Kuork

Apenas Tradutores Errantes

iLivro

Yo seres deste mundo! Trago a vocês mais um capítulo de MD! e finalmente, finalmente, eles chegaram a Mitaras! Uhuuu! Foi um capítulo introdutório, da pra imaginar o que vai acontecer com o nosso “Ange Safadão” nessa escola de magia cheia de garotas, de várias raças, indefesas (ou não)… Bem, espero que gostem do capítulo. Não esqueçam de avaliar.

Caso tenha algum erro, dúvida ou sugestão, deixe nos comentários! Aproveitem a Leitura =)


Acasos

Passou se um dia, desde que saímos de Nefa e finalmente estávamos na cidade capital do reino, Mitaras.

“Hooh!” exclamou Shiro em admiração.

Realmente, apenas as muralhas eram de impressionar. Mitaras tinha uma população de, aproximadamente, sete milhões de habitantes, sendo a cidade mais populosa do continente Frit. Também era onde se encontrava o castelo do rei.

Se Nefa tinha uma zona comercial bastante agitada, não sei como Mitaras poderia ser classificada.

O distrito comercial estava cheio de pessoas gritando, fazendo divulgação de seus produtos. Podiam ser vistas: barracas de comida, lojas de equipamentos, lojas de roupas, lojas de departamento, lojas de joias, e isto era apenas a primeira rua do distrito.

Comparada com Nefa, que tinha a maior quantidade de aventureiros do continente Frit, Mitaras tinha a maior quantidade de nobres. Claro que havia aventureiros os suficientes.

O design dos prédios era algo bem moderno, sendo utilizados materiais como quartzo para a construção.

Pedimos para que o dono da carruagem, que desta ver era um homem com pouco mais de vinte anos, deixasse-nos em frente à GA.

“Agradecemos pelo seu serviço” falei me curvando em direção ao rapaz.

“Eu que agradeço jovem, tenham uma boa estadia” respondeu-me enquanto se ajeitava para partir.

Ele partiu e de repente eu senti falta de algo.

‘MAYU!’

Eu e Shiro estávamos tão impressionados com a cidade, que esquecemos Mayu adormecida dentro da carruagem.

Corri desesperadamente atrás da carruagem; apliquei magia de fortalecimento em minhas pernas e quase alcancei a carruagem, mas algo duro como uma pedra entrou na minha frente.

Esse algo, na verdade era alguém. Um cara de quase dois metros, com músculos transparecendo pelo seu manto, seu cabelo era dourado e seus olhos eram pretos, ele utilizava um manto preto bordado com linhas de ouro.

Para minha infelicidade, eu havia trombado neste troglodita e rasgado um pedaço de suas vestes, devido à velocidade em que eu me encontrava.

“Ora, seu pirralho maldito; olhe o que você fez com minha roupa!” gritou ele com raiva.

“Desculpe-me, mas é que estou um pouco ocupado no momento.”

“Você não percebe a situação em que se meteu?”

Enquanto ele falava, a carruagem se afastava mais e mais. Eu já estava ficando com raiva.

“Se é sobre o dinheiro, não há problemas. Eu pagarei pela quantia que você pagou nesse seu manto barato.” Falei olhando para a carruagem, que já estava sumindo no horizonte.

Quando eu estava perdendo as esperanças, olhei para cima e vi no telhado Shiro correndo atrás da carruagem.

“Uff…” suspirei em alivio.

O que eu não tinha percebido era que eu havia acabado de irritar o troglodita em minha frente.

Quando penso que não, dois homens trajados com vestes negras, me seguram enquanto o jovem, que teve seu orgulho ferido, retirava uma espada de sua bainha.

“Agora desculpe se com sua vida!”

No momento em que vi a espada vindo em direção a minha cabeça, um flashback de boas memórias passou em minha cabeça, junto ao cântico abreviado do [Escudo de Terra].

“Parem!”

Uma voz ao fundo pode ser ouvida gritando, interrompendo a ação do rapaz.

“Senhor Sworth, o que pensas que está fazendo?”

“Princesa!”

Okay, eu acabava de ser “salvo” pela princesa. Bem, eu não ia ser ferido por aquela investida lenta, mas é bom não ter de usar poderes.

“Você sabe que atos de violência não são tolerados.”

“Sim, eu sei princesa.”

“Não cometa esse erro novamente; e quanto a você” disse ela em minha direção.

“Sim!”

“Não há o porquê ficar nervoso.”

“Desculpe-me por minha reação.”

“Vejo que é bastante educado, por acaso você é um Nobre?”

“Sim, sou o décimo filho da família Von Breno.”

“V-v-ocê disse Von Breno?!”

“Sim”

Quando ela ouviu o nome de minha família, ela começou a agir diferente.

“Décimo filho, cabelos loiros, olhos…” resmungou ela para si mesma.

“Ér, vossa alteza há algo errado?”

“Você por acaso, seria Ângelo Von Breno?”

“Oh, sim este sou eu; como vossa alteza me conhece?”

“Nicole falava muito de seu pequeno irmão, para mim; ela disse que quando eu crescesse, faria eu me cas…”

De repente ela parou de falar.

“Princesa?”

“Não é nada, venha comigo até o castelo tem alguém que irá gostar de te ver.”

“Seria uma honra acompanhar a princesa, mas infelizmente terei de recusar.”

Aparentemente, havia uma espécie de roda a nossa volta. Talvez pelo fato da princesa esteja aqui. Quando estas pessoas me viram recusar o convite da princesa, todos ficaram boquiabertos, inclusive o troglodita Sworth.

“Bem, não há nada que eu possa fazer.” Disse ela um pouco cabisbaixa.

“Eu peço desculpas novamente; se caso for do desejo da princesa, eu irei me matricular na Academia Mágica Selune, você pode me procurar por lá.”

“Hoh, eu ingressei este ano como uma aluna da academia Selune; será um prazer estar em sua companhia durante os próximos quatro anos.”

“Com sua licença, eu irei me retirar.” Disse ela enquanto voltava para a direção de onde veio.

A princesa tinha um cabelo preto que batia na cintura, seus olhos eram verdes e seu rosto era fino. Suas três medidas (Peito, cintura e quadril) era por volta de 90-60-90. Só de olhar para seu corpo eu conseguia imaginar o que aconteceria se eu estivesse sozinha com ela em um quarto… quem sabe algum dia.

Coversei com o troglodita, o paguei pelo manto e me retirei.


Eu fui para a GA e fiquei esperando por Shiro e Mayu. Enquanto eles não chegavam, decidi ler algumas magias elementares da terra.

Atualmente eu aprendi três magias de terra, sendo elas:[Estrutura básica],[Escudo de Terra] e [Espinhos de Terra].

Quando eu aprendo as magias, presentes no livro de contrato, o espírito contratado evolui, atualmente, Bremen evoluiu de: Espírito iniciante para espírito médio.

O livro contém quinze magias, assim que eu aprender todas Bremen evoluirá para um espírito Avançado. O estágio de evolução dos espíritos é: Iniciante, médio, elite, avançado e rei; sendo que a última é uma competição entre os espíritos mais fortes, sem a interferência dos contratantes.

Eu estava tentando aprender uma magia sensorial da terra, ela permite que eu sinta e escute os inimigos num raio de 20 metros. Perfeita para fazer emboscadas em calabouços.

Após alguns minutos, eu pude ver Shiro e Mayu entrando pela porta da guilda. Ela parecia estar um pouco irritada e Shiro, por sua cara, já havia tomado uma bronca.

Naquele dia eu e Mayu dormimos em camas e quartos separados.

Janela de Status
Nome: Ângelo Von BrenoRaça: Humano
Posição Social: NobreTítulos: Pequeno Anjo; O Trapaceiro
Profissão: AventureiroRank: E
Classe(s): EspadachimNível: 11
HP: 800/800WIR: 5000/5000
Força: 35 (525)Agilidade: 49 (735)
Vitalidade: 28 (420)Inteligência: 30 (450)
Sabedoria: 20 (300)Defesa: 25 (375)
Destreza: 55 (825)
Atributo(s) Mágico(s):[Neutro],[Trevas],[Terra]
Modo(s):[Herança de Poder]
Habilidades Ativas
Fortalecimento MágicoLVL.2
Troca DivinaLVL.MAX
Estrutura de TerraLVL.1
Escudo de TerraLVL.1
Espinhos de TerraLVL.1
Habilidades Passivas
Vontade InabalávelLVL.MAX
EsgrimaLVL.4
BushidôLVL.3
Artes MarciaisLVL.3
SobrevivênciaLVL.2
Equipamento
Arma: Nodachi de Sasaki KojiroRaridade: ✧✧✧✧✧
Ataque: 155+ 5%
Armadura: Conjunto de Couro LeveRaridade: ✧
Defesa: 10
Acessórios: Anel do infinitoRaridade: ✧✧✧✧✧
Itens: 7/???

Notas Finais:

›Escrito por: KooZ

›Revisado por: Não Revisado

›Formatado por: KooZ

Anterior› ‹Capítulos› ‹Próximo›

Comentarios em MD: Capítulo 8

Categorias