iLivro

Batalha na fronteira! (3 Parte Final)

Gritos animados ecoavam pela planície, torcendo, gritando vivas. As duas tropas formaram um círculo ao redor de uma imensa barreira translúcida, levantada pelo Bispo Adonias, qual não participaria e seria o juiz da partida. A primeira luta havia acabado de começar, meus olhos eram fixos na minha campeã escolhida: Ania.

Ela estava equipada com seu armamento demoníaco Rabbit Busty.

Enfrentava a ladina de Sungard, Lili que maneja com grande perícia duas adagas de lamina curvada, lembrando o pico de um corvo. Seus golpes eram rápidos e bem fluídos, mas não era o suficiente, não para Ania.

Equipada com o armamento demoníaco todos seus sentidos eram reforçados, além de que após receber uma aplicação do vírus, evoluiu para um Habitman maior, dando uma grande velocidade e destreza.

Ania pulou para trás evitando os golpes rápidos da ladina, então todo seu corpo tremeluziu, reaparecendo atrás da ladina descrevendo um corte duplo com suas adagas. É ela acertou cortando-a, mas para surpresa de todos, o que Ania havia cortado era uma pós-imagem da ladina que havia se movido tão rápido que criou uma pós-imagem.

Ao meu lado, princesa Susana fez uma careta cheia de espanto e perguntou:

“O que acabou de acontecer?”

A ladina Lili reapareceu atrás de Ania, dando um golpe giratório de laminas que poderia trucidar uma pessoa comum em inúmeros pedaços. O golpe acertou Ania, ou melhor sua pós-imagem, e assim continuou a luta sem nenhuma ter acertado a outra.

Analisando a troca de golpes falei para princesa:

“Pela minha analise superficial, ela está usando três tipos diferentes de artes marciais para poder escapar dos ataques da minha coelha e contra atacar. Primeiro ela está fortalecendo seu corpo com um【Reforço Físico Maior】. Para poder reagir a tempo aos ataques rápidos, ela esta usando【Aumento de Reflexo Menor】.É por ultimo, para poder iguala-se a velocidade da minha coelhinha, está usando【Movimento em Alta Velocidade】.”

“É que tipo de artes marciais sua coelha está usando?” perguntou a princesa.

Sorrindo, falei:

“Nenhuma. Minha coelhinha está usando apenas suas velocidade natural e seus sentidos reforçados pelo armamento demoníaco.”

Metal contra metal reverberou por toda planície acompanhando pelos gritos de espanto das tropas. Para as tropas, as duas eram borrões fantasmagórico, movendo-se em alta velocidade.

Minutos depois, a ladina Lili começou a se mover mais lentamente, podia ouvir sua respiração pesada e o suor cobrindo sua testa.

Ania parou seus movimentos, olhou em minha direção e eu assenti positivamente, permitindo terminar com a luta.

Ela alterou sua postura de combate e falou:

“Arte Marcial Proibida: 【Queda da estrela sombria】!”

Toda área do duelo foi coberto por uma escuridão opressora, naquele momento até eu tive dificuldade em acompanhar o movimento em alta velocidade dela, que disparou como uma estrela cadente sombria, atacando de dez direções diferentes, cada movimento de adaga sibilando ameaçadoramente, não dando a menor chance de defesa.

Quando a escuridão dissipou, Ania estava atrás da ladina, de costas para a ladina que estava coberta por centenas de cortes encarando o vazio sem saber o que havia acabado de acontecer.

Sem forças, desabou no chão, perdendo assim o duelo.

O bispo verificou as condições da ladina e soltou um suspiro aliviado ao ver que estava viva. Anunciou a vitória da minha coelha e retirou a ladina, tratando seus ferimentos.

Ania caminhou em minha direção, então percebi que seus passos eram irregulares e quando ia cair eu a segurei em meus braços. Suas pernas tremiam, provavelmente por causa do estresse de ter usado uma arte marcial proibida【Queda da estrela sombria】que força ao limite todos músculos da perna, permitindo ser mais rápida do que uma bala. Não só as pernas como sua mente também, podendo causar leves lesões cerebrais.

Por esse motivo era uma arte marcial proibida

“Não precisava exagerar” eu disse, preocupado.”Sabe o custo de usar esse tipo de habilidade!”

“Ela era muito forte” respondeu e seu dedo apontou para sua máscara, então eu vi o corte na lateral da máscara.”Mesmo naquela velocidade, ela conseguiu me acerta uma vez.”

Eu não poderia estar mais surpreso. A ladina Lilia era uma humana, mesmo assim conseguiu o milagre de acertar um golpe quando Ania movia-se em uma velocidade impossível de ser acompanhada por olhos humanos.

Afaguei seu cabelo e falei com carinho:

“Por hora descanse, minha coelhinha.”

Minutos depois, se teve início a segunda batalha.

 

<<<<<2>>>>>

 

Ivo entrou dentro da barreira com passos largos, que afundavam na pastagem, levando consigo seu grande machado de guerra de duas mãos, qual repousava sobre seu ombro. Seus olhos estreitaram, encarando seu adversário; um homem com uma farta barba grisalha trajado com uma armadura pesada completa. Carregava um grande escudo torre e uma espada na outra mão.

Era um dos companheiro de Júlio relâmpago santo, chamava-se Grimald, um grande cavaleiro de fama em toda Sungard.

Posicionaram-se á 30 passos de distância um do outro e aguardaram o sinal do início do duelo.

“Comece o duelo!”

Os dois fixaram o olhar um no outro, com passos calculados, dava um passo de cada vez, encurtando a distância. Então uma luz fria brilhou nos olhos de Ivo, seus pés emanaram uma luz esverdeada usando【Movimento em Alta Velocidade】, avançando como uma bala de canhão contra o cavaleiro Grimald.

Sem muita escolha, Grimald plantou-se no chão, recebendo o ataque de Ivo com seu escudo torre.

Bammmmm!!!!!

Seu grande machado atingiu o escudo, provocando um grande som de impacto, empurrando Grimald vários passos para trás, quase quebrando sua guarda. Se fosse qualquer soldado das tropas teria sido dividido no meio.

Ivo franziu sua testa, vendo que seu golpe apenas fez um leve arranhão no enorme escudo torre.

“Eu sou um velho duro na queda, grandalhão” gargalhou Grimald.”Todo meu equipamento é de Mithril!”

Mithril era um dos metais mais resistente em toda Aayós. Para Ivo romper sua defesa será necessário mais do que força bruta de um dragonewt.

Ivo não falou nada e avançou em linha reta, Grimald levantou seu escudo para receber o golpe e preparou-se para contra atacar. No último instante, Ivo girou seu corpo golpeando com sua enorme cauda coberta por um fulgor branco e gritou:

“Arte Marcial: 【Impacto Trovão】!”

Sentindo o perigo do golpe de Ivo, Grimald gritou:

“Artes Marciais: 【Resistência ao Trovão】, 【Reduto Inexorável】!”

Todo corpo de Grimald irrompeu uma aura prateada, protegendo-o contra a cauda trovão de Ivo. Apesar de ter usado arte marcial【Resistência ao Trovão】para anemizar os efeitos nocivos do elemento trovão, e a arte marcial【Reduto Inexorável】, para anular os danos físicos. Sentia os músculos de seu corpo dormente e a força do golpe o empurrou para trás.

Naquele momento Ivo desenhou um sorriso selvagem e gritou:

“Arte Marcial: 【Golpe Esmagador de Montanhas】!”

Sem dar um momento para Grimald respirar, Ivo estava em cima dele, erguendo bem alto seu machado de guerra de duas mão, emanando um aura opressora.

Suor Frio eclodiu na testa dele, sabia que seria seu fim se fosse atingindo pelo golpe.

No último momento quando a lamina do machado estava pouco centímetros de seu rosto, Grimald gritou:

“Arte Marcial: 【Esquiva Sobrenatural】!”

Seus corpo tremeluziu, como se tivesse virado névoa, recuou para trás. O local aonde Grimald estava anteriormente explodiu, surgindo uma imensa cratera, seguido por uma onda de choque poderosa.

Detritos foram lançados para todos lados.

Ivo estava parado no meio de uma cratera com 300 metros de diâmetro.

“Por que o comandante Ivo não está se movendo?” perguntou a princesa Susana.

“Por quê ele é um idiota imprudente! Artes Marciais precisam de uma grande quantidade de energia e algum causam um grande estresse ao corpo do usuário. A técnica que Ivo acabou de usar é um poderoso golpe quebrador de defesas, é impossível de se defender. No entanto, o golpe tem uma grande fraqueza: paralisia por cinco segundos.”

É obviamente um cavaleiro veterano como Grimald, não perderia essa chance de contra atacar. Grimald usou arte marcial【Passo do Cavaleiro】, aumentando sua velocidade.

Exalando uma névoa prateada, tomando a forma de um javali, Grimald gritou:

“Arte Marcial: 【Investida do Javali】!”

Ivo foi golpeado pelo Javali prateado, provocando um som ensurdecedor, laçando-o vários metros para trás. Sem perder tempo, Grimald, perseguiu Ivo e o golpeou sem dar espaço para respirar, fazendo-o cuspir um bocado de sangue.

Com Ivo caído no solo, Grimald saltou no alto colocando seu grande escudo em frente de seu corpo e gritou:

“Arte Marcial: 【Escudo Meteórico】!”

Como um meteoro prateado, Grimald atacou Ivo.

Ivo caído no chão, não tinha a menor chances de escapar do golpe. As tropas de Sungard gritavam animadamente, acreditando na vitória certa de Grimald.

Ivo desenhou um sorriso sangrento e gritou:

“Ativar Modo: 【Fúria do Dragão】!”

O corpo de Ivo eclodiu um fulgor branco, crepitar de energia, e todas suas escamas mudou de cor, tornando-se escuras como obsidianas. Seu tamanho aumentou, ficando com cinco metros de altura e com um movimento rápido saltou para o lado evitando o meteoro prateado.

Baaaaaaaaaammmmmmmmmmmm!

A terra tremeu com o impacto, soldados caíram com o abalo violento, e levantaram seus escudos para se proteger dos detritos – a barreira ao redor protegia os arredores das pedras maiores, mas deixava passar os detritos menores.

Depois da chuva de detrito cessar, baixaram seus escudos, encarando com espanto a gigantesca cratera criada. Grimald estava ajoelhado, respirando com dificuldades, toda sua testa era coberta de suor.

Ela obvio para olhares mais atentos que ele havia usado muita energia no último golpe.

“Muito forte! Hahahaha!” gargalhava enlouquecidamente Ivo no modo Fúria do Dragão. Suas asas golpearam o ar disparando para o céu, puxou todo ar para seus pulmões e lançou um ataque respiração de uma dragão:”【Sopro Trovão】!”

Ofegante, Grimald encarou o trovão de fulgor branco descer do céu em sua direção. Não lhe restava muita força e sabia que as chances de ganhar agora eram quase zero. Dragões eram as criaturas de grande poder, mesmo sendo um dragonewt, o poder de Ivo poderia rivalizar com a de um jovem dragão, quando entrava no modo Fúria do Dragão.

Forçando suas pernas trêmulas, levantou, e com uma posse heroica levantou seu escudo e gritou:

“Arte Marcial: 【Resistência ao Trovão】!”

Grimald foi engolfado pelo sopro trovão de Ivo e todos aos redores tamparam seus olhos, cegados pela luminosidade do ataque. Quando o sopro cessou, revelou Grimald ainda em pé, com seu escudo torre de mithril retorcido e fumaça subia de seu corpo. Apesar dos grandes danos, Grimald estava vivo e de alguma forma não foi fritado pelo trovão.

“Um grande Cavaleiro” disse Ivo com louvor.”Mesmo inconsciente, emana uma forte vontade de lutar!”

É era verdade, Grimald havia perdido a consciência, mas continuava em pé.

Uma luta inspiradora que me encheu de vontade de lutar.

Ivo ganhou a segunda luta.

Na terceira luta meu melhor Argonauta enfrentou o melhor soldado de Sungard, e obviamente meu Argonauta venceu o duelo. Eu havia ganhado as três lutas e não era necessário prosseguir, mas agora que as coisas se tornariam melhor decidi continuar com as lutas e acrescentei que me derrotasse ganharia, independente das três vitórias ganhas da minha equipe.

Então eu lutaria as duas próximas lutas.

Na quarta luta, era eu contra a sábia Bruxa de Sungard.

É logo começaria o maior duelo mágico de toda história no oeste!

Que os jogos comecem! Mufufufufu!

Comentarios em HDUM arco 3: Capítulo 22

Categorias