iLivro

Prólogo da Noite Enluarada

15 th dia do mês de água de nascente (Shimizu). Mais uma vez eu olho para a lua cheia no céu sozinho.

Eu estava sozinha, até agora, e eu vou ficar sozinha para sempre.

Isso é bom. Se eu posso ficar como uma criança, eu não vou sentir dor, não vou sentir amargo, não vou me sentir solitário, ninguém me ressentir-se, eu vou esquecer tudo e viver.

Mas, essa foi a última vez que eu vi a lua cheia sozinha.

Eu nunca vou esquecer, no último 4 th dia do mês de brisa início de verão (Ryokufuu), eu tive um encontro fatídico.

“Meu nome é Kurono Maou, você é?”

Eu não vou estar sozinha novamente.

Se eu fiquei como uma criança que não vai ser doloroso?  Não vai doer?  Não vai ser solitário?  Não vai ser triste?

Foi tudo uma mentira.

Foi simplesmente um engano, me enganando, enganando a mim mesma, agindo como se eu não aviso …… …

Mas, tudo isso não importa mais.

O passado não importa mais. Tudo não importa mais.

Porque–

“Aah, desde que eu tenho Lily, posso continuar a viver neste mundo, eu não vou estar sozinho.”

Os mesmos sentimentos que eu.

Você, contanto que você está ao meu lado, eu posso continuar vivendo, eu não vou ser solitário.

Eu não vou voltar para o passado novamente, eu não vou voltar a ficar sozinha de novo, porque tu estás comigo.

Sim, é por isso, todo o mundo precisa é só você e eu.

Tudo o resto é, agora, não é necessário.

Comentarios em KNM: Volume 4 Capítulo 45

Categorias