Kuork

Apenas Tradutores Errantes

iLivro

Enfrentando os deus!(2 Parte final)

 

Acima de Godheim, lutava com dezenas de deuses e deuses maiores. Cada golpe, cada técnica, cada magia, fazia o mundo tremer e gritar. Ondas de choque causada por colisões pulveriza montanhas inteiras. Cada manejo com a espada Sanguinário tornava o mundo mais quente e evaporizava rios próximo, incinerando a floresta ao redor. Cada manejo com Solitária tornava o mundo mais frio e congelava tudo em centenas de metros.

Fogo e Gelo.

No céu, uma bela deusa de elmo emplumado avança como uma estrela cadente de ouro em pó. Sua lança relâmpago projetava centenas de pós-imagens da lanças relâmpago, rasgando os céu como um relâmpago seguido pelo estrondo de um trovão. Sem hesitar avancei deixando para trás centenas de pós-imagens em um rastro dourado. Com um balanço da Solitária e Sanguinário, centenas de pós-imagens surgiram aparando cada golpe da lança relâmpago. Cada colisão uma onda de choque, uma montanha pulverizada.

Gradualmente o mapa de Aayós estava sendo alterado.

No mesmo instante, deuses de armaduras pomposas com espadas reluzentes e escudos imponentes me atacaram pelos lados, me flanqueando, não deixando rota de fuga.

Meus lábios formaram um sorriso desagradável.

“「Last Revolution」!”

Todos ataques foram parados como se tivesse um escudo invisível me protegendo. No mesmo instante todo poder do ataque dos vários deuses voltaram para si mesmo, pulverizando suas armaduras e fazendo-os cuspir um bocado de sangue.

Last Revolution a melhor técnica de contra ataque do primeiro dos seis. Só por essa técnica e outras pertencente ao primeiro do seis, me faz imaginar o quanto poderoso ele deve ser agora – e se possível não quero encontrar por acidente já que vou saquear sua cidade e a transformar em material para a construção da minha própria cidade.

Sem perder tempo. Meu corpo emanou uma luz roxa que girou ao meu redor, se tornando um vórtice de energia espiritual.

“「Spiritual Stunning」!”

O vórtice de energia espiritual explodiu derrubando dezenas de deuses do céu como se fossem moscas. Spiritual Stunning não é uma habilidade mortal apenas um técnica de atordoamento espiritual bem eficaz. Todos deuses atingidos pelo Spiritual Stunning vão ficar fora do ar por vários minutos – dependendo da força espiritual do deus.

“Eos, Teia, Hipérion! Nossos peixes estão caindo não esqueça de capturar nenhum deles! Se deixar passar um deus se quer, vão se derretidos e reciclados! O que estão esperando aplique de imediato a marca espiritual de submissão em suas testas!”

Eos, Teia, Hipérion trabalhavam em equipe, capturando cada deus atordoado e ferio, aplicando a marca espiritual de submissão. Diferente da curse escravidão, uma marca espiritual de submissão é mais eficiente tornando a alma de qualquer vivo submisso a mim.

“Hahaha! A pescaria está boa! 23 deuses maiores capturados e submissos a mim! Esses deuses tolos atacam de maneira imprudente sem saber que tipo de magias e técnica o inimigo possui. O que eles estão pensando? Estão achando que são eu?”

Após capturar 23 deuses maiores não pude deixar de me tornar um pouco arrogante. Verifiquei o céu a procura de novos deuses, mas nada, até suas presenças desapareceram acima das nuvens algodão.

Desci lentamente até Godheim.

[Mestre cuidado!]

Eos gritou, no mesmo instante senti uma presença silenciosa atrás de mim. Tentei recuar. Não houve tempo. Uma lança de puro ouro atravessou meu corpo sem resistência, errando por poucos centímetros meu coração. Atrás de mim havia um velhinho de barba e cabelos branco, trajando uma armadura de safiras reluzentes e um elmo com espigões reluzindo como o próprio sol.

“Hump! Cade toda sua arrogância agora, seu pequeno bastardo?” perguntou a voz rouca e profunda.”Pequeno bastardo, admito que com seu nível atual você é poderoso o suficiente para enfrentar uma centena desses inúteis bebezões, mas, está superestimando, se acredita que pode lidar com nós, deuses supremos, os guardiões de Aayós!”

Além do deus velhinho, surgiu cinco deuses ao seu lado, todos reluzentes e tão antigos que é impossível calcular sua verdadeira idade. Pelos diversos símbolos nas armaduras, era provável que fossem anciões vindos de famílias divinas diferentes.

O mais aterrorizante de tudo era que eu não consigo sentir nenhum traço de poder vindo dos anciões e nem consigo ver seus status. Pela primeira vez desde que me tornei um deus eu estava completamente cego.

Talvez seja fim de jogo para mim.

“Grandes palavras vinda de um vovô que me atacou pelas costas!” eu zombei.

“Pequeno bastardo, não pense que eu sou um tolo como esses bebês!” o ancião riu alto e continuou:“Sou apenas uma deus idoso e você um deus dragão celestial maior. Conheço bem sua raça e a poderosa força que pode desencadear. Não haveria problema em te enfrentar de frente e te surrar até se tornar um deus humilde!”

A risada dos anciões ecoaram no céu como trovões ensurdecedores. Meu peito queimava, tosi, cuspi um bocado de sangue.

[Mestre, a lança tem uma habilidade chamada de Denial Immortality, que nega a imortalidade do alvo perfurado. Nesse momento seu corpo é o de um mortal. Recomendo usar habilidade ativa「Temporal Regression of Body」.]

“Obrigado, Eos!” eu agradeci, em seguida coloquei a mão sob o buraco no peito ativando minha habilidade ativa「Temporal Regression of Body」, fazendo meu corpo retornar ao estado anterior de ser atingido pela lança.

Temporal Regression of Body é como um sistema de backup do meu corpo. Em casos que meu corpo for seriamente danificado e minha imortalidade não funcionar. Ativando Temporal Regression of Body meu corpo regressa dez minutos no tempo, voltando ter o mesmo estado de dez minutos antes no tempo. Infelizmente posso usar apenas um vez por dia.

“Hum……Uma habilidade ativa que controlar a estrutura do tempo e espaço do próprio corpo sem afetar a estrutura do tempo presente……Um truque bem interessante, pequeno bastardo!” o ancião me elogiou.

Ele semicerrou seus olhos vendo os “peixes” capturados sentados de forma obediente ao redor dos meus Solis. Havia uma tênue preocupação em seus olhos vendo meus peixes com a marca espiritual de submissão. Meus lábios formaram um sorriso involuntário.

“Ancião, não vou perder seu tempo. Vou ser claro: Godheim e seus tesouro é minha assim como os peixes capturados” eu disse com uma voz alta e clara para os anciões presentes. Intenção de matar vazou em minha direção, eu retribuir com um sorriso desagradável.”Acredite em mim, não vou recuar e irei usar todos meus poderes como um deus dragão celestial maior. Sem dúvidas eu vou perder essa luta, mas, quantos de vocês vão cair juntos?”

Os cinco anciões conversaram um com os outros, decidindo algo, e após vários minutos de discussão se separaram. O ancião com a lança de ouro se aproximou lentamente.

“Pequeno bastardo, não vamos abrir mão da cidade sagrada e eu não vou abrir mão dos meus Einherjar!” disse o ancião num tom profundo.”Se deixar a cidade sagrada e liberar meus Einherjar vamos te perdoar pelas ofensas a nossa honra e pela morte de Bjørnslag.”

Cruzei meu braço sob o peito e com o queixo erguido o encarei de forma arrogante.

“Vejo que Godheim e os peixes capturados são bem importante para vocês. Porquê?” perguntei mesmo sabendo a resposta.

“Essa é a lendária cidade perdida Godheim, lar do primeiros do seis, meu antepassado Freyr Pendragon. Recuperar Godheim será como recuperar uma parte perdida de nossa história, esquecida através das eras. Nenhum deus abrirá mão de Godheim, mesmo que tenha que sacrificar suas vidas. Sobre meus Einherjar, qual insiste chamar de “peixes”, eu os treinei desde a tenra idade e os trato como se fossem meus filhos.”

Não arriscaria minha vida por Godheim e seus tesouros. Meus cálculos e conjecturas dizem que os enfrentando conseguiria matar três deuses supremos e destruir toda Midgard. Sou arrogante, orgulhoso e vaidoso – minhas virtudes -, mas não sou um tolo. Nem arriscaria a vida do meu maior tesouro – Mia, Sofie, Desy e todas mulheres no futuro que vão ser minhas.

Soltei um longo suspiro.

“Godheim e sua e vou liberar os peixes.”

Os seis anciões soltaram suspiros de alívio.

“Mas….” eu continuei.”Não vai ser de graça. Para liberar um Einherjar vou cobrar 3 deuses menores ou seis semideuses. No caso de Godheim, uma cidade de grande valor para vocês deuses, nem ouso estipular um preço. Como eu sou um deus dragão celestial maior humilde, vou lhes dar Godheim em troca de uma de suas cidades flutuantes o que não deve ser muito, já que vocês tem centenas delas lá acima das nuvens algodão.”

Se reuniram novamente, discutindo, enquanto com minhas habilidades de domínio da criação e domínio espiritual eu criava um contrato simples. Eles não tem muita escolha e eu não confio que eles não vão me atacar pelas costas na primeira oportunidade. O contrato além de acertar os detalhes da troca comercial vão firmar um pacto de não agressão. Resumindo vai ser eu não chuto as bundas deles e eles não chutam a minha bunda.

O ancião com elmo reluzente como o sol falou:

“Aceitamos suas condições. Para os meus 23 Einherjar capturados vou te dar 138 semideuses. Pela Godheim vamos conceder propriedade sobre a cidade flutuante, Solsken!”

“Aceito a troca!” eu disse de bom humor.

Para minha sorte o ancião trocou seus 23 Einherjar por 138 semideuses ao inves de 69 deuses menores. Com um treinamento adequado e os pomos de ouro, posso transformar em pouco tempo 138 semideuses em deuses maiores, adquirindo uma força de combate poderosa!

A cidade flutuante Solsken será entregue em três dias após evacuarem dos moradores da cidade flutuante, junto com meus 138 semideuses.

Fiz algumas pequenas alterações no contrato espiritual e expliquei aos seis anciões
sobre o pacto de não agressão. Foram um pouco relutante mais logo assinaram e eu junto com meus Solis deixamos o que sobrou das cordilheiras Dolkon para trás. Assim foi meu primeiro encontro com os deuses de Aayós.

Um dia lucrativo!

Janelade status
Nome:Lyam MarweRaça:Deus Dragão Celestial Maior
Classe:Supreme God of War/ Supreme Master of Magic/ Supreme Star Shooter/ Supreme Spiritual Master/ Universes BuilderNível:1
Guilda: Ragnarok Cargo: Mestre da Guilda
HP:2.916.050MP:5.659.000
Força:2.525.000Agilidade:1.870.000
Vitalidade:2.236.100Inteligência:
Sabedoria:Sorte:400.000
Resistência:1.624.154 Charme:
Espirito:900.000
Habilidades Passivas
ImortalidadeDeus Celestial
Deus das ArmasImunidade elemental
Escamas de DiamanteUm com o cosmo
Garras de Diamante
Habilidades Ativas
Domínio da MagiaDomínio Marcial
Domínio EspiritualDomínio Racial
Domínio da CriaçãoInvocar Familiar Divino
Talento inato
OnisciênciaDeus do labirinto
Fúria do Deus Dragão CelestialDeus do Gelo e Fogo
Aura do Deus Dragão CelestialMundo ideal
Devorador de existênciaMestre da Guilda

Comentarios em HDUM arco 2: Capítulo 30

Categorias