MCHHS: Capítulo 129


Capa MCHHS

Main Character Hides His Strength

Autores: Road Warrior (로드워리어)
Tradutor: Pyown

Uma Mulher Infeliz (2)

Na realidade, os intrusos que estavam invadindo um momento atrás eram pessoas que não tinham relações com Sajators. O pequeno homem cheio de destreza que saltou pela chaminé e agora estava sangrando até a morte na cozinha disse assim:

“Eu vim da filial panchuriana da Coalizão Mercante! Onde está o inimigo do Mundo ?! Clarise Asaam!”

Outro homem que entrou pela porta dos fundos e agora estava esparramado pela porta da frente também falou.

“Clarise Asaam! Nós prendemos seu avô! Venha conosco e coopere com nossa investigação de boa vontade se quiser vê-lo.”

Tudo isso não estava relacionado a Sajators, mas, para Clarise, era extremamente importante.

“A-Avô?”

Ela começou a tremer. Ela tentou sair da casa imediatamente, e ela poderia ter causado um tumulto se Sajators não a tivesse puxado de volta pelos cabelos.

“Solte!”

Clarise gritou com uma voz alta. Esse grito foi o que Sungchul e Bertelgia ouviram.

“Cale a boca! Eu vou te matar se você não calar!”

Sajators correu em sua direção e ameaçou enquanto cobria sua boca

“Por que você está fazendo isso?!”

“É porque há um filha da puta lá fora!”

Sajators espiou por uma fresta na porta enquanto a segurava.

“Eek!”

Seu coração afundou. Sungchul havia dirigido o barco nessa direção e se dirigia para lá. Ele estava destinado a ser morto nas mãos daquele homem a esse ritmo. Havia apenas uma maneira de superar esse perigo, e assim Sajators engoliu seu orgulho e abaixou a cabeça para implorar à garota.

“Eu não tenho o direito de dizer isso, mas apenas uma vez… apenas me salve dessa vez.”

Ele normalmente nunca consideraria tal ação como um homem orgulhoso que tinha sido mergulhado em uma vida de arrogância, mas o homem chamado Sungchul infligiu um trauma tão profundo em Sajators que ele poderia tirar sua própria vida do que ver o homem novamente.

“Eu prometo que vou salvar esse avô ou qualquer velho que tenha passado por essa provação. Eu juro em nome de Sajators dos Sete Heróis.”

Clarise apenas olhou para sua forma lamentável um pouco antes de concordar com um suspiro. Era um pedido que ela nem podia recusar na realidade. Não havia como saber o que o mago louco faria se ela se recusasse, e, assim, resolveu a situação com uma cabeça fria como alguém que passou a maior parte da vida lutando.

“Por favor, mantenha essa promessa, não importa o quê.”

“Vou apostar meu nome, Sajators, nela.”

Sajators então sussurrarou algo em seu ouvido, e algum tempo se passou.

“…”

Sungchul ficou em frente à casa de Clarise. Sua mão ainda segurava o sino, mas ele não o tocou. Foi porque ele veio para cá com um propósito diferente. Ele bateu na porta, mas não houve resposta. Felizmente, a porta começou a abrir quando ele levantou o punho para derrubar a porta.

“Huh?”

Bertelgia respondeu primeiro do bolso. Ela aproveitou a oportunidade para sair do bolso e bater as páginas.

“Não é a irmã mais velha que canta bem?”

“Huh…? Você é ?!

Clarise teve um sorriso desajeitado quando olhou para o rosto do homem de cabelos negros que estava de pé atrás de Bertelgia. Seu coração pareceu cair. Apesar de terem trabalhado juntos, o nome que ele tinha ainda tinha o mesmo peso.

‘O Inimigo do Mundo… !! Por que eu atraio pessoas tão estranhas? Eu sou tão azarada.’

Inimigo do Mundo na frente dela e uma Calamidade real atrás dela. Ela sentiu como se estivesse enlouquecendo, mas manteve uma cabeça fria enquanto cumprimentava Sungchul.

“O que você está fazendo aqui? Você tem algum negócio inacabado comigo?”

Ela falava assim, mas havia cinco cadáveres junto com Sajators, que segurava a respiração logo atrás das suas costas. Sungchul olhou para Clarice, indiferente, para a abertura da porta quando ele perguntou:

“Existe algum problema? Acabei de testemunhar alguns intrusos indo nessa direção.”

“Ah… intrusos? Aqueles homens… estão dormindo no momento.”

“Hm?”

“Bem. Eles foram azarados. É a casa de uma mulher solteira, mas invadiram a casa de uma mulher cuja força ultrapassou 100.”

Agora que ele pensava sobre isso, o cheiro sutil de sangue estava fedendo por dentro.

“Qual é o valor exato de sua força?”

“É 132.”

“Entendo. Eu acho que você não vai precisar de ajuda para mover os cadáveres.”

“Está certo. Eu posso fazer isso sozinha. Tudo o que preciso fazer é esperar até que a noite caia e depois vou dá-los aos peixes.”

Sungchul assentiu e sacudiu o sino uma única vez por hábito.

Ring

Foi nesse momento que um som semelhante a um gemido veio de dentro. A curiosidade surgiu nos olhos de Sungchul.

“Que som é esse?”

Quando Sungchul perguntou, Clarise deu um sorriso amargo e respondeu com a mesma indiferença que conseguiu.

“Parece que alguém ainda está respirando. Oh minha nossa, eu não sou tão completa quanto deveria ser. Ahaha…”

“…”

Sungchul não suspeitou dela muito mais. Ele a conhecia pessoalmente e viajou com ela também. Não só isso, ele também os beneficiou grandemente.

“Como eu disse antes, você precisa usar o conteúdo dessa caixa com cuidado. Assassinos da Coalizão Mercante virão no momento em que você usar as moedas.”

Sungchul deu um passo para trás depois de deixar essas palavras.

“Se acontecer de você ver alguém que se pareça com Sajators por aqui, me avise. Eu estarei na Casaa do Imperador.”

“Sim, eu vou manter isso em mente.”

Sungchul estava a uma certa distância, mas ele recuou. Sajators soltou um suspiro de alívio antes de levantar a guarda mais uma vez. Ele sentiu que Sungchul poderia tocar o sino pelo menos mais uma vez. E como ele esperava, Sungchul se virou e tocou o sino bem na frente de Clarice.

Ding!

Sajators sentiu uma dor terrível, mas ele não fez barulho como antes. Ele cerrou os dentes com força suficiente para vazar sangue de sua boca.

‘Merda essa dor…! Parece que vou ser o vencedor aqui neste momento.’

Daltanius poderia virar a mesa nesta situação se ele viesse aqui. Ele sozinho não pode mudar as circunstâncias de Sajators, mas o homem era amigo de todos os membros dos Sete Heróis. Ele seria capaz de reunir todos aqueles que Sajators não poderia chamar a este lugar. Não importa o quão forte fosse Sungchul, ele não seria capaz de enfrentar todos os Sete Heróis de uma só vez e vencer. Sajators se acalmou com esses pensamentos enquanto escutava os passos se afastando. Infelizmente, o toque maldito do sino começou a explodir em rápida sucessão.

Clang Clang Clang Clang Clang

Bertelgia foi a culpada. Ela agarrou o braço de Sungchul quando a guarda dele estava abaixada e sacudiu seu corpo com toda a sua força.

“Tudo bem! Encontrei uma abertura!”

Clang Clang Clang Clang Clang

O Sino da Calamidade de Oom Bruuk soou animadamente como alguém durante uma canção de Natal. Sungchul simplesmente fez um sorriso amargo e a observou fazê-lo.

“Eu não acho que esse tipo de ação tenha algum significado.”

No entanto, desta vez foi diferente, pois ele simplesmente deixou Bertelgia fazer o que ela desejava, já que a fraca resistência de Bertelgia chegaria ao fim em breve.

“GRAAAGHH !!”

De repente, os gritos violentos de um homem podiam ser ouvidos de dentro do prédio. Foi um grito familiar. Os olhos de Sungchul brilharam, explodindo com hostilidade.

“Quem está dentro?”

Sungchul interrogou Clarise. Tudo desmoronou. Clarise não hesitou por um momento antes de confessar tudo.

“Eu fui ameaçada. Esse homem está lá dentro.”

“Como você pode fazer isso comigo?!”

Sajators gritou abruptamente, mas na realidade, ele não tinha feito muito por ela.

“Eu tolerei seu canto horrível e até bati palmas para você!”

“Cale a boca! Seu desgraçado feio e revoltante!”

Clarise retornou com sucesso o insulto que ele havia feito de sua aparência mais cedo e rapidamente se refugiou atrás de Sungchul. Sajators tentou recitar um feitiço enquanto fervia de raiva, mas era uma ação fútil.

Clang Clang Clang Clang Clang

O Sino da Calamidade de Oom Bruuk soou sem sentido. O toque do sino tinha o poder de fazer com que sua vítima fosse inútil quando atingida nas proximidades. Quando Sungchul o empalou com sucesso com Oom Bruuk, a morte de Sajators tornou-se apenas uma questão de tempo. Sungchul virou-se para olhar para Bertelgia que estava tocando incessantemente a arma da Calamidade

“Bom trabalho, Bertelgia.”

“Eu pensei que era sem sentido?”

Beltegia falou emburrada, mas a sorte de Sajators ainda não havia terminado. Quando Sungchul estava prestes a abrir a porta para entrar, uma formação mágica apareceu atrás dele. Ela trazia a marca da Escola da Magia Dimensional.

“São reforços?”

Sungchul recuou e observou como um homem gigante coberto de pele de leão aparecia da formação mágica. Aquele gigante, Daltanius, soltou um suspiro como um boi e bloqueou Sungchul.

“Você é o Demolidor?”

Era uma voz alta o suficiente para fazer a superfície da água tremer levemente.

Sungchul simplesmente assentiu.

“Eu sou Daltanius dos Sete Heróis, o Perseguidor da Força Infinita. Eu vim aqui com as qualificações de um deus do combate.”

Daltanius flexionou seus músculos. Uma aura sinistra encheu o ambiente e toda a casa flutuante tremeu quando ele andou para frente.

“Kya!”

Os talheres de Clarise que estavam empilhados dentro de sua casa caíram com um estrondo alto.

“Venha até mim.”

Daltanius assumiu uma postura como um artista marcial e gesticulou com a mão para Sungchul se aproximar dele.

“…”

Sungchul deu um passo para a frente.

“Invocadod! Você é tão forte quanto eles dizem ser?”

Daltanius estava confiante. Ele tinha ouvido falar que Sungchul era poderoso, mas ele só entendia isso como sendo tão poderoso ou um pouco mais poderoso do que ele. Ele logo descobriria o quanto estava errado.

No momento em que o punho de Sungchul passou voando, Daltanius percebeu instantaneamente a quantidade de poder insondável instilado no ataque quando viu as ondas de choque que o punho apontado para seu rosto estava gerando. Ele imediatamente entendeu que ele não deveria ser atingido por ele. Ele apoiou os braços e preparou-se para bloquear o ataque de Sungchul, mas o punho de Sungchul foi rápido demais e acabou pousando em seu queixo.

Wham!

Em apenas um golpe, o gigante foi arremessado sobre a superfície da água como um jato de água e caiu em uma casa flutuante distante.

“Grr…”

Felizmente, sua determinação era muito mais dura do que Sajators e seu Contrato da Alma que reforçava sua recuperação, impedindo que ele caísse naquele único golpe. No entanto, seu queixo ainda estava grotescamente torcido em seu rosto.

Daltanius segurou seu queixo torcido e moveu-se por conta própria antes de estender a língua e dar um giro.

‘Graças a Deus. Minha língua está segura.’

Sungchul estava observando a entrada da casa flutuante de Clarise à distância.

‘Ele é um adversário muito mais simples que Sajators, mas ainda vou ter que ficar de olho nele.’

Sungchul decidiu acabar com Sajators primeiro. Infelizmente, Clarise falou com um tom desesperado.

“Hum, me desculpe, mas meu avô está em perigo!”

“Afaste-se.”

Ele não teve tempo para ajudar a mulher. Sungchul era alguém que estava sempre ciente de suas prioridades. Ele ignorou Clarise e deu um passo à frente.

“Merda! Se eu soubesse que aconteceria desse jeito, eu deveria ter ficado do lado daquele desgraçado!”

Clarise olhou com veemência enquanto gritava asperamente. Quando Sungchul não se mexeu, Clarise pisou em seu próprio barco e usando sua força característica, ela remou com toda a força e desapareceu para o outro lado do canal.

Sungchul entrou na casa. No interior da casa de Clarise estava Sajators curvado enquanto ele tremia de terror e agonia. Ele começou a tremer como um cachorrinho quando notou as botas militares de Sungchul. Quem reconheceria este homem como o Mago do Multilançamento, Sajators?

“…”

Sungchul entrou na frente de Sajators como o próprio destino.

“Me deixe viver.”

Sajators implorou por sua vida.

“Eu sou inocente. Tudo isso foi decisão de Desfort. Eu fui simplesmente enganado para me juntar à sua trama!”

Sua vontade de lutar havia morrido há muito tempo. Ele já se tornou incapaz de desafiar Sungchul novamente quando foi derrotado pela primeira vez. Sungchul deu um passo em direção a essa forma lamentável de Sajators e levantou-o pelo colarinho.

“Deixe-me viver! Por favor!”

Uma formação mágica apareceu ao lado de Sajators, da qual várias garotas saltaram e correram em direção a Sungchul. Elas eram clones de Vestiare que ela mesma criou.

‘Elas são uma variante de Homúnculos? Que gosto interessante ela tem.’

Infelizmente, elas viraram pasta de carne, uma vez que a Arma Demoníaca Cassandra foi tirada do seu Armazenamento da Alma, banhando a casa de Clarise em sangue em um instante.

“Eu vim para manter uma promessa.”

Sungchul segurou a mão que segurava a garganta de Sajators um pouco mais apertada.

“M-me deixe vi… iver… eu… eu sou…”

Até mesmo a sorte incrível de Sajators não poderia salvá-lo por mais tempo. Sua sorte foi gasta.

Crunch!

O pescoço de Sajators estava quebrado com os olhos ainda abertos. Foi um final ridículo para um mago genial que já teve o mundo em torno dos seus dedos.

Sungchul agarrou cada pedra da alma que havia sido amarrada sob o manto de Sajators antes de jogar o cadáver no chão e espancá-lo com Fal Garaz. O cadáver não tinha sequer uma sombra do seu antigo eu antes de se desintegrar na água barrenta sob os painéis de madeira da casa flutuante. Seu cadáver que caiu nas águas barrentas espalhou sangue em todas as direções enquanto afundava no fundo de Panchuria. Mas no fundo do rio de Panchuria estava um gigantesco ser escondido por Sajators há muito tempo.

“Mm. Sajators caiu, mas não há nada a fazer sobre isso.”

Daltanius estava dentro do cockpit da metade superior do gigante. Ele tirou uma chave na forma de um livro de seu Armazenamento da Alma e colocou-a no estranho sulco no centro do cockpit enquanto falava em voz baixa.

“Desperte, Unidade Bertelgia Número 3”

A superfície da água começou a roncar. Sungchul sentiu um tremor inquieto sob seus pés.

Comentários