O Aperto de Mãos

Para decidir o que fazer com a Kato-san, precisamos começar tudo de novo aqui.

É claro que, como havia tornado a situação tão confusa, era meu trabalho dividir os papéis.

“Sinto muito por perder a compostura, Rose.”

Em primeiro lugar, abaixei minha cabeça para a minha imouto-bun.

Eu não estava calma. Fui influenciada pelas minhas emoções.

“Lily-anesama…”

“Eu lhe causei problemas. Me desculpe.”

Olhando para trás, a partir do momento em que o Mestre foi sequestrado, eu permiti que meu corpo se movesse com raiva e impaciência em direção àquela Arachne Branca.

“Minha raiva causou alguns problemas para Rose, mas agora estou mantendo-a sob controle.”

“Não precisa se preocupar com isso.”

Rose aceitou minhas desculpas com um olhar que me disse para não me importar.

“Lily-anesama, perder a compostura aqui não é o que o Mestre gostaria, estou certa?”

“Sim. Terei mais cuidado a partir de agora.”

Para mim, quando algo acontece com o Mestre, não consigo deixar de me sentir abalada.

Eu entendo agora após este incidente.

Eu não posso me tornar como Rose.

Mas, mesmo quando estou abalada, devo tentar me comportar da maneira mais racional possível.

Eu deveria estar me esforçando mais para fazer isso.

Eu admito. Eu era imatura.

Agora que eu sei, devo trabalhar para me tornar mais madura.

“Além disso, sobre o que devemos fazer com Kato-san de agora em diante, vou deixar tudo para Rose. Tudo bem?”

“Entendido.”

Como se ela já tivesse previsto o que eu diria, Rose aceitou meu pedido sem problemas.

Nós, que nascemos como ‘irmãs’, temos que agir de acordo com a situação e ser o poder do Mestre. Em momentos como esse, ajuda a discussão a terminar rapidamente.

“Você tem certeza?”

Dei de ombros com a interjeição de Kato-san.

“Está bem. Ou melhor…”

“A realidade é que somos obrigadas a fazê-lo.”

Quando parei de falar, Rose assumiu.

“Neste momento, você ‘esmagou’ Lily-anesama. Você é atualmente o maior obstáculo. Anesama, que é altamente suspeita por natureza, não confia mais em seus próprios julgamentos. Por causa disso, sou obrigada a lidar com isso.”

De alguma forma, consegui aceitar os sentimentos de inveja em relação à Kato-san.

Isso é graças a Rose e… Kato-san, que eu realmente não quero admitir e dar o crédito a ela.

Mas, por outro lado, não pude dissipar a dúvida de que “minha inveja daria origem a decisões egoístas”.

Por exemplo, se eu decidisse não trazer Kato-san aqui.

Não pude descartar a dúvida de que “essa decisão é afetada por meus próprios sentimentos pessoais”.

Não acredito em mim mesma, que causou problemas para Rose, porque fui impulsionada por minhas emoções até esse ponto.

Por isso, vou deixar isso aqui para Rose.

Eu vou interferir se precisar, mas Rose está encarregada da decisão final.

… Eu me pergunto se Kato-san já havia previsto tudo isso.

De acordo com minha natureza, que desconfia profundamente das pessoas, ela está enviando sementes de dúvida por todo o lugar.

“Eu não quero que você entenda mal.”

Kato-san disse com um tom misturado com um sorriso irônico, como se soubesse o que eu estava pensando.

“Eu realmente não acho que Rose seja mais ingênua que você. Eu não quis dizer isso.”

Deveria ser assim.

A possibilidade de eu me tornar uma parceira de negociação é zero.

Se for Rose, a conversa será encerrada.

Por isso, parece que Rose é uma pessoa mais ingênua, mas a realidade é totalmente diferente.

Ela só está sendo justa.

Ao contrário de mim, ela não toma decisões com base em suas emoções.

E justamente porque acredito nisso, deixei para ela essa situação.

“Então, por favor.”

“Entendido.”

Eu dei um passo para trás e observei as duas se confrontando.

“Kato-san.”

A primeira a falar foi Rose.

“Se eu negociar, é possível acompanhá-la. Esse julgamento não estava errado. Na verdade, estou querendo acompanhá-la desde o início… mas.”

Rose fez uma pausa. Se ela fosse humana, provavelmente daria um suspiro.

“Essa maneira de fazer as coisas está errada, não está? Não há sentido para eu me tornar sua inimiga como resultado de ser rejeitada por Lily-anesama, estou errada?”

Parece pacífica agora, mas Rose estava observando minha discussão com Kato-san. Ela parecia estar se lembrando claramente do sentimento de raiva.

Rose, que é um fantoche de madeira, não deveria estar familiarizada com emoções humanas delicadas.

Por exemplo, mesmo que ela saiba que o Mestre está sofrendo, ela não entenderia o que o fez sofrer assim.

Mas ainda assim, não é como se ela não tivesse nenhum sentimento.

Ao contrário de mim, que viu o Mestre ser atacado diretamente, ela não tem uma má impressão dos humanos que o machucaram no passado. Ela também ficará brava comigo se eu, como companheira, o provocar.

Se mal feito, Kato-san pode não ter sido capaz de negociar com Rose.

Portanto, Rose culpou o método desesperadamente escolhido por Kato-san.

Isso significa que Rose estava com raiva pelo bem de Kato-san.

Rose direcionou sua sinceridade para com os humanos e a família igualmente.

Essa forma de raiva é diferente de mim, que vê os humanos com hostilidade. Ela provavelmente ainda tem uma visão diferente da minha em relação a humana chamada ‘Kato Mana’.

“Existem outras maneiras adequadas. Se é Kato-san, não seria possível escolher outro caminho?”

“Por exemplo, permitir que Rose-san influencie e persuada Lily-san – algo assim?”

Rose assentiu com o exemplo de Kato-san.

“Anesama pode não querer ouvir o que estou dizendo, porque o sangue correu para sua cabeça… Não. Tenho certeza de que ela não quis ouvir meu raciocínio e ficou impaciente; assim, ela teria saído correndo e saído sozinha.”

Isso não é demais?

… Bem, eu não poderia negar.

Eu tinha perdido todo o raciocínio. Se eu continuasse falando por mais 5 minutos assim, eu teria ido para o lado do Mestre, mesmo que estivesse sozinha.

“Mesmo agora, Lily-san ainda tem aquela aparência de querer sair correndo sozinha, certo?”

Kato-san parece compartilhar a mesma opinião.

Estou um pouco deprimida por ter sido vista tão facilmente.

“Não deixarei Lily-anesama ir à casa daquela Arachne Branca. Eu a seguiria imediatamente. No entanto, mesmo que isso acontecesse, eu carregaria Kato-san e a perseguiria. Porque não desconfio de você como uma anesama e também não tenho intenções de desafiar as ordens do Mestre.”

“Bem, está certo.”

Kato-san concordou com as palavras de Rose.

“A possibilidade disso acontecer é bastante alta. Se eu quero que vocês me levem, provavelmente deveria ter usado um método melhor.”

Kato-san reconheceu todas as palavras de Rose.

“Mas se for assim, Senpai não será salvo.”

Depois de admitir, essa escolha foi negada.

Em resumo, ela entendeu tudo o que Rose havia dito desde o início, ainda assim, intencionalmente usou esse método.

“Se é apenas para me acompanhar, é como Rose-san disse, posso pedir gentilmente. Veja bem, eu não estou disposta a machucar Lily-san… No entanto, está tudo bem em fazer isso apenas? Não há sentido se Senpai não for ajudado. Estou certa?”

“Certamente…… parece que sim.”

A confusão era aparente na voz de Rose.

Não há sentido se o Mestre não for salvo.

Sim está certo. O que Kato-san disse está certo. Mas, por que isso a levou a agir agressivamente alguns minutos atrás? Rose não sabia, e eu era o mesmo.

Kato-san colocou a mão no peito e disse para nós, a ‘Família de Monstros’, que estava mostrando nossa falta de noção.

“Eu não possuo o poder de lutar. Por causa disso, não posso ajudar Mashima-senpai.”

Kato Mana é apenas uma humana sem poder de lutar.

Não há como sua habilidade de trapaça despertar em um momento tão conveniente.

Ela, que é apenas humana, não pode fazer nada.

“Mas, isso significa que agora vocês são iguais, certo?”

Depois de reconhecer sua própria fraqueza, Kato-san apontou a verdade.

“A Arachne Branca. Antes, você disse que é um ‘Monstro Alto’, certo? ‘Não lute contra ele. Mesmo escapar dele dependerá da sua sorte. É um monstro que não deve ser combatido. Você disse assim mesmo. Preparar-se para se sacrificar está bem. Mas se seu objetivo não for cumprido, você só morrerá por nada.”

As palavras de Kato-san não podiam ser contestadas de forma alguma.

Não importa o quanto desejemos, não poderemos recuperar o Mestre se não tivermos poder suficiente.

Também existem coisas sobre as quais não podemos fazer nada, independentemente de como nos sentimos. Esse é o fato do mundo cruel em que vivemos.

“Mesmo para vocês, vocês não podem ajudar Mashima-senpai. Então, não será diferente de mim que não tenho nenhuma habilidade de combate.”

Por exemplo, se apenas um momento atrás eu gritasse ameaçadoramente e atacasse a Arachne Branca de forma imprudente, provavelmente teríamos sido esmagadas sem poder fazer uma única coisa.

Obviamente, não será possível salvar o Mestre.

É o mesmo que morrer a morte de um cão.

Kato-san continuou depois de apontar nossa impotência.

“No entanto, sou diferente de vocês. Vocês têm a capacidade de lutar. Mesmo se vocês não forem páreo, vocês ainda podem lutar. Se vocês lutarem, pode ser possível salvar Mashima-senpai, dependendo do método empregado. Mas, isso ainda é um ‘se’. Isso não acontecerá se vocês avançarem cegamente.”

Isso também foi apontado, atingindo um ponto dolorido.

Negligenciamos o fato de sabermos que a Arachne Branca tem um poder avassalador e a desafiávamos sem ter uma estratégia adequada.

Se você pensar sobre isso com calma, é um feito impossível.

Algo precisa ser feito.

Realizar a operação de resgate com cuidado é uma obrigação. Se isso for impossível, é claro que temos que nos esforçar mais para aumentar as chances de sucesso, mesmo que seja um pouco.

Se ainda não pudesse ser feito… então isso foi completamente minha culpa.

Eu não estava calma. Sangue estava correndo pela minha cabeça.

Vendo-me em tal condição, Kato-san deveria ter ficado sem saber como lidar comigo.

A persuasão me ajudaria a me acalmar? …Não. Há pouca esperança nisso.

Mesmo quando Rose me disse para ficar calma de novo e de novo, isso não teve nenhum efeito em mim, então não há como as palavras de Kato-san também. Em primeiro lugar, se apenas mais alguns minutos tivessem passado, eu teria saído sozinha. Ela agiu assim para ganhar tempo para me convencer.

Em outras palavras, provavelmente éramos como ‘uma mãe em pânico para ajudar seu filho que caiu no rio’.

Sendo arrastado pelo rio furioso quando ele não sabia nadar. Eu não pude ser convencida. As palavras nem sequer passaram por mim. Pelo contrário, mesmo agora, parece que eu correria sozinha. Deixar-nos ser arrastados juntos apenas aumentaria o número de cadáveres.

Por isso, a única maneira de me impedir é bater na cabeça por trás.

Se você pensar bem, Rose pode ter notado o perigo em que eu estava.

Mas ela não esperava que ela ‘batesse na minha cabeça’. Não há como ajudar. Ela, que não entende a natureza do coração humano, não sabe por que me tornei assim. Assim, ela não saberia o que fazer.

Por outro lado, Kato-san, que é humana, só pode nos ‘bater’ com sua fraca força física.

Foi por isso que ela nos instigou, nos ouviu… Além disso, ela nos bateu com palavras esmagadoras que apontaram nossas fraquezas.

Embora eu esteja relutante em aceitar, se você pensar dessa maneira, o método dela pode ser entendido…

… Meu coração ainda está triste depois que fui esmagada por essa realidade.

“Apenas me trazer não vai mudar nada. Se vocês não conseguirem recuperar a compostura, não poderão salvar o Senpai. Esse era o meu limite. Como resultado, magoei os sentimentos das duas. Eu não vou recuar, mesmo se eu for deixada para trás…”

Se você decidir com uma perspectiva justa, tanto quanto possível, e eliminar os fatores emocionais, as ações de Kato-san provavelmente não foram as melhores, mas foram pelo menos melhores que as de Lily.

Na verdade, eu já recuperei minha compostura. Ela já produziu resultados.

Provavelmente existem outras maneiras, mas foi fundamental decidir qual era a melhor escolha naquele curto espaço de tempo. Em vez disso, a sabedoria de Kato-san deve ser elogiada, pois ela foi capaz de antecipar nossas ações e ‘bateu minha cabeça em um instante’.

Por causa dela, podíamos pensar nas coisas e recuperar nossa compostura.

Salvar o Mestre é certamente a coisa mais importante a se fazer. Se não pudéssemos fazê-lo, então não havia sentido jogar nossas vidas fora. Não era diferente de fazer cegamente um ataque suicida.

Assim como Kato-san disse…

…Eh?

Mas, não é um pouco estranho?

“Para nós, a Família, não há sentido se não podemos salvar o Mestre. É como você disse, mas…”

Antes que eu percebesse, esqueci de deixar os assuntos aqui para Rose e entrei na conversa das duas.

“Por que Kato-san, uma humana, está tão preocupada com o Mestre?”

Se bem me lembro, há algum tempo, Kato-san falou sobre como “é inútil se não pudéssemos salvar o Mestre.”

Para mim, como parte da Família, não há objeção em me sacrificar para resgatar o Mestre, mas esse é apenas o ponto de vista de alguém da Família.

Kato-san é uma humana. No entanto, ela agiu com base em nossa razão como parte da Família.

Era possível que ela tivesse falado aleatoriamente para me parar, que tinha saído do controle. Também posso determinar que ela não fez essas coisas propositalmente para atrever-se a ficar do lado ruim de Rose.

Em outras palavras, Kato-san esperava salvar o Mestre também.

Além disso, ela é forte; ela não adivinhou.

Pensando bem, pude entender outras coisas.

Por exemplo, a razão pela qual Kato-san abandonou seu estado de ausência de emoção no timing foi possivelmente por causa do estado atual de emergência em que estamos.

Ela está preocupada com a condição do Mestre, que foi sequestrado pela Arachne. Ela queria ajudar. Mas nós, que essencialmente não possuíamos estratégia, não conseguiríamos salvar o Mestre nesse ritmo.

Nesse estado, é inútil continuar olhando uns para os outros.

Suas emoções estavam começando a se recuperar lentamente. Se a mente dela for revivida aqui de uma só vez… Seria um ótimo momento.

Mas, mesmo que isso esteja correto, outra suspeita vem à mente.

Se ela está agindo da mesma maneira que nós, os ‘Monstros da Família’, isso significaria que ela, uma humana, se sente da mesma maneira que nós sentimos em relação ao Mestre.

Isso foi suspeito para mim.

É por isso que eu perguntei.

A suspeita que mantinha era pelo menos razoável para mim.

Não há escolha a não ser adivinhar agora. Se o Mestre estivesse aqui neste lugar, ele teria pensado na mesma coisa.

No entanto, parece ser diferente para Kato-san.

“Por que você diz?”

A voz de Kato-san era aguda quando ela perguntou de volta.

Como se estivesse pingando veneno.

“Não tenho permissão para me preocupar com a condição do Senpai?”

Era um veneno mortal chamado raiva.

“Uuu…”

Eu encolhi quando esses sentimentos ferventes foram virados para mim.

Até agora, Kato-san nunca havia demonstrado nenhum mal-estar.

Mesmo quando ela tinha me ‘batido’ e ‘esmagado’, ela não estava tão furiosa.

Por assim dizer, sua hostilidade pode ser vista claramente até esse ponto. Ela provavelmente só estava agindo para cumprir seus motivos – por uma questão de ajudar o Mestre.

Mas, é diferente no momento.

“Não está tudo bem, mesmo que eu não faça parte da ‘Família de Monstros’?”

Por um único instante, ela dirigiu uma enorme quantidade de raiva para mim.

Foi apenas uma raiva silenciosa. Kato-san não levantou a voz.

Mas, mesmo sem levantá-la, profunda dor e tristeza podiam ser sentidas de forma transparente pelo tremor de sua voz.

Provavelmente, por causa do comentário descuidado que fiz. Tocou uma ferida mais profunda, que poderia até fazê-la, a racional, se perder.

“Eu estou…”

Abri e fechei minha boca várias vezes e mordi meus lábios.

Por fim, Kato-san abaixou os olhos.

“…Me desculpe. Eu perdi minha compostura.”

Ela parecia ter recuperado com sucesso seu autocontrole em pouco tempo.

Não havia mais raiva colorindo as palavras de Kato-san.

“Eu também sinto muito. Parece que eu disse algo estranho.”

Abaixei minha cabeça.

Se você olhar para a situação atual, parece que Kato-san está realmente preocupada com o Mestre.

Eu não sei o motivo pelo qual ela guardaria tais sentimentos. Como esperado, não tenho coragem de perguntar mais uma vez. Eu não quis provocar Kato-san e irritá-la. Eu não sou tão desagradável que eu poderia, de maneira imprudente, cutucar algo que não deveria, por curiosidade.

“Vamos voltar ao assunto em questão?”

Rose foi quem quebrou a atmosfera delicada entre nós.

Ela está sempre calma. Ela não está mostrando nenhum sinal de pânico em relação à condição do Mestre.

Kato-san pareceu concordar e abaixou ligeiramente a cabeça para Rose.

“Eu entendo por que Kato-san tentou esfriar nossas cabeças. Embora tenha sido um pouco duro, eu aprovo sua eficácia.”

“Obrigado.”

“Não. Somos nós quem devemos agradecer. Por sua causa, não nos lançamos a um ataque suicida imprudente. Mas…”

“Sim. Este ainda é apenas o começo.”

Rose assentiu solenemente com as palavras de Kato-san.

“Tudo bem. Recuperamos nossos sentidos. No entanto, não terá sentido se não tivermos um plano real para salvar o Mestre. Infelizmente, não sou capaz de apresentar estratégias eficazes. Lily-anesama…”

Rose olhou para trás e eu balancei minha cabeça.

“Eu também não conseguia pensar em nada.”

Mais uma vez, Rose virou-se para Kato-san.

“Kato-san disse que vocês querem ir juntas para salvar o Mestre, correto? Se a trouxermos, o que você pode fazer nessa situação urgente?”

“Até eu entendo que não é algo tão simples.”

Kato-san respondeu à pergunta de Rose com um negativo.

“Não há como eu fazer isso sozinha. Pelo contrário, não há nada que eu possa fazer. Entendo que não posso fazer nada nessa situação… Gostaria apenas de ter certeza, mas há alguma chance de derrotarmos essa aranha usando nossas habilidades em um confronto direto?”

“… é impossível, não é? Se lutarmos cem vezes, vamos morrer cem vezes, mil vezes e morreremos mil vezes.”

Rose calculou a porcentagem de vitórias com calma.

“Lily-san ou Rose-san… Não, vocês duas podem continuar, independentemente de quem morrer?”

“No entanto… acho que é impossível. É no nível em que você ficaria agradecida se você se machucasse.”

“… Que resposta você tem aí, huh, Lily-san.”

“I-isso é… Porque estava no calor do momento.”

Com um rosto espantado, Kato-san rapidamente suavizou sua expressão facial e continuou com seu questionamento.

“Então, e se for apenas para salvar Mashima-senpai?”

“Isso também é impossível.”

Embora o obstáculo tenha diminuído um pouco, essa pergunta também foi respondida com um “Não” por Rose.

“Porque há muita diferença na capacidade. …Possivelmente. Se um milagre acontecer, poderá ser usado para parar por um momento.

“Parar é isso?”

“Se apenas por um momento, talvez. Ainda assim, isso não mudaria o fato de que você seria morta eventualmente.”

Se sim, então não há sentido nisso.

Eu também tenho a mesma percepção geral que Rose.

A situação é desesperadora.

Enquanto o diálogo continua, o desespero parece estar se aprofundando.

“Entendo. Obrigado, Rose-san. Eu entendi a situação… Como pensei, essa é a pior situação possível.”

Está certo. Estamos em uma situação grave.

Atualmente, não temos meios de combater a Arachne Branca e levar o Mestre de volta.

Apressar-se para atacar o inimigo sem pensar, sem discutir, é o curso de ação mais tolo. Mas só porque você se preocupa com isso, não significa que você poderá criar um bom plano.

“Por enquanto, tenho uma coisa a dizer.”

Kato-san abriu a boca enquanto todos estávamos sentindo a gravidade da situação e tendo pensamentos amargos.

“Nesse ritmo, parece que, mesmo que Lily-san e Rose-san salvem Mashima-senpai, vocês não serão capazes de salvá-lo, que está preso.”

“Sim. Parece que seria assim.”

“É por isso que, nesse caso, se vocês podem, pedir emprestado a pata de um gato, certo? Uma pessoa como eu também pode ser útil, sabia.”

“… A situação em que não podemos salvar o Mestre não pode piorar. É por isso que trazer Kato-san irá mudar a situação e não poderia piorar as coisas assim?”

“Sim. Além disso, há outras coisas que eu posso fazer.”

Kato-san atingiu a área ao redor do canto do olho usando a ponta do dedo enquanto fechava um dos olhos.

“Se duas pessoas pensando sobre isso não são suficientes, então três pessoas poderão pensar em algo.”

“Três pessoas juntas… você diz?”

“Sim. Pelo menos, acho que é uma proposta um pouco melhor do que parece algo sem chance, onde morremos uma morte honrosa. ”

Antes, assim, Kato-san havia nos esmagado. Se ela se tornar nossa estrategista, seria bastante encorajador.

Claro, ainda existem problemas em torno de sua confiabilidade.

Não confio nela como confio em Rose. Mesmo agora, sinto que não quero trazer elementos incertos.

É fato que ela nos impediu de nosso suicídio imprudente, embora haja algumas perguntas sobre sua declaração de querer salvar o Mestre, mas se começarmos a questionar, não haverá fim para isso.

Mas, mesmo agora, todas essas ideias não têm significado.

Confiável ou não, não importa nessas circunstâncias.

O certo é que, nesse ritmo, não conseguiremos trazer de volta o Mestre.

Além disso, esse tipo de estratégia de derrubada, não seremos capazes de fazê-la.

Como Kato-san apontou, agora estamos presas.

Nesse caso, não temos escolha a não ser apostar no elemento não identificado.

Temos que confiar na Kato-san.

…Bondade.

Algum tempo atrás, nosso problema era se Kato-san pode ser confiável ou não, mas desde então mudou para se sua ajuda deveria ser aceita ou não.

Por fim, como Rose tomaria a decisão…

“Lily-san também, até Rose-san, a verdade é que vocês entendem, certo?”

Kato-san só falou veementemente para checar novamente.

“Sozinhas, vocês não conseguem sair desse impasse. É por isso que vocês estão apostando nas menores possibilidades. É também por isso que Rose-san passou um tempo valioso examinando-me, uma humana, estou errada? Nesse caso, não é hora de dizer isso 4-5 vezes.”

Kato-san, que disse isso, fez um sorriso caloroso.

“Por favor, deixe-me ajudar a salvar Mashima-senpai. Vou lhes mostrar que posso ser útil.”

Kato-san estendeu as mãos que foram colocadas no peito.

Olhando para as palmas das mãos, Rose virou a cabeça monotonicamente.

Eu entendo o coração da minha imouto-bun muito claramente.

Independentemente de o “caminho” estar conectado ou não, eu e ela temos exatamente o mesmo sentimento.

“Anesama.”

“Eu sei.”

Não havia mais nada a ser reconhecido.

Fomos completamente derrotadas sem luta por uma garota humana que não tem poder de combate.

***

Dez minutos se passaram. Após a reunião de estratégia, passamos a rastrear a Arachne.

Felizmente, compartilhamos a conexão de ser Familiares e Mestre. Nosso relacionamento não é algo abaixo do padrão que se romperia apenas por causa de alguma distância entre nós.

Como Kato-san, que é apenas uma humana, não conseguia acompanhar nossos movimentos, ela está sendo mantida por Rose enquanto nos movemos.

Essa é uma maneira bastante perigosa de viajar.

Mesmo quando eu imitava o olfato de um Presa de Fogo para rastrear o inimigo, mas ainda não é uma coisa certa. Existem muitos obstáculos na floresta, então nossa velocidade estava em torno do ritmo de trote, mas ainda não devemos deixar de verificar o que nos rodeia. Acima de tudo, as mãos de Rose estão ocupadas.

Normalmente, essa situação deve ser evitada a todo custo. Mas agora, não podemos fazer nada sobre isso.

Oramos para que não encontremos monstros até o fim.

Não. Quando você pensa no desafio imprudente que vamos enfrentar, se não tivermos pelo menos esse tipo de sorte, estaremos condenados.

Porque agora vamos desafiar essa atrocidade branca.

No final, eu não consegui encontrar nenhuma outra tática conveniente para enfrentá-la.

Claro. Não importa quantos amadores como nós se reunam para pensar sobre isso, a probabilidade permanecerá a mesma.

Ainda assim, vamos desafiá-la.

As chances de sucesso são inexistentes – não, não completamente.

Existe um plano. Embora as chances de sucesso sejam semelhantes a uma aposta aleatória, ainda temos esperança.

Disse Kato-san, a estrategista.

“Você tem a vontade de viver, não importa o que aconteça?”

Se for pelo Mestre, nossa resposta já foi decidida.

A fim de obter a vitória que parecia um fio fino, fomos em direção ao lado do Mestre, prosseguindo na escuridão que afundava na floresta à noite.

Comentários