MCHHS: Capítulo 14


Capa MCHHS

Main Character Hides His Strength

Autores: Road Warrior (로드워리어)
Tradutor: Pyown

Regras do Come-Come (2)

[Dez Mil Balanços de Espada (Diária)] 
[Dez Mil Golpes no Boneco (Diária] 
[Mil Levantamentos com Cada Haltere no Centro de Treinamento (Diária)] 
[Oito Mil Esquivas de Bonecos com Lâminas (Diária)] 
[Mil Voltas ao Redor da Praça (Diária)] 
[Cace Monstros de Baixo Grau] 
[Cace monstros de Baixo Grau x10] 
[Cace Monstros de Médio Grau] 
[…]

Essa era apenas uma parte da lista que Sungchul havia riscado na terra com galhos para os Pré-seletos. A lista de tarefas aparentemente impossíveis tinha um total de trinta entradas, fazendo com que aqueles que estavam lendo ficassem de queixo caído.

“Esta é a lista de missões comuns que eu tenho sugerido fazer pelo meu guia, e elas aumentam os três status básicos: força, destreza e vitalidade. Se vocês não acreditarem em mim, verifiquem com seu próprio guia.”

Havia algumas falsas misturadas, mas a maioria delas era real. Ele tomou emprestada a autoridade dos Guias para convencer os Pré-seletos diante dele, deixando a responsabilidade de provar suas palavras aos seus Guias. Os três Pré-seletos mostraram hostilidade, mas eles também não puderam dizer nada ao seu rosto.

“Eu não vou força-los. Vocês podem derramar suor e treinar como se suas vidas dependessem disso, ou vocês podem derramar seu sangue na Partida Classificatória na frente de outros Pré-seletos. Vocês decidem.”

Havia um total de quatro pré-seletos reunidos aqui: Ahram, Sunghae e seus dois guarda-costas. Ahram, apesar de ser um retardatário, só ouviu um pouco da explicação e saiu bocejando. Ele se inclinou contra uma árvore ao longe e começou a cantarolar para si mesmo, tentando tirar uma soneca. Ele era o epítome da irresponsabilidade despreocupada. Então, novamente, o que alguém que menosprezou até mesmo o Sargento Drill tem a temer?

Apenas três pessoas ficaram ouvindo o conselho de Sungchul.

“Desculpe.”

Uma mão pálida ergueu-se no meio do silêncio desconfortável. Foi de Sunghae.

“Você está certo de que haverá um efeito se fizermos tudo isso, certo?”

“Abram suas janelas de status. Ignorando os outros status, sua força, destreza e vitalidade não excedem 20, não é?”

Os olhos de Sunghae e os outros dois ficaram desfocados enquanto olhavam para suas telas de status. Sungchul olhou para Sunghae e disse.

“Como sua Força, Destreza e Vitalidade se parecem?”

“Eh. Eles são 15, 16 e 16.”

Todos os três pré-seletos tinham status parecidos. Não seria surpreendente a média de Invocados ser limitada em torno de 10, mas foi decepcionante vendo a qualidade dos Pré-seletos ser tão alta.

“Meus números médios são maiores que 20.”

Eles ouviram uma voz familiar; foi Ahram. Ele estava encostado em um tronco de árvore, fingindo dormir enquanto escutava tudo o que tinham dito.

“Eu disse que tenho mais de 20. 20! Então, eu não tenho que fazer essa lista estúpida, certo?”

Sungchul ignorou-o completamente. Em vez disso, ele virou a cabeça e gritou em voz alta.

“Saia.”

Um homem se revelou do mais profundo da floresta. Foi Solitário # 2: Yungjong Ha.

“Ah, isso é um pouco embaraçoso. Eu tenho que fazer isso?”

Os outros pré-seletos ficaram rígidos. Era muito desagradável que eles se associassem apenas a Sungchul, mas agora havia outro rosto indesejado na mistura.

Sungchul não se importou com o olhar frio que os dois estavam sendo dados e falou com Yungjong.

“Yungjong, como estão seus status?”

“Ah, Kim Hyung. Eu realmente não gosto desse tipo de coisa.”

“Vamos lá, não é difícil. Vou até te grelhar um pouco de carne.”

Ao mencionar carne, Yungjong abriu sua janela de status com um sorriso amargo e sem hesitar recitou os números dentro.

“Força 28. Destreza 27. Vitalidade 25. É assim que é.”

Os outros pré-seletos ficaram chocados com os números.

“Como pode ser? Os status desse desgraçado são mais altos que os meus?” Disse Ahram enquanto se levantava com um estalar de seu tronco de árvore. Um sorriso indecifrável apareceu em seu rosto.

“Algum desgraçado como esse é melhor do que eu? Huh? Não brinque comigo! Porra! Esse cara com uma expressão podre é melhor que eu?”

Ninguém sabia o que o incomodava tanto, mas Ahram estava claramente zangado.

“Eu já estou chateado por ficar chateado por perder o pessoal, e agora alguns desgraçados estão tentando foder comigo.”

O interior podre escondido debaixo de seu bonito exterior se revelou. Ele começou a olhar todos com ódio em seus olhos antes de finalmente gritar com raiva.

“Hey! Foda-se! Não se incomode mesmo! O que vocês filhas da puta sabem? Idiotas fudidos sem valor. Vocês sabem quem é meu patrocinador? Sabem?”

Todos ou viram seus olhares ou simplesmente o ignoraram completamente.

Ahram, que estava fazendo uma birra como um bêbado, de repente estendeu a mão e agarrou o pulso de Sunghae.

“O que você está fazendo?” Exclamou Sunghae, parecendo horrorizada ao puxar o braço para fora do aperto dele. Ahram sorriu lascivamente e estendeu a mão para ela mais uma vez.

“Você sabe quem é meu patrocinador, Sunghae? Hm?”

“Que porra eu me importo com isso?”

“Ah, merda. Olha quem está falando de volta agora. Que passo para uma prostituta como você.”

“O que? O que você acabou de dizer?”

Sunghae pulou para trás em surpresa e apontou a luz do luar para ele, parecendo pronta para matar.

Ahram apontou para o seu cajado e olhou para ela zombeteiramente.

“Estou errado? Você conseguiu essa porra de cajado daquele vagabundo por uma noite.”

“Está louco?”

“Me dê uma vez. Não seja tão tímida. Eu posso conseguir algo melhor do que essa merda se eu perguntar ao meu Guia idiota, Dolorence ou alguma merda assim. Vamos!”

Ahram bateu no cajado de Sunghae com sua mão e mais uma vez segurou seu pulso.

“Me solte! Eu vou te matar!”

Sunghae lutou com todas as suas forças, mas sua força não pôde superar a de Ahram. Ahram arrastou Sunghae pelos braços para alguns arbustos mais altos, à vista de todos. Ele continuou rindo o tempo todo. Ele era como um cão enlouquecido que se libertou de sua coleira; um cão louco solto com um aterrorizante patrocinador. Mesmo os dois homens que se atribuíam como guarda-costas de Sunghae não podiam fazer nada além de vigiar com a cabeça abaixada.

“…”

Um homem se aproximou assim que Sungchul estava prestes a se mover. Foi Yungjong.

“Bêbezinho, cale a boca agora, você ouviu? Ou então seu queixo pode simplesmente voar.”

Ahram frequentemente lançou uma birra sobre cada pequena coisa, mas dessa vez, ele foi longe demais.

“O que?”

Ahram olhou com olhos cegos de raiva. Ele levantou o queixo e caminhou rapidamente até Yungjong e encontrou seu rosto.

“Abra a sua boca de novo, desgraçado. Seu fedido de…

O som de um impacto ecoou na floresta. Yungjong havia acertado um soco refrescante em seu rosto. O rosto de Ahram estava amassado quando ele caiu fazendo um grito inexplicável de agonia.

“AgeaaaAAa!”

A estranheza do grito deve ter sido causada por ter sido interrompido no meio de gritos de insultos por um soco. Ahram estremeceu como uma barata atingida por repelente enquanto tremia no chão, contorcendo-se e pegando terra.

“Ugh… Ugh…”

Todos se lembraram do velho ditado: “Uma vara é o único remédio para um cão indisciplinado” após o incidente ter sido resolvido de forma anti-climática. Ahram logo saiu da área, resmungando profanidades em voz baixa enquanto ia.

“Vocês todos vão ver. Filhas da puta. Eu vou fazer o pai esmagar todos vocês. Desgraçados… Apenas esperem. Apenas esperem…”

A mais covarde das ameaças pode ser ouvida fracamente entre as árvores.

Depois que Ahram saiu, Sungchul reuniu o grupo novamente e falou com eles.

“Eu estarei na Praça. Se houver algo que vocês queiram perguntar sobre as Missões comuns, não hesitem em vir até mim.”

Sungchul deixou os pré-seletos para trás e saiu da floresta com Yungjong. Yungjong se inclinou para ele e sussurrou.

“Uh… merda. Eu acabei explodindo. Esse foi o único desgraçado que eu não deveria ter atingido.”

Ele agiu instintivamente, mas parecia haver muito arrependimento.

“Ah… o que devo fazer? Merda… Devo me desculpar depois?”

Yungjong acabou por ser realmente um cara decente. Sua boca era suja e sua aparência era intimidadora, mas ele sempre apoiava seus amigos. Era raro encontrar uma pessoa assim dentro do Palácio da Invocação, onde o verdadeiro rosto de todos era logo revelado.

“Então por que você levantou? Eu poderia ter lidado com ele eu mesmo” respondeu Sungchul.

“Ah… mas esse desgraçado era tão arrogante. Realmente, embora… eu fiz isso, mas… phew… ”

“Está bem. Não se preocupe com isso. Você não o viu chamar seu guia de idiota? O guia provavelmente sentiu a pressão arterial disparar. Ele pode até ser grato a você.”

“C-certo? Seria ótimo se esse fosse o caso.”

Seu rosto relaxou um pouco depois de ser tranquilizado. Ele tinha estourado de raiva, e sua personalidade naturalmente ansiosa não podia ser mudada tão de repente.

“De qualquer forma, Kim Hyung. Você acha que essas crianças vão realmente fazer o que você disse? Eles são tão mimados como eles parecem.”

“Bem, é a perda deles, se não. Seu exemplo só será benéfico para eles.”

“Ok. Além disso, deixe-me provar a carne incrível que você estava falando. Eu só tenho comido esse pão inútil, e quero mastigar algo que tem sucos de carne fluindo.”

“Não estou me gabando, mas estou confiante em minhas habilidades culinárias. Eu vou grelha-la para o jantar, então não venha chorar para mim se você tiver enchido com o pão de Homúnculo.”

“Claro. Estarei esperando!”

Yungjong retornou ao centro de treinamento com o polegar levantado.

Agora que Sungchul estava sozinho novamente, ele olhou ao redor do centro da Praça um pouco. Ele estava olhando para as facções estabelecidas entre a média de Invocados.

‘Não é suficiente apenas com a minoria dos Pré-seletos. Os status de todos têm que ser aumentados em todos os sentidos.’

Sungchul olhou para o anel externo das pessoas reunidas na Praça com olhos passivos. Ele rapidamente encontrou o que estava procurando. Aquele trabalhador de escritório de meia-idade que queria reunir pessoas para formar um grupo no primeiro dia; ele havia se tornado o líder da maior facção da Praça Blanche.

Comentários