MCHHS: Capítulo 49


Capa MCHHS

Main Character Hides His Strength

Autores: Road Warrior (로드워리어)
Tradutor: Pyown

Percevejo (2)

Magos geralmente preferiam e foram treinados para lutar batalhas unilaterais que poderiam ser tratadas com elegância, sem risco de se ferirem. Combate de visão, julgamento rápido, a guerra psicológica, a flexibilidade para responder a situações em desenvolvimento, reflexos rápidos. Essas categorias de combate suadas e cruas foram amplamente ignoradas. No entanto, dentro da Escola de Cosmomancia, ou pelo menos o Observatório dirigido por Altugius, havia uma atmosfera diferente.

As Estrelas da Cosmomancia, ou pinball como eram mais comumente chamadas, eram mais um treinamento físico que enfatizava os reflexos rápidos e a capacidade de lidar com circunstâncias estranhas, ao invés de ser um treinamento de Magia real. Sungchul ficou mais seguro de sua suposição enquanto se aproximava do terceiro nível da Estrela da Cosmomancia. As estrelas escuras não ficaram mais ao seu arredor. Elas ou se apressaram de forma imprudente ou o atacaram discretamente, e elas incessantemente e ferozmente o levaram para um canto.

As Estrelas da Cosmomancia testaram mais do que apenas respostas rápidas e reflexos; uma determinada estrela foi projetada para ser muito rápida e irregular para ser atingida.

Sungchul ficou inicialmente perplexo, mas descobriu que essa estrela também tinha um padrão complexo projetado para disfarçar sua natureza repetitiva. Usando fogo supressivo, Sungchul foi capaz de empurrar seus movimentos até seus limites e conseguiu obter um ponto sem muita dificuldade.

“Eu não posso acreditar nisso enquanto assisto.”

Toda vez que Sungchul alcançava a vitória, a respiração de Altugius ficava cada vez mais áspera. Seus olhos não viram um amador recentemente saído do Palácio da Invocação, mas sim a perícia de um mestre aprimorada por dezenas de anos de lutas.

“Ele é um gênio… ou ele é um espadachim bem treinado?”

Os status de Sungchul eram pouco adequados para um aprendiz de Mago, e seus movimentos estranhos poderiam ser mais associados à experiência do que a status. Quando a calma finalmente se instalou no Observatório, Altugius sabia instintivamente que o homem de origem desconhecida seria a primeira figura a romper as Estrelas da Cosmomancia em um único dia desde a concepção do ramo da Airfruit da Escola de Cosmomancia.

Sungchul olhou preguiçosamente para as recompensas que apareceram diante dele enquanto abria a janela de status.


[Status]

Força 999+ Destreza 853

Vitalidade 801 Poder Mágico 151

Intuição 131 Resistência Mágica 621

Resiliência 502 Carisma 18

Sorte 18


Ainda era uma quantia insatisfatória, mas para outras pessoas, seu crescimento poderia ser considerado nada menos do que milagroso. Altugius pensou nas mesmas linhas.

‘Esse homem é um monstro?’

O “monstro” aproximou-se de Altugius e empurrou a caixa contendo as orbes de volta para sua posse.

“Agora que eu passei nos testes como você pediu, você vai me passar o Segredo?”

“V-você ainda tem que completar todos os julgamentos!”

Para ser exato, ele ainda não estava preparado. Seu coração não estava preparado para aceitar esse resultado surpreendente. Altugius perdoou-se com desculpas absurdas como uma criança fazendo beicinho e o afastou por um momento.

“Volte por agora. Eu tenho alguns pensamentos para fazer!”

Sungchul olhou para Altugius passivamente e assentiu.

“Entendido. Eu voltarei amanhã.”

Ele havia passado o julgamento de uma só vez, mas foi um teste que consumiu quantidades significativas de mana. Sungchul sentiu que estava se aproximando rapidamente do limiar de usar o Poder Mágico sobre o qual Bertelgia falou. Foi por isso que ele obedientemente seguiu o pedido de Altugius.

“Mas quando eu voltar amanhã, seu coração estará melhor preparado para o que precisa acontecer.”

Depois que Sungchul saiu do Observatório, Altugius sentiu uma pesada fadiga nos ombros envelhecidos. Muitas coisas aconteceram ao mesmo tempo. Só o tempo era o remédio para acalmar a turbulência da mente, mas a realidade não lhe dava a oportunidade.

Knock! Knock! Knock!

Alguém bateu na porta do Observatório.

“Quem é?”

Quando Altugius perguntou, uma voz fria e sem emoção respondeu do outro lado da porta.

“Eu trouxe o item enviado pelo Inquisidor da Heresia.”

“Deixe na frente.”

Quando os passos se desvaneceram, Altugius arrastou o corpo velho e ao mesmo tempo arejado para a porta; um grande saco cheio de moedas de ouro tinha sido deixado lá. Altugius soltou um suspiro e colocou em seu próprio Armazenamento da Alma. Ele olhou para a vista panorâmica da escola sob o penhasco da montanha enquanto ele guardava o saco. A visão que se abria sob seus pés não era muito diferente da visão que ele tinha visto quando entrou pela primeira vez no Observatório como o Professor de Cosmomancia, mas ele sabia melhor do que ninguém que a escola tinha começado a seguir o caminho sem retorno.

O rosto de uma certa pessoa apareceu claramente em sua mente enquanto ele olhava para o cenário desbotado. O homem, com uma barba impressionante que ficou parcialmente cinza, tinha um temperamento ameno, mas liderara o corpo docente com sua voz poderosa e personalidade forte. O mundo se lembraria dele como o Grande Magnus, o diretor final de Airfruit. Altugius recordou as conversas finais que teve com o homem que foi amigo durante a maior parte de sua vida. O homem disse a ele:

“O mundo é um mar e somos apenas jangadas flutuando sobre ele. As jangadas podem navegar pelo mar, mas não podem afetar o mar de maneira alguma. Nós só podemos reconhecer o fluxo do mundo. Isso é tudo.”

Não era amplamente conhecido, mas o Grande Magnus era um Seguidor da Calamidade. Ele procurou deixar para trás conquistas como Seguidor da Calamidade, mas ele havia morrido pelas mãos de Altugius. Altugius acreditava que sua decisão estava correta na época, mas depois desses três anos, sua decisão estava oscilando.

“Se ao menos eu tivesse morrido pelas mãos daquele desgraçado naquele momento…”

Sungchul estava a caminho da Casa das Recordações.

Growl…

Talvez tenha sido devido à quantidade de concentração gasta nos testes; ele se sentia com muita fome. Era sua política sempre comer algo delicioso quando ele estava com fome. Ele gastaria um pouco do seu próprio esforço para preparar a comida quando estivesse no meio do nada, mas uma obrigação para os gourmets é a exploração de restaurantes escondidos. Ele começou a percorrer sua memória para procurar as joias escondidas dentro da Cidade Dourada, mas a junta de comida de suas memórias tinha se tornado um escritório da Sociedade que ele nunca tinha ouvido falar.

“Hey, Sr. Invocado! O que você está fazendo aqui? Você talvez esteja aqui para se candidatar a nossa Guilda?”

O homem que estava de guarda na frente da Guilda com uma mordida chamou Sungchul.

“… eu não tenho negócios aqui.”

Sungchul o ignorou e seguiu para o próximo local, mas quando ele caminhou pela rua principal, um rosto familiar apareceu. Foi Philrus, o professor de alquimia e seus discípulos.

“Merda! Lixo descoberto!”

Bertelgia espiou do bolso e balançou levemente o corpo. Basil logo descobriu Sungchul. De repente, ele pareceu bastante amável e começou a falar com Sungchul.

“Hey. Olhem quem é? Se não é meu melhor aluno!”

Sungchul olhou com uma expressão indiferente. Era porque ele não conseguia se lembrar de alguma vez se tornar discípulo daquele homem.

Basil riu sem jeito, coçando a cabeça e abriu a boca mais uma vez.

“Ahaha! Cara, não é um pouco quente por aqui?”

“Se você me der licença.”

Sungchul espremeu Basil e seus alunos. Sua visão de Sungchul havia mudado em comparação ao dia em que o conheceram na tenda decadente. Seus olhos estavam agora cheios de inveja, ganância, ciúme e coisas do tipo. Sungchul não fechou os olhos para nenhum deles e passou depressa. Foi nesse momento que Basil seguiu em passos rápidos e iniciou outra conversa com muito carinho.

“Onde você está indo?”

“Comer.”

“Se for esse o caso, por que não se junta a nós? Você faz parte da Escola de Alquimia, afinal de contas.”

“…”

Quando Sungchul ficou em silêncio, Basil cuidadosamente olhou para ele e perguntou.

“O que há de errado? Talvez você não queira comer com a gente…”

“Eu sou muito exigente com comida. Eu não quero ir a algum lugar que não seja a par.”

Quando ouviu isso, Basil deu um sorriso satisfeito e puxou Sungchul para perto.

“Então isso é ótimo. Estamos planejando ir a algum lugar com um ótimo chef!”

“É assim mesmo?”

O coração congelado de Sungchul se derreteu ligeiramente. Independentemente de tudo, Basil era alguém que residia na Cidade Dourada por um bom tempo. Pode ser mais rápido para ele confiar no homem por boa comida. Sungchul concordou agradavelmente com tais pensamentos.

“Ok. Eu vou confiar em você desta vez.”

“Você ficará feliz que tenha me escutado.”

Os olhos de Basil estavam cheios de confiança como sempre foram. Depois de um tempo…

[A pontuação dessa comida é… 18!]

Como alguém da classe chef, Sungchul podia ver a quantidade de pontos no prato que ele provou.

“Mmm…”

Ele esperava que a pontuação fosse um pouco baixa, já que a carteira de Basil estava apertada e ele pediu a comida mais barata com a maior quantidade, mas essa não era a única razão. Não importava quão barata fosse a comida, havia um padrão que devia ser mantido. Ele deu outra mordida.

[A pontuação dessa comida é… 17!]

“…”

Um lampejo de raiva vazou no rosto de Sungchul. Foi um pouco de raiva que foi mantida sob controle, mesmo durante a enxurrada de insultos de Leonard.

“Isso não é para consumo humano.”

O que foi colocado na frente de Sungchul foi uma sopa feita principalmente de intestino de porco e batatas que tinham sido aromatizadas com especiarias suficientes para entorpecer a língua.

“Sua preparação foi meia-boca. Eles nem se incomodaram em remover os odores indesejáveis ​​do intestino. O chef só se preocupou em suprimir o cheiro repugnante com especiarias fortes, e ele fracassou completamente ao menos isso.”

Os outros pratos eram os mesmos. Eles estavam decorados para parecer decentes, mas o sabor dependia inteiramente de temperos fortes.

“Não há narcóticos usados ​​aqui, mas há algumas substâncias viciantes para dar sabor que são bem parecidas.”

Sungchul conseguiu desvendar todos os segredos por trás do restaurante em apenas duas mordidas. Isso não era algo que ele ousaria chamar de comida. Faltava qualquer tipo de dedicação ou consideração por aqueles que a comiam. Era apenas um prato feito para ser vendido em grandes quantidades para obter lucro. Apesar de tudo isso, o restaurante estava lotado. Se isso foi devido ao povo da Cidade Dourada ter gosto ruim, ou o prato provocante servindo ao seu propósito, ficou claro que o restaurante estava prosperando.

“A comida não é do seu gosto? O prato do maior restaurante da Cidade Dourada?

Perguntou Basil, depois de devorar a comida com gula quando percebeu que Sungchul deixou seu prato praticamente intocado. Sungchul assentiu, desculpou-se em silêncio e levantou-se do assento.

“Onde você vai?”

“Tomar um pouco de ar.”

Sungchul seguiu a rua em volta do restaurante para espiar a cozinha. Ele testemunhou uma cena traumática dentro. Os olhos de Sungchul se arregalaram em choque.

“Agora Agora! Precisamos fazer rapidamente a forragem para os humanos!”

“Apenas retire um pouco do cocô dentro dos intestinos de porco e lave-o uma ou duas vezes! Os gostos das pessoas desta cidade já se ajustaram ao gosto da merda de porco!”

Foram os Homúnculos que estavam lidando com a comida. Eles estavam fingindo ser chefs, indo tão longe quanto vestindo chapéus de chef, e estavam seguindo as instruções de outro Homúnculo que estava dando ordens e preparando a refeição. O verdadeiro chef do restaurante recebeu a comida preparada por esses Homúnculos e criou os pratos com um total de especiarias suficientes para paralisar o paladar antes de colocá-lo para os clientes.

“Eles estão encontrando sabor em comida embebida em água de porco! Humanos imundos!”

Um dos Homúnculos gritou enquanto encharcava legumes na água usada para lavar os intestinos. O outro Homúnculo se preocupou em limpar os recipientes empilhados ao lado, mas a expressão de raiva de Sungchul não relaxou.

“Mmmm…”

Ele só desperdiçou seu apetite.

“Eu deveria ter acabado fazendo a comida para comer.”

Sungchul decidiu firmemente despedir-se de Basil e voltou ao restaurante, mas um grupo de magos vestindo roupas familiares estava em frente à entrada do restaurante. Seus uniformes estavam tingidos de azul. Eles eram os Magos da Escola de Criomancia.

“Iya. Faz tanto tempo desde que comemos aqui.”

“Meus intestinos estão ficando selvagens. Vamos desfrutar de uma refeição adequada.”

Os Criomantes pareciam muito animados. Eles estavam lambendo os lábios quando entraram no restaurante e sorriram quando o aroma de especiarias dentro do restaurante entrou em seu nariz. Aquele que parecia o mais velho entre eles falou com o gerente.

Sungchul deu um passo para trás e observou-os conversar.

“Somos dez aqui. Você tem espaço?”

O gerente empalideceu com a pergunta.

“U… hum. Como vocês podem ver, é uma casa cheia.”

O Criomante parecia descontente quando olhou para o gerente e olhou em volta do restaurante. O homem finalmente sorriu e olhou para o gerente.

“Olha, há espaço ali.”

Seu dedo apontou para um canto do restaurante onde um grupo de estudantes estava comendo a refeição mais barata com vigor guloso. Foi a Escola de Alquimia.

“Mas, caro cliente, esses clientes ainda não terminaram as refeições…”

“Eu mesmo falarei com eles, então prepare a comida. Traga a refeição mais cara com a bebida mais cara. O dinheiro está aqui.”

O homem sorriu quando entregou uma moeda de ouro brilhante ao gerente. Os olhos de Sungchul brilharam com uma luz estranha quando ele viu a moeda de ouro.

“É a moeda de ouro não marcada.”

Parecia que Robert já havia começado a circular as moedas de ouro que recebeu de Sungchul para seus subordinados. Isso significava que a batalha entre os que mataram Christian e os Seguidores da Calamidade começaria a sério. Sungchul tinha planejado dar um passo para trás e observar silenciosamente os dois lutarem, e quando chegasse o momento oportuno…

Como Sungchul estava fazendo planos para o futuro em sua mente, uma multidão de estudantes parecendo bastante irritados foram em sua direção. Era o professor de Alquimia e seus alunos que estavam comendo animadamente pouco antes de perderem o lugar.

“Aqueles filhas da puta… Nem mesmo os cães são incomodados durante uma refeição.”

“Eu quero sair da Escola de Alquimia”.

Sungchul olhou para Basil e seus alunos, que tiveram que deixar o lugar com os ombros caídos, como idiotas, e abriu a boca como se estivesse esperando por eles.

“Obrigado pela refeição.”

A comida era atroz, mas mais do que isso, ele conseguiu obter informações significativas. Ele sempre podia comer mais comida nos dormitórios, mas a informação não era tão fácil de encontrar.

Sungchul retornou aos dormitórios com um coração leve, quando sentiu uma aura incomum se infiltrando no dormitório.

‘Um selo de som ?!’

O selo frequentemente usado pelos Assassinos havia sido lançado em todo o dormitório.

Ao mesmo tempo, uma sombra escura estava se aproximando de Altugius também.

‘O selo de vigilância sobre a Casa das Recordações foi cortado ?! Sarasa está em perigo?’

Altugius apressadamente arrastou seu corpo envelhecido de seu assento e tirou o cajado do seu Armazenamento da Alma. Quando ele balançou o cajado, a formação mágica do elevador esculpida no exterior do Observatório se iluminou quando foi ativada. Ele correu para entrar no elevador.

Mas antes que ele tivesse conseguido dar alguns passos, uma luz fria brilhou diante de seus olhos. Altugius desviou reflexivamente a luz com Brilho.

Clunk

Uma espada que havia sido parcialmente queimada rolou no chão. A expressão de Altugius mudou. De repente, ele estava olhando para o atacante de roupas escuras que estava em seu caminho.

“Para onde você está indo, Altugius?”

Ele tinha ouvido a voz do homem por trás da máscara felina antes. Kaz Almeira. O desgraçado tinha procurado este lugar mais uma vez.

Comentários