iLivro

Passos da tormenta

Já se passaram três meses desde que Ariel se isolou para treinar, agora o garoto já tinha onze anos, seu mestre achou que ele teria voltado muito antes, mas estava totalmente errado, vendo que poderia demorar um pouco mais, ele partiu para Kotai para buscar o ‘presentinho’ que preparou para Ariel.

Na parte mais alta da montanha, um jovem sentado com suas pernas cruzadas acabava de abrir seus lindos olhos negros. Quem estivesse perto dele conseguiria ouvir seu sussurro.

“Consegui! Agora eu estou muito mais forte.”

Ariel passou três meses apenas cultivando e aprimorando sua técnica da suavização no estado da tranquilidade. Antes tinha atingido o primeiro nível da terra e agora também avançou boa parte em direção ao segundo nível, além de que ele sentia que faltava muito pouco para terminar a primeira parte da técnica da suavização, contrariando o pensamento de Kanri que pensava que isso aconteceria apenas daqui a cinco anos.

Enquanto cultivava, Ariel percebeu as varias mudanças que suas esferas de energia sofreram.  Além de seus movimentos ficarem mais sincronizados, ele percebeu que parte da energia vinda delas estava penetrando seu corpo e se espalhando por ele todo. Apesar de seu mestre ter lhe dado uma breve explicação sobre o assunto, Ariel não sabia o que isso significava, mas isso era um sinal de que seu Qi estava passando por seus meridianos.

O meridiano pode ser explicado simplesmente por ser um canal de energia por onde passa o Qi, essas duas coisas estão diretamente ligadas ao cultivo de corpo. Se os meridianos estão entupidos, danificados ou apagados seria praticamente impossível alguém fortalecer o próprio corpo.

Ariel não sabe disso, mas normalmente é difícil para alguém apenas na camada da terra já conseguir desenvolver a energia em suas veias e meridianos, ainda mais para alguém que acabou de pisar no caminho dos fortalecedores. Tudo isso é fruto do seu esforço em treinar por longos períodos de tempo e é claro da maneira de treino que foi estabelecida por Kanri.

Voltando a Kotai, Kanri estava muito excitado em receber o que tinha encomendado. Após chegar a cidade, ele sem pensar demais, foi direto a loja de armas de Razeldor.

Depois de esperar um tempo por ele, Kanri gritou: “Ei velhote não me faça esperar mais! ”

Após alguns segundos o homem careca de meia idade apareceu com um pequeno baú na mão. “Caramba, como você sabia que chegaria justamente hoje? ”

“Pergunta estranha não? Até parece que não nos conhecemos a anos.” Quando Kanri terminou de falar, os dois velhos deram gargalhadas em sincronia. Razeldor balançou sua mão para o ancião esperando que ele entrasse em sua loja.

Sem rodeios, o velho o seguiu rapidamente.

Eles entraram uma sala um tanto escondida na loja de Razeldor, de fato era possível perceber que aquele baú continha algo que deve ser tratado com extrema delicadeza.

“Chegou exatamente o que pedi? ”

“Você acha mesmo que eu o decepcionaria como um comerciante? Haha, eu consegui algo ainda muito melhor do que você pediu, porém o preço é claro é absurdamente maior.”

Absurdamente maior? Essas palavras chegaram aos ouvidos de Kanri como se fossem presentes divinos, afinal o que ele já tinha pedido antes era algo que ele não tinha certeza que encontraria.

Com a cara explodindo de felicidade ele disse: “Sabia que você não me desapontaria Razeldor, agora desembuche é fale sobre o que encontrou.”

“Você tinha me pedido uma magia de elemento raio pelo menos no nível 3 certo? ” Kanri assentiu. “O que eu consegui é algo que vai deixar você de boca aberta, simplesmente nesse baú a sua frente está uma magia de eletricidade sem classificação! ” Disse Razeldor esperando para ver qual seria a expressão na face de Kanri.

“V-você disse sem classificação? ” Tocando no recipiente a sua frente, suas mãos tremiam um pouco. Diferente de artes marciais que não tinham uma classificação exata, magias iam de nível 1 a 9 além de pouquíssimas magias que ultrapassavam esse nível. Em 892 anos de vida o ancião poderia contar em suas mãos a quantidade de usuários de técnicas sem classificação que chegou a ver.

Essas ‘pouquíssimas magias’ são popularmente conhecidas como magias sem classificação porque dizem que é impossível julgar o poder delas. Algumas delas poderiam ser equivalentes a magias de nível 3, 6, 9 ou até 1. O que realmente as diferencia das outras é que elas podem oferecer um grande risco à vida do cultivador que tentar usa-las, e que podem desenvolver e aumentar seu poder de acordo com o progresso de seu usuário, podendo até ser mais poderosas que magias de nível 9.

O jeito que as magias podem ser aprendidas depende do nível de seu cultivador. Um fortalecedor que nem passou das camadas da terra não tem energia suficiente para aprender uma habilidade de nível muito alto, isso se deve ao outro tipo de energia diferente do Qi que os seres humanos possuem, quando você come algo, respira, e até cultiva você desenvolve ela. E conforme a magia tem níveis mais altos ela vai exigir uma energia maior.

Porém magias sem classificação podem ser aprendias tanto por pessoas na primeira camada da terra como pessoas que já ultrapassaram as camadas da terra e céu. Elas sempre ofereceriam um grande risco a quem tentasse entende-las.

“Exatamente isso que ouviu, consegui adquirir de uma família nobre da capital que vendeu depois de varias pessoas a tentarem utilizar, porém nenhuma teve sucesso. Mas o preço é realmente salgado, depois de um tempo conversando consegui comprar ela por 15 Kin.”

15 Kin? Essa era uma quantia era astronômica até para nobres em Moran. Mas quem eram eles comparados a Kanri? Um homem que já foi um pilar desse país certamente estaria disposto a gastar uma parte de seu dinheiro, ainda mais se esse for para seu único pupilo.

Depois de pensar um pouco, Kanri olhou para o anel em seu dedo que começou a manifestar um pouco de energia, depois disso as mãos de Kanri estavam cheias de moedas de Kin.

O que ele acabara de fazer era simples, nesse mundo, muitas pessoas ricas tinham anéis chamados anéis espaciais, eles tinham a propriedade de guardar itens ou qualquer tipo de coisa material em outra dimensão, e apenas manifestando sua energia neles seus donos poderiam retira-los novamente, o anel de Kanri em especial tinha um grande espaço para armazenar coisas.

Colocando o dinheiro na mesa de Razeldor, Kanri rapidamente se apoderou do baú. Depois disso o velho careca disse: “E eu pensando que esse dinheiro seria até difícil para você disponibilizar.”

“Quem disse que não foi difícil? Mas se é para meu discípulo eu estou disposto a gastar até meu ultimo bronze.

“Bom, é ótimo que ele tenha o elemento raio, eu já ia me esquecendo, o nome dessa magia é ‘Passos da tormenta’.

“Até que é um bom nome. Devo me retirar agora, obrigado pelo produto, deve ter dado um trabalho para consegui-lo.” Razeldor disse com um sorriso: “Eu te devia uma, então agora estamos quites.”

Depois de se despedirem Kanri foi embora o mais rápido possível da cidade, ele estava realmente feliz, se Ariel conseguisse aprender uma técnica dessas, então ele pelo menos teria algo relacionado a seu elemento.

Ao chegar na sua casa, o ancião abriu o baú e viu um pergaminho fechado. Depois de retirar o pergaminho do báu, ele o guardou. Depois disso sentou em sua varanda enquanto pensava no que conseguiu adquirir hoje.

Saindo do meio das árvores, o velho viu uma figura familiar correndo em direção a ele.

“Ariel! ”

“Senhor Kanri eu consegui! Agora eu já estou no primeiro nível da terra, e sinto que não estou muito longe do segundo, também aprimorei minha técnica da suavização.”

“Muito bom garoto, continue cultivando dessa maneira. Hoje é um dia para celebrar, tenho ótimas notícias. Finalmente eu consegui uma magia de eletricidade para você! ”

Magia de eletricidade? Ariel quase surtou de alegria, afinal segundo seu mestre ele teria que desenvolver seu elemento totalmente por conta própria.

“Amanhã eu já quero que comece a aprender ela. Devo dizer que ela é uma magia sem classificação, então quando for tentar utiliza-la tente apenas sob minha direção, entendeu? ” Ariel balançou sua cabeça.

Kanri estava muito satisfeito hoje, além da técnica em que pôs as mãos e o visível aumento de força em Ariel, hoje completaria um ano desde que ele encontrou e conviveu com o garoto, o afeto desenvolvido entre eles era algo que o ancião não sabia como explicar, mas estava disposto a aumentar ainda mais.

 

Nota: Finalmente cheguei ao capítulo 10 da novel, aehooo. Apenas mais alguns capítulos e o primeiro arco estará terminado, então por favor continuem acompanhando que só vai ficar melhor, prometo.

Agora finalmente a parte ‘xianxia’ da novel ficou mais clara para vocês, até o próximo capítulo!

Comentarios em ODDA: Capítulo 10

Categorias