Ganhando esclarecimento sobre magia!

1 Parte

Quando eu assisti documentários sobre a extinção dos dinossauros. Eu ria, achando que era uma mera hipótese fantasiosa das mentes científicas. Mas, eu estava errado, quando eu vi toda destruição que a magia [Meteoro] causou, eu tive medo de mim mesmo.

É cheguei a conclusão: os dinossauro foram mortos por um meteoro!

Aquele era um poder que nenhum humano deveria possuir.

Após de causar o fim do mundo – no espaço dimensional criado – fomos levados para o escritório do vice-diretor da associação mágica.

Antes disso ele chamou vários ferreiros e alfaiate para tirar nossas meditas e preparar o manto do imperador e do rei – nesse caso rainha.

Arian deve um bom desempenho e pontuação, conseguindo a licença de rei sábio. Ela pulou de felicidade quando recebeu a noticia de Laffast que tinha se tornado o segundo rei sábio de Argus.

Ouvindo histórias de Laffast durante nossa caminhada até o escritório. Descobri que reis sábios são assustadores – não como eu – invocado poderosas magias de larga escala – não como eu – com poder de rivalizar com exércitos – não como eu.

“Quando um rei sábio entra no campo de batalha somente um rei sábio pode lutar de igual para igual! Um paladino também pode lutar contra um rei sábio, ou um alto sacerdote, mas com dificuldade!” Ele disse durante nossa caminhada até o escritório.

O escritório de Laffast e bem espaçoso com altas estantes de livros arcanos, tapetes requintados é uma grande escrivaninha estilo europeu, que tem uma pilha de papeis.

Nos sentamos no sofá e fomos servidos por um servo com chá e biscoitos, apesar que eu prefiro café– o que aparentemente não existe nesse mundo.

Laffast relaxou sua posturas e afundou suas costas no sofá luxuoso, e falou:

“É pensar que um imperador apareceu depois de tantos milênios, como não fosse o suficiente é uma criança de dez anos…Os deuses parecem zombar de nós!” Falou Laffast com um sorriso amargo.

Quando eu ia dizer uma ou outra palavra de animação, lembrei de que eu ganhei um novo trabalho, eu me tornei um arquimago.

Mas porque só agora? Será que foi por causa da magia meteoro?

Com essa dúvida em mente, eu perguntei:

“Laffast, quando eu usei a magia [Meteoro], eu ganhei o trabalho de arquimago, sabe me dizer o porque?”

Laffast deixou cair a xícara de sua mão ao ouvir minha pergunta.

Ele deve ter recebido um grande choque.

“O-ooque você também se tornou um arquimago?!” Ele se levantou espantado, depois balançou a cabeça dizendo para si mesmo:“Porque eu estou espantando com isso, quando eu acabei de ver uma criança destruir todo um plano dimensional!!”

Laffast colocou suas duas mãos em suas bochechas e….*Tapppp* deu um tapa tão forte que o som ecoar pela sala, além claro de duas marcas de mãos vermelhas, o que foi engraçado.

“Sobre sua pergunta, você pode se tornar um arquimago após ter uma grande compreensão sobre a magia. Quando nós debatemos, você mostrou um grande conhecimento mágico, mas havia pontos simples sobre a magia que você desconhecia ou ignorava por ser simples, nosso debate deve ter dado algum tipo de entendimento arcano para você, e a super magica nível calamidade deu uma compreensão maior, sobre magias de alto nível……Pensando bem, estou surpreso por não ter se tornado um arquimago antes……Bem é isso, o maior requisito para se tornar um arquimago é ter bastante compreensão arcana!”

Laffast fala demais, o que poderia ser explicado em uma frase ele tornou uma longa explicação.

Pelo menos agora eu compreendi que para se tornar um arquimago é necessário uma grande compreensão arcana, resumindo é como um universitário que se gradua e segue para a pós graduação, o que me faz pensar se há algum trabalho depois de mago.

Com essa dúvida em mente eu perguntei para nosso amigo falante Laffast:

“Há algum trabalho arcano, depois do trabalho arquimago?”

Laffast respondeu

“Há, mas alguns acreditam que seja uma lenda. Depois do trabalho arquimago, livros antigos contam sobre uma ordem arcana de trabalhos que são: mago, arquimago, senhor da magia, mestre da magia. O livro antigo falava apenas sobre esses trabalhos arcanos, mas o livro da á entender que há mais trabalhos arcanos, que dependendo da magia que você usar e os critérios certos, você pode ganhar um trabalho arcano diferente da ordem discrita!”

Sim, Laffast fala demais.

Perguntei sobre os critérios para atingir os trabalhos arcanos superiores, mas infelizmente ele não sabia. O livro antigo apenas mencionava sobre os trabalhos, para obter esse trabalhos só na base da sorte.

Laffast continuou falando sobre magia e reclamando que nós magos sabemos muito pouco sobre a magia. Todo conhecimento magico foi perdido durante as várias eras de guerras e catástrofes.

Eu comecei a pensar sobre algo que estava me incomodando, o contrato dos amante, e o trabalho apostola da santa luz e arconte do fogo.

“Laffast você já ouvir ou leu algo sobre os trabalhos, apostola da santa luz e arconte do fogo?” Com minha pergunta Arian qual eu pensei estar dormindo deu um pulo lançando um olhar nervoso para mim.

“Hummm….Eu acho que sim…” Laffast olhou para uma das estantes e apontou a mão para um dos livros que flutuou no ar até sua mão.

Eu quase falei: que a força esteja com você!

Mas eu não falei.

O livro tinha uma aparência bem velha e antiga, tanto que parecia que ia se desfazer com um toque.

Laffast não tocou o livro, ficou apenas flutuando e as páginas passando até parar de repente e ele começar a falar:

“De acordo com esse livro antigo, apostola da santa luz eram os vassalos dos deuses antigos da luz, seres que poderiam mesclar a magia divina com a magia elemental, tanto nascimento á uma magia única e poderosa.”

Ouvindo isso Arian me lançou um olhar que pergunta “você é um deus?”, eu apenas balancei a cabeça em negativa.

Para ser sincero até eu estou um pouco surpreso, não esperava que esse trabalho fosse incrível á esse nível.

Laffast continuou:

“Os arconte do fogo eram vassalos dos deuses primordiais do fogo, guerreiros que montavam dragões vermelhos e brandiam suas espadas em chamas queimando reinos e nações……Esses trabalhos sumiram na segunda era com a queda dos deuses….O livro não da mais detalhes, apenas que as duas profissões eram um tipo de vassalos dos deuses, que espalhava a sua vontade dos deuses sobre o mundo mortal.”

Caramba é pensar que alguém pode obter algo tão incrível por apenas me beijar!

Sério depois de ouvir isso devo ter cuidado extremo para quem eu beijo, fora que eu posso dar esse trabalho para quatro pessoas.

Na biblioteca não tive muito conhecimento sobre eras, mesmo com o conhecimento de Aurorus não falava nada, além de magias e conhecimentos espirituais. Em um contesto histórico não sei muito sobre esse mundo talvez esse seja o momento para perguntar sobre esse assunto.

Assim iniciamos outra longa conversa.

2 Parte

“Laffast pode me dizer sobre as eras, história em contesto histórico mágico?”

Laffast assentiu com a cabeça satisfeito, Arian também parecia interessada.

Sentamos confortavelmente no sofá enquanto prestava bastante atenção na longa história que viria.

“O que eu falar aqui, saiba que pode ter algum erro ou ponto divergente com outros reinos, a academia mágica vê toda a história das eras sem escolher um lado politico ou religioso, então o que você ouvir aqui poderá não estar de acordo com o que outros reinos ensinam……Bem, vamos começar!”Laffast falou em um tom animado.

Laffast é aquele tipo de pessoa que gosta de debater e conversar sobre um assunto especifico.

Isso me faz lembrar de quando uma vez eu sai com alguns colegas de trabalho, e conhecemos pessoas que eram uma verdadeira enciclopédia ambulante. Sabiam desde o nome do animal de estimação de um certo cantor de rock até o nome verdadeiro de todos membros e as bandas das quais já participaram.

Bom deixando isso de lado, Laffast começou a falar:

“Antes da primeira era, existia a era primordial regidas pelos deuses primordiais, uma era de eterna luta no que resultou no desaparecimento de grande parte dos deuses, há muitos mistérios e não sabemos quase nada sobre a era primordial. Depois vem a primeira era e a vinda dos novos deuses e os nascimentos de várias raças mágicas das quais apenas os dragões sobreviveram, ele podem ser considerados as criaturas mais antigas desse mundo…….A segunda era começa com o inicio da guerra entre os deuses elementais a procura da supremacia sobre o mundo e as raças abaixo de seus pés, foi uma era de catástrofes e grande guerras que resultou na destruição de quase todo tipo de vida no mundo, não se sabe ao certo o que aconteceu, mais os deuses despareceram e a segunda era foi nomeada como a queda dos deuses.”

Laffast fez uma pausa.

As história que ele conta sobre deuses e raças sendo exterminadas me faz lembrar da própria mitologia do meu mundo, o que me faz pensar se não são apenas mitos, mas sim uma parte da história da qual esquecemos e consideramos histórias fantasiosas.

Laffast bebeu seu chá para refrescar a garganta e continuou:

“A terceira era e chamada de a era de ouro, com o desaparecimento dos deuses, muitas raças magicas sobreviventes as guerras divinas se reergueram e construíram magníficas nações, se espalhando por todo continente é assim viveram milênios em paz até o inicio da quarta era, chamada da era demoníaca……A quarta era houve um fenômeno de acordo com os livros antigos e as ruínas dessas cidades, chamado de “distorção do espaço e tempo” do qual vários portais se abriram e de um deles o que chamaram de demônios surgiram, hordas intermináveis de demônios monstruosos que levaram a queda e o desaparecimento de muitos reinos mágicos, a quinta era foi seguido pela continuação da guerra contra os demônios invasores que vieram pelos portais, até uma raça antiga conseguir lançar uma super magia e selar os portais demoníacos…E o que hoje conhecemos comos raças demoníacas são a mistura de raças mágicas e demônios antigos…….É muito do conhecimento foi perdido o que deu inicio a sexta era na qual as raças magicas sobreviventes mais uma vez se reergueram e foi quando os primeiros elfos e anões surgiram, trazendo o reino élfico que da inicio a sétima era, conhecida como a era dos senhores da floresta, na qual surgiram vários reinos élficos.”

Laffast continuou falando sobre a oitava era qual os reinos élficos guerrearam contra os anões, que deve como aliados os humanos e outras raças emergentes tanto inicio a era das guerras raciais, aonde as raças emergentes lutaram contra os reinos élficos, que na época eram os mais poderosos. Laffast disse que é uma incógnita a origem das guerras emergentes.

Mas para mim era claro o motivo da guerra, os elfos eram arrogante e os anões orgulhosos e fanfarrões demais, um deve ter pisado no pé do outro e assim deve se ter iniciado a era das guerras raciais: e a minha hipótese!

Tenho que admitir, eu sou um gênio!

Depois de várias eras, eras até demais chegamos na atual era, a era abençoada.

Laffast falou:

“A era abençoada deve inicio com Rolraron o abençoado, um humano com o trabalho alto sacerdote, que nasceu com a benção da deusa maior da luz e uma habilidade única chamada de [Profeta], habilidade que previa o futuro. Rolraron ajudou vários reinos e preveu ataques dos reinos demoníacos, evitando a queda de alguns paises e salvando várias vidas….Ele viveu por 200 a 260 anos, antes da sua morte os reinos quais ele ajudou se uniram e o coroaram como imperado da santa luz, fundando o império santo que juraram espalhar as graças da luz para todos povos do continente.”

Quando ouvi essa história por algum motivo eu achei bem familiar, mas qualquer império que fala que vai espalhar as graças da luz para todos povos do continente, pode ter certeza que em breve teremos uma guerra, ou coisa pior.

Ouvindo sobre o império da santa luz, surgiu uma pergunta:

“Laffast vocês tem algum livro com magias divinas?”

“Sim, não são os melhores, mas há alguns em nossa biblioteca.”

“Pode me deixar ver alguns?” Eu falei com os olhos brilhanto de emoção.

“Posso sim, mas porque?” Ele perguntou com uma expressão desconfiada.

Eu expliquei para ele que eu nasci com o poder divino, mas eu não sabia nenhuma magia divina.

“Ah, então você é aquela criança que nasceu com duas benção!” Exclamou ele como se tudo agora tivesse sentindo e eu assenti confirmando que eu era aquela criança que nasceu com duas benção.

Dito isso fomos para a biblioteca da associação mágica.

3 Parte

Eu, Arian e Laffast seguimos para a grande biblioteca da associação mágica. Durante o caminho, Laffast disse – com orgulho evidente – que era a maior biblioteca do reino, reunindo vários tipos de magias e livros antigos.

A biblioteca era vasta e protegida por vários magos senhor arcano.

“A biblioteca tem quatro níveis, o primeiro pode ser acessado por magos elementais, o segundo e terceiro nível por magos senhores arcanos, e o quarto nível apenas por reis sábios e funcionários e alto escalão da associação mágica. As magias divinas estão no quarto andar.” Explicou Laffast enquanto subia as tortuosas escadas que pareciam não ter fim.

Depois de subir várias escadas chegamos no quarto andar. Havia algumas camadas de proteções que Laffast desfez.

Dentro do quarto andar, as estantes estavam impecavelmente arrumadas e alinhadas em perfeita harmonia, ambiente bem iluminado por luz mágica e todas decoração fazia mais parecer um museu de arte do que uma biblioteca.

Seguimos Laffast até uma estante de onde ele retirou um livro de capa dourada chamado [Rei divino do sol], o que chamou bastante minha atenção, podia sentir até a aura divina que o livro emite!!

“E-esse livro é….” Eu não consegui esconder meu fascinio.

Laffast sorriu satisfeito e explicou:

“Um aventureiro encontrou esse livro em uma das dugeons de Argus, como não tinha serventia para ele, leiloou esse livro na casa de leilão de Cysgod, do qual foi comprada por nós por 30 moedas Du! Um livro raro que vale cada centavo, mas infelizmente as magias divina descritas no livro são complexas e exige uma grande quantidade de energia divino, até hoje não houve alguém com poder suficiente para poder usar as magias divinas desse livro.”

Laffast entregou o livro em minhas mãos, assim que eu toquei o livro, minha energia divina vibrou e emanou um sentimento satisfeio e alegre, como se tivesse vida própria!

Assustador! Será que essa energia divina dentro de mim é algum ser vivo?

Suor frio percorreu toda minha espinha só de pensar que algo vivo possa estar dentro do meu corpo.

Eu folhei o livro encontrando várias magias divinas de proteção, algumas de ataques, e invocação celestial, ou seja, se eu dominar a magia de invocação celestial eu posso invocar anjos no mundo!

Cara, esse livro tem que ser meu.

“Laffast me venda esse livro, eu pago o dobro!” Falei sem pensar, porque eu não tenho todo esse dinheiro.

Laffast balançou a cabeça e falou:

“Infelizmente não posso fazer isso, fora que também não é necessário você comprar esse livro. Como imperador místico você pode ficar o tempo que for com o livro, então não se preocupe!” Ele sorriu e olhou para Arian e falou:” Você pode escolher um livro da sua vontade também, vá para aquela estante, há muitos livros com seu elemento água!”

“O-obrigado, arquimago Laffast!!!” Arian gritou e desapareceu tão rápido que mal vi sua sobra.

Não pensei que Laffast seria tão legal com nosco que roubou seu lugar como mago numero um do reino.

“Laffast você é um especialista em magias tipo terra certo?” Laffast assentiu então eu retirei um cajado marrom ornamentado com uma grande pedra de cristal da terra e o entreguei.“Esse é o meu presente e pedido de desculpas pelos problemas que eu causei, também pela destruição do espaço dimensional. Esse cajado se chama [Tirano da terra] com ele suas magias tipo terra serão fortalecidas, custara meno magia e uma vez por dia você pode usar uma magia de alto nível sem custo de poder mágico….Há outros efeitos, depois e só da uma olhada!”

Laffast usou alguma magia de verificação no cajado, e assim que terminou suas mãos tremeram e quase ele desmaiou no chão.

“Um cajado classe lendário!!!” Ele gritou com lágrimas descendo seu rosto.

Sério ele chorou mesmo, depois ele tentou me abraçar, mas era nojento e eu dei um chute que fez ele voar por alguns metros.

Espero que não tenha quebrado nenhum osso.

Arian retornou com um grande livro de cor roxo, o título da capa era [Diva da água e dos raios], pelo título parecia bem interessante.

Com isso retornamos para o escritório de Laffast.

4 Parte

Laffast ficou bem apesar do meu chute forte.

“Parecia que eu fui chutado por um dragão!” Disse Laffast sentando no sofá.

Ele explicou que tinha algum feitiços de proteção em volta dele, se não fosse os feitiços de proteção da terra, ele teria quebrado vários ossos. Que me lembrou que meu status de força era de 400, forte o suficiente para matar uma pessoa comum.

Tenho que ter cuidado com minha força agora.

Continuamos conversando e acertando alguns assuntos sobre a responsabilidade de um imperador místico.

A parte estranha era a forma que ele abraçava o cajado tirano da terra, como se fosse um tipo de urso de pelucia.

Laffast parecia uma criança.

Não muito tempo depois, os alfaiates e ferreiros entraram na sala trazendo consigo um belo manto vermelho de escamas, parte de trás do manto carrega uma grande coroa dourada com o simbolo de três chamas feitas de rubi.

Um deles falou:

“Essa é nossa maior obra prima feita até hoje, especialmente para alguém tão grandioso, que alcançou o nível de um imperador místico! Esse manto foi feito com escamas de uma cobra rei do fogo, ouro mágico e rubi de fogo! Nomeamos de manto do imperados das chamas místicas!” Disse eles com grande orgulho.

Peguei o belo manto e usei minha habilidade [Olho do Rei místico]:

Manto do imperador das chamas místicas (Rara)
Defesa: 500/500
Durabilidade: 300/300
Descrição: Manto criado pela união dos alfaiateis e ferreiros, para presentear o primeiro imperado místico de Argus, Lyam o imperador da calamidade. Esse manto protege das chamas além de invocar o respeito de todos magos e pessoas.
Opção: Aumenta resistência á ataques de fogo em 50%, aumenta resistência á ataques físicos em 80%

Os efeitos não eram os melhores, mas não posso recusar algo criado com tanto esforço sincero. Posso ver no rosto de todos o esforço e carinho que todos colocaram nesse manto.

Eu vesti o manto, e senti um calor agradável do manto – no inverno não vou passar frio.

“Obrigado todos, esse é um ótimo manto, que tratarei como um tesouro inestimável!” Agradeci a todos envolvido na criação do manto do imperador das chamas místicas.

Eu recebi um broche com o mesmo simbolo da coroa dourada com três chamas. Laffast explicou que essa é minha licença imperador místico, um broche mágico qual eu posso usar como comunicador com a associação mágica.

Um artefado mágico de uma era esquecida qual apenas a associação mágica sabe reproduzir.

Arian recebeu um manto azul feito de pele de hidra e um broce de uma coroa com pingo de água dentro, simbo do rei sábio da água.

“Espero que podemos trabalhar juntos a partir de hoje!” Laffast falou com um sorriso alegre.

“Eu também Laffast, eu estava pensando se há algum espaço ou oficina na qual eu possa fabricar e testar alguns projetos arcanos sem ser pertubado.”

“Hum, eu vou ter que verificar sobre isso, mas não importa, considere como feito, mesmo que tenha que derrubar algumas construções eu vou encontrar um local que possa trabalhar em seus projetos sem ser perturbado!’

Eu prefiro que ele consiga um local sem ter que destruir nada, ou deslocar pessoas de suas resistências por minha causa.

Com isso eu oficialmente fui reconhecido como um imperador místico, Arian com um novo rei sábio, e Laffast cuidara dos meus assuntos daqui para frente, tipo como um secretário.

O assunto se espalhou por toda capital real, causando uma grande comoção por todo reino.

Drilfin chegou dias depois eu finalmente vou conhecer a Rainha Ellena Argus, uma dragon lord.

Eu estava com medo de perder a cabeça, ou melhor ser decapitado.

Comentarios em HDUM: Capítulo 17



15

Índice×

  1. 0
    Prólogo
  2. 1
    Começo da lenda!
  3. 2
    Aquele que explode bonecos de palha!
  4. 3
    Um duelo e uma declaração!
  5. 4
    Senhora das águas!
  6. 5
    A caminho da capital!
  7. 6
    Primeira missão e o livro dos monstros! (1 Parte)
  8. 7
    Primeira missão e o livro dos monstros!(2 Parte)
  9. 8
    Primeira missão e o livro dos monstros! (3 Parte final)
  10. 9
    Caverna misteriosa e uma luta de vida e morte!
  11. 10
    Legado de Aurorus!
  12. 11
    O grande forjador de armas!
  13. 12
    Intermissão
  14. 13
    Heroína da lança!
  15. 14
    Arma suprema, batalha contra o minotauro e a garota que queria ser herói!
  16. 15
    Chegada a capital real Cysgod, emoções na banheira e a associação mágica!
  17. 16
    Imperador da calamidade!
  18. 17
    Ganhando esclarecimento sobre magia!
  19. 18
    Lyam e a rainha, punição e um duelo iminente!
  20. 19
    Llachar e Anna vs os cavaleiros dragão!
  21. 20
    Charlotte e a cerimônia de abertura!
  22. 21
     Lyam Doente?
  23. 22
    Charlotte e sol negro!
  24. 23
    Eu te odeio, idiota!!!
  25. 24
    1 vs 3 ! (1 Parte)
  26. 25
    1 vs 3 ! (2 Parte)
  27. 26
    1 vs 3 ! (3 Parte Final)
  28. 27
    Intermissão 2
  29. 28
    Sobre AUMDA e HDUM
  30. 29
    Surpresas! Espadas e mecha!
  31. 30
    A dança sangrenta (1 Parte)
  32. 31
    A dança sangrenta (2 Parte)
  33. 32
    A dança sangrenta (3 Parte)
  34. 33
    A dança sangrenta (4 Parte Final)
  35. 34
    Um lobo e um Leão
  36. 35
    Dois caminhos
  37. 36
    Um demigod chamado Apollo!
  38. 37
    Loli trap!
  39. 38
    O nascimento da ordem e a águia ganha suas asas!
  40. 39
    Não podemos ter tudo que desejamos, Lyam Marwe!
  41. 40
    Florescer da Lótus!
  42. 41
    Duque de Nótos!
  43. 42
    Os Heróis e o senhor apocalipse!
  44. 43
     A vinda do Algoz
  45. 44
    Enfrentando o rei demônio! (1 Parte)
  46. 45
    Enfrentando o rei demônio! (2 Parte final)
  47. 46
    Final inesperado!
  48. 47
    Epílogo
  49. 48
    Aviso sobre HDUM
  50. 49
    Olá, Novato!
  51. 50
    Super aventureiro!
  52. 51
    GrayWolves!
  53. 52
    Colinas de Sangue!
  54. 53
    Classe transcendental!
  55. 54
    A batalha contra os Orc! (1 Parte)
  56. 55
    A batalha contra os Orc! (2 Parte Final)
  57. 56
    Promoção!
  58. 57
    Solitária!
  59. 58
    Labirinto dos iniciantes! (1 Parte)
  60. 59
    Labirinto dos iniciantes!(2 Parte Final)
  61. 60
    Canção de sangue!
  62. 61
    Estou de volta…..Ou quase isso!
  63. 62
    A Guilda!(1 Parte)
  64. 63
    A Guilda!(2 Parte)
  65. 64
    A Guilda!(3 Parte Final)
  66. 65
    Intermissão
  67. 66
    DDPJ? C-U-R-A-D-A!
  68. 67
    Brigas e dramas
  69. 68
    Matadora de deuses!
  70. 69
    Loki
  71. 70
    Gungnir
  72. 71
    Primeiro dos seis! (1 Parte)
  73. 72
    Primeiro dos seis! (2 Parte)
  74. 73
    Primeiro dos seis! (3 Parte)
  75. 74
    Primeiro dos seis! (4 Parte Final)
  76. 75
    Árvore da Sabedoria! (1 Parte)
  77. 76
    Árvore da Sabedoria! (2 Parte final)
  78. 77
    Enfrentando os deuses! (1 Parte)
  79. 78
    Enfrentando os deus!(2 Parte final)
  80. 79
    Confronto épico! (1 parte)
  81. 80
    Confronto épico! (2 parte)
  82. 81
    Confronto épico! (3 Parte Final)
  83. 82
    Destino de um herói e um vilão
  84. 83
    Epílogo
  85. 84
    Aviso importante HDUM
  86. 85
    Epílogo
  87. 86
    Cinco anos e a história de uma coelha!
  88. 87
    Armamento Demoníaco Rabbit Busty
  89. 88
    Juramento sob o luar!
  90. 89
    Cinco anos e a história de uma coelha!
  91. 90
    Armamento Demoníaco Rabbit Busty
  92. 91
    Juramento sob o luar!
  93. 92
    A verdade por trás da Horda
  94. 93
    O retorno do Mago!
  95. 94
    Presente dos céus!
  96. 95
    Deus das seis faces!
  97. 96
    Novo Sistema!
  98. 97
    Overlord da Criação!
  99. 98
    Essa já não é bem uma história de fantasia
  100. 99
    Os quatro Reis Asuras!
  101. 100
    Uma conversa entre dois deuses
  102. 101
    Caçando bandidos! (1 Parte)
  103. 102
    Caçado Bandidos! (2 Parte)
  104. 103
    Caçando bandidos! (3 Parte Final)
  105. 104
    Faça uma escolha!
  106. 105
    Entre a primeira e segunda opção, escolho a terceira! Esse é meu jeito Lyam de ser!
  107. 106
    Conselho de guerra! (1 Parte)
  108. 107
    Conselho de guerra!(2 Parte)
  109. 108
    Conselho de guerra! (3 Parte Final)
  110. 109
    A decisão de Desy!
  111. 110
    Intermissão
  112. 111
    Batalha na fronteira! (1 Parte)
  113. 112
    Batalha na fronteira! (2 Parte)
  114. 113
    Batalha na fronteira! (3 Parte Final)
  115. 114
    O jovem Mago e a Sábia Bruxa
  116. 115
    Mudanças sobre HDUM
  117. 116
    Reencontro é uma luta épica!
  118. 117
    O Retorno da Raposa Gananciosa!
  119. 118
    Dark Lord!
  120. 119
    Poço Abismal! (1 Parte)
  121. 120
    Poço Abismal! (2 Parte Final)
  122. 121
    Dois Contra Vinte!
  123. 122
    Chefão da fase final faz sua aparição!
  124. 123
    Ars Notoria e a Árvore da Evolução!
  125. 124
    Esperança!
  126. 125
    Epílogo
  127. 125
    Prólogo
  128. 126
    Reunião agitada! (1 Parte)
  129. 127
    Reunião Agitada! (2 Parte Final)
  130. 128
    Troca de Palavras
  131. 129
    HDUM aviso
  132. 130
     Lucius Einloflt
  133. 131
    Forjando uma Arma Nível Astral!
  134. 132
    Ambição de um Chaos Ruler!
  135. 133
    A História de uma Dragonesa
  136. 134
    Intermissão
  137. 135
    Lyam é sequestrado?
  138. 136
    Uma Batalha Área Entre Duas Poderosas Guerreiras!
  139. 137
    Um reencontro tranquilo!
  140. 138
    Bem e mal, e o meu papel no universo!
  141. 139
    Prelúdio da Guerra!
  142. 140
    Arian
  143. 141
    Relatório de Guerra e Reencontrado um velho amigo!
  144. 142
    A história de amor do Ex-Herói!
  145. 143
    O Juramento do Ex-Herói!
  146. 144
    O Verdadeiro Plano de Lyam!
  147. 145
    Intermissão 2
  148. 146
    A Guerra no Fronte Leste! (1 Parte)
  149. 147
    A Guerra no Fronte Leste! (2 Parte Final)
  150. 148
    Retirada do Fronte Leste!