MCHHS: Capítulo 95


Capa MCHHS

Main Character Hides His Strength

Autores: Road Warrior (로드워리어)
Tradutor: Pyown

Ordem dos Cavaleiros de Sangue de Ferro (2)

Sungchul se vestiu e correu em direção ao pico mais alto por perto imediatamente. Ele foi capaz de olhar sobre uma grande área, uma vez que ele escalou o pico perigoso conhecido como o Pico Palmeira chamado assim por sua semelhança com uma palmeira. A fortaleza dos anões era uma das áreas visíveis de lá.

Sungchul encontrou a fortaleza dos anões dentro da cordilheira que parecia se desdobrar indefinidamente diante dele, mas encontrá-la foi mais fácil do que o esperado. A fortaleza ficava na fonte de uma fumaça negra subindo para o céu.

A suspeita aumentou na mente de Sungchul.

“Eles foram atacados pela retaguarda?”

A batalha estava ocorrendo nas frentes sul e leste, onde a defesa era substancialmente mais fraca, e não a habitual frente norte. Mas as direções de onde os Demônios vieram eram territórios defendidos pelos aliados. Mais importante ainda, a frente oriental era supervisionada pela Ordem dos Cavaleiros de Sangue de Ferro que administrava outra frente de batalha vizinha. Um ataque daquele lado significava que a Ordem dos Cavaleiros de Sangue de Ferro já havia caído.

“Agora que penso nisso, ouvi de várias fontes que o estado da Ordem dos Cavaleiros de Sangue de Ferro não era bom. Mas ainda assim…’

O foco defensivo da Frente de Batalha da Tempestade, que ficava profundamente dentro dessa perigosa cordilheira, era incomparavelmente mais estreito com a Ordem dos Cavaleiros de Sangue de Ferro, que defendia um campo aberto. Se os demônios haviam chegado até aqui, isso significava que a linha defensiva final dos Cavaleiros de Sangue e Ferro, além da Fortaleza da Cruz de Ferro, havia sido dezfeita.

“…”

As linhas de frente do Reino Demônio estavam sendo abaladas e, se desmoronassem, os humanos do Outro Mundo testemunhariam o verdadeiro inferno.

“O que você vai fazer?”

Bertelgia perguntou enquanto olhava para a fortaleza em chamas abaixo.

Sungchul tirou algo do seu Armazenamento da Alma. Não era Fal Garaz que ele favorecia, mas uma espada de ferro descolorida e desgastada.

“Vamos ajudar os anões.”

“Huh? Que milagre para fazer isso? Você vai realmente ajudar outras pessoas?”

“Eu devo uma dívida aos anões.”

Antes de se tornar o Inimigo do Mundo, Sungchul manteve um relacionamento amigável com os anões. Foi uma parte dessa boa vontade que lhes permitiu compartilhar seu segredo de onde Fal Garaz estava escondido. Infelizmente, foi essa demonstração de boa fé que se voltou contra eles. A destruição de toda a linha de frente do Reino Demônio neste momento não fazia parte do quadro maior de Sungchul.

‘Há uma necessidade de manter o atual status quo antes da batalha que se aproxima contra os Sete Heróis. Será da responsabilidade dos humanos e seus aliados restringir o movimento dos Sete Heróis.’

Sungchul se dirigiu para a fortaleza em chamas com a espada de ferro na mão.

Uma batalha intensa estava se desdobrando ao redor da fortaleza inteira. As artilharias dos anões desceram fogo sobre as forças demoníacas, enquanto as Ferramentas de Cerco do Inferno dos Demônios responderam com as Chamas da Destruição. A artilharia que os anões eram tão orgulhosos permanecia de pé, mas as muralhas do forte desmoronavam sob o ataque das Ferramentas de Cerco Demoníacas, que permitiam aos demônios encontrar a oportunidade de colocar suas escadas nas paredes. Os anões do exército tentaram desesperadamente derrubar as escadas, mas os demônios posicionados abaixo das muralhas não iam simplesmente vê-los fazer isso. Centenas de flechas voaram em direção aos anões.

“Guwaaa!”

Os anões que estavam derrubando as escadas foram atingidos por essas flechas e caíram de grandes alturas das muralhas do castelo. Os demônios que assistiam a cena sentiam sua moral subir; fazendo-os gritar ou rugir de alegria.

“Pressionem mais forte!”

O que liderava os demônios era um Barloq com asas enormes e um capacete de ouro branco. O demônio que segurava um chicote que lembrava a Arma Demoníaca Cassandra, percorria os céus enquanto comandava seus homens para a batalha.

As chamas das Ferramentas de Cerco do Inferno continuaram a rugir incessantemente, e dezenas de escadas voaram em direção às muralhas do castelo em resposta ao cerco.

“Parem-os! Parem esses desgraçados!

O comandante anão poderia reconhecer o fato de que esse foi um momento crítico para essa batalha, mas eles estavam em menor número. O inimigo veio bem preparado com forças avassaladoras de uma direção imprevista e, em contraste, os anões lutaram bravamente, mas não conseguiram superar suas fraquezas.

Foi nesse momento em que uma enorme formação mágica apareceu no céu, tingida de vermelho pela fumaça e pelas chamas. A formação mágica revelou-se conectada diretamente à vastidão do grande espaço e cuspiu um fragmento dos céus que era um meteoro. Esse meteoro pousou no grupo de demônios que estavam densamente amontoados sob as muralhas do castelo e os desgraçou. O feitiço central da Cosmomancia, Meteoro, que ostentava o poder mais destrutivo entre todos os ramos da magia, estava em plena exibição no extremo norte do campo de batalha.

‘Oh! São reforços?’

Os olhos anões que haviam sido levados ao desespero estavam agora cheios de esperança enquanto procuravam o Mago. No entanto, o que viram com os olhos não era o exército que desejavam, mas apenas um homem parado no topo de uma encosta íngreme da montanha com um casaco esfarrapado flutuando ao vento e uma espada de ferro na mão. Também parecia haver um livro batendo atrás dele. Mas mesmo assim, ele era uma boa notícia para os anões.

Sungchul não ativou os ecos. Ele queria acertar os golpes mais rentáveis ​​possíveis, considerando suas limitações com mana. O atual Sungchul só podia usar Meteoro um total de 20 vezes com sua reserva de mana. Sungchul deixou Bertelgia contando o número restante e entrou na batalha.

“19 restantes!”

Sungchul notou o grito de Bertelgia enquanto se voltava para outra área em perigo para disparar seu Meteoro. A punição dos céus desferiu um forte golpe nos demônios quando suas escadas e forças foram deixadas em frangalhos. Seu poder estava em falta quando comparado a selvageria de Fal Garaz, mas para os anões assistindo a cena, foi um golpe refrescante; como uma chuva nutritiva do céu caindo em terra seca como um osso.

“O que é isso?! Acabem com esse humano!”

O Barloq usando o capacete de ouro branco apontou o dedo com uma unha afiada em direção à Sungchul enquanto ele gritava sua ordem. Uma parte dos demônios alados que estavam vagando acima do campo de batalha foram para a direção de Sungchul.

Havia seis ao todo. Pode parecer um pequeno número, mas para uma pessoa comum, isso foi mais do que suficiente para a tarefa. Esses demônios, conhecidos como Gárgulas Raptor, eram conhecidos por suas proezas incomparáveis ​​em combate de perto, e também por sua vitalidade naturalmente alta, que os tornava altamente eficazes contra magos que tinham uma resistência comparativamente terrível.

Os Gárgulas Raptor balançaram suas horrendas asas de morcego para dominar Sungchul enquanto brandiam suas foices ameaçadoramente.

“Morra, humano!”

Os anões olhavam com expressões de preocupação da muralha da fortaleza. Nos olhos deles. A vida de Sungchul parecia em perigo como uma vela diante da tempestade, mas quando os demônios avançaram, incontáveis ​​fluxos de luz irromperam da ponta do dedo do homem fazendo com que os demônios fossem queimados em um instante. Os anões soltaram um grito de alegria. Foi uma cena difícil de acreditar, mesmo quando eles testemunharam isso. Um Cosmomante, que era conhecido por ter notoriamente baixas habilidades de combate corpo-a-corpo, estava vencendo Gárgulas Raptor, que eram famosos por sua temível força de perto, com o que parecia ser simples magia.

“…”

O segredo estava na classe oculta de Sungchul.

[Eco – 2]

Seria lamentável não matar o demônio alado – gárgula com um único lançamento de Brilho, independentemente do número de vezes que o feitiço foi usado. No entanto, e se Eco, que foi a habilidade básica da lendária classe Mago de Eco, foi combinada com a pontaria visual dinâmica sobre-humana de Sungchul e precisão meticulosa? A sinergia entre os três aspectos produziu um poder destrutivo além de meros 3 lançamentos de Brilho. Os Gárgulas Raptor que eram conhecidos como “Pesadelos do Combate de Perto” caíram dos céus, enquanto suas fraquezas, como boca, pescoço e olhos, eram banhadas com raios de luz ao mesmo tempo.

“Hm Hm. 18 Brilhos usados. É provavelmente uma boa ideia reduzir pelo menos 3 Meteoros restantes!”

Quando Bertelgia começou a gritar arrogantemente, Sungchul olhou para as forças dos Demônios e falou com voz firme.

“Quantos restam?”

“Você não pode pelo menos contar tanto assim?”

“Minha mente está ficando enferrujada com a idade.”

“Parece mais que você acha que é muito irritante!”

“…”

“15 Meteoros restantes!”

Sungchul acalmou a respiração e olhou para o campo de batalha mais uma vez. Ainda havia incontáveis ​​exércitos demoníacos aguardando abaixo das muralhas do castelo. Mesmo com todos os 15… não, centenas de Meteoros, ainda seria difícil se livrar de todos eles. Os olhos de Sungchul se voltaram para as Ferramentas de Cerco do Inferno, que exalavam temíveis presenças entre o exército demoníaco.

“Se eu puder destruí-los, as capacidades do exército demoníaco seriam derrubadas ou não.”

Sungchul concentrou seu olhar nas Ferramentas de Cerco do Inferno, que tinham uma forma semelhante a um escorpião gigante e começou a recitar a Aria em sua cabeça. Ele recitou a frase de ativação em sua mente enquanto complexidades indescritivelmente complexas do feitiço fluíam como uma canção através de sua consciência.

‘Meteoro.’

Outra formação mágica apareceu no céu, e um meteoro azul caiu em direção ao exército demoníaco através da formação. Seu alvo era a Ferramenta de Cerco do Inferno.

Uma chama verde seguia atrás do meteoro azul quando ele caiu um pouco abaixo da Ferramente de Cerco do Inferno que estava batendo nas paredes do castelo, mas não havia necessidade de recitar uma segunda vez. Foi o suficiente para simplesmente deixar a mana continuar a fluir após o encantamento do feitiço. Outro meteoro logo caiu em direção ao mesmo alvo após o primeiro que havia pousado perto da Ferramenta de Cerco do Inferno.

[Eco – 1]

O meteoro conseguiu pousar em cima da Ferramenta de Cerco do Inferno. A cintura do escorpião gigante estalou como um camarão antes que causasse uma enorme explosão de chamas azuis assustadoras.

“Ótimo! É assim que nós fazemos!”

Bertelgia explodiu em alegria enquanto observava as chamas dispararem para o céu como fogos de artifício. A batalha ainda não acabou.

Sungchul tinha apenas conseguido se livrar de uma única arma de cerco entre as três. Ele imediatamente se virou para outra Ferramente de Cerco do Inferno e começou seu encantamento, mas os demônios não estavam indo simplesmente para assistir isso acontecer.

“Cada unidade alada vá rasgar esse humano em pedaços!”

Poderia ter sido a solução mais simples para lidar pessoalmente com o problema em questão, mas os comandantes do Exército Demoníaco tendiam a depender dos seus inferiores. O Barloq comandando o Exército Demoníaco não se aproximou e, em vez disso, comandou todas as suas forças aéreas sob ele em direção ao Mago no pico da montanha.

As Ferramentas de Cerco do Inferno eram famosas por seu pesado poder de fogo, mas não suportavam um ataque de Meteoro. Dezenas de demônios alados deixaram os céus cheios de faíscas verdes atrás deles e atacaram Sungchul. Os anões que estavam observando isso não apenas ficaram parados.

“Vamos ajudar esse homem! Ele é nosso salvador!”

A fortaleza voltou a vida e começou a cuspir fogo de artilharia aterrorizante com o bater de tambores. De balistas a ganchos, uma variedade de armas foi implantada em direção aos demônios voadores, e os demônios que foram pegos dentro de sua teia de fogo foram dilacerados no meio do ar. Apenas alguns deles conseguiram sobreviver ao ataque.

“Venha para dentro, Bertelgia.”

Sungchul, depois de coletar Bertelgia, se posicionou como se estivesse praticando snowboard e começou a descer a encosta da montanha. Os demônios que eram guiados pelas Gárgulas Raptor começaram a mergulhar em direção a ele, mas seu timing estava errado fazendo com que eles o errassem por uma estreita margem que os forçou a subir novamente.

Os demônios começaram a sentir melhor o timing e mergulharam em direção a Sunghcul mais uma vez. Sungchul deu uma olhada em seus perseguidores e atingiu o chão com sua espada de ferro quando se aproximaram. Fragmentos de rochas saíram como chumbo e cravaram no rosto e nos olhos dos demônios perseguidores.

“Kiiiii !!”

Um dos demônios que havia se tornado uma bagunça sangrenta passou por Sungchul e caiu montanha abaixo. Outro demônio apontou para a frente dessa vez, mas Sungchul levantou o dedo e usou Brilho para cuidar dele. O demônio que foi atingido com o inevitável raio de luz em ambos os olhos e boca começou a esfumaçar da sua boca. Morreu instantaneamente e caiu sobre uma rocha pela qual Sungchul passou.

Sungchul olhou para trás mais uma vez. Havia 5 restantes. No entanto, ele não percebeu a presença de qualquer magia de rastreamento, e eles não eram mais visíveis no campo de batalha também. Agora, ele não tinha razão para se segurar mais.

Sungchul, que descia ao longo da encosta íngreme da montanha, pôs o pé no chão. Sua descida rápida chegou a uma parada abrupta.

Os demônios que estavam circulando os arredores de Sungchul ficaram desconfiados com relação a seus movimentos repentinos, mas também sentiram que era uma oportunidade e imediatamente correram em sua direção. Infelizmente, as consequências de se opor a Sungchul, que não tinha motivo para restringir sua força, eram terríveis. Ele não usou magia ou armas enquanto segurava os demônios apenas com as mãos e batia os rostos contra a superfície rochosa da montanha. Um demônio que havia perdido seus companheiros tentou escapar quando foi atingido pelo medo, mas uma pedra por trás bateu na parte de trás da sua cabeça fazendo-o estalar como uma uva.

“Belo tiro!”

“…”

Depois de se livrar dos demônios, Sungchul escondeu sua presença dessa vez e recuou para o pico alto, furtivamente. A maré da batalha havia mudado.

Quando 2 das 3 Ferramentas de Cerco do Inferno foram destruídas, o poder de fogo dos anões reacendeu fazendo com que os demônios fossem empurrados para trás. A última Ferramente de Cerco do Inferno tentou continuar com o ataque, mas foi focalizada e destruída pela artilharia dos anões. Os demônios tiveram que se retirar, deixando para trás nada além de incontáveis ​​cadáveres enquanto o sol começava a se pôr.

Sungchul revelou-se aos anões que limpavam o campo de batalha. Eles imediatamente o reconheceram e começaram a cercá-lo de alegria.

“Somos verdadeiramente gratos Mago desconhecido!”

“Se não fosse por você, nós teríamos realmente morrido aqui!”

Sungchul olhou para os anões que o cercavam com uma expressão calma no rosto. Corpos firmes com barbas grossas. Cada um deles era parecido um com o outro, mas felizmente, ele não encontrou nenhum rosto reconhecível entre eles.

“Eu sou um Mago errante. Me chamo Ahmuge.”

Sungchul se apresentou sem reservas.

Comentários