iLivro

Fluxo das energias

Ariel que até agora estava meditando, de repente abriu seus olhos, e sem mudar sua posição começou a circular sua energia em seu corpo enquanto tentava a equalizar com sua energia elementar. Depois de tentar por mais de uma hora, seu corpo estava exausto e ele finalmente conseguiu.

“Fiquei dez dias tentando apenas isso, será que é mais difícil alinhar meu Qi e minha energia? ”Isso era algo que intrigava Ariel, seu conhecimento sobre Qi e suas outras energias é pouco, apesar de saber das coisas que o ancião lhe dizia, ele acreditava que no final existiam muitas coisas sobre isso que ele nem seu mestre sabiam.

Depois de cultivar metade do dia e na outra metade desenvolver sua aura elementar, Ariel estava muito próximo de avançar para a segunda camada da terra, ele estava percebendo que quanto mais seu Qi e seu corpo desenvolviam, seu Qi ficava mais “denso” e passava por seus meridianos mais naturalmente.

Isso acontece porque o tipo de Qi é diferente entre as camadas de céu e terra. Enquanto na terra o Qi tende a crescer ficando mais abundante e espalhado no corpo, no céu ele fica mais refinado e poderoso.

Apesar de um bom tempo já ter passado desde sua primeira luta com Kanri, ele ainda estava ansioso para sua próxima vez, sua confiança agora era com certeza maior do que antes. Talvez se Kanri continuasse com sua força no primeiro nível da terra, o jovem acreditava que tinha chances de dar um pequeno trabalho ao velho.

No conhecido pico da montanha, Ariel estava junto com seu mestre que carregava um pergaminho na mão.

“Já se passaram 15 dias e você já me disse que é capaz de aumentar sua aura, então pode começar a solta-la.”

Ariel assentiu e levantou seu corpo.

Tentando diminuir um pouco seu fluxo de Qi acreditando que seria melhor, Ariel cerrou seus punhos e rapidamente conseguiu uma explosão de energia junto com poder elementar, que nos olhos de Kanri eram mais do que o necessário.

Tentando esconder seu atordoamento, Kanri riu e disse: “Você conseguiu, agora está pronto para aprender essa magia.”

Não deixando Ariel responder ele continuou: “Antes de domina-la não use sem minha permissão. Em relação a entender a magia, muitas delas compartilham o mesmo conceito, concentrar algum tipo de energia em um determinado local, seja fora ou dentro do seu corpo, se conseguir entender isso totalmente você já estará um passo a frente de todos.”

“Nesse pergaminho está todas as informações que você vai necessitar. Como tudo isso tem riscos, não vou sair de perto então fique tranquilo.” Depois de dizer tudo que tinha em mente, ele estendeu o pergaminho à mão de Ariel, que ansiosamente agarrou o pedaço de papel.

Minha primeira magia!

Contendo sua excitação, o garoto abriu o pergaminho.

Quando viu o conteúdo dele ficou muito confuso, existiam algumas frases que ele conseguia ler, e alguns símbolos que o lembrou do que ele tinha visto na caverna.

Ao passar seu dedo por eles, sua expressão se tornou atônita, ele sentiu algo ao passar seu dedo em algumas partes do seu pergaminho, depois de pensar por alguns segundos ele percebeu.

“Isso… isso é Qi junto com as duas outras energias.”

Depois de ver todas as imagens no papel, ele começou a ler o conteúdo nele contido. Sintetizando as informações que ele viu, pode ser descrito dessa maneira: Essa técnica foi criada no ano 1020 do calendário Susou, basicamente há quase 8 mil anos atrás. Ele diz que quando alguém maximizar ‘Passos da tormenta’, o pergaminho vai deixar de existir nesse mesmo momento, obviamente o pergaminho estava nas mãos de Ariel, significando que ninguém conseguiu acesso ou entender por completo essa magia.

As próximas partes descreviam a melhor maneira de entender essa magia. Só depois de ter contato com as energias presentes no papel, existiria a possibilidade de compreender o feitiço. Primeiramente, é necessário pelo menos que consiga concentrar seu poder ou aura elementar nos seus pés, depois disso poderia chegar à segunda parte.

Basicamente, ‘Passos da tormenta’ é uma magia que concentra o poder elementar da eletricidade na parte inferior dos pés, pode ser usado como uma técnica de repentino ganho de velocidade, dando a opção de fugir de um oponente, chegar rapidamente nele ou aumentar a potência de um golpe.

Depois de conseguir centralizar o poder elementar nos seus pés, deve-se convergir o fluxo de Qi e energia para a parte inferior do seu corpo, e quando isso for feito deve liberar essas energias para seus lugares originais. Depois disso você conseguirá facilmente escolher a direção e intensidade que quiser, é claro que a potência que consegue depende do seu poder atual, seja seu Qi, energia do seu corpo, poder elementar e nível de cultivo.

“A complexidade disso é absurda.” Afinal ele acreditava que depois de gastar dias tentando emanar corretamente sua aura elementar não teriam muitos desafios à frente para aprender ‘Passos da tormenta’. Mas alguns de seus antigos pensamentos se provaram corretos, seu Qi estava diretamente ligado com as outras energias de seu corpo.

Assistindo de longe, seu mestre ria sem se conter, o olhar exasperado na face de Ariel era agradável para qualquer pessoa.

“Como eu interfiro na direção do fluxo de Qi e a outra energia? ” Depois de levar sua mão ao queixo ele disse: “Pensando bem, deve ser parecido com a movimentação de poder elementar.”

Movimentação e fluxo de Qi, energia e pode elementar!

Essas são as atuais incógnitas de Ariel, que com certeza ele iria compreender.

Ainda mais com sob o ensino de Kanri, isso não seria impossível.

Sem perder tempo ele sentou e começou a tentar entender como ele faria as coisas escritas no pergaminho.

“Talvez eu deva manejar os três fluxos de energia ao mesmo tempo? Primeiramente vou tentar concentrar meu poder elementar.” Pensando nisso ele ainda ereto, diminuiu seu Qi e sua energia do corpo tentando apenas interferir com a parte do seu atributo.

E rapidamente ele sentiu seus dois pés ficando mais pesados.

Estou fazendo algo errado? Que seja eu tenho tempo para tentar.

Percebendo o poder que agora estava focalizado em seus pés, ele começou a direcionar o fluxo de Qi e energia para a parte inferior de seu corpo, assim como o pergaminho dizia.

“Estranho…” Pensou Ariel.

À medida que mais e mais Qi e energia corporal iam para as pernas de Ariel, o garoto percebia que seus pés antes pesados ficavam mais leves. Ariel continuou fazendo isso até percebeu que não era mais possível.

Eu Consegui?

Quando a essa ideia passou pela mente de Ariel, o garoto levantou um sorriso, agora só falta liberar essas energias ao mesmo tempo. Decidido, seu corpo em um instante após fazer o que leu se desprendeu do chão em uma velocidade absurda.

“Whoosh! ”

Vendo o que acabara de acontecer com seu discípulo descuidado, Kanri levantou totalmente em choque.

Um estrondo extremamente alto foi ouvido.

Poucos segundos depois de Ariel tentar usar a magia, o garoto viu seu corpo ser lançado a uma velocidade que ele nem sabia que existia, e depois disso seu corpo se chocou com alguma árvore da floresta.

Depois de um urro devido a dor que estava sentindo Ariel se levantou com seu corpo parecendo que acabara de tomar uma surra.

Enquanto isso Kanri em uma velocidade igualmente rápida se dirigiu na direção onde Ariel foi.

“Esse pirralho não me escutou…” A preocupação crescia no coração de Kanri, agora ele não tinha dúvidas que o garoto ocupou o lugar da pessoa mais importante de sua vida.

Ao chegar perto de Ariel, vendo que ele já se levantou apesar de estar com alguns machucados, o ancião deu um longo suspiro.

“Criança não faça esse velho aqui morrer do coração, por que não me informou disso? ”

“M-mas senhor Kanri, eu consegui, eu consegui utilizar um pouco dessa magia! ”

Apesar da dor que permeava seu corpo, Ariel estava tremendo de felicidade, a arte marcial que ele aprendeu certamente se mostrou forte e com certeza Ariel não viu seu total potencial, mas essa magia fez Ariel perceber de imediato a eficiência monstruosa que ela teria em uma batalha.

 

 

Nota: Férias chegaram, agora é lolzinho e novel!

Ariel garoto descuidado…

Comentarios em ODDA: Capítulo 12

Categorias