O Último Membro (11)

[Os reis. Você realmente acabou com todos eles? Hahahaha!] 

“Esse cara é muito punk.”

Ele tinha um corpo esquelético. Ele era um lich? O manto que ele usava estava cheio de aura sombria, sugerindo que era um artefato de alto grau. 

“Esse manto deve custar uma fortuna.” 

[Eu realmente queria ver você!] 

Ele abandonou os inimigos que ele estava lutando apenas um momento atrás e voltou sua atenção completamente para mim. Os ataques aparentemente devastadores de Daisy e Sumire caíram sobre ele e rasparam sua mana, mas ele estava ignorando-os completamente. 

Eu olhei em volta. Eu não podia ver Alcaçuz ou Lotte. 

“Onde está Alcaçuz?” 

“Alcaçuz e Lotte, ambas em Calabouços de Evento… Procurando por seu recipiente de vida.”

Um recipiente de vida, eu tinha ouvido falar sobre isso antes. Dizem que um lich armazena sua energia vital em um recipiente, tornando-o imortal a menos que o recipiente seja quebrado. O corpo de um lich era real, mas irreal. Enquanto seu recipiente de vida estivesse bem, um lich poderia sempre criar um corpo para si mesmo com mana atmosférica.

Daisy deve tê-lo trazido até aqui para levá-lo o mais longe possível do seu recipiente de vida. 

[Hahaha, vai ser difícil encontra-lo! Você deve valorizar sua vida. Eu me certifiquei de escondê-lo completamente!] 

“Você é diferente dos reis que eu encontrei até agora.” 

[Realmenteeeee! Eu sou muito diferente!] 

Eu já estava começando a odiá-lo. 

[Esses caras são sem cérebro! Para não mencionar, eles são teimosos.]

Antes que a lança de Sumire o perfurasse, o Rei da Morte balançou o cajado em sua mão e criou uma barreira. 

[Herói da Terra? Não vou perder para alguém apenas incompleto. Se sou eu, posso devorá-lo e conquistar a Terra. Isso é o que aqueles reis estúpidos estavam pensando, mesmo depois de descobrir sobre a morte do Rei de Lava. Esse é o resultado! Dos quatro tolos, aquela arraia que escapou para a Terra foi provavelmente a mais sábia. No entanto, ele provavelmente foi morto por você de qualquer maneira! Kahahaha!] 

Com isso, ele levantou a mão livre para o céu. Na mão dele havia um cajado usado para controlar fantoches. Havia cordas saindo do cajado, mas eu não sabia dizer no que elas estavam conectadas. 

[E o que eu não gosto mais é que tudo está acontecendo como ele pretendia!] 

“Como ele pretendia? Você quer dizer aquele acima da sua cabeça?”

“Oh, é isso! Essa é uma excelente maneira de coloca-lo! Sim, ele está sempre acima de nossas cabeças!] 

Daisy pareceu murmurar algo e a energia que ele estava liberando diminuiu significativamente. Sumire ficou no céu, com a ajuda de Daisy ou com a capacidade de sua armadura, e baixou o corpo. Parecia que ela estava se preparando para atacar com uma lança, mesmo que a lança em sua mão não fosse para ser carregada. 

O Rei da Morte, no entanto, não prestou atenção ao que elas estavam fazendo. 

[Você vê, eu odeio esse arranjo. Eu sou do tipo que não está satisfeito até que tudo esteja no meu controle. Ter que receber ordens de outra pessoa não poderia ser mais desagradável!] 

“Ordens, huh.”

[Para ele, nós cinco reis não passamos de peças de xadrez. Ele deve ter pensado que ele nos instigou habilmente, mas eu podia ver através dele. Nosso destino já estava selado – para ser sacrifícios!] 

“Sacrifícios? Pelo quê?”

Ele levantou seu cajado. Tinha um brilho claro como se fosse feito de platina. A bola de cristal em sua ponta brilhava em uma luz de cinco cores. 

[Obviamente, é por você, Herói!] 

“Sacrifícios… por mim…?” 

[Curioso?] 

Um sorriso distorcido apareceu na cabeça de crânio do lich. Eu perguntei. 

“E por que você quer me dizer essas coisas?” 

[Uma excelente pergunta! É porque eu quero me livrar dele! Herói, eu suponho que você não gosta de dançar na palma da sua mão também. Ouça-me e junte-se a mim!]

Ele girou o cajado de madeira ao redor. Eu podia ver suas cordas alongando e relaxando. 

[Não há muito tempo sobrando, Herói. Não vou conseguir evitar os olhos dele por muito mais tempo. Então me ouça e me diga a resposta.] 

“Shin, não dê ouvidos a ele.” 

Daisy o interrompeu. Seus olhos estavam brilhando em uma luz escarlate. 

“Ele quer te usar.” 

[Isso não é óbvio? Eu vou usar o Herói, e o Herói vai me usar! Esse é um verdadeiro negócio… Hey, você está sendo irritante, garotinha!] 

“Nós não seremos apenas irritantes!”

Sumire fez um grito estridente e, imediatamente depois, o cajado que o Rei da Morte balançou aleatoriamente colidiu com a lança de Sumire. Seu cajado não apenas desapareceu sem deixar vestígios, mas a energia que ele estava emitindo também diminuiu imensamente. Em troca, Sumire teve que recuar como ela perdeu a maior parte de seu armamento. 

[Sua desgraçada, meu cajado!] 

“Shin-nim, vou deixar o resto para você!” 

Lentamente, levantei minha lança em resposta ao grito de Sumire, acendendo as chamas do caos acima dela. 

Para ser completamente honesto, ainda tinha muitas perguntas que queria fazer a ele. Sobre o cérebro por trás deles e o significado por trás deles sendo um sacrifício. Eu não tinha informações suficientes para resolver esse quebra-cabeça sozinho. Ainda assim, decidi me contentar com onde estava. Ficou claro que ele queria me usar para seus benefícios. Além disso…

“Você, se tudo o que você queria fazer era conversar comigo, por que você transformou a Cidade do Vaticano e Roma em uma terra da morte?”

[Eu sou o Rei da Morte. Todo lugar para onde vou deve estar cheio de morte. Herói, aqueles que enfrentam a morte uma vez são concedidos a vida eterna em troca! Pense nisso! Se eu viesse sozinho, você acha que alguém teria me escutado? Não! Você teria tentado me matar imediatamente!] 

Bem, ele estava certo. 

“Parece que eu preciso bater em você antes que você possa pensar corretamente.”

[Não, Herói. Ainda temos algo para falar!] 

Ele puxou o palito que segurava. Tinha que ser um artefato de algum tipo! No meio de me aproximar dele, fui forçado a parar.

Mesmo que nada estivesse preso a suas cordas há pouco, agora havia um boneco peculiar que lembrava um demônio pendurado nele. O boneco tinha cerca de 3 metros de altura, o que parecia fisicamente grande demais para o controle do minúsculo palito do Rei da Morte. 

Ao invés do boneco, no entanto, eu estava mais preocupado com o que o boneco estava segurando em suas mãos. Foi uma pessoa. 

“… Quem é esse?” 

[Boa pergunta. Esse é um dos seus pais! Sua mãe!] 

Parecia que o mundo estava ficando branco. Eu queria atacar ele, mas não conseguia me mexer. Não importa quão rápido eu ficasse com Velocidade Divina, não seria suficiente para recuperar a mãe daquele boneco demoníaco. Então, por enquanto, eu tive que ficar parado. 

Eu cerrei meus dentes e prendi a respiração. Então perguntei calmamente. Tão calmamente que até eu fiquei surpreso comigo mesmo.

“Minha mãe está no lugar mais seguro deste mundo. Como poderia ser ela?”

A mãe sempre era protegida pelas súcubos e, sabendo da minha importância, Guardião e Asa Livre também ajudaram a protegê-la. Com Alcaçuz sempre ao meu lado, eu deveria saber assim que algo acontecesse com a mãe…

Mas Alcaçuz não estava aqui agora. Ela estava em um espaço isolado procurando uma maneira de matar esse lich. 

[Você realmente achou que os monstros aqui eram tudo que eu tinha? Como poderia ser! Pense nisso, Herói. Há apenas duas pessoas que eu tenho medo neste mundo!] 

Ele colocou dois dedos com a mão. 

[Uma é ele e o outro é você! Ninguém mais pode me impedir. Certo, nem mesmo esse boneco! Ao contrário de um Herói, você foi um pouco tolo. Se ela fosse tão importante para você, você deveria tê-la protegido melhor!]

“Você matou todos eles…?” 

[Claro! Estou enfrentando o Herói que matou quatro dos cinco reis. Eu tinha que ter algum tipo de plano de seguro, você não acha?] 

Eu tentei mandar uma mensagem para Alcaçuz, mas a mana do Rei da Morte enchendo essa área me impediu. Mas se ele estava dizendo a verdade, Alcaçuz tinha que ficar furiosa agora. Havia muitas súcubos encarregadas de proteger a Mãe, especialmente quando tínhamos algo assim acontecendo. 

[Não há necessidade de ficar com raiva, Herói! Olhe, sua Mãe está perfeitamente bem! Como eu disse antes, quero sua cooperação. Eu só estou usando essa… ferramenta, sim, uma ferramenta para tornar a nossa conversa mais fácil!]

Ele acenou com o cajado de madeira e o boneco diabólico abriu a boca. Aquilo era, sem dúvida, um artefato que rivalizava ou superava seu cajado. Afinal, deve ter matado dezenas de súcubos de Rank SS. 

Eu fechei meus olhos. Foi um erro ter todos os membros da Revival lutando? Se eu deixasse apenas alguns deles para proteger a Mãe… Não, isso era estúpido. Como deveríamos fazer alguma coisa se tivéssemos que dividir nossos membros para proteger a família de todos? Como deveríamos lutar contra os monstros e demônios que invadem a Terra se tivéssemos que desviar nossa atenção tanto? 

Até agora, eu acreditava que monstros ou demônios não podiam fazer nada para minha Mãe. Eu acreditava que minha mãe estava completamente segura.

Mas eu estava errado. Completamente errado. Eles podem ter estado seguros por um longo tempo, mas isso não significa que eles continuariam seguros. Eu deveria ter sabido disso, mas abaixei a guarda e fui acertado nas costas no momento mais crítico. 

[Agora, agora, não se mexa. Se você se mexer mesmo um pouquinho, esse cajado vai tremer. Quando esse cajado treme, o boneco preso a ele também vai tremer. Quando o boneco treme… Heh. Então, Herói, você está pronto para falar agora?] 

Mãe parecia estar dormindo. Eu não sabia se ela estava dormindo ou se a colocaram para dormir, mas depois de ver o rosto da Mãe, olhei para Daisy e Sumire. 

“…” 

“Shin-nim.” 

[Vamos formar um plano juntos! Um plano para dar um golpe nesse cara! Emocionante, não é?]

O Rei da Morte falou animadamente. Seu modus operandi era distorcido. Não era o que pessoas normais poderiam inventar. Tomando um refém só para conversar? Para ele, isso era óbvio. Um tolo como ele riu dos outros quatro reis, dizendo que eles foram derrotados porque me desafiaram sem saber nada sobre mim. 

Realmente, nenhum dos Cinco Reis sabia alguma coisa sobre mim. 

“Tudo bem, vamos conversar.” 

[Ooooh! Bom, isso é excelente, Herói! Eu sabia que você entenderia!] 

Sua cabeça de caveira gargalhou quando ele riu. Ao mesmo tempo, algo embrulhado se contraiu. Algo que estava vivo, mas sem vida. Moveu-se de uma maneira que ninguém mais poderia compreender, uma maneira que só eu poderia aceitar. 

[Eu sou Dortu. Executando o comando do Mestre.] 

Meu quarto elemental fez assim seu movimento.

Comentários