MCHHS: Capítulo 86


Capa MCHHS

Main Character Hides His Strength

Autores: Road Warrior (로드워리어)
Tradutor: Pyown

Tomo do Alto Demônio (3)

A raça que primeiro despertou seu potencial mágico foi os Demônios. Os Demônios tinham uma afinidade com a magia que lhes permitia entendê-la melhor e possuíam maior talento para ela. A obsessão pela magia acabou por fazê-los cair, mas o conhecimento mágico e os feitiços poderosos tinham sido alvo de admiração e adoração entre os Demônios. Eles tinham praticamente desaparecido agora, mas houve um tempo em que havia muitos adoradores dos demônios. O objetivo desses adoradores dos demônios era acabar com suas formas humanas humildes e selvagens para se tornarem demônios. O Tomo do Alto Demônio registrou os segredos de tais adoradores dos demônios.

“… Existe uma missão do Demônio registrada dentro.”

Eles não podiam mais esconder, e não havia sentido em esconder. Elijah revelou tudo o que sabia diante do Inimigo do Mundo.

“O livro age como um guia para a cidade dos adoradores dos demônios escondida dentro da entrada do Reino Demônio, e quando o livro é aberto no Altar dos Dez Mil Demônios, a pessoa que uma vez foi humana receberá uma missão do Demônio Supremo.”

“Não é uma missão honrada. Você realmente tem que passar por isso?”

Sungchul perguntou em uma voz calma.

“Eu quero a minha vingança, mesmo que tenha que usar o poder dos demônios. Ele levou a mãe à morte e tentou nos matar também.”

Um fogo frio de vingança ardeu nos olhos de Elijah. Sungchul podia sentir a verdade dentro dele.

“…Me siga.”

Sungchul liderou o caminho. Ele seguiu os passos daqueles que fugiram para o sul. Os irmãos que ficaram confusos com as ações inesperadas do Inimigo do Mundo simplesmente o seguiram. Eles logo encontraram um único corpo humano despedaçado. Foi um dos cruzados da salvação. Aqueles que haviam deixado a proteção de Sungchul foram imediatamente submetidos à emboscada dos demônios e encontraram fins miseráveis ​​como presas.

“Lucas…”

Sophia reconheceu o cadáver e tremeu levemente.

“Você o conhece?”

Sungchul olhou para a massa de cabelo e carne sangrenta no chão e perguntou.

“… Ele era um amigo de infância. Mesmo que ele tenha nos traído no final.”

Sungchul continuou em frente. Eles logo encontraram outro cadáver. Não apenas um, mas dois deles. Essas pessoas haviam sido encontradas por um Demônio perverso que possuía cem dentes, e eles morreram como se fossem seus brinquedos de morder. Sungchul olhou insensivelmente para o demônio que havia cortado os cadáveres e agora tentava juntá-los com diferentes combinações.

Os irmãos fizeram uma careta ao vê-los.

“Gil, Jinte…”

Esses membros também eram amigos a muito tempo deles. Eles também haviam traído os irmãos, mas suas mortes lamentáveis ​​ainda deixaram um grande choque no coração dos irmãos Breggas. O Demônio com cem dentes descobriu novos humanos para brincar; Ele jogou de lado os cadáveres com os quais ele esteve brincando e lhe mostrou os horrendos dentes.

“Kiii! Kiii! Kiii!”

No entanto, as coisas não correram como o demônio havia planejado.

Wham!

O punho de Sungchul encontrou o rosto do demônio e todos os seus cem dentes se quebraram quando saíram de sua boca, levados por uma corrente de sangue. Sungchul pegou um dos incontáveis ​​dentes afiados no chão e o espetou no enorme olho do Demônio.

“Kiiiiii!”

Ele então puxou os braços do Demônio completamente e jogou o Demônio gritando em uma direção aleatória. Os Presságios da Calamidade começaram a se reunir acima da cabeça do Demônio que agora se arrastava pelo chão.

“…”

Sungchul, que cuidou do Demônio, começou a andar de novo sem falar. Os irmãos Breggas só podiam observar com os olhos arregalados as costas daquele homem com força divina e seguir adiante. Enquanto caminhavam, um pensamento repentino atravessou a mente de Elijah.

‘Será que só conseguimos chegar até aqui… porque esse homem estava por perto?’

Seu palpite estava certo. Foi por essa razão que Sungchul não perseguiu os desertores imediatamente. Deixar o véu de proteção que Sungchul fornecia no Reino Demônio, que resultava o inferno neste mundo, significava que esses desertores simplesmente retornariam ao degrau mais baixo da cadeia alimentar.

Sungchul e os irmãos Breggas continuaram a descobrir mais cadáveres. Todos haviam encontrado mortes lastimáveis ​​e terríveis. Eles haviam encontrado um único sobrevivente, mas ele estava em um estado pior que a morte

“M-me mate…”

O homem implorou pela morte como ele tinha sido injetado com os ovos de um inseto gigante, e as larvas do inseto agora estavam comendo ele de dentro para fora.

Wham!

O martelo de Sungchul quebrou imediatamente o crânio do homem. Um parasita tão grande quanto um dedo mostrou suas presas enquanto se contorcia dentro do crânio.

“Uwek…”

Bertelgia que estava dentro do bolso de Sungchul começou a se contorcer.

“…”

Sungchul deixou o cadáver e seguiu em frente.

“Há dois restando.”

Não demorou muito para encontrar os dois finais. Um homem e uma mulher. Eles estavam vivos, mas mal. Um demônio de pele clara usando um colar feito de membros pairava perto deles como se fosse uma nuvem. O Demônio riu metodicamente enquanto descia criando trovões e relâmpagos ao redor dele. Um choque elétrico aterrorizante os atingiu. Sungchul imediatamente esmagou o crânio do Demônio com seu martelo, mas foi só depois que os dois já haviam sido gravemente feridos.

“Uuugggh.”

Um deles morreu imediatamente. O homem com longas costeletas soltou um grito de dor quando olhou para nada em particular com sua visão rapidamente desaparecendo. Elijah e Sophia correram apressadamente para o lado dele.

“Kruut!”

Elias apoiou e depois o abraçou. Os olhos do homem já haviam perdido a visão neste momento.

“Elijah. É você?”

“Sim. S-sou eu.”

“Eu sinto muito. Eu realmente sinto muito.”

O homem morreu depois de deixar para trás essas palavras. Um pesado silêncio logo se seguiu. Sungchul recuperou o Tomo do Alto Demônio do cadáver da mulher morta dentro desse silêncio. Quando ele segurou o tomo em sua mão, uma linha fraca apareceu em sua visão. Era um fraco raio de luz que seria facilmente perdido sem focar. A luz se estendia para o sul.

Sungchul entregou o tomo a Elijah.

“Pegue.”

“…”

Elijah teve uma expressão hesitante antes de receber o tomo.

‘Esse cara… quais são as suas intenções?’

Ele não conseguia entender o coração de Sungchul. Os motivos e objetivos do homem estavam todos velados em mistério.

Sungchul notou o caos passando pelos olhos de Elijah e falou seu comando.

“Siga em frente. Para a missão do Demônio.”

Elijah finalmente entendeu um pouco do que Sungchul queria. Ele assentiu e levou o homem até o local onde a missão do Demônio os esperava. A curiosidade surgiu nos olhos de Sungchul.

“Há algo nessa região nebulosa…”

O Mar Nebuloso foi um dos lugares que Sungchul recordou dos seus dias quando vagou pelo reino dos demônios. A área não tinha nada de especial. Havia poças de lama espalhadas pelo chão, com monstros parecendo cadáveres afogados esperando para arrastar as vítimas para as poças. No entanto, Sungchul tinha o Tomo do Alto Demônio agora. O raio de luz que se estendia do Tomo do Alto Demônio agia como um guia que os conduziu através do Mar Nebuloso, onde a visão estava completamente obstruída.

Crunch!

Na hora em que Sungchul esmagou o décimo monstro com a sola de suas botas militares, a névoa irritante começou a se dissipar. Sungchul e os irmãos Breggas puderam ver torres que pareciam perfurar o céu quando saíram do nevoeiro.

Havia oito torres no total. As passagens precárias amarradas como teias de aranha entre as oito torres eram vertiginosas aos olhos. Sungchul deu outro passo à frente enquanto olhava para as torres.

Então havia lugares como este no Reino Demônio.

Sungchul descobriu uma figura no fundo de uma torre. Surpreendentemente, era um humano. Seu corpo estava distorcido e desfigurado por horrendas torturas e modificações corporais, mas Sungchul podia facilmente reconhecer que a criatura que carregava um saco de pano era um humano. Ele olhou de volta para Elijah.

“Onde é isso?”

Sungchul pensou que Elijah, que segurava o Tomo do Alto Demônio, saberia de alguma coisa. Ele estava destinado a receber informações adicionais da pessoa que lhe deu o livro. Alguma informação sobre esta cidade no Reino Demônio que Sungchul nunca tinha visto antes, e ele adivinhou corretamente.

“Este lugar… é uma cidade de humanos.”

Elijah respondeu honestamente, e a curiosidade aumentou nos olhos de Sungchul mais uma vez.

“Existe uma cidade humana no meio do Reino Demônio?”

“Está certo. É uma cidade daqueles que desejam escapar do seu destino mortal. Um local de reunião daqueles que desejam se tornar demônios.”

“Você está dizendo que esta é uma cidade de adoradores dos demônios?”

Os olhos de Elijah ficaram escuros antes dele acenar para a pergunta de Sungchul.

“Então, um lugar como esse existia.”

Não havia muitas pessoas entre os humanos que sabiam mais do que Sungchul sobre o Reino Demônio. No mínimo, entre os humanos do Oriente. No entanto, Elijah Breggas… não, a pessoa que lhe entregou o livro sabia da existência desta cidade. Essa não era uma pessoa comum. Sungchul se virou para Elijah.

“Quem te deu esse livro?”

Foi uma pergunta que teve que ser feita em um determinado momento. Sungchul sentiu que aquele momento estava se aproximando e finalmente chegou.

Elijah também sabia que Sungchul faria essa pergunta em algum momento. Depois de organizar seus pensamentos em sua cabeça, ele fez uma resposta completa e calma.

“Deixe-me primeiro começar por pedir sua clemência. Minha irmã e eu sabemos muito pouco. É porque ela apareceu diante de nós do nada. Também não sabemos se a identidade que essa pessoa nos revelou é verdadeira ou não.”

Não foi uma resposta satisfatória. O braço de Sungchul se contraiu levemente, mas para Elijah, esse movimento pareceu irracionalmente grande. Ele engoliu em seco e continuou a falar novamente.

“Ela deu o nome de um dos sete heróis.”

“Sete heróis?”

Os lábios de Sungchul que estavam bem fechados se soltaram. Elijah imediatamente seguiu a questão.

“Sim. A mulher se chamava Vestiare.”

Vestiare. Um dos Sete Heróis, e aquela que entregou a Sungchul sua classe de Mago de Eco. A mão de Sungchul se ergueu. Foi um sinal para o silêncio. Ele então se virou para olhar para Sophia. A figura de Sophia tremia ligeiramente, mas seus olhos dignos encontraram os de Sungchul.

“Você também viu essa mulher?”

Sophia vasculhou em suas memórias ao ouvir sua pergunta.

“Era uma alta elfa loira.”

Os olhos de Sungchul se iluminaram.

“Ela tinha pele pálida como um fantasma. O suficiente para poder ver suas veias. Ela também tinha uma voz serena como se fosse de um sonho.”

A lembrança de Vestiare de Sophia correspondia aproximadamente à dele. Não parecia mentira. Sungchul imediatamente caiu em pensamentos.

“A calamidade do Rei Demônio não terminou, mas os sete heróis já estão ativos?”

As palavras dos irmãos Breggas não podiam ser confiadas 100%, mas a maior parte do que disseram parecia ser verdadeiro. Sungchul olhou para as torres dos adoradores dos demônios com suspeita.

‘Não há como negar que algo está acontecendo abaixo da superfície.’

Ele rapidamente concluiu seus pensamentos.

Agora, uma porta firmemente fechada estava diante deles. Era uma porta de aço maciça que não parecia que abriria ao ser empurrada com força humana. Mas se abriu com um som estrondoso quando a mão de Sungchul, instilada com força divina, entrou em ação.

“Me siga.”

Sungchul entrou na torre vazando com a luz sinistra transbordante.

Comentários