MCHHS: Capítulo 19


Capa MCHHS

Main Character Hides His Strength

Autores: Road Warrior (로드워리어)
Tradutor: Pyown

Disciplina Pura (3)

A oportunidade chegou rapidamente. Ahram, que já havia revelado sua natureza na frente de todos, tinha muito mais facilidade em caçar mulheres agora. Ele nem sequer tentou lisonjeá-las como fez antes; uma única frase cheia de zombaria foi suficiente.

“Você quer saber o segredo para se tornar um lobisomem?”

Sungchul se segurou três vezes para ter certeza absoluta. Quando o sol começou lentamente a se pôr, uma mensagem de Krill Regall chegou em seu ombro.

[A hora é agora.]

Foi uma mensagem curta. Neste momento, Krill Regall estava assistindo Dolorence Winterer deixar seu posto enquanto falava profanidades.

“O filho da puta está nisso de novo. Desgraçado nojento. Eu não posso mais olhar para essa merda imunda. Achei que o filho do capitão da Ordem dos Cavaleiros de Sangue de Ferro seria mais decente, mas não poderia estar mais errada.”

Quando ela se afastou, vários Invocadores novatos a seguiram e tentaram levantar seu humor.

“É uma luta dessas. Como você ficou presa com um cara assim…”

“Existem apenas mais duas Partidas Classificatórias! Haverá recompensas no final, não importa quão degradável possa ser.”

Palavras de mel. Ninguém ousaria dizer que Dolorence foi desprezada como uma pessoa que pisou nos fracos e se arrastou para os fortes. A razão pela qual as pessoas ainda a lisonjeavam, no entanto, era devido ao seu grande repertório de feitiços. Sem apoiadores adequados, nem sequer era possível aprender quaisquer feitiços. Encantar seus superiores era uma habilidade vital para um Mago, e foi por isso que se tornou sua segunda natureza.

“Se eu estivesse naquela praça, teria matado aquele desgraçado.”

Ela tomou um pouco de álcool enquanto estava cercada por seus lacaios. Não muito, mas o suficiente para molhar os lábios. Era algo que ela costumava fazer quando o estresse a oprimia. No entanto, ela então notou Krill Regall que estava por perto.

Um sorriso frio se formou em seus lábios quando ela perguntou: “Hey, você. O que você ainda está fazendo aqui?”

“Oh…? Eu?”

Krill congelou em estado de choque. Seu interesse repentino por ele era surpreendente, mas era a incerteza do que ela poderia fazer que o levava a temer.

“Sim. Você. Você acabou encontrando o seu pré-seleto perdido? ”

Desespero. As únicas pessoas que sabiam a verdade eram Krill e Sanggil; a notícia não havia se espalhado para os outros ainda.

“Sim. Ele foi encontrado. Ele estava bem.”

Dolorence deu um sorriso misterioso e balançou levemente a bebida ao ouvir as notícias. O líquido vermelho-sangue no copo de vinho girou ao redor.

“É isso mesmo?” Ela perguntou com seus olhos brilhando.

“Hm?”

Seus olhos parecidos com cobras capturaram Krill no lugar.

“I-isso é…”

Ela olhou para ele por um tempo antes de tomar outro gole aos lábios, depois disse com desprezo.

“Você sabe, eu sou bastante amigável para caras novas, mas eu detesto os novatos que apenas categoricamente sugam as pessoas.”

“…”

“Se você não deseja retribuir um favor, por todos os meios, você é livre para fazê-lo. Eu não vou para-lo. Mas lembre-se disso: embora seja possível isso, quando você deixar este lugar, você nunca mais cruzará com os membros de alto escalão dos Cavaleiros de Sangue e Ferro, mas se você planeja viver como um Mago, você é obrigado a esbarrar em mim mais do que algumas vezes.”

Ela fez a rota cênica desviando o assunto, mas suas exigências eram simples: tenho algo de você, agora me suborne para guardá-lo para mim. Krill podia sentir um suor frio percorrendo por sua espinha. Era como um sapo enfrentando uma cobra.

Enquanto se afastava, não pôde deixar de desejar sinceramente que ela morresse. O misterioso rosto do Pré-seleto apareceu em sua mente. Krill só sabia que o homem tinha muitas joias e uma quantidade estranha de força para um Invocado. Ele poderia pensar em muitas possibilidades em relação à razão disso, mas decidiu não se aprofundar mais. Não havia nada de bom a ganhar com essa linha de pensamento. No entanto, as ações daquele homem ainda o incomodavam.

‘Por que aquele homem pediu informações sobre Dolorence… Será que ele está tentando ferra-lá? De jeito nenhum.’

Krill se viu arrebatado por expectativas insondáveis ​​enquanto olhava para a lua escarlate no alto do céu.

“…”

Outra pessoa estava olhando para o mesmo céu; um homem com olhos brilhantes sob o cabelo despenteado. Sungchul observou calmamente a atrocidade que acontecia abaixo dele. Ahram, o lobisomem, acabou de comer a mulher que acabou de foder. Sungchul observou passivamente os olhos trêmulos da mulher perderem o foco e soltar um suspiro profundo. Ele pulou para esse degenerado feroz que havia cortado seu elo final com sua humanidade.

“Ahram Park.”

A voz baixa, mas clara, agitou a melancolia da floresta. O lobisomem, com um pedaço de carne mastigada ainda na boca, virou-se. Um olhar de surpresa passou pelo rosto manchado de sangue.

“Quem é esse?”

Ahram jogou fora o cadáver e se levantou. O cadáver devastado caiu entre Sungchul e ele. Uma criatura muscular de dois metros e meio de altura estava diante de Sungchul.

“Eu estava procurando por você. É isso que eles querem dizer quando dizem “matar dois coelhos com uma cajadada só?”

Sungchul não se incomodou com o questionamento agressivo. Em vez disso, só fez com que ele levantasse o olhar devagar e olhasse diretamente nos olhos do Lobisomem. Ahram, que se sentiu-se todo poderoso até agora, sentiu sua respiração se contrair e suas pernas se dobrarem. Seu corpo não podia se mover; Era como se ele estivesse paralisado.

‘O-o que há de errado com o meu corpo?’

No começo, ele pensou que poderia ter sido um efeito colateral de sua transformação em lobisomem, mas com o passar do tempo, ele começou a perceber a causa real; foi por puro terror. A ameaça de perigo vindo do olhar nos olhos de Sungchul fez seus instintos gritarem.

“S-seu desgraçado!”

Ahram tentou negar o terror que reverberava dentro dele e pulou em direção a Sungchul, mas então ele se viu subitamente sem controle. Ele parou apenas depois de ser cravado no chão. O homem que virou seu mundo de cabeça para baixo esmagou algo em sua mão.

‘E-eu perdi? Como isso aconteceu…?! Aquela ruiva me disse que ser lobisomem me faria o mais forte na Praça…”

A promessa de Dolorence teria sido a verdade, se não fosse por um certo mestre escondido escondendo sua força.

“…”

Sungchul olhou brevemente em volta antes de quebrar um galho grosso que estava ao alcance dele. Isso serviria como um interruptor decente. Ahram percebeu o que estava fazendo, mas já era tarde demais.

Wham! Wham! Wham! Wham!

Golpes contínuos caíam no pelo do Lobisomem, como se Sungchul estivesse tirando poeira de um tapete. O pelo de Ahram começou a se dividir quando seu sangue e carne se espalharam por toda parte. Ele gritou de dor, desejando desesperadamente que alguém o salvasse.

‘Ruiva! Me salve! Me salve! Porra! Me salve!’

No entanto, sua guardiã estava do lado de fora do seu quarto, cercada por seus lacaios, ocupados bebendo álcool.

Quando o espancamento sem sentido terminou, Ahram finalmente retornou à sua forma humana. Seu corpo estava coberto de hematomas ensanguentados que acionaram um alarme de emergência, ao qual sua guardiã não respondeu. Seus olhos, cobertos de lágrimas e ranho, refletiam a imagem do homem que segurava um grande galho. Ele finalmente chegou a entender a realidade da situação, e lamentavelmente abaixou a cabeça para tentar implorar por sua vida.

“P-por favor… Misericórdia…”

[Drop]

Sungchul deixou o graveto cair e um pouco de esperança floresceu dentro de Ahram. No entanto, suas esperanças foram completamente esmagadas pelas botas de Sungchul.

Stomp! Stomp! Stomp!

Sungchul simplesmente mudou de espancamento para pisotear. Ele deliberadamente se concentrou em pisar no rosto do homem de bruços, quebrando todos os dentes de Ahram.

“Uwuuugh!”

Ahram não aguentava mais a dor e abraçou o chão, erguendo os quadris no ar. Sungchul olhou para ele em silêncio.

Depois que ele recebeu uma breve pausa, Ahram começou a implorar por sua vida mais uma vez.

“P-por favor… eu farei qualquer coisa, por favor, poupe minha vida.”

Para o qual Sungchul apontou para a floresta. Ali estava o cadáver da mulher que Ahram acabou de matar. Por desconcertante coincidência, seus olhos desfocados apontavam para Ahram.

“O que você fez quando aquela mulher implorou pela sua vida?”

“I-isso é…!”

Sungchul se aproximou lentamente, e Ahram gritou quando um horror indescritível o encheu.

“Saia de perto de mim! E você… se você me tocar… você será morto!”

“Eu? Morto?

Sungchul sorriu.

“V-você sabe quem é meu pai? Ele é o capitão dos Cavaleiros de Sangue e Ferro. O capitão dos Cavaleiros de Sangue e Ferro!”

“O capitão dos Cavaleiros de Sangue e Ferro?”

“I-isso mesmo! Eu realmente não o conheço, mas neste mundo, eu ouvi dizer que ele é muito poderoso… Isso mesmo, um forte patrocinador! Um patrocinador! Você não vai conseguir se me matar!”

“É assim mesmo? Como você se tornou seu filho se você tivesse acabou de ser invocado para este mundo?”

“Eu não sei. Porra… Um Retornado ou algo parecido veio a mim um dia e me disse! Me disse que eu era o filho desse cara! Ele disse que se eu fosse para o Outro Mundo, eu teria dinheiro, fama e poder… Que eu conseguiria tudo que eu não conseguia na Terra!”

“Um Retornado…”

Não era algo que normalmente lhe interessava, mas sua curiosidade estava satisfeita. Ele finalmente soube como alguém como Ahram se tornou um pré-seleto.

‘Eles usaram um Retornado. Suponho que alguém como Sungtek possa conhecer vários indivíduos que se qualificam para se tornar um Retornado. Mas mesmo que o mundo esteja enfrentando o fim, como ele poderia pensar em trazer um filha da puta assim aqui?”

O capitão dos Cavaleiros de Sangue e Sangue, Sungtek Jo, teve três filhos no Outro Mundo, no entanto, como todas as outras crianças, eles morreram antes de completar dez anos de idade. Provavelmente foi o desespero que o levou a procurar Ahram, um homem que ele nem tinha certeza se era realmente seu filho, e trazê-lo para o Outro Mundo. Mas seu filho acabou por ser precário ao extremo.

Sungchul levantou o galho mais uma vez.

“P-por favor…! Você está fazendo isso por causa de Yungjong? Isso não foi culpa minha. Ele foi o primeiro…”

Ahram rastejou para longe, lastimando.

“…”

De repente, Sungchul pegou algumas videiras nas proximidades e amarrou Ahram de cabeça para baixo.

“Eu vou te dizer uma coisa. Esse é outro mundo. Nem sempre é verdade, mas é um mundo onde a força é a lei. Em um lugar como esse, é problemático se você for arrogante, não importa o quão forte você seja. Por quê? Isso porque sempre pode haver pelo menos uma ou duas pessoas mais fortes que você.”

“Eu entendo… eu entendo o que você está dizendo. Estou me arrependendo, estou falando sério!”

“E mais uma coisa. Não existe tal coisa como uma segunda chance ou misericórdia neste mundo. Um erro e acabou para você.”

O galho subiu no ar e atingiu o maxilar de Ahram antes que ele pudesse soltar um grito.

“As feras logo serão atraídas pelo cheiro do seu sangue. Seja grato que a lei da selva também aceita lixo humano como você.”

Sungchul largou o galho e sussurrou baixinho.

“Bem-vindo ao Outro Mundo.”

Assim que as palavras saíram de seus lábios, monstros menores começaram a aparecer dentro da floresta. Eles lambiam os lábios ao verem sangue fresco saindo de Ahram. Ele lutou desesperadamente em sua agonia final, mas seu destino já havia sido selado.

“…”

Sungchul saiu silenciosamente da floresta, mas antes que pudesse ir longe, uma vaga aparição apareceu diante dele, deixando-o ligeiramente surpreso.

“É raro que eu não detecte algo.”

Uma mulher apareceu em meio à escuridão. Era uma mulher cobrindo o rosto com um capuz e segurando um cajado familiar em suas mãos. Assim que Sungchul parou de se mover e silenciosamente reconheceu sua presença, ela tirou o capuz para revelar seu rosto. Um brilho brilhou em seus olhos quando ele reconheceu o rosto.

“Essa mulher.”

Eles já haviam se encontrado várias vezes. Eles haviam competido pelo monstro bônus, e ela havia parado de andar com Ahram enquanto ele estava ocupado. Essa mulher desconhecida girou em torno o seu Cajado de Lobo Espiritual e abriu a boca.

“Eu ia cuidar dele, mas parece que alguém me derrotou nisso.”

“…”

Sungchul olhou para a mulher que se aproximava em silêncio.

“Você não pode ser apenas mais um novato comum desde que você derrotou um Lobisomem sem esforço.”

Sungchul parecia estar ouvindo-a falar, mas na verdade estava usando suas habilidades para descobrir sua identidade. Não havia nada que se destacasse para ele. Mesmo o Olho da Verdade, um de seus Contratos da Alma, não podia revelar nada de especial sobre ela. Ela era uma novata Invocada que parecia ser normal, mas ela não era assim. Suas suspeitas anteriores só estavam ficando mais fortes.

“Ela deve ser uma Regressora.”

A mulher em questão suspirou.

“Uma pessoa tão séria. Ou talvez você tenha uma impressão ruim de mim.

“Qual é o seu negócio.”

Sungchul finalmente quebrou o silêncio e falou. Um breve olhar de surpresa passou pelo rosto da mulher depois dele, mas durou apenas um pouco antes de continuar a falar, os olhos firmemente fixos nele.

“Vou ser breve, para evitar mal-entendidos. Eu vi você matar aquele desgraçado pervertido e pensei que você não era uma pessoa tão má, eu também estou supondo que você pode não ser um Invocado médio também.”

Sua voz era breve, mas inteligente. Seu olhar não vacilou durante a conversa, e parecia fluido, como se estivesse lendo um roteiro.

“Você também não parece ser média”

“Correto. Eu não vou te contar nada. Mas também não esperarei nenhuma informação sua.”

A mulher misteriosa estendeu a mão para ele. Era a mão de uma mulher que começava a endurecer com calos.

“Eu sou Ahmuge. Você deve ter visto meu nome na Pedra de Registros.

A figura que havia dominado o primeiro lugar durante as Partidas Classificatórias além dos Pré-seletos; O indivíduo em questão era inesperadamente uma mulher magra.

“Eu tenho motivos para ter que deixar o Palácio da Invocação com uma boa pontuação, mas também será difícil para mim obter as recompensas especiais por mim mesma. Então, eu também quero outra pessoa qualificada para trabalhar comigo. Não algum lixo privilegiado, mas alguém com habilidade real.”

“É por isso que você salvou Jungshik?”

Ahmuge sorriu para sua pergunta afiada.

“Ele é uma pessoa talentosa. E ele também tem boa capacidade de liderança.”

“Por que você quis matar Ahram então? Ele é um lobisomem; ele teria sido um forte acréscimo à sua força de combate.”

Ela balançou a cabeça com firmeza.

“Esse homem é incapaz de beneficiar um grupo. Pode haver algo a ser ganho com ele, mas muito mais a perder. Se você não agisse, eu o teria matado.”

Ouvindo essas palavras, Sungchul sorriu. Eles chegaram à mesma conclusão. Sungchul matou Ahram não só devido a seus atos desprezíveis, mas também porque ele estava provando ser nada além de um obstáculo para alcançar seus objetivos. Nem uma vez Sungchul se desviou ou esqueceu seu objetivo desde que chegou ao Palácio da Invocação.

“Ok. Eu vou cooperar, mas tenho uma condição.” respondeu Sungchul.

“Por favor, não escolha nada muito estranho” disse Ahmuge com um sorriso.

“Não se preocupe. O mesmo. Em vez disso, desejo obter informações sobre missões ocultas. Especialmente aquelas que aumentam o poder da magia.”

“Poder mágico… Okay. Eu posso te ensinar uma.”

Ahmuge estendeu a mão mais uma vez e segurou a dele.

“Qual é o seu nome?”

“É Sungchul Kim.”

“Sungchul Kim…?!”

Sua voz e seu rosto mudaram repentinamente.

“Existe algum problema?”

Ela olhou diretamente para o rosto dele antes de sacudir a cabeça.

“Não, nada em particular.”

“Bom, então vamos sair daqui. Haverá alguns convidados chegando aqui em breve.”

Quando as feras que rastejaram para fora da floresta começaram a festa no cadáver invertido de Ahram que pendia de uma árvore, Sungchul e Ahmuge silenciosamente deixaram a cena do crime. Dolorence chegou ao local apenas depois de uma quantidade considerável de tempo ter passado. Depois de massacrar as feras com sua Magia, ela ficou diante do cadáver mutilado de Ahram com uma expressão distorcida.

“I-isso… porra…!”

Ela começou a gritar como uma banshee meio enlouquecida enquanto puxava seu cabelo. As várias criaturas da floresta não podiam se aproximar da aura frenética de uma Maga furiosa. Algum tempo se passou antes que ela mais uma vez olhasse para o cadáver gelado de Ahram. Havia um lugar que permaneceu um pouco intacto; a cara dele.

Dolores, que notou esse fato, sentiu seu cérebro se afastar como um relógio, quando um plano maligno começou a se formar em sua cabeça.

“Eu não posso deixar acabar assim. Não depois de tudo que fiz para chegar a essa posição. Depois de toda a humilhação que tive que suportar…”

Um sorriso enlouquecido inquietante tomou forma em seus lábios.

.

Foi uma manhã normal. Os Invocados saudaram outro dia enquanto comiam suas refeições ou treinavam enquanto o sol visto subindo acima do horizonte rapidamente dissipava o nevoeiro.

Sungchul trabalhou em missões comuns para aumentar seu poder mágico e intuição, e então retornou ao acampamento de Pré-seletos para ter uma refeição. No entanto, havia algo incomum acontecendo dentro do campo.

“Por que esse cara está assim?”

“Não se aproximem… a condição dele não parece tão boa.”

Vários Pré-seletos estavam com medo ou aborrecidos enquanto olhavam para uma certa pessoa à distância.

Sungchul atravessou a multidão para ver quem era a pessoa.

“…”

Uma leve ruga de expressão se formou em sua testa.

“Uuuhhhh…”

Era o cadáver de Ahram.

“Uuuuhhh… !!”

Seu cadáver, com um capuz cobrindo tudo, exceto o rosto, sentou-se enquanto tremia de um lado para o outro como um homem enlouquecido.

‘Eles o transformaram nesse boneco sem cérebro com necromancia. E uma incrivelmente poderosa Magia de Preservação foi usada para impedir sua decadência.’

Ele sentiu um mau pressentimento, e um mau pressentimento teve uma maneira estranha de estar certo.

Krill Regall enviou uma carta urgentemente com a seguinte mensagem.

[Dolorence Winterer finalmente enlouqueceu! Ela está planejando matar todos na Praça Blanche!]


Comentários