Uma Importante Cabeça

Parte 1

O décimo sexto dia do primeiro mês do calendário lunar.

Bazar de Flores Vermelhas.

A neve envolvia o céu.

Um cavalo galopante desafiou as rajadas de neve e correu em direção ao Bazar de Flores Vermelhas, que ficava a cerca de cinquenta milhas ao sudoeste da cidade de Chang’an.

O Festival das Lanternas terminou, os dias felizes passaram.

Uma lanterna em ruínas rodou pela rua cheia de neve, empurrada pelo vento frio sem fim. Embora tenha levado consigo algum dos sentimentos das festividades da noite anterior, nesse momento, ninguém mesmo olhou para ela. Era como uma mulher dedicada por uma noite, depois abandonada no dia seguinte.

O cavaleiro do cavalo parou fora do bazar e amarrou seu cavalo a uma árvore velha. Ele tirou o manto, que foi costurado de um material bom e caro, para revelar uma jaqueta acolchoada de azul brocado. Ele tirou um saco de cânhamo da sela, junto com um guarda-chuva de papel encerado e um conjunto de grampos.

Ele vestiu os grampos, abriu o guarda-chuva encerado e levantou o saco de cânhamo. Ele parecia exatamente com qualquer outro rico do país.

Dando um passo cuidadoso de cada vez, ele entrou no Bazar de Flores Vermelhas.

**

O saco de cânhamo segurava um grande segredo no interior, algo que poderia abalar o céu e a terra. Ele sabia o que era o segredo, só ele.

Ele viria aqui para entregar o item no saco a um bordel no Bazar de Flores Vermelhas e a uma pessoa específica.

—O que foi nesse saco? Para quem era?

Se alguém conhecesse a natureza desse segredo, ele seria dividido em pedaços por lâminas, seu pai e mãe, esposa e filhos, todos os parentes, seriam mortos dentro de três dias. Sua família inteira seria aniquilada.

Por sorte, o segredo não seria revelado. Ele não o revelaria, nem alguém poderia descobrir o segredo.

Porque ninguém poderia adivinhar que “Leão Feroz” Zhu Meng teria deixado sua sede fortemente fortificada em Luoyang para avançar sozinho no território de Sima Chaoqun.

Mesmo Zhuo Donglai, que sempre pensou e planejou tudo, nunca imaginaria que Zhu Meng se atreveria a correr riscos.

Parte 2

Uma pequena cidade pouco sofisticada, um celeiro simples e grosseiro.

Zhu Meng sentou-se com o peito nu no kang, usando um par de calças de pele de bezerro, segurando uma tigela grande cheia com o melhor vinho do estabelecimento. Ele estava competindo quem bebia mais com sete ou oito das melhores mulheres, combinando todas as tigelas com a sua. (Notas: kang é algo como um tatâmi, chineses antigamente usavam tigelas para beber)

Ele estava bebendo fenjiu, e já havia tomado quarenta e três tigelas. E ainda assim, seu rosto não mudou de cor.

Isso petrificou os espectadores.

Esse homem robusto e grosso parecia ser forjado de ferro. Até a barriga parecia ser forjada de ferro.

“De quem é a bebida para beber?” Zhu Meng encheu outra tigela. “Quem vai me enfrentar dessa vez?”

Ninguém estava disposto a competir com ele. Mesmo uma das garotas mais corajosas, que era da província de Shandong e tinha o apelido de “Garrafa do Mar” não estava disposta a tomar outra tigela.

Os clientes bêbados aqui eram geralmente mais generosos, então as garotas aqui eram, obviamente, bebedoras experientes.

“Mas esse homem …” Garrafa do Mar mais tarde diria as pessoas. “Ele é simplesmente desumano! Um barril de vinho, um barril de vinho sem fundo.”

Zhu Meng inclinou a cabeça para trás e riu, depois beber três grandes tigelas. De repente, ele pegou a tigela grossa de porcelana e atirou-a no chão, onde se despedaçou. Seus olhos de cor cobre brilharam com um olhar tão afiado quanto uma lâmina enquanto olhava para um escravo que acabará de entrar. O homem estava com as pernas trêmulas.

“Há alguém lá fora?”

“Sim.”

“Procurando por mim?”

“Sim.” A voz do escravo estava tremendo. “Ele tem um nome muito estranho.”

“Qual o nome dele?”

“Seu nome é Grampos.”

Zhu Meng bateu as mãos juntas. “Bom garoto. Você está finalmente aqui. Diga-lhe para vir logo aqui p * rra!”

**

“Grampos” tirou os grampos e entrou no quarto, carregando o saco de cânhamo. O kang estava cheio de álcool, e o quarto parecia tão quente quanto a primavera.

Assim que ele entrou, alguém agarrou o saco de suas mãos e sacudiu. Algo caiu, e atravessou o kang. Uma cabeça humana!

As garotas ficaram assustadas até a morte, e o escravo se mijou.

Zhu Meng riu alto.

“Bom garoto. Eu sabia que não tinha julgado mal você. Você realmente pode cuidar dos negócios para mim. Quando voltarmos, vou recompensá-lo com duas concubinas.”

Sua risada parou de repente, e ele encarou Grampos. Em voz baixa, ele perguntou: “Ele disse alguma coisa para você?”

“Não” respondeu Grampos. “A única coisa que eu notei foi que ele tinha uma espécie de caixa na mão. Eu nem consegui ver seu rosto claramente.”

Um olhar estranho brilhava nos olhos de Zhu Meng. Ele soltou um suave suspiro e murmurou: “Você não me deve mais nada. Eu só espero que você nunca venha procurar por mim mais tarde para bebermos juntos.”

Ele obviamente não estava falando com Grampos. E ele, obviamente, não estava acostumado a suspirar.

Então ele riu alto novamente. “Zhuo Donglai, Zhuo Donglai. Todos dizem que você é um louco Zhuge Liang. Você já imaginou que eu estaria bem ao lado de sua sede casa de cachorro, bebendo a noite toda?” (Nota: zhuge liang foi um grande estrategista na china)

“Líder do clã, você sempre aparece e desaparece misteriosamente quando você tem uma missão. Como poderia o Sr. Zhuo planejar contra você?” Grampos baixou as mãos. “Mas ele certamente pode descobrir qual caminho usamos para tomar a cabeça de Yang Jian de volta para Luoyang. Ele definitivamente preparará armadilhas e emboscadas.”

“Ele pode muito bem peidar.” Zhu Meng olhou para ele. “Se ele não sabe que estou aqui mesmo, ele enviará sua força principal aqui?”

“Ele não irá.”

“Será que ele e Sima Chaoqun virão?”

“Eles não virão.”

“Então, no máximo, ele pode enviar esses dois fedelhos sem barba. E ele definitivamente não enviaria Guo Zhang, mas Sun Tong.”

“Sim.” Grampos baixou a cabeça. “É definitivamente ele.”

Ele baixou a cabeça porque não queria que Zhu Meng visse o olhar de medo em seus olhos.

De repente, percebeu que esse homem barbudo e de boca cheia poderia parecer bruto e sem educação, mas ele era realmente muito mais inteligente e assustador, do que qualquer um poderia imaginar.

Zhu Meng de repente saltou, parando no kang como um tipo de guerreiro celestial. “Vocês sabem quem eu sou?” Ele gritou para as garotas já aterrorizadas e o escravo.

Ninguém ousou responder. Ninguém ousou abrir sua boca.

“Eu sou o grande avô Zhu Meng!” Ele apontou o nariz com o polegar. “Eu sou o arqui-inimigo de Sima Chaoqun!”

De repente, ele foi para o próximo quarto ao lado e pegou uma tigela de tinta no balcão. Ele mergulhou um pincel na tinta até que foi absorvido. Em um instante, ele escreveu dez caracteres na parede recém lavada em branco, cada caractere tão grande quanto uma cabeça humana:

“Zhu Meng, o grande herói de Luo Yang, estava aqui!”

**

A tinta escorreu pela parede branca. Zhu Meng jogou o pincel, rindo corajosamente.

“Estou aqui agora, mas é hora de ir embora.” Ele bateu no ombro de Grampos. “Vamos matar nosso caminho de volta, veja se alguém pode bloquear nosso caminho.”

Parte 3

Sun Tong na verdade não deveria ser chamado Sun Tong.

Ele deveria ser chamado de Sun Dang. (Nota: Tong significa passar ou deixar passar enquanto Dang significa bloquear ou parar)

Zhuo Donglai o elogiou na frente das pessoas dizendo: “Embora Sun Tong seja jovem, ele pode bloquear o caminho de qualquer um. Não importa o que aconteça, ele pode bloquear o caminho e mantê-lo bloqueado.”

Na estrada principal que levava ao Bazar de Flores Vermelhas, havia uma casa de chá. Se você se sentou à mesa junto à porta da casa de chá, você poderia ver claramente que todos passavam pela estrada.

Sun Tong sentou-se naquela posição exata.

De cada lado da estrada, de pé debaixo das beiradas onde a neve não soprava, havia dois homens vestindo roupas pretas. Eles eram mais velhos do que Sun Tong, e estavam trabalhando na agência por mais tempo do que ele, mas eles eram seus subordinados. Esses dois homens foram especialmente selecionados para essa tarefa. Eles tinham olhares afiados, e eram especialistas experientes, mas Sun Tong era seu superior em todos os sentidos. Mesmo eles estavam completamente convencidos disso.

Eles foram enviados aqui porque Sun Tong precisava de seus olhos afiados e sua experiência para ajudá-lo a inspecionar cada pessoa que ia e vinha do Bazar de Flores Vermelhas.

Não importava quem fosse, se eles pareciam menos suspeitos, ou levavam em sua mão qualquer coisa que parecesse que poderia conter uma cabeça humana, ou montasse qualquer tipo de veículo que pudesse esconder a cabeça, eles seriam parados e completamente vasculhados. Às vezes, esse tipo de busca era embaraçosa, mas ninguém ousava se recusar. Isso porque todos sabiam que as pessoas eram enviadas pela “Grande Agência de Proteção” por isso não se ofenderam.

Contrariamente, Sun Tong não teve medo de ofender alguém.

Ele recebeu ordens de Zhuo Donglai que, independentemente da situação, ele não permitiria que a cabeça de Yang Jian deixasse a vizinhança de Chang’an.

Sempre que realizava as ordens de Zhuo Donglai, ele era minucioso e eficaz.

**

Sun Tong não deu a menor atenção a Xiao Gao quando ele deixou o Bazar de Flores Vermelhas,

Afinal, não havia lugar para ele esconder uma cabeça.

Mas Xiao Gao caminhou até ele e sentou-se em frente a ele na mesa, rindo. “Qual é o seu sobrenome? Qual é o seu nome?”

Sun Tong não riu, e ainda não se recusou a responder. “Tenho o sobrenome Sun. Sun Tong.”

“Como você está?”

“Não é muito bem, mas não muito ruim” disse Sun Tong friamente. “Pelo menos minha cabeça ainda está no meu pescoço”.

Xiao Gao deu uma gargalhada.

“Saber que sua cabeça ainda está em seu pescoço realmente é algo para ser feliz. Se você soubesse onde a cabeça de Yang Jian estaria, você ficaria ainda mais feliz.”

“Você sabe?”

“Eu só sei que o Sr. Zhuo não quer que a cabeça de Yang Jian caia nas mãos de Zhu Meng. Ele definitivamente usaria isso para mostrar a todos os seus amigos em Jianghu. E é por isso que você está aqui.”

“Parece que você sabe um pouco.”

“Infelizmente eu ainda não entendo. As pessoas que vão a Luo Yang talvez não necessariamente tomem a estrada principal. Mesmo alguém fora da cidade como eu conhece pelo menos duas ou três estradas secundarias a serem tomadas.”

“Estou apenas observando a estrada principal, não as estradas secundárias.”

“Por quê?”

“As pessoas que tomam as estradas secundárias não têm coragem. Eles não precisariam de mim para lidar com eles.”

“Bem dito! Muito bem dito!”

Xiao Gao serviu uma xícara de chá do bule de chá de Sun Tong. De repente, baixou a voz. “Você viu alguém suspeito?”

“Uma pessoa.”

“Quem?”

“Você.”

Xiao Gao riu de novo. “Se fosse eu, não seria um bom presságio.”

“Bom presságio para quem?”

“Você!” Xiao Gao olhou para Sun Tong. “Se eu estivesse tentando escapar com a cabeça de Yang Jian, Sua Excelência descobriria de repente que a cabeça de Sua Excelência não estava mais no pescoço de Sua Excelência.” De repente sentiu a necessidade de explicar. “Quando digo Sua Excelência, quero dizer você.”

Sun Tong não estava com raiva, e sua expressão facial não mudou. Ele nem piscou.

“Eu posso ver que você não tem a cabeça de Yang Jian! Mas também posso ver que você está carregando uma espada.”

“Você está certo.”

“Por que você não tira sua espada e testa isso?”

“O que você quer dizer, testar?”

“Teste a cabeça de quem vai cair.”

Xiao Gao acariciou suavemente o material áspero que nunca deixou seu lado. Ele sorriu e balançou a cabeça. “Não posso testá-la. Eu definitivamente não posso.”

“Você está assustado?”

“Não é que eu tenha medo, é que não posso.”

“Por quê?”

“Porque essa espada não é feita para usar em você.” Com um tom de voz muito respeitoso, ele continuou: “Porque você não é digno.”

**

A expressão de Sun Tong ainda não havia mudado, mas seus olhos de repente se encheram de vermelho.

Muitas pessoas olham assim antes de matarem alguém.

Sua mão baixou, agarrando o cabo de sua espada, que descansava em um banquinho ao lado dele.

Xiao Gao levantou-se e virou-se, preparando-se para sair. Se ele queria fazer um movimento, ninguém poderia detê-lo. Se ele não quisesse fazer um movimento, ninguém poderia forçá-lo a fazê-lo.

Mas antes que ele pudesse sair, o som estrondoso de um cavalo galopando podia ser ouvido.

Outro som podia ser ouvido em meio ao som dos cascos do cavalo, um som que poderia ser feito por alguém que usava grampos, correndo ao longo do gelo e da neve.

Ele acabou de se diferenciar entre esses dois sons quando de repente ele viu um cavalo correndo na rua.

No cavalo estava um cavaleiro com uma barba grossa, vestindo um casaco de pele de carneiro desabotoado. O vento afiado e frio bateu no peito, mas ele parecia não sentir.

Atrás do cavalo havia outra pessoa, usando um par de grampos encerados. De uma só mão, agarrou a cauda do cavalo e, na outra, segurava um poste de bambu, afixado no final do qual era um saco de cânhamo. Ele correu atrás do cavalo, gritando: “A cabeça de Yang Jian está bem aqui. Esse é o destino final de um traidor!”

O homem no cavalo riu, um riso louco, tão alto que os beirais tremiam, deixando cair folha após folha deles na neve no chão.

**

Xiao Gao definitivamente não ia ir embora.

Ele nunca viu Zhu Meng antes, mas ele sabia quem ele era.

Além de “Leão Feroz” Zhu Meng, quem mais poderia ser tão impressionante e inspirador?

Ele nunca imaginou que Zhu Meng apareceria aqui, mas ele realmente esperava que Sun Tong o deixaria passar.

Porque ele viu que na mão de Zhu Meng havia uma enorme espada de ouro incrustada.

A espada era quase cinco pés de comprimento e era mais larga do que um bloco de corte de açougue. A ponta da lâmina era mais fina do que o papel.

Sun Tong ainda era jovem.

Xiao Gao realmente não queria ver alguém tão jovem decapitado e pisoteado por um cavalo.

Mas, infelizmente, Sung Tong já começou a correr para frente, sua espada brilhava como neve branca. Ele saltou de trás da mesa, a luz de sua espada brilhava como um arco-íris enquanto voava para a garganta de Zhu Meng.

Esse ataque foi como a última jogada de um jogador, no qual você colocou tudo em jogo em um único movimento.

Foi um ataque fatal, fatal para o seu oponente, ou você mesmo.

Zhu Meng riu selvagemente. “Você realmente teve coragem, criança.”

Quando ele riu, ele ergueu a cabeça dele. O ouro brilhava, a borda da lâmina brilhava como a lua. O brilho deslumbrante da neve refletida perfurou os olhos como agulhas.

Xiao Gao viu a lâmina brilhar, e então, de repente, tudo se tornou escarlate.

As gotas vermelhas brilhantes de sangue espalharam por toda parte, como se fogos de artifício tivessem espirrado fora da luz brilhante da espada e misturassem com a neve prateada e branca para criar uma pintura que uma vez contemplada nunca poderia ser esquecida.

A beleza era indescritível. Era uma beleza cheia de tristeza, cheia de crueldade, cheia de tragédia heroica.

Nesse momento, parecia que todas as criaturas vivas do mundo ficaram chocadas com a imobilidade da beleza dela.

Xiao Gao sentiu como se seu coração parasse de bater e que ele não pudesse respirar.

Mesmo que só tivesse tomado uma fração de segundos para acontecer, parecia que esses segundos divididos duraram uma eternidade.

No céu e na terra, apenas a “morte” durou uma eternidade.

**

O cavalo continuou galopando, e Grampos ainda estava atrás dele. Eles haviam passado quase sessenta metros antes do cadáver de Sun Tong pousar no chão frio, molhado tão frio e insensível quanto a lâmina da espada.

Centenas de milhares de minúsculas gotas de sangue desceram lentamente junto com os flocos de neve.

Brilhantes gotas vermelhas de sangue, flocos de neve brancos brilhantes.

O cavalo galopante soltou um longo relincho e se levantou. Grampos pareceu flutuar também.

Zhu Meng reinou no cavalo, girou-o e galopou para trás. Grampos voou por trás do cavalo como uma pipa.

Os dois homens vestidos de preto estavam em ambos os lados da estrada, desembainhando suas grandes espadas. As lâminas brilhavam tão brilhantemente quanto a de Zhu Meng, mas seus olhos e seus rostos eram da cor mortalmente pálida.

Zhu Meng riu.

“Olhem atentamente. Eu sou Zhu Meng. Eu deixarei vocês com suas cabeças para que vocês possam dar uma boa olhada em mim, então voltem e digam Sima e Zhuo Donglai que eu estive aqui. Eu estou indo agora. Não importa se eu estou na caverna de um dragão ou na toca de um tigre, se eu quiser vir, eu irei, se eu quiser ir, eu irei.” Então ele gritou: “Por que vocês não saíram daqui ainda?”

Os homens vestidos de preto já estavam indo para trás. Assim que o ouviram começar a gritar, eles começaram a correr, correndo mais rápido que os cavalos.

Zhu Meng estava prestes a rir, mas não, porque ele de repente ouviu alguém suspirar e dizer: “Eu tenho que dizer que realmente não há muitas pessoas no mundo como Sun Tong que não tem medo de morrer.”

Parte 4

Xiao Gao já se sentou no assento momentos atrás ocupado por Sun Tong. Ele pegou a bainha que Sun Tong deixou cair e a colocou na mesa junto com sua própria espada de pano. Ele não olhou diretamente para Zhu Meng, mas ele podia dizer que a expressão de Zhu Meng havia mudado.

Então ele descobriu que Zhu Meng estava na frente dele, empoleirado no alto do cavalo, olhando para ele com seus olhos afiados e de cor de cobre.

Xiao Gao não olhou para ele.

Ele tomou uma xícara de chá.

Mas o chá na xícara estava frio, então ele esvaziou a xícara e serviu outro. Ele esvaziou aquele também no chão. O chá no bule de chá estava frio, mas ele inesperadamente serviu outra xícara.

Zhu Meng continuou a olhar para ele, e então perguntou em voz alta: “O que você está fazendo?!”

“Estou bebendo chá” disse Xiao Gao. “Estou com sede, então eu quero beber chá.”

“Mas você não está bebendo.”

“Porque o chá está frio” disse Xiao Gao. “Eu nunca bebo chá frio.” Ele suspirou. “Se eu estou bebendo álcool, eu não ligo. Eu posso beber qualquer tipo de álcool, mas com o chá sou muito exigente. O chá gelado é absolutamente inconfundível. Preferiria beber vinho envenenado.”

“Não me diga que você pensa que vai ter chá quente daquele bule?” Perguntou Zhu Meng.

“Isso é exatamente o que eu estou pensando.”

“Você não pode dizer que o chá no bule está completamente frio?”

“Eu sei. Claro que eu sei.”

Zhu Meng olhou para ele como se ele fosse algum tipo de louco. “Você sabe que o chá no bule está frio, mas você ainda acha que pode servir uma xícara de chá quente?”

“Não apenas quente, escaldante. Quanto mais for quente, melhor o chá será.”

Zhu Meng de repente riu, depois virou-se e olhou para Grampos. “No começo, eu queria cortar a cabeça desse fedelho, mas agora não posso.” Ele riu alto. “Ele está louco, e eu nunca corta cabeças de pessoas loucas.”

Grampos não riu, porque agora ele viu algo muito estranho.

Ele viu Xiao Gao servindo uma xícara de chá quente do bule frio. Estava tão quente que borbulhou e vaporizou.

O riso de Zhu Meng de repente cessou quando viu o mesmo.

Muitas pessoas não podiam rir depois de verem algo assim. E muitas pessoas não podiam controlar sua força e calor interno para aquecer uma panela de chá frio.

Zhu Meng olhou de volta para Grampos. “Esse garoto está louco ou não está?”

“Parece que ele não está.”

“Parece que ele tem algum kung fu assustador, afinal. Pelo menos um pouco.”

“Parece que ele tem.”

“Quem pensaria que ele era uma boa criança? Eu quase o perdi.” Quando ele acabou de falar, ele fez algo que ninguém jamais poderia imaginar que faria.

De repente, desmontou, enfiou a sua grande espada no chão e caminhou até Xiao Gao. Batendo um punho no outro, ele o saudou com seriedade e disse: “Você não está louco. Você é um homem verdadeiro. Se você está disposto a ser irmão, e você está disposto a voltar comigo para Luoyang e beber por alguns dias, vou me ajoelhar na sua frente e prostrar três vezes.”

Os especialistas preenchiam o “Clã Leão” como nuvens encheram o céu. Leão Feroz Zhu Meng ganhou fama em toda a região de Luoyang. Considerando sua posição, como ele poderia beijar a bunda de um jovem sem nome e ainda se abaixar? E, no entanto, parecia que ele não estava brincando.

Xiao Gao pareceu chocado. Ele olhou por um longo tempo antes de finalmente suspirar e sorrir ironicamente. “Agora, posso finalmente acreditar que o que as pessoas dizem em Jianghu é real. Leão Feroz Zhu Meng realmente alguém extraordinário. Não é de admirar que muitas pessoas o admiram e que desejam morrer por você.”

“E você?” Perguntou Zhu Meng. “Você está disposto a fazer amizade com Zhu Meng?”

Xiao Gao bateu na mesa. “Ah, o que diabos?” Ele disse alto. “Vamos ser amigos. Qual é o problema?” Sua voz era ainda mais alta do que a de Zhu Meng. “Eu sou Gao Jianfei, e em meus meses como errante em jianghu, não encontrei ninguém que me tratou com respeito. Por que não devo fazer amizade com você?”

Zhu Meng virou a cabeça para trás e riu. “Ótimo! Muito bem dito!”

“Mas, quanto a prostrar, vamos acabar com essa parte. Se você se ajoelhar na minha frente, não conseguirei ficar de pé. Se ambos nos ajoelharmos e prostrarmos, você se ajoelharia para mim, eu me ajoelharia para você, então não nos fariam um par de besouros de clique? Eu não quero fazer isso.” (Nota: em chines besouros de clique são literalmente escritos como besouros prostradores)

Zhu Meng concordou. “Se você diz que não o fazemos, então não o fazemos.”

“Eu também não posso voltar com você para beber, porque eu tenho um encontro com a morte em Chang’an.”

“Bem, vamos beber aqui, então! Beba isso!”

“Beber aqui?” Xiao Gao franziu a testa. “Você não tem medo de que Sima possa aparecer?”

Zhu Meng bateu na mesa com força.

“Ah, infernos, mesmo que ele apareça, qual é o problema? No máximo, eu poderia perder minha vida em uma luta até a morte. O que mais ele poderia fazer? Mas, quanto a essa rodada de bebidas entre nós, temos que beber. Não beber será pior do que morrer!”

“Está bem! Vamos beber” disse Xiao Gao. “Se você não está com medo, de que diabos eu tenho que ter medo?”

**

A casa de chá não só estava desprovida de clientes, mas os funcionários que estavam em espera também haviam ido embora.

Felizmente, os jarros de vinho ainda estavam lá.

Zhu Meng e Xiao Gao beberam juntos. Grampos serviu o vinho. Eles beberam mais rápido do que ele poderia servir, e ainda antes de poderem terminar o jarro, o som de cascos de cavalos veio do lado de fora.

Os cascos pareciam batidas de tambores. Havia pelo menos sessenta ou setenta cavalos.

O Bazar de Flores Vermelhas estava dentro da esfera de influência de Sima Chaoqun. Se alguém recebeu ordens de Sima para rasgar todo o lugar até o chão, aconteceria em um instante, e isso não era um exagero.

Mas Zhu Meng nem sequer piscou. Ele tinha uma tigela cheia de vinho na mão, e nem uma gota foi derramada.

“Deixe-me brindar com você mais três vezes” ele disse a Xiao Gao. “Desejo-lhe saúde, felicidade e longevidade!”

“Certo. Vamos beber!”

Ele bebeu rapidamente, mas os cascos pareciam vir cada vez mais urgentes. Na terceira tigela, era como um trovão.

As mãos de Grampos, que seguravam a jarra de vinho, pareciam estar enfraquecendo, mas a expressão de Zhu Meng não havia mudado.

“Agora é hora de você brindar a mim” disse ele a Xiao Gao. “Você tem que brindar comigo pelo menos três vezes.”

Grampos de repente interrompeu, “Líder do Clã, temo que você não consiga terminar as três tigelas.”

“Por que não?” Zhu Meng estava furioso. “Por que não podemos?”

“Líder do clã, se você continuar bebendo, a vida do jovem mestre Gao, bem como sua vida, estarão em risco.”

A ira de Zhu Meng se dissipou e ele soltou um longo suspiro. “O que ele disse é verdade. Arriscar minha vida não é um grande problema, mas por que envolver você?”

Ele se levantou, mas Xiao Gao agarrou seu ombro e disse: “Minha vida não vale tanto quanto a sua. Se você está disposto a arriscar a sua, por que não poderia? Além disso, quem quer dizer que não podemos sair por cima?”

Zhu Meng riu com entusiasmo. “Verdade. O que você disse é ainda mais verdadeiro.”

“Então, deixe-me lhe brindar essas três tigelas. Desejo-lhe também saúde, felicidade e longevidade.”

Eles riram juntos e, enquanto eles riam, o som dos cavalos alcançou a casa de chá e a rodeou completamente. Parecia uma tempestade.

E, em seguida, o som dos cascos de repente cessou. Havia alguns relinchos, e então completo silêncio.

Tudo de repente foi tão silencioso quanto a morte. A casa de chá parecia uma tumba. Grampos de repente sentou-se. Com uma risada amarga, ele disse: “Líder do Clã, eu gostaria de ter um pouco de vinho.”

Parte 5

Não havia som de lâminas, nenhum som de espadas, nenhum som de pessoas, nenhum som de cavalos.

Porque cada pessoa e cada cavalo passaram anos de treinamento rigoroso e, quando necessário, poderiam ser completamente silenciosos. Mesmo que sua cabeça fosse cortada, eles não dariam um som.

Dentro do silêncio mortal, um homem entrou, suas mãos apertavam atrás de suas costas. Ele usava uma coroa violeta e uma pele violeta.

“Nuvens Violetas Orientais” chegou Zhuo Donglai.

**

Seu comportamento era extremamente calmo e recatado. Apenas uma pessoa que sabe que eles estão no controle total e que tem a vantagem, pode mostrar esse nível de calma.

A vida das três pessoas na casa de chá estava definitivamente sob seu controle.

Mas Xiao Gao e Zhu Meng nem sequer olharam para ele.

“Eu tenho que lhe brindar mais três vezes” disse Xiao Gao. “Para essas três, desejo-lhe uma longa vida e riquezas, muitos filhos e netos.” Antes de ter terminado de servir o vinho, Zhuo Donglai estava de pé diante deles.

“Não deveriam essas três tigelas ser minhas para brindar com?” Ele disse calmamente.

“Por quê?”

“O líder do clã Zhu viajou de longe. Nós não cumprimos nosso dever como anfitriões em tudo. Essas três tigelas definitivamente devem ser minhas para brindar com.”

Zhu Meng não disse nada. Ele simplesmente abaixou as três tigelas. Zhuo Donglai abaixou rapidamente.

“Eu devo brindar o líder do clã Zhu três mais. Essas três são uma necessidade absoluta.”

“Por quê?”

“Porque depois dessas três tigelas, há um assunto com o qual eu preciso consultar com o Líder do Clã Zhu.”

“Que assunto?”

Zhuo Donglai primeiro bebeu três tigelas. “O local do líder do clã Zhu sempre é incerto. Ele vem e vai como uma sombra. No que diz respeito a ele, esse lugar está completamente deserto.” Ele suspirou. “Então, se o Líder do Clã Zhu tivesse ido embora apenas agora, teríamos sido impotentes para detê-lo.” Ele levantou a cabeça e olhou para Zhu Meng friamente. “E, no entanto, o líder do clã Zhu não partiu agora.”

“Você não antecipou isso?”

“De maneira nenhuma!”

“Na verdade, eu também. Porque antes, eu não tinha feito esse novo amigo.” Zhu Meng bateu no ombro de Xiao Gao. “Mas agora somos amigos. Claro que tenho que tomar algumas bebidas com ele. Ele não poderia ir comigo de volta a Luoyang, o mínimo que eu poderia fazer é ficar para trás para acompanhá-lo.” Zhu Meng riu. “É realmente muito simples. Só tenho medo de pessoas como você não serão capazes de entender.”

Zhuo Donglai não disse nada. Ele não fez um som, não se moveu, não suspirou, não bebeu.

De repente, pareceu que ele se transformou em um pedaço de madeira. Mesmo os olhos dele não tinham expressão nele.

Não havia movimento de fora. Sem ordens de Zhuo Donglai, ninguém estaria disposto a se mover.

O tempo passou.

À medida que o tempo passava, o que Xiao Gao e Zhu Meng estavam fazendo? Zhuo Donglai não parecia saber, nem se importar.

**

À medida que o tempo passou, apenas o rosto de Xiao Gao tinha alguma expressão nele. Era uma expressão muito estranha.

Da expressão em seu rosto, parecia que um punhado de escorpiões ou percevejos estavam se contorcendo em suas roupas, e que ele não conseguia evitar que se movesse.

Na verdade, ele tinha vislumbrado algo que ninguém mais podia ver. Por causa da direção em que o assento estava voltado, ele podia olhar diretamente para uma janela na parte de trás da sala. E essa janela estava aberta.

Fora dessa janela, podiam ser vistos os cavalos trazidos por Zhuo Donglai. Mas, do ângulo de Xiao Gao, ele podia ver através de um pequeno espaço entre os homens e cavalos, lâminas e flechas. Ele podia ver uma árvore.

Era uma árvore de álamo morta e murcha, e debaixo dela havia uma pessoa.

Do seu assento, Xiao Gao podia ver claramente a pessoa.

Era uma pessoa tranquila e comum, carregando uma caixa antiga e comum.

Xiao Gao sentiu o desejo de avançar para a porta, sentiu vários impulsos, mas ele não se moveu.

Porque ele sabia que agora era um momento decisivo. As vidas e os destinos de todos eles seriam decididos em apenas um momento, e qualquer coisa que ele fizesse poderia prejudicar seu amigo.

Então ele não se moveu.

Mas ele realmente esperava que o homem que carregava a caixa debaixo da árvore não fosse embora.

Passou muito tempo, e então viu outra coisa muito estranha.

De repente, viu Zhuo Donglai sorrir.

E de repente percebeu que o sorriso de Zhuo Donglai era realmente muito encantador.

Ele viu Zhuo Donglai sorrir e levantar-se, depois se curvou elegante e formalmente para Zhu Meng.

“Líder do Clã Zhu, não vou lhe brindar mais. É um longo caminho de volta para Luoyang, e não é bom beber demais.”

Xiao Gao ficou chocado, assim como Zhu Meng.

“Você está deixando ele ir?” Perguntou Xiao Gao. “Você está realmente deixando ele ir?”

Zhuo Donglai sorriu friamente. “Se você é capaz de fazer amizade com ele, por que não poderia? Ele está disposto a arriscar sua vida a beber com você, por que não posso deixá-lo ir?”

E então ele conduziu pessoalmente o cavalo de Zhu Meng até ele. “Líder do Clã Zhu, vamos nos separar aqui. Nos encontraremos novamente algum dia. Por favor, perdoe-me por não ter visto você mais adiante.

**

A poeira estava cheia. Um cavalo, uma cauda de cavalo, um par de grampos e duas pessoas correram.

Xiao Gao os viu partir, depois se virou e perguntou a Zhuo Donglai: “Agora eu posso finalmente acreditar que o que as pessoas dizem em Jianghu é real. “Nuvens Violetas Orientais” Zhuo Donglai é realmente uma pessoa extraordinária.”

Zhuo Donglai suspirou de novo. “Infelizmente, você não vai fazer de mim seu amigo. Porque você quer se tornar famoso, você quer que Sima Chaoqun morra pela sua espada.”

Xiao Gao ficou em silêncio por um longo tempo antes de dizer: “Talvez a pessoa a morrer não seja ele, mas eu.”

“Sim. A pessoa a morrer será muito provável que seja você” disse Zhuo Donglai friamente. “Se eu fosse fazer uma aposta, eu aposto dez para um que você vai morrer.” Ele olhou para Xiao Gao. “Se você deseja fazer uma aposta comigo, estou disposto.”

“Não, obrigado.”

“Por que não?”

“Porque eu não posso perder.”

Assim que as palavras saíram da boca, ele correu. De repente, ele notou que o homem de pé debaixo da árvore havia desaparecido.

Dessa vez, Xiao Gao estava determinado a persegui-lo.

Comentários