Prólogo

Ao despertar, me senti um pouco nostálgico.

Ao levantar a cabeça da mesa de madeira, as articulações do meu corpo doíam um pouco. Provavelmente porque eu dormi em uma posição estranha.

Estirei os músculos do meu corpo, uma sensação agradável.

Em continuação, movi minha cabeça e um desagradável som goki – goki se escutou. Devido ao som, o velho comerciante franziu a testa e me olhou.

“Finalmente acordou”

Suas palavras soavam especialmente ásperas enquanto limpava uma taça com suas mãos.

Invejando um pouco seu comportamento eu abri minhas pálpebras pesadas devido ao álcool e o encarei.

“Sim, o sake daqui é realmente delicioso. Pude ver um bom sonho”

Creio que foi um sonho do passado.

Senti que meu peito se sentia cada vez mais quente.

Me pergunto se meus antigos companheiros ainda estão fazendo-o bem.

Pensando isso, neguei com minha cabeça.

Eu tinha compartilhado tudo com esses meninos e garotas.

Convocado como um Bravo, com as expectativas de um Herói, e querendo matar um deus.

— É muito nostálgico. Em meu peito mora a nostalgia daqueles dias, alem de um leve arrependimento.

Ser um Bravo, regressar triunfantes como heróis e enviados para matar um Deus.

Me pergunto o quê pensam meus companheiros de mim, de alguém que escapou dessa pressão.

É provável que estejam ressentidos, concluí.

Por desgraça, não tive o valor para determinar isso.

E não tinha intenção de fazê-lo, de agora em diante.

No balcão fracamente iluminado por uma vela, coloquei uma moeda de cobre, da minha quase vazia bolsa e falei com uma voz rouca.

“Deixo os cálculos para você”

“Sim, só volte já. Não fique bêbado e adormeça ao lado da estrada, entendido?”

“Haha. Serei cuidadoso”

Levantando-me da cadeira de madeira, acabo tropeçando um pouco. Não posso mover bem as pernas devido ao álcool.

Vendo-me dessa maneira, o comerciante, mais uma vez soltou um suspiro.

Parece que é bastante tarde. Apesar de que é noite, não há mais clientes bebendo aqui.

Bom, outra das razões pode ser que há pouco habitantes neste lugar.

Me inclinei mais uma vez para o comerciante que tinha sua loja aberta até eu me despertar e sair.

O vento frio acariciava meu corpo e me acalmou um pouco.

Na realidade, meus passos ainda são instáveis.

Ao pensar que este é o final de um homem que uma vez foi um Bravo e havia sido aclamado como um herói, só podia rir.

Tem passado três anos desde que fomos convocados. Nos levou dois anos para derrotar ao Deus Demônio.

Há um ano, me separei dos meus companheiros e cheguei a esta aldeia para viver pacificamente com o dinheiro que recebi como recompensa por matar o Deus Demônio.

Talvez, pode ser que já tenham se esquecido de mim.

Quando pensava nisso, no lugar de me sentir mal, me senti aliviado.

Eu não era alguém que tivesse a capacidade de converter-se em um Bravo ou em um Herói.

Um mundo diferente – 13 pessoas foram convocadas da terra para se converterem em salvadores.

Para derrotar ao Deus Demônio que queria destruir o mundo, 12 pessoas além de mim, com habilidades trapaceiras, foram convocadas.

Eu não era um mago que facilmente poderia derrotar ao mago mais forte deste mundo, nem um espadachim que poderia derrotar um golem de 10 metros com só um corte.

Não é que seja muito inteligente, nem tão pouco sou bom com as estratégias, nem sou bom em curar pessoas. Não sou suficientemente hábil em mais um monte de coisas.

Foi doloroso estar com esses meninos e garotas que podiam fazer algo.

Convocado de um mundo diferente. Salvador. Proteção divina da Deusa. A confiança da relaeza. As expectativas das pessoas.

Realmente creio que os 12 que se movem para frente sem vacilar são os verdadeiros surpreendentes.

Mas, por desgraça, tudo isso era muito pesado para mim.

“Ah… tenho sono”

No céu noturno, a lua brilhava com um tom avermelhado.

Essa cor era prova de que este era um mundo diferente. Suspirei~.

Se me adormecia desta maneira, creio que voltarei a sonhar com o passado novamente.

De alguma maneira tinha confiança nesse fato, continuei caminhando pelas ruas escuras.

Neste mundo sem eletricidade, fica muito escuro depois do por do sol.

Na capital real, há luzes nas ruas, feitas de energia mágica, assim que são um pouco mais iluminadas, mas isso não ocorre nesta aldeia rural em que me encontro.

Baseando-me na fraca luz da lua, me dirigi à pousada na qual tenho um quarto alugado.

Bocejei mais uma vez.

O quê eu deveria fazer amanhã?

Pensava enquanto chutava pedras com minhas botas de couro.

Bem, vou pensar em algo de alguma maneira.

Tomar algumas petições do grêmio de aventureiros para ganhar algum dinheiro em troca, comer alimentos e beber algumas vezes.

Três anos depois de chegar a este mundo. Dois anos passaram enquanto tentávamos matar o Deus Demônio e o ano restante o passei da forma que mencionei anteriormente.

Os demais parecem estar usando suas habilidades para ter uma boa vida, aparentemente.

Fazendo popular um jogo muito popular em nosso mundo original, melhorando o governo, melhorando a qualidade de vida em geral.

Inclusive tenho ouvido que estavam vivendo como cavaleiros no castelo real e ganhando dinheiro ao derrotar monstros também.

Bom, mudar o mundo soa muito mais difícil que salvá-lo. Porém, penso que ainda devem viver suas vidas ao máximo.

Estou certo de que não estão vivendo de uma maneira igual a minha, que tem problemas financeiros.

“Faz frio”

À medida que a brisa da noite acariciava meu corpo, me tremi de frieza.

Suspirei.

Não há internet, não há automóveis, não há maneira de voltar ao nosso mundo e não há maneira de contatar a nossos pais e amigos.

É normal que as nossas ligações foram quebradas instantaneamente.

Mas, ainda sim, todavia não consigo chegar a odiar este mundo.

Incapaz de odiá-lo, mas ao mesmo tempo sem ter um carinho profundo igual aos demais, esse é meu estilo. Se me perguntam se gosto ou o odeio, provavelmente direi que gosto. Mas, realmente, não posso dizê-lo com muito orgulho.

“Sinceramente, o quê estou fazendo?”

Suspiro

Enquanto olhava para cima, a lua avermelhada olhava para mim.

“Tenho que economizar um pouco de dinheiro”

Já que a pousada cobra adiantado e em custos totais, estarei bem durante um tempo, mas o conteúdo da minha carteira brevemente estará vazio.

Um Bravo chamado do outro mundo.

Um Herói assassino de Deus.

Eu sou um deles.

Mas mesmo assim, estou preocupado pelo dinheiro da comida de amanhã neste momento.

Que realidade ridícula.


Traduzido por: KooZ
Revisado por: Pode ser Você xD

Comentários