MCHHS: Capítulo 93


Capa MCHHS

Main Character Hides His Strength

Autores: Road Warrior (로드워리어)
Tradutor: Pyown

O Abandonado (4)

Sungchul dirigiu-se para o alto da torre azul e ninguém se atreveu a atravessar o seu caminho. A batalha de Elijah e do Alto Demônio da torre azul esperava por ele no último andar. No momento em que ele chegou, a conclusão já havia sido traçada. O Alto Demônio com a cabeça de uma mosca parecia estar ileso enquanto Elijah Breggas estava cansado e na defensiva. Havia uma mármore preta rolando a seus pés.

“Independentemente dos seus esquemas, você não pode vencer com seu nível de força.”

O Alto Demônio que estava voando no ar pousou na frente de Elijah. Ele estava perto o suficiente para que Elijah pudesse alcançá-lo e tocá-lo, mas Elijah não pôde responder. Não havia força suficiente em seu corpo para levantar um dedo.

‘Merda. É porque eu só consegui encontrar uma única mármore? Eu deveria ter escutado o desgraçado e reunido pelo menos 3.’

As informações sobre as mármores que selam a força dos Altos Demônios se revelaram verdadeiras. Ela agia como uma esponja para as quantidades opressivas de poder mágico que sustentavam seus corpos, mas não era o suficiente apenas uma única mármore.

O homem distorcido recomendou a Elijah que esperasse até reunir pelo menos três mármores, mas a notícia da morte da Trupe do Demônio Supremo espalhou o pânico entre os moradores das torres. Elijah sentiu como se estivesse ficando sem tempo, e assim ele desafiou o Demônio Supremo antes de estar pronto. Como resultado, ele foi derrotado. Elijah que estava sem Mana e energia não podia fazer nada além de assistir o Demônio se aproximar dele.

Foi nesse momento que a porta maciça da sala do Demônio Supremo se abriu, e a atmosfera da sala mudou instantaneamente. Aquele que entrou na sala não era outro senão o Inimigo do Mundo.

“…”

Sungchul olhou ao redor com desinteresse e caminhou até a direção deles enquanto Sophia e Bertelgia seguiam atrás dele. Sophia reconheceu Elijah e gritou:

“Irmão!”

O Demônio Supremo que estava se preparando para dar o golpe final inconscientemente recuou. Ele podia sentir uma terrível hostilidade e espírito de luta irradiando do corpo de Sungchul que ele não havia sentido antes.

“Poderia ser … Foi ele quem matou o Alto Demônio da Trupe junto com os outros Altos Demônios?”

Se fosse esse o caso, não importava o que acontecesse com o patético homem em pé diante dele. O Alto Demônio olhou para Sungchul e disse:

“Por que você voltou a este lugar?”

Sungchul não respondeu. Ele deu um passo para trás e simplesmente cruzou os braços ao observar Elijah e o Alto Demônio. Era um sinal não dito que significava que ele não tinha intenção de interferir.

O astuto Demônio Supremo entendeu a intenção de Sungchul e voltou sua horrenda cabeça voadora para Elijah. Não era possível saber se o Alto Demônio estava sorrindo ou não, mas ele estava definitivamente rindo.

“Kekeke… Você foi abandonado?”

“…”

O rosto de Elijah se distorceu. Ele não tinha nada a dizer. Estritamente falando, não foi ele que foi abandonado, mas sim quem os abandonou.

O Demônio Supremo deu outro passo mais perto. Entre as vestes extravagantes que lembram as roupas de um juiz, a mão mutilada de um cadáver disparou. Segurava uma grande colher na mão.

“Eu vou chupar seu cérebro enquanto você esta vivo!”

Elijah tirou sua lâmina e enfrentou o Alto Demônio, mas a conclusão era bastante óbvia. Ele não duraria muito mais tempo. Sophia, que notou Elijah lutando por sua vida, soltou um grito curto e rapidamente se aproximou de Sungchul.

“Eu imploro a você. Por favor, salve meu irmão.”

Foi a primeira vez que ela baixou a cabeça para ele.

“…”

No entanto, Sungchul não respondeu verbalmente ou fisicamente. Sophia entrou em pânico e começou a mexer com os braços. Felizmente, ela conseguiu respirar fundo e implorou para Sungchul mais uma vez.

“Eu farei qualquer coisa, se salvar meu irmão. Por favor. Por favor, salve-o! Você tem o poder para fazer isso.”

“… Foi sua decisão pessoal. Não tenho obrigação de intervir.”

Sungchul falou francamente sem muitas palavras.

Uma sombra escura passou pelos olhos de Sophia. Ela podia ver com um olhar que ele não seria persuadido, e então ela mordeu o lábio inferior e curvou a cabeça mais uma vez. Sua forma magra estava tremendo ligeiramente. Ela se virou para encarar o Demônio Supremo enquanto puxava sua espada.

“… Não tem desculpa. O mostrei algo vergonhoso.”

“…”

“Eu sou grata por sua ajuda até agora.”

Sophia virou-se novamente para Sungchul e deu um aceno educado antes de correr em direção ao Alto Demônio. Os olhos de Sungchul se iluminaram com interesse.

“Ela foi inesperadamente uma boa criança.”

Se tivesse sido qualquer outra pessoa, eles poderiam ter gritado maldições para ele antes de ir. Era da natureza humana ressentir-se de um único momento de recusa, independentemente da quantidade de generosidade mostrada antes. No entanto, Sophia Breggas foi melhor do que a maioria sobre isso. Essa deveria ser uma educação natural, mas não havia muitas pessoas boas no Outro Mundo.

“Hmm.”

Bertelgia começou a contornar as costas de Sungchul como se ela tivesse algo a dizer.

“O que foi?”

Sungchul perguntou sem tirar os olhos de Sophia que estava usando Criomancia contra o Alto Demônio.

“Aquela mulher. Ela não parece tão ruim. Ela parece muito mais decente que Elijah ou quem quer que seja.”

“Então o que você está tentando dizer?”

“Você não pode salvá-la? Você saiu do seu caminho para salvar aquela garota Sarasa ou Sarada de antes.”

“…”

“É porque ela não é o seu tipo?”

“Pare de falar bobagens antes que eu te destrua.”

“Hiii…”

Bertelgia foi intimidada pela ameaça de Sungchul e recuou, tremendo. Sunghcul voltou para a batalha quando o garoto irritante deixou sua visão. Sophia estava fazendo uma boa luta, mas também parecia que ela não duraria muito mais.

“Kekeke! Lixo humano! Você está vindo sem saber o seu lugar!”

Enormes enxames de moscas gigantescas saíram do seu manto e envolveram Sophia.

“Tempestade de Gelo!”

Ela usou um feitiço na tentativa de congelar o enxame de moscas, mas não havia fim para eles enquanto continuavam voando para fora do manto do Demônio Supremo. As moscas conseguiram romper o feitiço e oprimiram os irmãos. A espada de Sophia dançou graciosamente enquanto matava as moscas, mas Elijah estava completamente indefeso. Ela notou a crise de Elijah e correu para o lado dele, mas infelizmente, as moscas gigantes voltadas para suas costas conseguiram atacá-la com seus corpos.

“Ugh!”

Sophia soltou um grito, mas logo recuperou sua postura e conseguiu alcançar o irmão enquanto repelia o enxame com magia. Felizmente, Elijah ainda estava vivo.

“Você está bem, irmão?”

“…”

Elijah assentiu fracamente. O enxame de moscas cercou ambos os irmãos. Sophia olhou para as inúmeras moscas que os circulavam e, instintivamente, soube que não tinham chance de sobrevivência. Agora que ela estava enfrentando a morte iminente, ela fez um sorriso. Ela começou a relembrar uma cena inesquecível do seu passado.

“Você se lembra? Quando nos conhecemos?”

Ela era uma garota que vivia com os porcos no chiqueiro. Um milagre veio visitar essa garota que cuidava do gado dia após dia, sem a possibilidade de um futuro melhor. Sophia ainda se lembrava do garoto bem-vestido parado na frente do chiqueiro com uma expressão chocada no rosto.

“…”

Elijah não respondeu. Era porque a situação não exigia uma conversa tão relaxada, mas Sophia parecia ter muita coisa em mente. Ela sabia melhor do que ninguém que eles não teriam muito mais oportunidades de ter uma conversa como essa.

“Havia enxames de moscas ao nosso redor, também, embora nenhum deles fosse tão grande!”

Ela começou a rir abertamente como se algo fosse engraçado para ela.

Os enxames de moscas soltaram um ataque feroz. Sophia cortou através deles com sua lâmina deixando suas metades no chão, mas ainda havia centenas de moscas voando ao redor dela.

“Eu vou romper a frente.”

Sophia falou decididamente.

“Quando eu for, corra para o Inimigo do Mundo, irmão. Fique de joelhos diante dos pés dele e implore por sua vida.”

“Sophia…”

“Essa é a única maneira do irmão sobreviver.”

Assim que as palavras saíram de seus lábios, Sophia despejou a última gota da sua magia em um feroz ataque mágico para atacar o enxame. A temível tempestade de gelo rugiu como se congelasse a sala inteira do gigantesco Demônio Supremo. Elijah correu quando o enxame de moscas começou a vacilar.

Sophia olhou para a figura em retirada e se permitiu um sorriso discreto, mas o enxame de moscas rapidamente a engoliu. Elijah cerrou os olhos enquanto corria para Sungchul com toda a sua força.

“…”

Sungchul olhou para Elijah rastejando diante de seus pés com indiferença.

“Por favor. Por favor ajude.”

“Quem você está pedindo para eu salvar?” Respondeu Sungchul insensivelmente.

Elijah olhou para ele como se não entendesse, então Sungchul apontou o dedo para Sophia, onde a batalha continuava ferozmente.

“Lá? Ou aqui?”

“I-isso é…”

Elijah não tinha para onde olhar. Seus olhos tremiam enquanto ele continuava a olhar para o chão. Sungchul passou por ele com decepção, pendurando densamente seus olhos. Bertelgia passou por ele também, mas se permitiu uma única palavra fria.

“Lixo.”

Sungchul caminhou em direção ao Demônio Supremo, que recuou surpreso quando sentiu sua aproximação.

“O-o que foi? Você está tentando me desafiar também ?!”

A mão emagrecida do Alto Demônio se moveu, e as incontáveis ​​moscas que cercavam Sophia começaram a atacar Sungchul. Mas o inimigo deles dessa vez não estava no mesmo nível.

Fal Garaz atingiu o ar.

Boom!

O martelo, quando balançado com sua força divina, resultou em ondas de ar que destruíram tudo em seu arredor. As milhares de janelas na sala se despedaçaram simultaneamente e os tímpanos dos vermes humanos espiando a batalha se romperam enquanto o enxame de moscas no ar explodia em uma massa ensanguentada.

“…”

Sungchul continuou a se aproximar do Demônio Supremo, que não tinha mais nada em seu arsenal.

“N-negociar! Vamos negociar!

O Alto Demônio falou em pânico, mas já era tarde demais. Fal Garaz levantou-se novamente no ar e depois caiu. Sungchul colocou o corpo esmagado do Demônio Supremo atrás dele enquanto se virava. Sophia estava deitada no chão; seu corpo estava cheio de lesões grandes e pequenas. Ele se aproximou dela para avaliar sua condição. Ela ainda estava respirando, mas não por muito mais tempo.

Sungchul olhou para Elijah correndo para o cadáver do Demônio Supremo para saquear o item no chão com desinteresse.

“Veja! Sophia! Alto Demônio! Eu tenho o item que pode me fazer um demônio! Finalmente… finalmente tenho forças para me vingar dele!”

Ele estava pulando enquanto gritava como um louco. Os olhos sem graça de Sophia olharam para aquela figura animada e sorriram fracamente.

“…Vamos.”

Sungchul começou a se afastar.

“Você não ia salvá-la?”

Bertelgia perguntou tristemente enquanto seguia atrás dele.

“Sua morte aqui pode ser o maior final que ela poderia esperar. Apenas para que ela pudesse ser poupada do inferno que a aguardaria deste ponto em diante.”

Sungchul soltou um suspiro superficial quando saiu da sala. Saudações de celebração sem sentido ecoaram da sala vazia do Alto Demônio.

Foi um dia habitual de treinamento. Sungchul procurou um bar decadente para um pouco de paz e tranquilidade quando ouviu a notícia de um novo demônio poderoso aparecendo no Reino Demônio. Ele parecia ter aparecido na área sob a jurisdição da Frente de Batalha da Tempestade. Esse demônio que ameaçava as fortificações dos Anões era poderoso, mas estava ganhando mais notoriedade por sua aparência incomum.

O Demônio era terrível de se ver quando sangrou de suas órbitas oculares vazias depois que arrancou seus próprios olhos. Mas carregava um cadáver de uma bela mulher amarrada às costas. Dizem que esse Demônio parecia gritar algumas tolices ocasionalmente enquanto atacava as muralhas dos Anões, que as pessoas assumiram ser o nome da mulher que estava em suas costas.

“…”

Sungchul não falou sobre esse assunto. Em vez disso, ele comprou uma garrafa de álcool e voltou para casa.

‘Está quase acabando.’

Sungchul sentiu o forte álcool roncando em seu estômago enquanto olhava para o horizonte do Reino Demônio.

Comentários