iLivro

O jovem Mago e a Sábia Bruxa

 

 
A barreira foi expandida e fortalecida para o duelo – temia que a barreira não aguentaria uma troca de golpes entre mim e a Bruxa de Sungard.

Entrei na barreira sobre os olhares cheio de expectativas dos meus subordinados. Parei em frente a sábia Bruxa de Sungar, Britta. Segurava um cajado negro retorcido como raízes, envolta de uma esfera de obsidiana cravejado de diamante, qual emanava um grande poder sombrio.

“Pronta para uma aula mágica?” perguntei.

“Palavras bem arrogantes, jovem mago” respondeu com um sorriso frio.”Temo que meu conhecimento mágico seja maior do que o seu, então, não será tu que vai ter uma aula mágica?”

“As aparências podem ser enganosas, Sábia Bruxa” retruquei no mesmo tom frio.”Mas chega de falar, não quero te entendiar. Que o show comece!”

Sem mais demoras o bispo iniciou o duelo.

A bruxa girou seu cajado e fincou sua ponta no solo surgindo um grande circulo mágico escuro com uma série de números e runas sombrias. Seu corpo emanou uma avassaladora aura sombria. Na frente da bruxa surgiu uma miríade de círculos mágicos escuros menores, deles surgiram a ponta de uma lança negra como uma noite estrelada.

“Que a magia em minha veia se converta na mais pura escuridão….Que a escuridão assustadora transforme-se em uma miríade de lanças que podem derrubar as estrelas nos céus e os deuses em seus tronos dourados! Magia Negra: 【Mil lanças estreladas】!”

Cada círculo mágico disparou uma lança escura como uma noite estrelada. Mil lanças estreladas, uma poderosa magia negra capaz de exterminar exércitos. Não era a toa que Britta era chamada de Sábia Bruxa. Existia poucas pessoas em toda Midgard capaz de lançar um feitiço de alto nível e ainda mais encurta-lo.

Encarei o horizonte enegrecido pela saraivada de lanças. As mil lanças convergiram em um único ponto, juntou-se, transformando em uma única lança negra gigantesca liberando ondas de uma névoa escura.

Toda escuridão parecia convergir para lança.

Finquei meu cajado no solo e um círculo mágico azulado contendo três símbolos dos elementos primordiais: fogo, espiritual, luz.

“Trocar atributo….【Fogo】para【Luz】!”meu cajado demoníaco escuro se tornou puro branco e asas brancas reluzentes surgiu reluzindo uma luz sacra.

Essa é uma das habilidades especiais do cajado, trocar atributo, que permiti fortalecer um dos meus três atributos que tenho afinidade. Em poucas palavras, se eu tenho 100% de afinidade com os três atributos, quando troco para um atributo especifico, vai aumentar essa afinidade para 120%.

Em contrapartida o consumo de magia é bem alto.

O círculo mágico mudou do azulado para um dourado reluzente, como os raios do sol, com doze símbolos sagrados da era Asgardiana.

joguei a mão para frente, fazendo uma pose exagerada, e comecei cantar o feitiço, mesmo não sendo necessário. Seria mais fácil e rápido lançar um feitiço sem cântico. No entanto não teria graça – não poderia apreciar o rosto da bruxa empalidecendo com cada palavra.

“Que a magia em minha veia se converta na mais pura luz……Que a luz sagrada torne-se um escudo reluzente que bloqueia toda escuridão!…… Que nessa terra devastada, aonde a escuridão reina…Que o escudo dos deuses purifique todo mal! Magia Sagrada Antiga: 【Aegis】!”

(Magusgod: Aegis ou Égide, é um escudo da mitologia grega usada por Zeus contra os titãs, e depois dada a sua filha Atena que o reveste com a pele da Medusa, morta por Perseu.)

Meu cajado liberou luzes brancas e douradas, quais tornou-se um imenso escudo dourado, reluzente como o sol, entalhado com doze asas. Aegis é uma antiga magia sagrada usada pelos antigos sacerdotes da era asgardiana, cujo poder enfraquece qualquer feitiço atributo trevas e caso o feitiço seja muito inferior, pode ser dissipado.

A lança de escuridão colidiu com meu escudo, causando um som estridente que fez todos presentes tamparem os ouvido. A colisão dos dois feitiços criou redemoinhos de poder mágico, distorcendo a estrutura da realidade.

Metade do campo era luz e a outra meta escuridão.

No fim, meu escudo prevaleceu e dissipou o feitiço de alto nível da Bruxa.

“Impossível…O feitiço da Sábia Bruxa de Sungard foi dissipado?” perguntou um dos soldados de Sungard.

“Como é possível? Como pode um jovem conjurar tamanho poder sagrado?”

“Esse é o poder do nosso comandante supremo!” gritou um dos meus sacerdotes.”O mais poderoso sacerdote, representante da vontade do deus das seis faces na terra! Ajoelhem-se todos vós e banhem-se na luz sagrada de nosso senhor!”

Houve vários gritos, alguns bastantes perturbadores, mas fanáticos existem em todos lugares – mesmo em mundos paralelos.

O rosto da bruxa empalideceu, como se não acreditasse que fosse possível que seu feitiço de alto nível ser dissipado.

“Luz sempre terá vantagem sobre as trevas” falei, com um sorriso sarcástico nos lábios.”É o básico do básico. Essa foi a primeira lição, Bruxa. Agora vamos para próxima lição: como se defender de uma magia sagrada de alto nível?”

Retirei o cajado fincado da terra e apontei para bruxa e lancei um feitiço sem cântico:

“Magia Sagrada: 【Raio Solar】!”

As asas do cajado expandiram, partículas de luz convergiu para a ponta do cajado, girando em um vórtice de luz. É disparou um raio solar poderoso que queimou toda pastagem nos arredores. Era um ataque simples e poderoso, porém, poderia ser facilmente ser evitado. A Bruxa precisava apenas desviar para o lado e evitar o ataque, no entanto, seria o mesmo que admitir sua derrota.

Em Aayós, descobri que em um duelo mágico, o primeiro a sair do perímetro do circulo mágico criado ao fincar o cajado na terra, e considerado o perdedor.

“É quem poderia imaginar, que eu a Sábia Bruxa de Sungard seria encurralado por um jovem mago?” disse ela com um sorriso auto-depreciativo. Retirou uma pequena faca de caça e fez um corte na palma da mão direita, derramando o sangue sobre o cajado. As raízes se contorceram de forma bizarra, coberta por uma névoa sangrenta.”Que a magia em meu sangue alimente a lótus infernal! Magia de Sangue: 【Lótus Corrompida】!”

O raio solar foi bloqueado por uma imensa lótus sangrenta que surgiu na frente da Bruxa. Para minha surpresa o raio solar não foi capaz de passar por sua defesa. O que para mim era um absurdo, já que o raio solar tem um alto poder de dano. Mesmo contra as escamas duras de um dragão, seria capaz de pelo menos danificar suas escamas.

A bruxa jogou seu sangue na terra ao redor, pisou com força o solo fazendo a terra ondular como se fosse a superfície de um lago.

“Que a magia em meu sangue alimente as ondas da lama infernal! Magia de Sangue: 【Onda do desespero】!”

A terra rachou, lama vermelho enegrecido surgiu com fedor pútrido e avançou como uma onda avassaladora, com cinco metros de altura.

“Trocar atributo….【Luz】para【Fogo】!” meu cajado retornou para sua aparência normal de uma cajado escuro com uma joia vermelha no topo enrolado por uma serpente negra.”Que a magia em minha veia se converta no fogo primordial……Que a caçada lupina dos guardiões da fogo purifique toda podridão da terra! Magia Primordial Fogo: 【Onda flamejante da Caçada Lupina】!”

Uivos estridentes ecoaram pelas planícies, vindo de todo lugar e de lugar nenhum ao mesmo tempo. É o ar tornou-se mais seco e tremeluziu, como se estivesse em um deserto. Fogo surgiu sem parar como uma enxurrada sem fim, tornando-se uma onda flamejante capaz de incinerar tudo em seu caminho. Era possível ver lobos espectrais guiando a onda flamejante, gigantesca capaz de cobrir o sol, projetando sombras sobre todo exército Sungardiano.

Alguns lançaram suas armas e correram, outros caíram de joelhos, talvez rezando, enquanto observavam com louvor a magnífica onda capaz de queimar o mundo.

A magia de sangue, onda do desespero, colidiu com a onda flamejante da caçada lupina e foi completamente destruída. A onda seguiu em frente, incinerando todo perímetro da barreira, transformando o local em um mar de chamas.

As chamas dançavam em minha volta, me acariciando como uma amante querida. É tão belo, pensei ao ver o mar de chamas ao meu redor. Por um momento surgiu o pensamento sinistro de como seria a aparência de Aayós em chamas. Eu estremeci ao perceber que a ideia de atear fogo no mundo me atraia mais do que poderia imaginar.

Bati palmas, dissipando as chamas, revelando todo perímetro carbonizado. A bruxa estava joelhos, respirava com dificuldade, estava protegida por uma barreira mágica. O solo aos seus pés era o único verde restante naquela paisagem de desolação.

Queria uma luta mais demorada, mas acho que acabei exagerando um pouco.

Às vezes é difícil ser muito forte.

Sem dizer uma palavra conjurei uma miríade de bolas de fogo flamejante ao meu redor, encarei a bruxa e falei:

“Deseja continuar?”

Ela me encarou por um tempo, seu rosto estava completamente pálido, suava bastante. Seus lábios contorceram em uma carranca e respondeu:

“É minha derrota, não sou forte suficiente para continuar nosso duelo.”

Bati palmas dissipando as bolas de fogo. A Sábia Bruxa de Sungard havia perdido em nosso rápido duelo mágico. Mas ela tem meu louvor, qualquer outro não duraria mais do que um minuto, é além disso ela me fez usar 20% do meu poder mágico.

“A Sábia Bruxa de Sungard admite sua derrota!” anunciou o bispo Adonias.

“Comandante Supremo! Comandante Supremo! Comandante Supremo! Comandante Supremo! Comandante Supremo! Comandante Supremo! Comandante Supremo! Comandante Supremo! Comandante Supremo! Comandante Supremo! Comandante!”

Gritaram meus homens, batendo suas espadas contra seus escudos fazendo soar como trovão.

Eu havia ganhado o quarto duelo e agora me preparava para o último duelo. Enfrentaria um ex-aventureiro rank S+, Júlio relâmpago santo.

Comentarios em HDUM arco 3: Capítulo 23

Categorias