1 vs 3 ! (2 Parte)

 

1 Parte

 

Charlotte entrou dentro da arena junto com os alunos da classe olimpo. Todos tinham um rosto preocupado pois sabiam melhor do que ninguém a força de Llachar e Anna, nesses quatros anos treinando juntos com elas sabiam o quão assustadoras podem ser.

Engelil Também estava presente na arena, erguendo uma barreira mágica ao redor da arena, ela vai ser o juiz da partida.

“Instrutor, você vai ficar bem?” Perguntou Charlotte.

“Claro que vou!” Eu menti, e completei: “Que tal um beijo de boa sorte?”

Ela piscou, surpresa, olhou para todos os lados como se estivesse prestes a cometer um crime. Ela se aproximou e me beijou rapidamente, provocando alguns gritos animados dos alunos.

“Agora sinto que posso vencer aquelas três.” Falei, sorrindo.

“Faça seu melhor, não vou te perdoar se perder, idiota!” Ela gritou e correu para as arquibancadas do anfiteatro. Recebi mais algumas palavras de incentivo dos meus queridos alunos.

Eu estava profundamente tocado por estarem preocupados comigo.

[Mestre parece que grande parte deles deseja que você perda a luta]

Eos obrigado por sua sinceridade, mas prefiro pensar que estão realmente preocupados comigo.

Como retribuição por seus sentimentos de preocupação, vou me certificar de dar um último treinamento de sobrevivência infernal!

Engelil me lançou um longo olhar também preocupado, mas não se aproximou e manteve distância. Todas vezes que nos encontravamos tem sido assim. Ela não mudou nada, a sua volta flutua um solis verde vibrante que ela nomeou de Rhisgl.

“Vejo que está em uma situação difícil” Ela falou, mantendo uma boa distância entre nós dois.

“Sim, mas precisa ficar tão longe de mim? Sabe eu não vou te atacar e fazer coisas eróticas na frente de todas essas pessoas!”

“Tem certeza?” perguntou ela enquanto se aproximava com cuidado, como se tivesse diante de uma besta selvagem que a atacaria ao menor sinal de distração.

“Sim, provavelmente.” Eu brinquei com ela e falei: “Não estou em uma situação difícil, mas sim uma situação desesperadora!”

Engelil com uma voz carinhosa falou:

“Acredito que no fim você irá vencer, sinto isso em meu coração!” Ela falou com um sorriso cheio de charme e suas longas orelhas levemente vermelha.

“Obrigado, me sinto melhor ouvindo suas doces palavras……Sabe, eu me sentiria ainda melhor com um beijo de boa sorte!”

“Você já não recebeu um de sua bela aluna demônio?” Perguntou ela erguendo uma de suas graciosas sobrancelhas.

“Um segundo beijo iria reforça minha confiança.”

Ela soltou um suspiro e aproximou seus lábios, ela me beijou, suaves e quentes lábios beijaram minha bochecha…….

Não era isso que eu desejava, mas por hora vai servir.

“Obrigado, me sinto confiante agora!”

Ela se retirou da arena deixando apenas eu e as três belas mulheres.

Anna vestia o set completo [Águia Heroica] e segurava a [Lança da fé]. Sua armadura não tinha a melhor defesa e foca apenas na velocidade e no reforço de seus sentidos sensoriais. O grande problema era sua lança, dependendo do seu estado emocional ela pode se tornar ainda mais forte.

Llachar também veste o set completo [Raposa gananciosa] e segurava sua espada divina do fogo. Sua armadura tem uma grande defesa e sua espada não é diferente de um canhão de guerra. Ela provavelmente vai ser a primeira a atacar enquanto compra tempo para Arian lançar poderosos feitiços.

Sem falar que meus ataques mágicos base fogo será inútil contra Llachar, mesma magia divina e espiritual não vai ter muito feito nela. Ela é um verdade tanque de guerra quase indestrutível e como se não fosse o suficiente tem uma poderosa espada divina do fogo que tem a habilidade especial de convocar uma raposa espiritual do fogo.

Eu criei um monstro!

Arian sem dúvidas vai ser um verdadeiro problema, sua vitalidade não deve ser alta e sua roupa fornece um pouco de proteção. Com seu solis era vai poder fazer invocação dupla e analisar a situação, criando uma estratégia eficaz. Se fosse apontar um ponto fraco seria sua defesa e o tamanho de seu poder mágico.

Não estou em uma situação nada boa.

Vou ter que lutar com tudo caso eu queira ter alguma chance.

[Mestre, recomendo o uso do robe [rei dragão vermelho] com esse robe suas chances de vitória aumentam bastante!]

Alguns anos atrás eu fiz um vestido armadura com as escamas de um dragão ancião vermelho. Escamas dadas pela rainha para fazer seu vestido armadura que até hoje e a armadura mais poderosa que eu já forjei! É com as sobras das escamas e membranas eu criei o robe [rei dragão vermelho] sua defesa é um verdadeiro absurdo, não somente fisicamente, mas mágico também, em outras palavras o robe torna o usuário quase invencível!

“Prefiro não usar o robe [rei dragão vermelho] apesar da desvantagem de enfrentar três de um vez, será um ótimo teste para medir minhas forças.”

[Recomendo que comece entrando no [Modo: Rei celestial] !

Teia recomendou para eu entrar no [Modo: Rei celestial] uma magia divina que transforma meu corpo e dobra todos meus status, modo que posso ficar por apenas três minutos.

“Sinto que vou me arrepender se eu usar esse trunfo logo de cara, fora que se eu não as derrotar no tempo limite será o mesmo que perder. Assim que a batalha se iniciar vamos nós sincronizar!”

Após explicar a estratégia que vou seguir retirei o grimório dos monstros, que na verdade se chama [Terceiro Salmo Negro] um grimório divino que pode capturar os espíritos dos monstros derrotados e fazer servir como bestas mágicas contratadas. O livro não só se limita a isso como pode fundir as essências espirituais das bestas mágicas capturadas, formando uma nova besta mágica!

Atualmente tenho dez bestas mágicas, Safira e Rubi e outros oitos que são o resultado de várias fusões espirituais transformando em poderosas bestas mágicas. A mais poderosa deles e a função do minotauro dragão com outros três tipos de bestas mágicas do mesmo nível.

Se Safira e Rubi pode ser classificado como um tipo flagelo, a fusão criada a partir do minotauro dragão e três bestas mágicas do mesmo nível, seria facilmente classificado como um tipo pesadelo!!!

Engelil nos separou em 1 quilometro de distância e com sua voz adorável ela gritou:

“Que comece o duelo!!!”

Meu lábios quebraram em um sorriso e eu falei:

“Está na hora de mostra o que um super gênio é capaz!”

 

2 Parte

 

Llachar entrou em [Modo: Berserker rubro] e todo seu corpo emanou uma pressão invisível seguido por um calor infernal. Ela chutou o chão da arena e disparou como uma flecha de fogo infernal.

Anna entrou no [Modo: Heroico] e todo seu corpo foi envolto por uma aura verdade que era como ventos de furação, ao mesmo tempo ela usou a habilidade [Velocidade de Hermes] e habilidade [Visão heroica] maximizando sua velocidade e seus sentidos sensoriais.

Ela desapareceu em um instante e reaparecendo no meu ponto cego.

Arian lançou uma invocação dupla da magia [Tentáculo de água] que visou ambas laterais, para que eu não escapasse do ataque de frente de Llachar e o ataque de Anna atrás de mim.

Uma ótima estratégia, que não permite que o oponente escape do ataque.

Tudo em menos de um segundo.

Eu expandi minha consciência espiritual para toda arena, ativei minha habilidade [Sentidos divinos] [Olhos do Rei Espiritual] [Senhor do dia] [Aura rubra] .

Habilidade [Sentidos divinos] funciona como um radar aonde tudo em um raio de um quilometro fica visível para meus olhos, dentro dessa área eu posso ver tudo e todos, até o menor grão de poeira. Habilidade [Olhos do Rei espiritual] permite eu ver informações do oponente, tipo que magia, técnica e habilidades que estão usando. A habilidade [Senhor do dia] funciona como um reforço para minhas magias divinas além de absorver toda luz e usar como fonte de energia, me permitindo recuperar minha energia divina e parte do poder mágico para cada luz absorvida.

“Eos, Teia e Hipérion [Sincronizar]!”

Nossa mente se tornou uma só e todas habilidades tiveram seus efeitos triplicados e o mundo se tornou cinza, focando apenas nas três mulheres, retratadas com cores vivas. Meus sentidos divinos aumentaram sua área de alcance e meus pensamentos eram três vezes mais rápidos e pude ver Llachar erguendo sua espada divina do fogo pronto para descer sob mim, é Anna atrás de mim girando sua lança pronto para me acertar com sua técnica [Lança perfurante] e os dois tentáculos de água criados por Arian quase me atingindo.

Não havia modo de escapar….

….É eu nem iria fugir!

Meus lábios formaram um sorriso malicioso e falei, não, nós falamos:

“Invocação tripla: [Rugido do Leão branco]!”

Chamas frias, brancas, dançaram a minha volta e ao som de um poderoso rugido que parecia ser de centenas leões brancos, explodiram em um vórtice, não uma mais três explosões destruindo todo solo em um raio de centenas de metros, vitrificando o solo.

Llachar no último momento usou sua espada para absorver parte do impacto do meu ataque mágico e foi lançada vários metros para trás. Anna foi envolvida por várias pétalas de água anemizando grande parte do dano.

Elas não saíram ilesas, mas nada que pudesse chamar de ferimento grave, como eu esperava não seria fácil derrubar elas, principalmente Llachar que mesmo sendo atingida diretamente pela magia [Rugido do leão branco] mal deve dano e sua armadura divina não tinha o menor sinal de arranhado!

Eu peguei o grimório [Terceiro salmo negro] e gritei:

“Invocar: [Safira] [Rubi] !” Safira e Rubi apareceram e suas formas magníficas roubaram vários suspiros admirados dos magos que assistem o duelo. Principalmente Safira que suas escamas brilhavam como diamantes.

Eu montei em Safira, que bateu suas magníficas assas e voou para o alto da arena e gritei:

“Rubi ataque Arian!”

Rubi correu como uma flecha de fogo partindo para cima dela que calmamente apontou uma das mãos e falou:

“Invocação dupla: [Presas do tubarão] !”

Seu corpo foi envolto por águas agitadas que lentamente deu a forma de duas grandes boca de tubarão e disparou em direção de Rubi o acertando de ambos os lados fazendo soltar um uivo doloroso. Ela não perdeu tempo e lançou o feitiço [Lança de água] formando uma bela lança azul cristalino que disparou como um raio atingindo Rubi que não deve a menor chance de escapar e se tornou uma névoa vermelha, retornando para o grimório.

Agora não podia usar Rubi por vinte e quatro horas, era o tempo que leva para um monstro convocado pelo grimório se recuperar.

No mesmo instante Anna disparou como um raio e usando o efeito da capa, voou em minha direção.

” [Lança perfurante]!”

A lança foi envolvida por um vórtice de energia, desenhando uma linha verde até meu peito. Ela girou graciosamente seu pulso, desferindo um poderoso golpe com a lança.

” Invocação tripla: [Escudo do Rei Celestial] !” Surgiu um circulo mágico dourado ilustrados pelo símbolo do sol na minha frente, interceptando o golpe de lança de Anna que foi forte o suficiente para quebrar um dos escudos, deixando apenas dois restante.

Ao bloquear o ataque de Anna ela desapareceu no meio do ar, reaparecendo atrás de mim.

” [Impacto lança]!” Ela girou sua lança, me acertando no ponto cego da proteção divina [Escudo do Rei Celestial] , acertando minha lateral com a ponta da lança, perfurando poucos centímetros da minha pele criando uma ferida sangrenta, provocando uma dor estonteante, me deixando tonto por alguns segundo, segundos que me deixou vulnerável ao ataque combinado de Llachar e Anna que estavam flutuando a minha frente.

“[Queda da lua flamejante]!

“[Lança perfurante] !”

A lança perfurante de Anna e a lua flamejante de Llachar uniram-se em uma grande lança flamejante, quebrando minhas proteções, me atingindo e destruindo Safira. O ataque continuou me lançando contra o chão da arena, que rachou com o impacto e com um grande *BOOOMMM* lançou vários detritos para todos lados do anfiteatros.

Uma grande cratera se formou no chão aonde o solo começou a se liquefazer, soltando uma fumaça negra que se ergueu até o alto da cúpula.

Na arquibancada pode ser ouvido:

“Ele não morreu certo?”

“Essas duas são realmente humanas?” Exclamou um dos magos.

“Não há como ele ter sobrevivido, acho que nem cinzas deve ter restado!”

Dentro da cratera eu estava deitado no chão, sentido que fui atropelado por um trem. Cada parte do meu corpo doía e sangue não parava de escorrer da minha boca e da ferida que eu recebi da lança de Anna.

Estou consciente por que usei habilidade [Senhor do fogo] que aumentou minha resistência ao fogo e converteu parte das chamas em poder mágico, reforçando meu corpo. Se não fosse por essa habilidade eu já estaria vendo estrelas ou tendo uma conversa direta com a morte.

Cara, essas duas parece que estão tentando me matar!!

[Seu estado não e nada bom vou usar magia divina [Cura milagrosa]]

Teia conjurou o feitiço divino curando minhas feridas e meu corpo já não doí como antes, fazendo parecer que tudo fosse apenas uma ilusão.

“Obrigado, Teia!” Eu agradeci e me levantei.

Eu vi toda destruição causada dentro da cratera.

Até as pedras estava se liquefazendo!!

Balancei a cabeça e falei:

“Hipérion, mostre a essas damas o verdadeiro terror das chamas!”

[Deixe comigo, vou mostrar as chamas da minha paixão hahahaha!]

Ele falou e flutuou para fora da cratera até chegar ao alto da cúpula, eu vi tudo abaixo dele através da sincronização de nossas mentes e lá em baixo estava Llachar, Anna e Arian juntas olhando para a cratera.

Arian e Anna foram as primeiras a perceber a presença de Hipérion no alto, senti a grande quantidade de poder mágico que ele estava sugando de mim.

Hipérion lançou o feitiço:

[Sol Vermelho]

Chamas abrasadoras se reuniram ao redor de Hipérion e disparou em uma colossal bola de fogo ardente que fez todo ar se tornar seco e calor tão insuportável a ponto de fazer alguns magos desmaiarem.

Ouve gritos e muitos correram para fora da arena temendo ser atingindo pela colossal bola de fogo. Que descia como uma estrela vermelha da morte e como esperando, atingiu o solo e…………….*BOOOOMMMMMM!!!*………………..Violento chacoalhou todo todo anfiteatro fazendo parecer que iria desmoronar e um mar de chamas violentas se chocou contra a barreira colocada por Engelil, fazendo balançar violentamente criando inúmeras rachaduras na barreira mágica.

Com minha túnica toda destruída retirei meu manto do imperador das chamas místicas, colocando sobre meus ombros, ostentando o título de imperador místico. Caminhei pela chamas com passos largos e do outro lado vi Arian envolto por pétalas de lótus de água que a protegiam como um invólucro e toda área ao seu redor com várias pétalas espectrais.

Llachar estava em pé, enquanto Anna estava caída no chão lutando para se levantar e Arian estava encharcada de suor e sua respiração era irregular.

Aquele proteção deve ter cobrado muito poder mágico.

Soltei um longo suspiro de alívio e sorri cruelmente para as duas:

“Quem brinca com fogo, uma hora acaba se queimando!” Eu gargalhei e folhei o grimório [Terceiro salmo negro] e parei na imagem de um figura sinistra saída de um filme de terror. ” Está na hora de mostrar quem é que manda aqui! Invocar [Tifão]!”

As chamas a minha volta se apagaram e uma monstruosa criatura surgiu causando gritos de pavor nos magos que continuavam nas arquibancadas.

Tifão tem 14 metros de altura, sua parte superior e da de um minotauro dragão, musculoso, coberto por escamas negras e suas garras podem cortar mitral como se não fosse nada. Ele tinha sete cabeças, uma curta a de um minotauro e as outras seis eram cabeças longas de hidras que se esticavam podendo atacar a distancia, suas bocas eram cheias de dentes serrilhados que babavam um liquido negro, outras cabeças um líquido verde que ao cair no chão derretia o solo. Na parte inferior do minotauro era a de um cavalo sinistro de músculos poderosos cobertos por escamas negras, suas quatro patas continham poderosas garras e sua frente se projetava uma segunda boca qual exalava um fedor nauseante é lufadas de um fogo negro. Em suas costas enormes asas de dragão se expandiam e sua cauda continha inúmeros espinhos.

Esse era Tifão a fusão de um minotauro dragão, uma hidra do sul e um cavalo gigante demoníaco.

Uma besta mágica tipo pesadelo!!!

O rosto de Llachar e de Arian se tornou sombrio.

“Agora que brincaram com fogo meu amor, se queime, ah não se preocupe após vocês perderem eu vou curar vocês hahaha!” Eu gritei alto para elas ouvirem.

[Mestre você e do mal!]

Com isso eu assisti minha besta mágica tifão cobrar para cima de minhas adoradas mulheres.

Eles provocaram toda essa situação, só estou respondendo a altura!

Um gênio nunca perde…

….Não vou me casar, não tão cedo!

Comentários