Llachar e Anna vs os cavaleiros dragão!

 
1 Parte

 

Llachar vai ser a primeira a enfrentar um dos cavaleiro dragão. Sua postura magnífica e a armadura [Raposa gananciosa] sobre o sol fez vários nobres presente encantados.

“Confesso que estou impressionada por essa armadura, além de ser bela é poderosa o suficiente para aguentar o ataque de um dragão!” Disse a rainha ao meu lado.

Drilfin e Euraidd, assentiram com as palavras da rainha.

“Posso sentir um leve poder espiritual vindo da armadura….Não posso imaginar a complexidade e trabalho minusioso necessário para infundir poder espiritual em uma arma!” Euraidd tinha olhos cheios de louvor.

Eu não podia simplesmente dizer para ele que eu criei a armadura apenas a martelando com meu poder divino e espiritual. Apesar de eu não poder controlar meu poder espiritual, eu posso usar como energia para o martelo divino de Aurorus.

Após de vários comentários a luta começou.

O oponente de Llachar trajava armadura vermelha pesada, espada de uma mão e um escudo circular. Ele sacou sua espada e correu para cima de Llachar, o que considerei um grave erro.

Llachar apontou sua espada pesada para baixo e ao mesmo tempo uma aura vermelha emanou de todo seu corpo. A espada divina foi tomada pela aura vermelha e como se estivesse respondendo o chamado de Llachar, emanou um fogo escaldante.

Llachar brandiu sua espada pesada divina, fazendo um corte horizontal criando uma meia lua ardente de fogo em direção do cavaleiro dragão. Ele parou de correr em direção de Llachar e firmou seu pé na terra e ergue seu escudo preparado para receber a meia lua ardente de fogo.

Sobre a viseira do elmo pude ver seus olhos se arregalarem de espanto assim que o ataque se chocou contra seu escudo, que imediatamente o lançou vários metros para trás de sua posição inicial.

Pelo som da queda ele deve ter fraturado alguns ossos na melhor das hipóteses. Tinha pedido para ela não exagerar, mas não pensei que apenas um movimento de sua espada teria tanto poder destrutivo!

O cavaleiro dragão se levantou e rapidamente jogou seu escudo e espada no chão, retirando todo seu equipamento, ficando apenas de cueca. Todo seu corpo estava coberto de suor e a armadura jogada estava emitindo um ténue brilho avermelhado, como ferro em brasa.

“Um verdadeiro monstro, as pessoas a sua volta são assustadoras.” Disse a rainha com um olhar em choque.

“A primeira luta é uma vitória minha, Vossa Majestade!” Soltei um leve sorriso orgulhoso.

“Hump….Essa não valeu, meu cavaleiro foi pega de guarda baixa!”Protestou a rainha fazendo beicinho o que foi encantador.

Inconscientemente puxei suas bochechas e falei:

“Não seja uma má perdedora.”

“Não me toque, eu sou a rainha de Argus, dragon lorde do gelo eter…..” Antes que ela pudesse terminar de falar voltei a puxar suas bochechas.

Era irresistível não querer puxar aquelas bochechas, tanto que não me importei com minha vida. Apesar que se ela tentar me matar eu apenas devo usar minha arte da sedução.

Dito isso Llachar derrotou o cavaleiro dragão em um único movimento e quase cumpriu sua promessa de fazer ensopado de dragão. Ele literalmente quase se tornou um ensopado vivo!

Uma vitória fácil.

Agora seria a vez de Anna que eu não sei dizer se ela pode ou não vencer um cavaleiro dragão.

2 Parte

Anna roubou vários suspiros encantados dos nobres próximos. Vestida com a armadura vestido [Águia heroica] sua figura era cativante, um show para os olhos. A máscara que cobria seus olhos e as pequenas asas na lateral, tornou uma figura misteriosa e sobrenatural.

Principalmente a rainha que seus olhos brilharam intensamente. Por um momento pensei que ela iria saltar sobre Anna e retirar sua armadura, pegando a para si.

Como uma criança mimada ela falou:

“Eu quero aquele vestido armadura!” Gritou ela.

“Eu vou forjar um para você, mais belo do que ela está vestindo.”

Eu acabei prometendo para a rainha que iria forjar um vestido armadura mais belo do que Anna está vestindo. Ela ficou feliz e queria que eu forja-se naquele mesmo instante, expliquei que o processo levaria um tempo e não seria possível forjar tão rapidamente.

Contei uma pequena mentira para não ter que revelar meu método secreto conveniente de forjar armaduras.

O oponente de Anna era parecido com o cavaleiro anterior.

Quando a luta começou não correu para cima dela e a observou cuidadosamente.

Anna ativou algum tipo de habilidade de aumento de agilidade e em um piscar de olhos era apareceu diante o cavaleiro preparando para o atingir seu ombro. Rapidamente o cavaleiro ergueu seu escudo circular…..

……Mas nada aconteceu, nenhum som da lança atingido seu escudo e Anna que quase estava o atingindo, desapareceu como uma miragem reaparecendo de outro ângulo atingindo o ombro do cavaleiro dragão.

O ataque continuou sem parar o ataque era tão rápido que o cavaleiro não conseguia reagir a tempo.

“Droga, eu mal posso ver de onde os ataques estão vindo!” O dragão cavaleiro resmungou e mudou sua postura de combate. ” [Guarda de Aço]!”

Todo corpo do cavaleiro se tornou prateado e os ataques de Anna não causou mais nenhum dano para o cavaleiro dragão.

Do meu lado a rainha falou:

“Guarda de aço aumenta a resistência a um nível sobre-humano por um minuto. Pode se dizer que ele se tornar invulnerável nesse tempo.” Explicou a rainha.

Anna parou de atacar o cavaleiro dragão e se afastou rapidamente.

” [Investida escudo] !” Ele colocou o escudo a frente de seu corpo e disparou como uma flecha vermelha em direção de Anna que estava recuando.

Ana parou de recuar e ficou parada.

“O que ela está pensando em fazer?” Eu perguntei preocupado.

Anna não tem nenhuma habilidade defensiva, apenas ofensivas.

Não pude deixar de me sentir apreensivo assim que o escudo estava apenas alguns centímetros de seu rosto.

No último instante, Anna deslizou para a lateral, girando seu corpo desferindo um poderoso golpe de lança em seu ombro, que destruiu a parte lateral de sua armadura e o lançou para o lado.

Anna ela tão forte assim?

Pelo seu status, ela não teria força o suficiente para desferir um golpe tão poderoso. Pensei que foi por causa da habilidade da lança da fé que a tornar mais forte dependendo de sua fé em si mesma.

Mas depois de analisar melhor aquele movimento, ele deve ter usado sua velocidade se posicionando no ponto exato e usado a própria força e velocidade do ataque do cavaleiro contra ele mesmo.

Eu subestimei Anna, ela não é nada inferior a um cavaleiro dragão.

Ele levantou-se e seu ombro direito estava ensaguentado, mal podendo segurar sua própria espada.

“Usando a força do meu ataque contra eu mesmo, uma guerreira bastante habilidosa, mas não ache que a luta terminou, venha, me ataque com seu golpe mais poderoso!” Ele gritou para Anna enquanto mudou sua postura de combate mais um vez. ” Quero ver se seu ataque pode superar minha técnica defensiva mais forte! [Torre invencível] !”

O corpo do cavaleiro dragão emanou uma aura prata que deu a forma de uma magnífica torre que emanava uma aura de invencível, como se nada no mundo pudesse destruir a torre.

Anna aceitou o desafio com um largo sorriso em seu rosto. Ela deu um passo para frente e apontou sua lança para o cavaleiro dragão.

“Ativar [Modo: Heroico]! [Dança da lança] !”

Anna ativou o modo heroico dobrando todas suas forças, o ar envolta dela começou a vibrar e uma energia verde engolfou seu corpo. Ela disparou com tudo para cima do cavaleiro que usou uma poderosa técnica defensiva. Com a técnica [Dança da lança] três silhuetas idênticas a Anna surgiram ao seu lado e começou a golpear de todos os ângulo o cavaleiro dragão.

A principio nada aconteceu, mas a dança continuou e ela se tornou tão veloz que parecia um flash verde que atacava de todos os lados provocando um som estridente.

Eu já não conseguia acompanhar a velocidade dela, era muito rápido!

O ataque continuou fazendo o som de impacto mais forte a cada ataque da lança que começaram a parecer que alguém estava golpeando com uma marreta ao invés de uma lança.

*BAMMM* *BAMMM* *BAMMM* *BAMMM*

Anna continuou com sua dança da lança se tornando ainda mais veloz, golpeando o cavaleiro dragão com sua lança centenas de vezes por segundo. Era uma cena surreal que nem eu e a rainha conseguia acreditar em nossos próprios olhos!

Então ouvi o primeiro som de rachadura e a torre prateada começou mostrar os primeiros sinais de rachaduras.

“…Impossível, como ela pode ser tão forte a ponto de causar uma rachadura na torre invencível?” Gritou o cavaleiro não podendo acreditar que sua habilidade defensiva mais poderosa estava sendo vencida por uma garotinha.

Com cada ataque de Anna veio uma rajada poderosa de vento e silhueta de centenas de lanças atingindo a torre prateada fazendo a tremer violentamente. Então, cresceu inúmeras rachaduras na torre prateada e um som parecido quando um copo de vidro e quebrado pode ser ouvido e a torre desmoronou em pequenos pedaços prateados.

Anna quebrou a guarda mais poderosa do seu oponente, que desmoronou no chão, ofegante pelo grande esforço em usar a técnica [Torre invencível] por tanto tempo.

Anna parou diante do cavaleiro trazendo um forte vento que açoitou seu corpo.

“Você perdeu.” Ela falou para o cavaleiro dragão.

“E-eu perdi.” Ele admitiu.

Anna sorriu para o cavaleiro e desmaiou no local, aquela garota deve ter usado toda sua stamina para poder quebrar a guarda do cavaleiro!

Eu realmente subestimar essa pequena garota, agora eu a vejo ela com outra luz.

Me pergunto o quanto forte ela se tornaria após o contrato dos amantes?

Com isso Anna venceu a segunda luta.

3 Parte

Após o magnífico e assombroso duelo de Anna contra o cavaleiro dragão. Fomos para o escritório da rainha.

Drilfin retornou para a pousada junto com Llachar e Anna que desmaiou após usar toda sua stamina.

“Nunca se pode subestimar um herói, não importa a época…” Disse a rainha com um semblante pensativo.

A forma que ela falou parecia que já tinha se encontrado com um herói.

Com essa dúvida em mente eu perguntei:

“Você já encontrou com um herói antes?”

Ela assentiu e falou:

“Sim, em todos esse anos conheci dois heróis do império da luz. Encontrei o primeiro assim que me tornei uma dragon lord, ele veio falando todo um papo religioso e que eu era um monstro cruel e blá, blá, blá, e outras chatices, um cara irritante. Eu lutei contra ele, mas não levei a sério apenas o machucando, mas não a ponto de o matar. Esse foi meu erro, toda vez que ele se levantava se tornava mais forte e chegou um momento que ele quase me matou. Parei de brincar e lutei a sério, uma luta difícil que eu pensei que perderia. Mas no fim eu prevaleci e arranquei sua cabeça, enviando de volta para o império da luz com uma carta agradecendo a gentileza deles, eles ficaram furiosos mufufufufu!”

As vezes esqueço que essa pequena garotinha tem 400 anos, mas, mesmo assim que homem tentaria matar um lolita tão bonita quando a rainha?

Sinceramente já não gostei do império da luz!

A rainha continuou sua história:

“Há cem anos atrás mandaram um novo herói, buscando vingança pelo que eu fiz contra o primeiro herói a quase 200 anos atrás, ele falou as mesmas palavras do herói anterior, com a diferença de que ele mencionou de ser a espada da justiça e outras frases heroicas….Outro cara irritante. Eu pensei em brincar com ele um pouco, mas me lembrei do primeiro herói, então assim que ele terminou seu longo discurso chato eu cortei sua cabeça, enviei uma nova carta escrito “tente novamente, idiotas!” , o imperador da luz ficou super irritado e tentou destruir Argus, mas no fim eu os esmaguei e ele nunca mais tentou nada.”

A rainha é assustadora, é incrivelmente sádica!

Parece que ela comprou briga com o império da luz, além de os provocar sem se preocupar com as consequências.

“Garoto, nunca subestime um herói! Se um dia você enfrentar um herói, acabe com ele no primeiro movimento, se não você poderá acabar morto!”

No fim acabei recebendo um bom conselho da rainha, o que me vez lembrar dos seriados japoneses antigos de heróis, aonde o vilão faz um longo discurso enquanto enfrenta o herói de animo leve, e no final acaba sendo derrotado pelo herói.

Se uma coisa que eu aprendi com os seriados de heróis e com a história da rainha, nunca subestime um herói e de preferência o derrote com um único golpe.

Espero nunca ter que enfrentar um….

Após refletir sobre heróis e o império da luz, eu mudei de assunto e perguntei:

“Quando eu vou começar o meu trabalho como instrutor?” Eu perguntei.

“Humm….Daqui duas semanas terá início as aulas dos novos alunos, você começara com uma sala de alunos novos e os ensinara por cinco anos. Espero que leve o trabalho a sério e que os transforme em os melhores alunos da academia.”

Eu sorri amargamente e fiquei em silêncio, apesar de não estar muito animado com a ideia de ficar cinco anos na academia, devo admitir que talvez seja um boa oportunidade para encontrar magos talentosos e os tornar meus subordinados.

O futuro pode ser turbulento e eventos inesperados podem acontecer. Não quero ser pego em um tempestade sem uma proteção. Devo me tornar mais forte e trazer pessoas fortes para meu lado.

Nesse mundo apenas a força é respeitado, então me tornarei uma força avassaladora que não ousaram enfrentar.

Retornei para pousada e no meu quarto encontrei Arian com olhos vermelhos e o rosto molhado de lágrimas.

Andei até ela e abracei com toda minha força, e falei:

“Sabe que isso não é um adeus, apenas não poderemos estar juntos todo tempo meu amor.” Tentei a consolar com essas palavras apesar que para mim seria dificil ficar um dia sem Arian, sem seu doce aroma, sem sentir sua suave pele e o doce sabor de seus lábios.

Eu realmente não quero ficar um dia sem estar ao lado dela, mas, não há outra forma….Apenas cinco anos……

Lágrimas desceram dos olhos de Arian e com uma voz abafada falou:

“Um minuto sem você ao meu lado e o mesmo que ter uma adaga perfurando meu coração a cada segundo….Eu não quero ser maga da corte….Eu não me importo se é ordem da rainha, eu não vou aceitar ficar longe de você!!!” Ela gritou aquelas doces palavras em meus braços.

Se eu fosse mais forte……

“Arian, não quero ficar longe de você nenhum dia, você é uma pessoa especial que nada pode substituir, eu amo você!” Eu falei em seus ouvidos.

Arian começou a chorar novamente, mesmo não sendo um adeus, senti que meu coração iria rasgar, um sentimento sufocante.

Como iria viver meu dia a dia sem a presença dessa garota que eu amo tanto? Mesmo sabendo que poderei ver ela as vezes, a ideia de ficar separada dela por vários dias chega a ser insuportável.

Arian ergueu sua cabeça, mostrando aqueles belos olhos cinzentos e lábios que me faz querer os beijar sempre que vejo.

Eu aproximei meu lábio aos dela e a beijei, intensamente, e acariciei cada parte do seu corpo, mostrando todo meu amor por ela. Nos deitamos na cama e nossos corpos se enroscaram um no outro e nos tornamos um só sobre a luz das estrelas que passava pela janela do quarto.

Passamos a noite inteira nos beijando e fazendo amor até toda nossa força se esgotar.

Todas as noite foram iguais por duas semanas.

Comentários