….

Eu fingi não ouvir aquelas palavras perigosas dita pela mulher coelho. Na verdade eu estava surpreso com a facilidade que essas palavras saíram de sua boca, como se fosse algo natural para ela matar outra pessoa.

―Não precisa, Ania! ― disse ele afundando sua cabeça nos seios da mulher coelho. ―Apenas por estar assim com você sinto meu coração sendo curado. É como dizem: “um travesseiro de peito e o melhor remédio para as dores do coração”. Me pergunto se com você, Lhachar e Anna unindo seus seios ao redor de meu corpo, meu coração será curado imediatamente?

Eu nunca havia ouvido palavras tão……Como uma mulher poderia aceitar esse absurdo?

―Mais tarde vamos tentar um travesseiro de peito com nós três! ― disse ela corando levemente. ―Agora você precisa recuperar sua compostura e seguir com a agenda de hoje. Você tem assuntos importantes para tratar com o senhor…Seiji Tanaka.

Após a mulher secar as lágrimas dele com um lenço, ele recuperou sua compostura e agarrou a cintura da mulher coelho como se nada tivesse acontecido.

Ao invés de ser uma pessoa de mente estreita como havia dito sua ex-aluna. Ele inesperadamente era um homem bastante compreensível.

Nos olhamos por um tempo, então ele sorriu de forma convencido como estivesse falando: “eu perdi a batalha, mas venci a guerra!”. A batalha que ele havia perdido, foi quando havia sido rejeitado por Engelil. E a guerra que venceu, foi o fato que ele tinha várias mulheres bela ao seu lado.

Eu balancei a cabeça e sorri sem me importar com sua provocação. Tudo que eu desejava era ter o amor de Engelil. E em meu coração havia espaço somente para ela.

Após essa cena seguimos ele através de um vasto corredor branco até uma sala com grossas portas de aço. Quando a porta foi aberta, revelou uma paisagem de tirar o folego, revelando um novo mundo.

Comentários