A Grama Brotando que Declara que “Nós Somos Um Grupo de Heróis!” Parte 6

“Aldeão?”

a resposta da pessoa da aflito no Rex, e ele tinha uma infinidade de perguntas a fazer.

Como é que ele se proteger de seus ataques? Por que um aldeão em um lugar assim? Por que ele não se equipava com quaisquer armas ou armadura? Por que ele protegeu o Demônio?

Rex não conseguia entender a pessoa na frente dele. Talvez porquê ele desprezava os aldeões? Todos na party do herói tinha pensamentos semelhantes.

“O Aldeão de volta, então !?”

Rex finalmente se lembrou que ele e o morador tinha momentaneamente interagidos uns com os outros apenas algumas horas atrás. A presença de Kagami tinha sido muito fraca, e Rex tinha esquecido completamente sobre ele.

“…Como você…?”

“Eh?”

“Como você bloqueou nossos ataques? O que você fez? Exatamente que tipo de produto que você usou ?! ”

Por que ele estava aqui? O orgulho de Rex não acreditava .Ele tinha deixado o aldeão fora da party e ainda humilhou ele e lá estava ele.. Rex estava em descrença e não podia perdoar Kagami.

“Um item? Ah … sim, heroizinho, devo informá-lo? ”

Rex esperou a resposta com uma cara azeda, enquanto Kagami sorriu sentimentalmente e pegou seu nariz, como se estivesse tirando sarro do herói.

“O item mais forte que eu usei … é a minha mão direita.”

“Sua mão direita … você disse?”

Enquanto ele falava, Kagami tirou uma meleca e atirou-a longe.

“Espere, como você se defende ?”

“Eu cobro minha mão de meleca e uso ela para me defender.”

“Impossível! Com uma mão coberta de meleca? ”

“Espera, não é coberto totalmente, meu nariz não produz muito muco não. ”

Kagami levou o dedo de volta para fora do nariz e suspirou.

Krul deu um passo adiante em uma tentativa de acalmar Rex, que olhava para Kagami com raiva.

“Tudo o que você fez, pelo menos, você está ileso. Teria sido terrível para nossa party matar um simples aldeão “.

Krul educadamente baixou a cabeça. Ela não se importava sobre como ele havia protegido o Demônio. Sua prioridade era descobrir por que o aldeão havia protegido o demônio, e se ele era ou não um inimigo.

“Essa criança é um demônio. Queria protegê-la, porque você sabia disso, ou você não sabe de nada? Por favor nos diga “.

“Não, esta criança não é um demônio.”

Kagami respondeu à pergunta de Krul, como se a declarar que tinha entendido mal. Claro, Kagami sabia que a garota era um demônio.

Ele também sabia que os heróis iria tentar matar a garota porque ela era um demônio.

“Eu posso sentir que a garota emite magia de demônio. Não há dúvida de que é um demônio”.

“Ah … ela não é um demônio. Porque ela é minha irmã. ”

Todos na party do herói olhou para ele quando ouviram suas palavras. A garota murmurou “eh?” Em um tom duvidoso, tornando a situação ainda mais intrigante.

“su-sua irmã? en-entanto … isto mágica? Embora você parece ser um humano … ”

“É isso, o chifre do diabo azul. Você não sabe sobre seus efeitos? Eu fiz a minha irmã segurar um. ”

Kagami disse enquanto enfiava a mão no desgastado manto da garota, como se estivesse indo mostrar-lhes o chifre do diabo azul que a garota supostamente possuia.

Enquanto o chifre do diabo azul ainda tinha magia, poderia evitar Monstros de tornar-se hostil ao titular. Garrafas e odres eram necessárias para evitar a magia se dissipe.

No entanto, essa magia era do mesmo tipo que a magia emitida a partir de demônios e aumentava a taxa de desova de Monstros quando usada em um calabouço. Foi extremamente agravante para quaisquer outras pessoas que entraram no calabouço, ao mesmo tempo.

“Eu estava a completar a missão Blue Devil, quando dropou o chifre, por isso fiz a minha irmã mais nova segurá-la. Eu não trouxe um saco para armazená-lo, mas eu não quero desperdiçá-lo, então eu disse a ela para mantê-lo seguro. ”

Kagami tirou a folha de busca de 30 Demônios Azuisl concluída com magia e mostrou para a party do herói.

Claro, Kagami tinha tirado a folha para fora de seu saco de Drops antes.

Como Kagami conversou com o partido do herói, ele olhou em volta rapidamente, esperando que a presença da garota demônio estava gerando um grande número de monstros. Ele maldosamente pensou em como seria bom se outra missão como esta fosse emitida.

“Um … Aldeão? E dois deles? 30 Blue Devils mortos? Eu nunca ouvi falar disso! ”

Tina involuntariamente levantava a voz, surpresa que a garota não era um demônio e o morador já havia completado a missão.

“Isso não é muito de uma piada. Você é realmente um Aldeão? ”

Kagami mostrou o papel de sua janela de status com um sorriso irônico quando Palna acusou. Palna murmurou “Você está brincando …” quando viu que Aldeão realmente estava escrito lá.

Palna definitivamente tinha pensado que ele estava mentindo quando ele chamou a si mesmo de Aldeão.. Eles nunca tinham ouvido falar de um aldeão ser capaz de entrar em tal calabouço de alto nível, de modo Tina e Palna não conseguiu esconder a sua surpresa quando viu que ele estava dizendo a verdade.

“Efeito de chifre de Demônio Azul dura apenas cerca de cinco minutos …”

Embora o partido estava surpreso que um morador estava em tal calabouço de alto nível, mesmo se ele tivesse a proteção de um chifre de diabo azul, eles já não se sentia desconfortável, e Krul fez outra pergunta.

“Desculpe-me, posso tirar a capa de sua irmã?”

“Isso é um pouco … bem, minha irmã é uma pessoa tímida depois de tudo.”

“Por quê? não vamos estar convencido de que se você permitir-nos dar uma olhada rápida? ”

“Minha irmã … se eu lhe mostrar a você, ela iria perder as estribeiras tentando esconder o embaraço. É uma doença que ela tem. ”

“Mas … eu nunca ouvi falar de tal doença?”

Kagami nunca pensou que ele iria ser questionada com tanta insistência e ele percebeu que sua decepção estava caindo aos pedaços. Depois de observar a situação, como se percebendo que não podia ser escondida por mais tempo, a garota tirou o capuz sobre ela própria.

“H-Hey!”

Quando ela tirou o capuz, ficou claro que o capô estava se escondendo mais que apenas a cabeça. Ela tinha cabelo vermelho que brilhava como uma jóia, com um tecido pendurado para baixo no lado direito do rosto. Havia dois pequenos chifres na parte de trás de sua cabeça que tinham crescido para baixo dobrados e misturados com os cabelos na altura dos ombros.

Kagami levemente suspirou.

“Por favor, vire-se.”

Krul imediatamente instruíu a garota. A garota virou as costas para Krul e exposto um chifre crescendo na parte de trás de sua cabeça.

“É como eu pensei … você não tem uma desculpa para isso, certo?”

A garota depois de ver Krul se preparar para mata-la. Ela sentiu gratidãi com a juventude do aldeão que tinha aparecido e protegida ela.

No entanto, desculpas não poderiam ir tão longe.

Se as desculpas continuasse por mais tempo, eles iriam parar de pensar deste Aldeão como um companheiro e ele estaria em perigo. Ela não quer que isso aconteça.

“Não, olha! Esse chifre é … um acessório. ”

No entanto, Kagami, que não queria desistir por algum motivo, veio com uma desculpa absurda e tentou proteger a garota.

A garota olhou para Kagami, que não tinha como defende-lá mas ainda tentava e se surpreendeu .
“Um acessório? Há um chifre crescendo na parte de trás de sua cabeça, não importa como você olha para ele! ”

A party do herói sorriu com a desculpa patética.

“Não … isso, é que, aqui. Eu coloquei na parte de trás de sua cabeça. ”

“Si-sim?”

Foi doloroso para imaginar como tal acessório impossível seria anexado, e a party do herói involuntariamente fez expressões duvidosas e rostos azedo.

“As suas desculpas são estranhas… Atacar !!”

Kagami agarrou o chifre do demônio azul e forçosamente empurrou-o para o lado do pedestal, causando, um som ensurdecedor.

“Eeeeeh …”

Tina, Palna e Krul se afastou dele.

Apenas Rex ficou espantado com o comportamento de Kagami, a tal ponto que seus olhos estavam esbugalhados.

Esse Aldeão empurrou para dentro e quebrou o pedesta somente com sua forçal, que tinha sido feita a partir de um material altamente resistente, especial, a fim de selar a espada sagrada para que o humano Escolhido pega-se.

“Ma-mas! Mesmo que os animais formam esses chifres, eu nunca vi qualquer monstros quebra-lo! ”

As palavras de Tina eram dolorosas para Kagami ouvir.

“Esse … umm … isso, após o chifre quebrar de vez … foi realizada em conjunto com um adesivo, e para melhorar a forma do chifre só agora … foi perfurado.”

Palna franziu as sobrancelhas e soltou “Haa?” Em confusão com as palavras.

Kagami rapidamente analisou a situação e imediatamente seguiu com mais palavras.

“Ah, errado! Veja isso! Eu lembro do meu primo! Eu cometi um erro! Quanto à minha irmãzinha … isso é certo! Personalizadas! O chifre que é ligado a ela foi especialmente dado pelos deuses!”

Comentários