Kuork

Apenas Tradutores Errantes

iLivro

Trapaceiro em vez de um herói

“Desculpa, foi engano.”

Quando ele disse isso, Hajime tentou fechar a porta silenciosamente. A garota de cabelos loiros e olhos vermelhos entrou em pânico e tentou detê-lo. Sua voz que não tinha sido utilizada durante anos ficou borrada em um murmúrio; embora seu desespero fosse transmitido.

“E-Espere! Por favor! Me salve…”

“Não.”

Hajime disse e continuou a fechar a porta. É um diabo.

“P-Por que? Eu farei qualquer coisa.”

A garota estava desesperada. Apenas a cabeça foi vista, mas seu rosto era suficiente para transmitir os seus sentimentos. Hajime respondeu de uma forma sombria.

“Hey, esse é o fundo do abismo. Não posso liberar alguém que foi selado aqui. Seria absolutamente perigoso. Com exceção do selo, nada mais está aqui… não há nada para ajudá-lo a escapar. Por essa razão…”

Seu argumento foi ouvido. Ele não era uma pessoa normal que responderia à voz suplicante de uma garota capturada e libertaria sem qualquer hesitação. O gentil Hajime original teria ajudado sem dúvidas.

Sendo tão friamente recusada, a garota desesperada ergueu a voz quando ela estava à beira das lágrimas.

“Não! Tosse… Eu não sou mau! … Espere!”

Hajime continuou fechando a porta inalterado. Um pouco de tempo antes que ela estava completamente fechada, Hajime começou a ranger os dentes. Se ele tivesse fechado mais rápido ele não teria ouvido…

“Eu fui apenas traída.”

A porta sendo fechada tinha apenas uma pequena abertura, parou quando o grito da garota chegou a ele. Apenas um pouco de luz passava pela fresta no quarto escuro. 10 segundos, 20 segundos se passam. Finalmente, a porta começou a abrir novamente. Hajime parou à porta com uma cara azeda como se tivesse sido picado por 100 insetos e esmagado um.

Ele não tinha nenhuma intenção de ajudá-la. Deve ter havido uma razão adequada para ser selada aqui dentro. Não havia nenhuma evidência para provar que não havia nenhum perigo. Ser enganado por um ser perverso era uma possibilidade muito provável. Era apropriado para renunciar a ela.

“Eu me pergunto o que estou fazendo.”

Hajime suspirou por dentro. Seu coração tinha abalado quando ela disse “traída”. Deve ter sido o passado por trás dele. Neste lugar, tentar cumprir o seu desejo de “viver” é extremamente difícil. Rancores eram distrações desnecessárias. Se suas palavras poderiam afetá-lo tanto assim, houve provavelmente uma parte dele que não tinha seguido em frente. Parte da consciência de Hajime provavelmente ainda existia se ele pudesse simpatizar com a garota que estava na mesma situação que ele.

Hajime coçou a cabeça enquanto caminhava até a garota. Claro, ele não iria abaixar a guarda.

“Você disse traída? Eu não acredito que essa é a razão por você estar selada. Se o que você disse era verdade, por que o traidor selou você aqui?”

A garota estava atordoada quando Hajime voltou. Através de seu abundante cabelo loiro sujo, com os olhos vermelhos olhou para Hajime. Hajime ficou irritado com sua falta de resposta.“Hey. Você está ouvindo? Se você não vai falar, eu vou embora.“Como ele disse que ele virou calcanhar. Surpresa, ela esforçou e começou a dizer a razão de ter sido selada.

“Eu sou uma vampira de sangue… Me foi concedido grande poder… por causa disso eu trabalhei duro para o meu país. Mas… um dia… todos os meus retentores… me disse que eu não era mais necessária. Tio… tornou-se meu rei… Eu estava bem com isso… No entanto, eu era perigosa por causa dos meus poderes… eles não podiam me matar… então eles me selaram… aqui.”

Ela falou desesperadamente e pouco a pouco tornou-se seco. Hajime gemeu enquanto ele ouviu a história. Parece que as circunstâncias estavam cheia de drama. Havia algumas coisas que a incomodava. Ele perguntou como ela suprimiu suas emoções.

“Você, de qual família real você é?”

“…(hipinotizada)”

“O que quer dizer com não poder ser morta?”

“… Regeneração automática. Lesões se curam imediatamente. Mesmo se decapitada.”

“… I-Isso é incrível … é que seu grande poder?”

“Não apenas isso … Magia, manipulação direta… também não precisa de formação.”

Hajime entendeu isso. Ele conseguiu Manipulação mágica depois que ele comeu os demônios. Encantamentos e formações mágicas eram inúteis para ele para fortalecer seu corpo. Ele não precisava de encantamentos para sua transmutação ou de outras habilidades. No caso de Hajime, isso não mudou sua dependência de grandes formações mágicas para usar magias convencionais, por causa de sua aptidão zero para magia. Sua manipulação mágica direta não ajudou nesse aspecto e isso tornou o uso de magia convencional impraticável. Se ela tivesse alguma aptidão mágica, ela poderia usar alguma magia muito poderosa e ela seria capaz de suprir sua falha. Enquanto outras pessoas estariam preparando seus cantos e formações mágicas, ela poderia simplesmente lançar um feitiço para neles ser estarem esperando por isso. Honestamente, seria unilateral. Além disso, a imortalidade. Provavelmente não era absoluta, mas ainda era mais roubado que um herói.

“… Me ajude…”

Enquanto Hajime estava pensando para si mesmo, a garota insistiu com ele.

“…”

Hajime sem emoções olhava para a garota, e ela fez o mesmo. Quanto tempo eles olham um para o outro… Ele suspirou e coçou a cabeça, e colocou a mão sobre o cubo que selou a garota.

“Ah.”

A garota percebeu o significado e arregalou os olhos. Hajime ignorou a reação dela enquanto ele se concentrava em sua transmutação.

Magia de cor carmesim foi descarregada dele. Sua magia tinha mudado depois que ele comeu os demônios. No entanto, o cubo estava resistindo a transmutação de Hajime. Foi exatamente como a base na parte superior e na parte inferior de um nível. O cubo não era completamente imune a isso. Pouco a pouco, a magia de Hajime começou a corroer áreas em torno do cubo.

“Ku, a resistência é forte… mas, sou eu que estou aqui!”

Hajime começou a gastar mais magia. O equivalente a um encantamento de seis frases. Finalmente, a magia penetrou a defesa do cubo. O ambiente, foi banhado com a luz carmesim da magia de Hajime.

Hajime precisava de mais magia. 7 frases… 8 frases… A pedra em torno de seu selo começou a tremer.

“Ainda mais!”

Ele derramou magia o suficiente para uma conjuração de 9 frases. Se fosse uma magia de atributo, ela já seria um feitiço de grande nível. Não, a quantidade de magia talvez era de ainda mais. A luz carmesim continuou a crescer rapidamente e mais brilhante. A vampira manteve os olhos abertos enquanto olhava fixamente para o brilho e Hajime.

O suor começou a escorrer de seu corpo, esta foi a primeira vez que Hajime usou sua magia em grande escala. Se ele perdesse o controle apenas por um momento, seu poder poderia causar um desastre. Mesmo com todo esse poder do cubo não cedeu. Hajime estava desesperado; ele tinha liberado toda a sua magia.

Hajime não entendia por que ele faria tudo isso é uma garota que acabou de conhecer. Não tinha jeito, ele não queria deixar a garota sozinha. Até agora, Hajime decidiu dedicar sua vida a eliminar todos os seus inimigos e ir para casa… mas ele se perguntou:“O que você está fazendo” interiormente. Ele queria tratar de tudo com uma solução clara. Ele tornou-se sério.

Seu corpo começou a emitir uma luz vermelha. Realmente, ele estava indo para liberar toda a sua magia. Toda a sua magia foi vertida em sua transmutação para cumprir a sua meta!

O cubo em torno da garota começou a derreter e, pouco a pouco, ela estava ficando sendo liberada de seus grilhões. Logo, mais e mais partes dela se libertaram. Seu peito inchado veio a fora, em seguida, sua cintura, braços e coxas. Dentro do cubo, ela não estava vestindo nada. Mesmo que seu corpo estava emagrecido, ela ainda tinha uma mística beleza. Ela caiu em uma posição infantil depois de todo o seu corpo ter sido liberto. Seu corpo parecia não ter a energia para se levantar.

Hajime também se sentou. Sua respiração era ofegante e seus ombros a acompanhavam. Um pesado sentimento de fadiga o acertou quando ele sentiu suas reservas mágicas vazias. Com a respiração selvagem e mãos trêmulas, ele pegou sua “poção”, mas a garota apertou sua mão. Uma mão que não tinha qualquer poder; pequena e trêmula. Quando Hajime olhou para ela, ela estava olhando para ele. Seu rosto estava em um estado inexpressivo, mas seus olhos contavam a verdade.

Com uma pequena e trêmula voz, ela disse claramente.

“…Obrigado.”

Qual sentimento ele sentiu ao ouvir isso? Profundamente dentro de seu coração supostamente sombrio, havia uma pequena luz que não desapareceu.

Ambos seguraram firmemente suas mãos. Quanto tempo passou? A partir do conhecimento do Hajime, vampiros foram extintos a várias centenas de anos atrás. Lembrou-se de ler sobre isso quando ele estava estudando a história deste mundo.

Mesmo enquanto falava sua expressão não mudou. Em outras palavras, ela tinha esquecido há muito tempo como falar e expressar-se com outras pessoas. Tinha passado muito tempo na escuridão sozinha. Traída pelas pessoas que ela confiava. A garota fez vem em não ter ficado louca. Talvez tenha sido por causa de sua regeneração automática. No entanto, pode ser considerado tortura com ela. Porque não deixar ela ficar louca era o mesmo que fazê-la lembrar de tudo.

Sendo capaz de beber a “poção”, mostrou um sorriso irônico no rosto depois. Ele voltou a agarrar as mãos fracas. Ela fez o mesmo, segurando suas mãos.

“…Qual é seu nome?”

A garota perguntou Hajime com um sussurro. Hajime finalmente percebeu que não haviam se apresentado.

“Hajime. Nagumo Hajime. E o seu?”

Ela murmurou “Hajime” repetidamente. Como ela estivesse gravando em sua mente como algo importante. Para a pergunta, ela respondeu com uma pergunta.

“… Nome, me dê um nome.”

“Eh? O que quer dizer com me dê um nome? Não me diga que você esqueceu seu nome.”

Hajime perguntou-lhe se era por causa da longa pena de prisão, mas ela apenas balança a cabeça.

“Eu não preciso mais do meu nome anterior. O nome que Hajime me der esta bom.”

“… Ha, mesmo se você dizer isso.”

O mais provável é que ela estava lidando com a mesma coisa que quando Hajime mudou. Jogar fora seu eu anterior; viver uma nova vida com novos princípios. Hajime mudou devido à dor, fome e ódio. Ela queria mudar por sua própria vontade. O primeiro passo era conseguir um novo nome.

Os olhos dela estava brilhando com antecipação. Hajime coçou a cabeça ao pensar que não tinha como evitar. Ele disse a ela o novo nome.

“Que tal “Yue”? Eu realmente não tenho bom gosto pra nomes, se você quiser um diferente …”

“Yue? … Yue Yue…”

“Ah, eu não quis dizer Yue [romanji]. Na minha terra natal significa “lua”. Quando entrei pela primeira vez no quarto, eu pensei que aqueles olhos que brilharam através de seu cabelo loiro parecia a lua flutuando no meio da noite… Que tal?”

A garota ficou surpresa com a resposta que ele deu e apenas piscou os olhos. Como esperado, seu rosto permaneceu inexpressivo, mas seus olhos brilhavam de alegria.

“Sim, a partir de agora eu sou Yue. Obrigado.”

“Oh, então para começar…”

“!?”

Yue tirou suas mãos postas e olhou para Hajime. Ele começou a tirar seu casaco e deu a ela.

“Vista isto. Você não pode ficar nua para sempre.”

“…”

Yue reflexivamente tomou o casaco oferecido enquanto ela olhou para seu estado. Ela estava completamente nua. Todas as suas partes importantes foram completamente expostas. O sobretudo de Hajime a envolveu rapidamente, enquanto ficava vermelha. Yue olhou para Hajime e murmurou.

“Hajime é um pervertido.”

“…”

Hajime preferiu ficar em silêncio, porque falar qualquer coisa apenas deixaria as coisas piores. O casaco foi alegremente vestido por Yue. Ela tinha apenas 140 centímetros de altura, de modo que o casaco era grande demais para ela. Suas mãos seguravam as bainhas do casaco com uma expressão agradável em sua face.

Durante esse momento, Hajime estava bebendo sua “poção”. Sua vitalidade se restaurou e seu cérebro estava ativo novamente. Usando a “percepção”… ele congelou. Havia uma sensação de um terrível demônio na área.

A localização… à direita acima!

Quando Hajime notou sua presença, foi o momento em que algo caiu do alto. Com todo esforço ele pegou Yue e usou “Flicker”. Após executar seu movimento, ele olhou de volta para onde estava. Um barulho veio da área, ele veio e viu o que era.

O corpo do monstro era de 5m de comprimento. Tinha quatro braços como longas lâminas e 8 pernas farfalhando ao redor. Uma agulha afiada estava presente em suas duas caudas. Escorpiões seriam a melhor comparação a eles. Quanto às duas caudas, seria sensato assumir que eram venenosas. Hajime sentiu que em comparação com todos os outros demônios que ele havia enfrentado até agora, este era claramente um guerreiro forte.

Suor escorria de sua testa. Quando ele entrou no quarto antes, A força total de sua “percepção” não notou nada. Isto significava que esse demônio escorpião foi libertado depois ele abriu o selo de Yue. O último recurso para impedir sua fuga. Se ele tivesse deixado Yue por si mesma, ele poderia muito provavelmente fugir.

Ele colocou seu olhar para a garota em seu braço. Ela estava sinceramente assistindo Hajime, e não se importava com o escorpião. Seus olhos eram como uma superfície de água calma; sem pânico. Seus olhos cobriram seus sentimentos com eloquência. Yue tinha confiado o seu destino à Hajime.

No momento em que seus olhos se encontraram, os cantos de sua boca se ergueram, e seu sorriso destemido de costume surgiu. Hajime, que não se preocupa com os outros, sentia simpatia por Yue. Luz ainda residia em seu quebrado coração. Por esta garota traída, ele iria se comprometer. Se ele não poderia responder a seus apelos, ele não era um homem.

“Manda ver! Tente me matar se você puder!”

Hajime rapidamente tirou sua “poção” de fora de sua bolsa, ele abraçou-a e deu um pouco para Yue; que estava empoleirada em seus ombros.

“Umu!”

A água sagrada fluiu para o corpo do recipiente em forma de tubo de ensaio. Seus olhos se arregalaram a ser suprida por essa estranha substância, mas ficou surpresa quando sua vitalidade estava sendo restaurada.

Hajime moveu Yue de seu ombro para as costas com a mão. Seus pés ainda estavam fracos, mas iria se recuperar em breve. Ele não queria lutar ao ter de protegê-la.

“Segure-se firme! Yue!”

Seu corpo estava longe de ser recuperado, mas ela usou a força que retornou para se agarrar no corpo de Hajime.

O escorpião começou a fazer barulho enquanto avançava na direção deles. Sentindo o aperto de Yue em suas costas, ele declarou com um sorriso corajoso.

“Se você está querendo ficar no meu caminho… Eu vou te matar e te devorar!”

iLivro
iLivro

O quarto fechado no Abismo

Passo a passo da Masmorra de Hajime continua.

Dado que o nível de líquido, ele tinha avançado 50 níveis mais fundo. Como Hajime não tem nenhum senso de tempo aqui, ele não sabe quanto tempo se passou. Mas o progresso que ele estava fazendo estava sendo feito em uma velocidade surpreendente.

Durante esse tempo, ele estava em uma luta desesperada. Inúmeras vezes ele havia encontrado demônios mais fortes e lutou por sua vida.

Por exemplo, um nível teve uma névoa venenosa fina cobrindo todo o chão. Tinha um sapo de 2m (arco-íris colorido) que cuspia gosma venenosa nele, e uma mariposa que se espalhava escamas que causava paralisia. Se ele não bebesse a sua “Poção”, ele teria morrido apenas de estar nesse nível.

Veneno do sapo colorido era um agente que tinha como alvo os nervos o preenchia com dor. Sua experiência com a dor era comparável à dor de sua primeira vez comendo carne de demônio. Ele teria morrido se não consumisse a “poção” em seu molar. Hajime tinha colocado um pequeno recipiente para mastigar por trás de seus molares que continham “Poção”. Ele estava feliz que ele tinha preparado para o caso de emergências.

Naturalmente, ele tinha consumido dois deles. Houve conflito quando ele comeu a traça, por causa da dor da supercompensação, resolveu tomar a ‘Poção’. Irritou o fato de que a mariposa tinha gosto melhor do que o sapo.

Houve também um piso que parecia uma floresta densa, como chegou a estar em um labirinto subterrâneo intrigou Hajime. Hajime pensou que este era o lugar mais desagradável até agora, porque a sua temperatura extremamente quente e de densa umidade. Os demônios deste nível eram uma enorme centopeia e árvores sencientes.

Quando ele estava atravessando a selva, uma enorme centopeia de repente caiu do alto das árvores. Hajime sentiu-se mal ao vê-lo, e desenvolveu arrepios em todo o seu corpo. Cada vez que a acerasse ela se dividiria. Luta contra essa centopeia era igual lutar contra 30 monstros. Donner estava em chamas com o uso, mas ainda havia muitos para ele lidar. Recarregar estava demorando demais, então ele mudou para seu ‘Air Claws’. Ele até começou ele até começou a dar inexperientes chutes por conta do desespero. Depois desse encontro, Hajime estava determinado a desenvolver a sua velocidade de carregamento e chutes. Esta decisão foi tomada enquanto ele estava lavando os fluidos roxos da centopeia.

Os demônios árvores eram como Entes de jogos de RPG. Suas raízes subterrâneas se despregavam do chão e suas vinhas eram como chicotes. No entanto, a principal característica dos entes não eram estes ataques triviais. Quando eles estavam com problemas, eles iriam atirar as frutas vermelhas que cobriam suas cabeças. Não houve qualquer capacidade ofensiva nisso, mas Hajime queria experimentá-la. Não era um veneno. O fruto era insanamente delicioso. A doce e fresca fruta vermelha era comparável a uma melancia. Não uma maçã.

O desconforto que sentia a este nível foi soprado. Cada pensamento desapareceu de sua cabeça temporariamente. Depois de muitas dezenas de dias ele tinha comido algo diferente de carne. Os olhos de Hajime se tornaram completamente os de um caçador, Sua presa eram esses entes. Depois que ele ficou satisfeito, ele continuou sua jornada, embora os demônios Entes quase foram extintos.

Com esse sentimento, ele avançou através de 50 níveis. Ainda há nenhum sinal de um fim. Atual estado de Hajime…

 

NomeNagumo HajimeIdade17 anos de idade
GêneroMasculinoNível49
ClasseArtista de transmutação (Sinergista)
Força880Vitalidade970
Resistência860Agilidade1.040
Magia760Resistência Mágica760
Habilidades
  • Transmutação
    • Avaliação Mineral
    • Precisão em Transmutação
    • Investigação Mineral
    • Separação Mineral
    • Fusão Mineral
    • Transmutação Replica (?)
  • Manipulação Mágica
  • Estômago de ferro
  • Vestimenta do trovão
  • Passo Divino
    • Air Walk
    • Flicker
    • Grandes pernas
  • Garras de Ar
  • Visão Noturna
  • Visão aprimorada
  • Percepção
  • Percepção mágica
  • Ocultar Presença
  • Resistência a Veneno
  • Resistência à Paralisia
  • Resistência à Petrificação
  • Compreensão de Linguagem

Hajime estava dentro da base que ele criou neste 50º andar. Ele foi acumulando seu treinamento em transmutação, tecnologia de armas de fogo e chutes. Mesmo que ele tenha achado a próxima escada ele não a usou. Porque ele encontrou uma área desconhecida nesse andar.

O espaço ao redor da área tinha carruagens. No final desta área lateral tinha uma solene e majestosa porta dupla cerca de 3m de altura. Sobre os flancos das portas tinha duas esculturas de homens gigantes de um olho só; apenas os seus corpos superiores foram esculpidos pelo que parecia.

Calafrios percorreram todo o seu corpo no momento em que pôs os pés lá. Temporariamente, ele tinha uma sensação de perigo sobre isso. Ele não tinha a intenção de fugir e preparou seu equipamento. Eventualmente uma “mudança” apareceu. Não vá e confira.

Hajime foi sentindo expectativa e desconforto, ao mesmo tempo. Se ele abrisse a porta, ele tinha certeza de que um desastre estava esperando para conhecê-lo. No entanto, um novo vento soprava nesta Dungeon.

“Como se fosse uma caixa de Pandora… Me pergunto oque me espera.”

Suas armas atuais eram, artes marciais e habilidades. Um por um, ele verificou e preparou para ter certeza que estavam em perfeitas condições. Quando ele terminou esta tarefa, Hajime guardou Donner. Ele fechou os olhos delicadamente. Já tinha decidido ser determinado. Não era ruim reforçar sua determinação. Hajime olhou para si mesmo e fez um juramento.

“Eu estou indo para sobreviver e voltar para casa. Para o Japão, a casa… eu vou voltar. Aqueles que são obstáculos são inimigos. Para inimigos… morte!”

Hajime abriu os olhos e um sorriso ousado enfeitou seu rosto.

Vigilante, Hajime veio para os quartos com a porta e avançou. Sem incidente, ele chegou na porta. Mais e mais decorações maravilhosas podiam ser vistas na porta enquanto ele se aproximava. No centro, duas formações mágicas foram desenhadas nos recessos.

“Eu não entendo. Estudei muito, mas eu nunca vi essas fórmulas.”

Quando ele foi chamado de incompetente, Hajime tinha colocado ênfase no conhecimento para compensar suas baixas capacidades físicas. Ele não terminou aprendendo tudo o que podia, mas era estranho ele nunca ter visto quaisquer fórmulas mágicas como as apresentadas a ele.

“É um sistema antigo?”

Enquanto adivinhando, Hajime examinou a porta, mas ele não foi capaz de entender nada de novo. Porque era muito importante, ele estava alerta para qualquer armadilhas. Hajime não ia ser capaz de decifrar nada disso com o seu atual grau de conhecimento.

“Não posso fazer nada. Vamos com a usual transmutação.”

Ele tentou puxar e empurrar a porta sem sucesso. Como de costume, ele tentou forçar um caminho com sua transmutação. Hajime colocou a mão direita sobre a porta e começou a transmutar.

No entanto, imediatamente …

Crackle!

“Uwa!?”

Uma descarga elétrica vermelha atravessa a porta até a mão de Hajime. Fumaça saia de sua mão. Xingando, ele rapidamente engoliu uma “Poção.” Imediatamente após o acidente ocorrido

Oooooooooh!!

De repente, um grito voz profunda ecoou por toda a sala. Hajime ganhou uma certa distância da porta por saltar para trás. Ele colocou a mão no coldre de cintura para se preparar para usar Donner a qualquer momento.

Os gritos continuaram a ecoar, e a identidade da voz começou a se mover.

“Bem, isso foi um clichê de um clichê.”

Enquanto Hajime estava murmurando e sorrindo para si mesmo. As esculturas dos dois gigantes que ladeavam a porta começou a desmoronar. Pele cinza que foi assimilada com a parede logo se transformou em verde escuro.

O gigante de um olho parecia exatamente como um ciclope das fantasias. Uma grande espada 4m apareceu em suas mãos, embora ele não sabia de onde ela veio. Ele virou seus olhos para Hajime e se libertou do chão que cobria sua parte inferior para eliminar o intruso.

Naquele momento,

Dopan!

Uma bala feita de Minério Tauru, que foi acelerada por meio de um disparo, perfurou o único olho do ciclope. Ela passou por sua cabeça por um tempo até que atravessou, e pulverizou a parede de trás. O ciclope restante inexpressivamente olhou para o que aconteceu com o ciclope morto. Depois que ele foi baleado, o corpo do ciclope ainda estava convulsionando, após inclinar para frente e cair. O choque criado a partir do impacto abalou o quarto inteiro, e poeira grossa dançou ao redor da sala.

“Desculpe, eu não sou o tipo de cara que sente o clima ou espera.”

Exatamente como um diabo. Não, devido a carnificina que Hajime experimentou isso era apenas um reflexo natural. Ainda assim… que pena para o ciclope (direita).

Provavelmente, era um guardião para a porta que estava selada ou algo assim. Além disso, estava em um lugar no fundo do abismo, não havia muitos visitantes. Então ele finalmente respondeu ao chamado do dever. Talvez ele se encheu de alegria. Sem nem mesmo ver muito o outro lado, sua cabeça explodiu pelos ares. Se você não chama isso de pena, do que você chamaria isso?

Uma expressão de horror estava no rosto do ciclope (à esquerda) quando ele olhou para Hajime. Seus olhos parecia que estava transmitindo “O que diabos esse cara fez? ”. Hajime estava olhando para o ciclope imóvel. O ciclope não sabia oque era a arma então se manteve vigilante e levantou sua guarda para se mover a qualquer momento. Logo, um rugido escapou de seus lábios, quando o ciclope perdeu a paciência olhando para o Hajime imóvel.

Pouco tempo depois, a sua face mergulhou no chão.

No momento em que se pôs a frente ele perdeu as forças em suas pernas e caiu para frente. Confuso, o ciclope tentou violentamente se levantar e se mover, mas não conseguiu juntar qualquer força.

Hajime aproximou-se lentamente do ciclope rugindo. Os passos firmes eram como uma contagem regressiva. Sacou a arma e colocou o cano na cabeça do ciclope. Click, o gatilho foi puxado sem hesitação.

Dopan!

Um tiro ecoou por toda a sala. No entanto, um evento inesperado aconteceu. O corpo cyclope se iluminou por apenas um momento, e nesse momento sua pele repeliu a bala.

“Mu.”

Hajime presumiu que ele usou magia especial. Sua magia inerente estava aumentando a sua defesa de forma significativa.

Sua boca se contorceu sobre o ciclope caído que ele pensou que fosse um tolo. Hajime levou sua arma longe do ciclope e deu um chute em sua cabeça.“Grande Chute.” O pontapé que ele deu foi tão bonito quanto o chute do coelho. Isso forçou o ciclope a olhar para seu oponente. Mais uma vez, a ponta da arma estava pressionada contra seu olho exposto.

Hajime sentiu como se o ciclope estivesse dizendo “Espere um momento”, mas ele o ignorou e puxou o gatilho. Como esperado, a bala penetrou através da sua cabeça; acho que não era capaz de reforçar o seu olho.

“Hmm, cerca de 20 segundos. Um pouco lento… Foi por causa do tamanho?”

Hajime observava os ciclopes para analisar o resultado experimental. Por que o ciclope de repente caiu e foi incapaz de se mover? Por causa da “granada paralisante”. A granada foi feita reunindo as escamas da traça e colocá-las em uma granada. Em seguida, é liberada a partir da granada com uma explosão de pequena escala; os resultados podem ser vistos no ciclope. Quando o ciclope (esquerda) começou com o outro ciclope foi a hora que Hajime lançou sua granada.

“Bem, está tudo bem. Vou colher a carne mais tarde…”

Hajime considerou olhar a porta. Usando o “Garras de Ar”, Hajime tomou a pedra mágica para fora do corpo ciclope. Sem se importar com o sangue, ele arrancou as pedras mágicas dos corpos dos ciclopes do tamanho de um punho para comparar com os buracos na porta. Eles tinham um encaixe perfeito.

Instantaneamente, magia vermelha brotou da pedra se tornou um quadrado mágico. A luz continuou depois de um tempo e um som abertura podia ser ouvido. Simultaneamente, a magia refletia nas paredes circundantes e emitia luz; coisa que Hajime não via faz bastante tempo.

Os olhos de Hajime brilharam um pouco, ele cautelosamente e silenciosamente abriu a porta.

Não havia uma única fonte de luz atrás e porta. A escuridão se espalhou no grande espaço que a sala tinha. Com a ajuda de sua “visão noturna” e as novas luzes, Hajime foi capaz de vasculhar a pequena sala a pouco. Duas colunas de pilares alinhados todo o caminho até as profundezas. O quarto foi feito a partir de esferas finamente trabalhadas e parecia semelhante à sala da Igreja que eles foram convocados pela primeira vez em. No centro da sala tinha um enorme cubo de pedra que refletia a luz recebida e brilhava.

Hajime estava olhando para o cubo, quando ele percebeu que tinha uma protuberância na parte central da frente do cubo.

Tentando confirmar o que ele viu, Hajime empurrou a porta e verificou os arredores. Como um filme de terror, a porta se batia fechando quando você estivesse em apuros.

No entanto, antes que Hajime consertasse a porta aberta, ela se movia.

“… Quem?”

A voz rouca pertencente a uma garota frágil. Hajime olhou para o centro da sala, surpreso. A anterior “protuberância” estava agora se movendo. Quando a luz finalmente iluminou a escuridão, sua identidade foi exposta.

“É … um ser humano?”

A “protuberância” era uma pessoa. Apenas o rosto podia ser visto, cada outra parte estava enterrada no cubo. Longos cabelos loiros caíam em torno da mulher, como um fantasma de um certo filme de terror. Olhos vermelhos estavam espiando as lacunas de seu cabelo, assim como uma lua em baixa altitude. A partir de sua aparência, ela parecia ter em torno de 12 a 13 anos de idade. O cabelo que balançava parecia descuidado, mas ainda tinha uma aparência bonita.

Hajime inesperadamente se endureceu, seus olhos vermelhos estavam olhando para ele. Hajime respirou fundo e com uma expressão determinada disse:

“Sinto muito. Eu estava errado.”

iLivro
iLivro

Caminho da Fuga

“Merda, não tem nada aqui…”

Três dias depois de matar o urso. Hajime foi à procura de uma fuga para os níveis superiores. Ele já tinha procurado cerca de 80% do nível. Depois de comer o urso, os seus Status tinha subido. Não havia mais nenhuma maravilha aqui, ele tinha explorado muito a área com um ritmo rápido. No entanto, nada foi encontrado, mesmo que ele procurasse tanto.

Não, dizer que ele não encontrou nada era um engano. Hajime tinha encontrado escadas dois dias atrás; que levava para baixo para um nível mais elevado. Um andar sempre tem uma escada que leva para o andar superior, mas esse não parecia que tinha algo assim.

Por que não fazer uma estrada para o nível superior? Esse método foi ignorado depois de já ter tentado. Há uma certa distância a transmutação não funcionava nas paredes. Enquanto no chão, ele poderia transmutar livremente, a própria parte superior e inferior do piso tinha algum tipo de proteção. Esta “Dungeon de Orcus” foi criada durante os tempos antigos e estava cheio de mistérios. Quando ele encontrou nada de novo, não foi tão inesperado.

É por isso que ele estava procurando por um caminho para cima, mas ele tinha que tomar uma decisão se ele não encontrasse. De se aventurar mais abaixo nesta Masmorra ou não.

“…Sem saída? Neste ponto eu já procurei por todo canto. Eu me pergunto o que aconteceu.”

Hajime decidiu parar à procura de um caminho para cima e respirou um suspiro profundo naquela decisão. Ele começou a avançar em direção à sala que continha as escadas que levam mais fundo na Dungeon.

As escadas pareciam ter sido feita de forma descuidada. Teria sido mais correto chamá-la de um declive irregular, em vez de escadas. Ele olhou para a frente para as escadas e notou que ela exala uma atmosfera assustadora; com a sua escuridão completa, onde não havia Pedras Verdes de Luz presente. Como se fosse a boca de um enorme monstro o engolindo. Hajime sentiu que uma vez que ele entrasse, não teria volta.

“Ha! Pode vir! Qualquer coisa ficando no meu caminho, eu vou matar e devorar”.

Ao pensar sobre tal ideia, Hajime riu e sorriu. Ele deu um passo em direção à escuridão, sem hesitar.

O nível era muito escuro. Apesar de que era esperado para um calabouço subterrâneo, mas todos os níveis anteriores ele tinha visto Pedras de Luz Verdes nelas. Não era como se ele estivesse totalmente sem visão. Esse nível realmente não têm nenhuma fonte de luz. Hajime escolheu parar para descansar um pouco para permitir que os seus olhos se acostumassem à escuridão. Ele estava esperando que pudesse ver um pouco melhor, mas não houve diferença. Ele decidiu tirar sua lâmpada de pedra de luz verde improvisado, que estava ligado a um fio feito pele ursos.

Era suicídio ter luz na escuridão uma vez que pode atrair monstros. No entanto, ele não poderia continuar se ele não pudesse ver. Hajime não queria ocupar sua única mão para segurar esta lâmpada, por isso amarrou-a no seu cotovelo esquerdo.

Ele tinha uma sensação de que algo estava brilhando nas profundezas da passagem quando ele caminhou por um tempo. Isso o levou a levantar a cautela ao máximo. Avançando enquanto se esconde tanto quanto possível, ele sentiu um sinal desagradável em seu lado esquerdo. Ele apontou a lâmpada nessa direção. Um Lizard cinza de aproximadamente 2m de comprimento furou a parede, olhando para Hajime com olhos dourados.

Os olhos dourados estavam cheios de luz. Nesse momento,

“Tsu!?”

O braço esquerdo de Hajime começou a fazer um barulho estranho e ele percebeu que estava sendo petrificado. Instantaneamente, a lâmpada que estava presa ao seu braço logo foi completamente petrificada, e quebrou em um milhão de pedaços. Com a fonte de luz perdida, escuridão governou a área novamente. A petrificação em seu lado esquerdo já estava alcançando seu ombro.

Hajime estalou a língua enquanto ele pegou um pouco de água sagrada do coldre no peito; que foi feito de pele demônio e arame. Como esperado, a petrificação foi interrompida, eventualmente, o braço esquerdo voltou ao normal.

Ele sem dúvidas fez isso! Ele o amaldiçoou interiormente, e tirou uma granada de luz de sua bolsa na cintura. Hajime jogou-o em direção ao Lizard de olhos dourados. Ao mesmo tempo, os olhos dourados começaram a ferver de novo na escuridão. Hajime deixou a área usando “Flicker”, e não olhou voltou à olhar. A rocha que estava por trás de onde Hajime estava mudou a cor que costumava ter. Logo a rocha desmoronou tentando se manter de pé. Perversos olhos petrificantes, foi oque Hajime associou aos olhos. Esse lagarto era como um basilisco, muitas vezes visto em um RPG.

Hajime fechou os olhos enquanto ele tirou Donner e a levantou.

Bang! A os arredores foram banhados com intensa luz quando a granada de luz explodiu.

“Ku-ua!”

Para uma entidade que cresceu na escuridão, esta foi a primeira vez que ele tinha experimentado tanta luz, e o confundiu. A silhueta do basilisco foi vista em meio a escuridão. Hajime atirou sem nem pensar. Ele mirou bem e logo a bala encontrou seu lugar no meio do cranio do basilisco. O cérebro se espalhou na parede e sua cabeça explodiu em pedaços. A bala atravessou seu cranio e foi em direção a parede, e sons de algo queimando foram ouvidos. Desde de que foi usada força eletromagnética para acelerar a bala, os lugares que atingidos elevam sua temperatura. O calor foi tão intenso que apenas o Minério Tauru era rival.

Hajime se aproximou do basilisco enquanto se mantinha vigilante aos seus arredores. Prontamente ele tirou a carne do cadáver e deixou a área. Ele não se sentia seguro ao comer em uma área com tão pouca visibilidade. Hajime decidiu avançar e continuar sua busca por enquanto.

Ele tinha procurado por muitas horas, mas ele não conseguiu encontrar as escadas. Um monte de minérios foram recolhidos e demônios mortos durante este tempo. Desde que seria inconveniente carregar isso tudo ele fez uma base para ele.

Quando ele encontrou um local adequado, ele usou sua transmutação para criar o espaço. Ele foi capaz de fazer a sua base sem quaisquer problemas. Hajime continuou transmutando até que ele teve um quarto com um tamanho equivalente a 6 tatames. Sem esquecer, ele colocou um minério pálido do tamanho de uma bola de basquete em um buraco na parede. Esse minério era o Cristal de Deus. Debaixo do minério foi colocada uma calha para pegar a água do gotejamento.

Hajime tinha começado a chamar o cristal de “Pedra da poção” e a água sagrada de “poção.” Era realmente equivalente a dos jogos, mais seus efeitos eram muito mais fortes.

“Bem, vamos ter uma refeição.”

Hajime pegou a carne de sua mochila. Ele usou seus poderes elétricos para cozinhá-los. Hoje o menu era carne de basilisco, uma coruja que pode disparar suas penas como uma espingarda, e um gato de seis patas. Sem tempero.

“Itadakimasu.”

Depois do momento de refeição, dor começou a correr pelo seu corpo. O corpo estava sendo fortalecido. Parecia que esses monstros eram mais fortes do que o urso. Era claro desde que o local e a escuridão tornaram as coisas mais difíceis. Hajime não pensava assim desde que Donner podia explodir qualquer um.

Bebendo a “Poção”, ele continuou a comer, ignorando a dor. Sua dor do membro arrancado tinha voltado e estava ficando mais forte.

“Glup, Fuu-. Gochisousama. Então agora, Status…”

Ele tirou seu prato Estado como ele disse isso. Estado atual do Hajime foi …

NomeNagumo HajimeIdade17 anos de idade
GêneroMasculinoNível23
ClasseArtista de transmutação (Sinergista)
Força450Vitalidade550
Resistência350Agilidade550
Magia500Resistência mágica500
Habilidades
  • Transmutação
    • Avaliação Mineral
    • Precisão em Transmutação
    • Investigação Mineral
    • Separação Mineral
    • Fusão Mineral
  • Manipulação Mágica
  • Estômago de ferro
  • Vestimenta do Trovão
  • Passo Divino
    • Air Walk
    • Flicker
  • Garras de Ar
  • Visão Noturna
  • Percepção
  • Resistência à petrificação
  • Compreensão de Linguagem

Suas estatísticas tinha subido como esperado. Ele também tinha adquirido três novas habilidades. Foi quando ele percebeu que ele podia ver ao redor de forma mais clara. Isto parece ser atribuído a “Visão Noturna”. O calabouço tinha uma característica sombria, e neste nível era uma vantagem. O resto eram habilidades passivas. Lamentavelmente, a habilidade que ele teve do basilisco era “Resistência” e não a real habilidade “Petrificação”. Os perversos olhos petrificantes! Ele ficou desapontado porque perdeu uma habilidade tão legal.

Hajime começou a transmutar a fim de repor seus consumíveis. Só para fazer uma bala, ele precisava de muita concentração. O processo necessitava máxima precisão. É necessário o encaixe perfeito da bala no tambor. Quanto ao propulsor foi necessário ser cuidadosamente comprimido e medido. Uma única bala levaria 30 minutos para fazer, e ele achava que ele era muito bom nesse processo já. Ele admirou de si mesmo por ser capaz de mostrar tal habilidade em uma situação de vida ou morte.

Seu poder era assustador, mas ele precisava de um monte de tempo e esforço para usar. Ele não estava desanimado porque ele poderia praticar sua transmutação ao fazê-la. Graças a a toda essa fabricação de balas, ele foi capaz de remover impurezas e separar minerais facilmente; fundir minerais estava mais fácil também. A habilidade de transmutação de Hajime podia ser comparada aos mais habilidosos artesãos do reino.

Hajime continuou sua transmutação em silêncio. Ele ainda não tinha avançado para um nível baixo. Não havia nenhuma ideia de onde este abismo levaria. Quando a transmutação terminou, ele planejava continuar com sua procura. Voltar para casa o mais rápido possível era a sua missão. Hajime mudou de expressão quando declarou essa missão a si mesmo. Nesse abismo sombrio com a pálida luz da “Pedra da poção”, um rosto decidido podia ser visto.

Exceto nas horas que ele precisava voltar para a base para repor suprimentos; Hajime continuou sua exploração. Não se sabe o quanto ele descansou enquanto ele procurou através do enorme labirinto. A escuridão não importava mais com a sua “visão noturna”, e ele foi capaz de perceber qualquer ser em um 10m em torno dele por causa da habilidade “percepção”. Com essas habilidades, ele foi capaz de acelerar sua busca.

Finalmente, ele encontrou as escadas. Ele desceu as escadas, sem qualquer hesitação.

Neste nível, o chão parecia ser algum tipo de pântano pegajoso. Foi extremamente difícil mover seus pés presos. Franzindo a testa, ele criou plataformas para andar com o seu “Air Walk” e continuou sua pesquisa.

Hajime avançou ao verificar os minerais circundantes com sua habilidade “Percepção Mineral”. Ele encontrou um mineral interessante durante a sua investigação.

[Nota rápida: Da pra ver que ele não tem essa “percepção mineral” em sua tabela de status, porque esse kanji usado para essa habilidade nunca foi usado. Isso pode significar 2 coisas. Ou o autor trocou “percepção” por “investigação” ou ele simplesmente esqueceu de colocar essa habilidade.]

 

Minério Fulham
Minério preto brilhante. Quando derretido, torna-se tipo carvão. Ponto de fusão a 50°C. Na sua forma de carvão, ponto de ignição a 100°C. O calor da queima pode atingir 3000°C. Tempo de combustão depende da quantidade de carvão.

“…Fala sério.”

Hajime desenhou um sorriso rígido e levantou o pé lentamente. Ele pisou no líquido do carvão no chão algumas vezes, e pingava de suas botas. Esse liquido do carvão cobria todo o andar e fazia parecer um pântano.

“E-eu não posso usar minha arma…”

Embora ele não acreditava que sua arma poderia produzir um calor de 100ºC, ele preferiu evitar a chance de desencadear um incêndio de 3000ºC por todo o andar. Mesmo com sua “poção”, ele não tinha certeza se poderia sobreviver

“Eu não posso usar o meu disparo elétrico ou minha vestimenta do trovão”.

Donner era uma arma poderosa. Mesmo sem a força eletromagnética, produzia energia suficiente a partir do minério de combustão. Pelo menos quando se considera demônios normais. Por exemplo, contra Traum Soldiers a Donner enfraquecida seria o suficiente para lidar dar com eles. Poderia até dar alguns danos a um Behemoth. Demônios neste abismo são uma história totalmente diferente. Os monstros nos andares mais altos eram apenas animais. Ele pode realmente derrotar os demônios neste piso com apenas a sua Donner enfraquecida?

Quando esse pensamento inquieto passou por sua mente, o cantos dos lábios se levantaram.

“Tudo bem, isso não muda o que eu preciso fazer. Basta matar e comer.”

Hajime continuou sua exploração após a selagem seu “disparo elétrico” e “Vestimenta do trovão”.

A passagem se dividiu em três depois de caminhar por um tempo. Ele deu um passo em direção à passagem da esquerda para verificar as paredes próximas.

Naquele momento,

Clash!

“Tsu!?”

Um demônio tipo tubarão saltou para fora do liquido; exibindo sua enorme boca forrada com dentes afiados. Ele fechou a mandíbula escancaradas na cabeça de Hajime. Prontamente, Hajime inclinou-se e evitou as mandíbulas, mas o deixou estremecido.

(A “percepção” não o pegou!)

Desde que ele tem essa habilidade, Hajime tinha usado ela constantemente. A habilidade deve ser capaz de pegar qualquer monstro dentro de 10m dele. No entanto, ele não foi capaz de perceber que tubarão em tudo.

Com um salto o tubarão tinha retornado para o liquido, e Hajime não podia senti-lo novamente.

(Merda! Eu realmente não posso senti-lo!)

Hajime rangia seus dentes sem respostas a tais coisas incompreensíveis. Ele parou de usar rapidamente sua habilidade “Air Walk”.

Como se estivesse esperando pelo momento certo, o tubarão saltou para fora novamente.

“Não me subestime!”

Hajime disparou contra o tubarão que foi ar quando ele pulou e deu um salto mortal. O ar é cortado pela bala disparada de Donner mas não o suficiente para atravessar o inimigo. O tiro foi na hora certa e acertou nas costas do tubarão.

No entanto,

“Merda! É assim que vai ser?”

A bala foi como borracha para o tubarão, que só bateu em suas escapas e foi repelida. Suas escamas parecem ser capazes de suavizar impactos físicos.

“Gu!”

Usando o impulso que tinha, ele saltou para o líquido. O tubarão se virou maravilhosamente e mirou a área que Hajime pousaria depois de seu salto mortal. Hajime foi capaz de se esquivar de alguma forma torcendo seu corpo, mas o tubarão arrancou uma pequena parte de seu flanco. Chocado Hajime caiu no líquido. Ele rapidamente se levantou e saltou para o ar; com todo o seu corpo tingido de preto pelo líquido. O tubarão subiu de onde Hajime estava e esmagou com suas mandíbulas.

Hajime começou a suar frio enquanto saltava pelo ar com “Air Walk”. Mesmo que estivesse encurralado, seu rosto ainda tinha um sorriso.

“Manda a ver!”

Ele nunca parou de se mover usando “Air Walk”; ele estava à procura de uma oportunidade para atacar. Mostrando a concentração forjada no treinamento de transmutação. Como sua concentração aumentou, ele ignorou todas as coisas desnecessárias em seus arredores. Mesmo se a “Percepção” não pudesse sentir, não tinha problema. Originalmente ele nem sequer tinha essa habilidade. O tubarão vai certamente aparecer e então ele atacará.

Hajime continuou pulando enquanto se concentra. Abruptamente, um de seus passos perdeu o equilíbrio. O tubarão não deixaria escapar essa oportunidade, e atacou por trás no ponto cego de Hajime.

“Muito ingenuo.”

Imediatamente, Hajime restituiu seu equilíbrio perdido. Com o tubarão em pleno ar para atacar. Hajime tirou Donner com a mão direita.

O sangue espirrou no chão enquanto as costas do tubarão foram rasgadas e caiu no liquido. O tubarão se debatia e respingava o liquido.

Hajime tinha mostrado propositadamente uma fraqueza para atrair o tubarão, para que pudesse ter tempo e lugar para atirar. Ele não tinha atirado normalmente com Donner; ele tinha infundido a magia “Garras de Ar” na bala. A habilidade que conseguiu do urso.

Aproximando-se do tubarão derrubado, Hajime levou Donner até a sua cabeça. Com “Garras de Ar”, ele dividia a cabeça do tubarão. Embora ele não poderia produzir três garras como o urso, mas a sua nitidez ultrapassa de longe quaisquer espadas famosas do mundo. Essa magia era muito útil para o combate aproximado.

“Então, vamos verificar por que eu não posso sentir isso.”

Hajime lambeu os lábios quando disse isso.

Após retirar a pele do tubarão e guardar, ele continuou a sua exploração até encontrar escadas.

***

  • Tamanho de 6 Tatames= 2.73m x 3.64m
  • Tamanhos de quartos no Japão são geralmente medidos pelo número de tatames (esteiras de palha) que ele pode conter. Então, quando você menciona um quarto no tamanho de 6 tatames, o quarto poderia caber vários deles no chão. Tamanhos de tatames variam entre diferentes regiões do Japão, mas o padrão de Nagoya é de cerca de 1,62 m².
  • Itadakimasu= Obrigado pela refeição (No início da refeição).
  • Gochisousama= Obrigado pela refeição (após a refeição).
iLivro
iLivro

Desespero e Decisões (Visão da classe 1)

Um pouco de volta no tempo.

Palácio Real de Hairihi, em um quarto dado aos invocados, Yaegashi Shizuku estava olhando para sua melhor amiga dormindo no escuro.

5 dias se passaram desde que eles experimentaram a batalha e perda na Dungeon. Quando eles saíram da Dungeon, eles passaram a noite em Horald. O grupo voltou para a capital em uma carruagem de alta velocidade no início da manhã. Não havia ninguém com vontade de continuar os exercícios de combate na Dungeon. Incompetência foi a causa da morte de um homem corajoso. Tanto o rei e a igreja teria de ouvir o relatório. Eles não foram autorizados a morrerem neste lugar. Antes que algo pior acontecesse, eles precisavam de cuidar do grupo de heróis.

Shizuku lembrou quando eles voltaram para o reino. Ela queria acordar Kaori na parte da manhã, por isso ela foi dormir cedo. Quando eles voltaram a notícia da morte Hajime foi relatada. Todo mundo ficou surpreso, mas eles deram um suspiro de alívio quando foi o “inútil” Hajime que morreu. Até mesmo o rei e Ishtar fez o mesmo. Não havia nenhum dos heróis fortes mortos na Dungeon. Se eles não pudessem voltar vivos depois de apenas explorar uma Dungeon, como eles lutariam contra os demônios? Os heróis escolhidos por Deus devem ser incomparáveis.

O rei de Ishtar foi discreto. Ele foi um dos que abusou e repudiou Hajime. Não foi falado ao público, mas foi falado em segredo na sociedade nobre. Eles pensaram que foi bom se um incompetente tivesse morrido. Um apóstolo de Deus, que era inútil; naturalmente morreria. Agora eles estavam falando mal como um prazer. Shizuku realmente queria ir furiosamente e matar essas pessoas muitas vezes.

Kouki e seu forte senso de justiça não se levantou contra tais maus tratos; ela pensou que algo estava estranho. Talvez ele achasse que se ele protestasse contra o rei e a igreja, deixaria uma má impressão. As pessoas que amaldiçoaram Hajime pareciam ser penalizadas… rumores foram espalhados de que Kouki foi um herói corajoso porém ansioso que ignorou sua incompetência. A reputação de Hajime não ia mudar só porque algumas pessoas disseram que sim.

Naquela época, era inegável que ele os salvou. Hajime foi o que manteve o Behemoth preso para permitir que eles escapassem. E pensar que ele morreu por causa de uma bala perdida de um colega de classe… no entanto, embora foi oque ele tinha dito.

Ela não falou sobre a possibilidade de ter sido de propósito naquela hora. Eles devem ter uma compreensão de sua magia, tentar levantar um suspeito era impossível por causa das várias magias conjuradas naquele momento. Porque provaria a existência de um assassino.

Para fugir da realidade, ela se perguntava o que Hajime fez para causar uma coisa dessas. Homens mortos não contam histórias. Em vez de procurar o culpado de forma imprudente, se deixasse seguir seu curso tudo daria certo. A opinião dos alunos estavam em harmonia e eles não mencionaram a possibilidade.

Para esclarecer os detalhes do momento, Meld pensou que fosse necessário entrevistar os alunos. Assim como os estudantes ele optou por fugir da realidade, mesmo que fosse difícil de considerar como um erro. Mesmo que fosse negligente ele o fez em benefício dos alunos. Para deixar tal coisa o perturbar só traria problemas mais tarde. Acima de tudo, Meld queria deixar claro. Meld falhou na promessa de salvar Hajime e seu coração doía por isso.

O que Meld disse não se tornou real. Ishtar tinha proibido qualquer interrogatório sobre os alunos. Meld pediu por isso, mas o rei proibiu.

“Se você descobrir, você vai ficar com raiva.”

Kaori não tinha acordado desde aquele dia. Não houve anormalidades detectadas pelo diagnóstico do médico. O corpo, provavelmente por causa do choque mental, entrou em um sono profundo como um mecanismo de defesa. Ela irá acordar com o tempo quando ela aceitar a realidade.

Shizuku segurou mãos de Kaori. Ela rezou para não deixar sua melhor amiga se machucar mais.

A mão de Kaori se contraiu com isso.

“Kaori! Você pode me ouvir!? Kaori!”

Shizuku a chamou desesperadamente. A pálpebras fechadas de Kaori começaram a tremer. Além disso, Shizuku gritou para sua amiga. Em resposta a essa chamada Kaori agarrou a mão de sua amiga, então ela acordou lentamente.

“Kaori!”

“…Shizuku-chan?”

Apoiada sobre a cama, Kaori viu Shizuku olhando para ela com lágrimas nos olhos. Kaori apenas olha cegamente seus arredores. Shizuku olhou para ela e esperou até que Kaori voltasse um pouco mais a sí antes de chama-la.

“Sim, sou eu. Kaori. como está seu corpo? Nenhum desconforto?”

“Estou bem. Apenas cansada porque eu estava dormindo…”

“Bem, você dormiu por 5 dias …”

Shizuku forçou um sorriso e tentou ajudar Kaori se levantar, que estava tentando perguntar a Shizuku o quanto ela dormiu. Kaori se espantou com a resposta.

“5 dias? Por que… eu… eu fui para a Dungeon… e então…”

Seus olhos gradualmente se arregalaram. Shizuku tentou mudar de assunto pois ela tinha um mal pressentimento. No entanto, Kaori recordou as suas memórias muito rápido.

“E então… Nagumo-kun…”

“…É isso.”

O rosto de Shizuku se transformou em uma expressão dolorosa quando se perguntou o que ela deveria dizer a ela. Kaori percebeu a tragédia em suas lembranças quando viu o estado que Shizuku estava. No entanto, não foi fácil para ela aceitar essa realidade.

“…É mentira. Não é? Shizuku-chan. Quando eu desmaiei, vocês salvaram Nagumo-kun, certo? Certo? Não é? Esse é o quarto do castelo. Todo mundo voltou, certo? Eu me pergunto se Nagumo-kun está treinando. No centro de treinamento. Eu vou até la por um momento. Tenho de agradecer ao Nagumo-kun. Diga alguma coisa, Shizuku-chan…”

Kaori que queria escapar dessa dura realidade disse tais palavras de novo e de novo; enquanto ela falava sobre o resgate de Hajime. Shizuku pegou o braço dela e não a soltou. Ela tinha uma expressão triste, mas, ainda assim, ela olhou para Kaori.

“…Kaori, você entende, certo? …Ele não está aqui.”

“Pare…”

“Kaori, lembre-se.”

“Por favor, pare…”

“Ele, Nagumo-kun…”

“Não, pare… por favor, pare!”

“Kaori! Ele está morto!”

“Errado! Ele não pode morrer! Ele absolutamente não pode sido morto! Como você pode dizer uma coisa tão horrível? Mesmo que seja Shizuku-chan, eu não vou te perdoar!”

Kaori se balançava e tentava escapar das mãos de Shizuku. Shizuku não deixou ela ir e abraçou-a. Ela estava tentando acalmar Kaori através de seu abraço.

“Deixe-me ir! Deixe-me ir! Preciso procurar o Nagumo-kun! Peço-lhe… ele absolutamente está vivo…deixe-me ir ~”

Kaori deixou cair o rosto no peito de Shizuku enquanto gritava “Deixe-me ir!” E soluçou. Agarrados uma a outro, ela começou a gritar mais alto. Shizuku apenas continuou a abraçá-la. Esperando que isso sarasse um pouco a sua dor.

Quanto tempo elas ficam assim? O céu estava tingido de vermelho pelo movimento do sol. Kaori estava imóvel nos braços de Shizuku enquanto ela soluçava. Shizuku perguntou preocupada.

“Kaori…”

“…Shizuku-chan… Nagumo-kun… Ele caiu… Ele não está aqui…”

Kaori sussurrou em uma voz tão tranquila que parecia que iria desaparecer. Shizuku queria dar á ela falsas esperanças, seria apenas um conforto temporário. A mentira poderia voltar e doer mais do que tranquilizou. Ela não queria ver sua amiga em dor.

“Isso é certo.”

“Naquela hora, quem jogou a magia no Nagumo-kun? Quem?”

“Eu não sei. Ninguém quer falar daquele momento. Isso é assustador. E se fosse eu…”

“Entendo.”

“Você tem rancor?”

“…Eu não tenho certeza. Se alguém soubesse… Eu certamente irá culpá-lo. Mas… ninguém sabe … Eu acho que é melhor assim. Com certeza, eu não seria capaz de suportá-lo…”

“Entendo…”

Kaori parecia abatida enquanto ela falava. Ela limpou o rosto e os olhos e enfrentou Shizuku, e declarou resolutamente.

“Shizuku-chan. Eu, eu não acredito nisso. Nagumo-kun está vivo. Eu não acredito que ele está morto “.

“Kaori, isso é…”

Shizuku tinha outra expressão triste tentando persuadir Kaori. Kaori apertou as bochechas de Shizuku com ambas as mãos, e disse com um sorriso.

“Eu sei. Eu sei que é estranho pensar que alguém poderia sobreviver a isso… Mas não é como se fosse impossível. A possibilidade é inferior a 1%. Se nós pensarmos, não é de 0%. Eu vou acreditar.”

“Kaori…”

“Eu vou ficar mais forte. Eu vou me tornar forte o suficiente para impedir que um evento como esse aconteça. Eu vou ter certeza com os meus próprios olhos. O destino de Nagumo-kun… Shizuku-chan.”

“O quê?”

“Por favor, me ajude.”

“…”

Ambas se encararam. Os olhos de Kaori não mostraram quaisquer sinais de insanidade. Ela não desistiria até que ela realmente descobrisse. Esse tipo de Kaori não mudará de idéia. Kaori é conhecida por ser teimosa quando ela começa.

Normalmente, você não acreditaria que Kaori estava falando sério e a deixaria. Acreditar que alguém poderia se salvar de uma queda no abismo era uma loucura. Todo mundo iria tentar corrigi-la. É por isso que…

“Claro, eu aceito. Até que esteja satisfeita ficarei junto com você.”

“Shizuku-chan!”

Kaori abraçou e agradeceu. Shizuku disse:“Não há necessidade de agradecer. Pra que servem os amigos?” O título de Garota Samurai não era apenas para se mostrar.

Naquela hora, a porta se abriu.

“Shizuku! Kaori acordou…”

“Oh, Como vai você, Kaori?”

Eram Kouki e Ryuutarou. Eles tinham vindo para ver como ela estava. O treinamento tinha acabado de terminar e eles escolheram vir aqui logo após. Depois “daquele” dia, eles se concentraram ainda mais nos treinos. Queria saber o que eles pensavam da morte de Hajime. Eles relutantemente retiraram-se e queriam vingança. Hajime foi o que os salvou de uma crise. Nunca eles serão inúteis novamente.

Mais duas pessoas entraram e lhes fizeram paralizar. Shizuku achou estranho.

“Vocês, como puderam…”

“D-Desculpe.”

“N-nós ficamos no caminho.”

Eles rapidamente sairam da sala e não responderam a sua pergunta. Ela finalmente se deu conta do que viram. Kaori estava olhando para eles fixamente. Shizuku percebeu o porque.

Atualmente, Kaori sentada no colo de Shizuku, enquanto ela estava com as duas mãos em suas bochechas. Parecia que eles estavam prestes a se beijar. Shizuku estava reconfortando Kaori mas parecia que ela estava deixando ela envergonhada.

Esta cena parecia uma cena Yuri e foi feita peritamente. Se fosse um mangá do outro mundo teriam flores desabrochando ao fundo.

Shizuku suspirou profundamente. Ela não poderia lhe dar com a situação e então gritou

“Apressem-se e voltem aqui! Seus tolos malucos!”

iLivro
iLivro

Subjugação de um arqui-inimigo

Campanha contra o urso.

Hajime não é como ele era antes!


“Mastiga, mastiga… Até mesmo a carne de coelho é uma merda.”

Hajime era a pessoa comendo a carne de coelho. É isso mesmo, o demônio coelho. Antes esses especialistas em chutar olhavam para ele com desprezo mas agora eles são apenas comida para ele. Ele esperava que a carne tivesse um gosto melhor porque é um coelho, mas ainda era carne de demônio. Estava ruim como de costume.

Todo o corpo do coelho foi consumido de uma vez. Desde que ele adquiriu “estômago de ferro”, ele passou a comer o quanto ele queria e podia. Hajime ficou especialmente com fome depois que ele usou sua magia. A fim de matar esse coelho, ele tinha usado um pouco de poder. Ele não morreria desde que ele tinha a água sagrada, mas ele teve que usar seu poder com cuidado; a sensação de fome que poderia acontecer se ele usasse demais seu poder não era algo que ele queria.

O coelho foi derrotado porque ele caiu em uma armadilha. Afogar o coelho no rio foi como começou. Quando passou pelo rio e a água cobriu o coelho. Ele produziu um relâmpago esmagador depois. Ele disparou com Donner em cima do coelho, e como esperado o coelho estourou como uma nuvem de fumaça.

Uma bala acelerada com força eletromagnética indo a 3,2 km por segundo.

[Mach 9.3] era muito difícil de desviar; a cabeça do coelho foi explodida em pedaços quando ela colidiu com a bala. Talvez não fosse necessário usar o choque elétrico.O poder de fogo de Donner era tremendo.

“Esta é a primeira vez que eu como um coelho … Status! ”

NomeNagumo HajimeIdade17 anos de idade
GêneroMasculinoNível12
ClasseArtista de Transmutação (Sinergista)
Força200Vitalidade300
Resistência200Agilidade400
Magia350Resistência Mágica350
Habilidades
  • Transmutação
    • Avaliação Mineral
    • Precisão em transmutação
    • Investigação Mineral
  • Manipulação Mágica
  • Estômago de ferro
  • Vestimenta do Trovão
  • Passo Divino
    • Air Walk
    • Flicker
  • Compreensão de Linguagem

Parece seu status sobe quando ele come um demônio. Ele notou que comer várias vezes o mesmo tipo de demônio causa uma severa diminuição dos ganhos, e comer um novo tipo de demônios aumenta consideravelmente as suas estatísticas.

Hajime queria testar o “Passo Divino”. Primeiro, ele teve que retratar uma imagem da habilidade, os passos que o coelho fazia. O foco era a velocidade; acelerar tão rápido que apenas um borrão fosse visto. Ele tinha que adivinhar o que [Flicker] fazia. Hajime lembrou que na terra ela era conhecida como um movimento famoso de alta velocidade.

Uma imagem do chão explodindo com a força de seu movimento era o que ele imaginava. Magia foi direcionada imediatamente em seus pés. Seu passo causou um buraco no chão e ele desapareceu. Quando ele se deu conta sua cara estava afundada na parede.

“Ai! C-Controlar isso é difícil “.

Ainda assim, foi um sucesso. Se ele continuar praticando, ele deve ser capaz de mover-se como o coelho. Com sua arma de fogo, isso faria uma combinação poderosa.

Em seguida foi [Air Walk]. Esse movimento não foi facilmente ativado. Apenas saber o nome não foi suficiente para executar a habilidade. Ao tentar várias coisas, ele se lembrou de quando o coelho fez uma plataforma no ar. Imediatamente, Hajime começou a imaginar a camada transparente no ar. Ele saltou nela ele para testá-lo.

Seu rosto mergulhou em linha reta no chão.

“Guu!?”

Ambas as mãos vieram ao rosto que uma vez tinha encontrado o chão. Contorcendo-se de dor, ele tomou um gole da água sagrada para reduzir a dor.

“Bem, pelo menos eu consegui…”

A razão pela qual ele mergulhou para o chão foi porque quando ele saltou a sua parte inferior do corpo sentiu o passo em falso. O que é importante foi o motivo de seu tropeço. Parece que [Air Wlak] era uma magia especial que lhe permitia fazer plataformas transparentes no ar.

Foi ótimo obter duas Magias Especiais de uma só vez; essas habilidades que foram derivadas de “Passo Divino.” Com essa sensação ele começou a treinar. Seu objetivo era o urso. Hajime provavelmente seria capaz de derrotá-lo à longa distância com tiro, mas ele treinou apenas por precaução. Havia a possibilidade de que um demônio ainda mais forte poderia aparecer. Uma pessoa otimista é uma pessoa morta neste labirinto. Quando ele derrotasse o urso, ele procuraria um jeito de sair daqui.

Hajime se empolgou.


Na passagem labirinto, havia uma sombra se movendo tão rápido que só um borrão foi visto.

O borrão era Hajime. Hajime tinha dominado “Passo Divino”. Ele rapidamente contornou a passagem. Usando seu Air Walk ele criou plataformas para atravessar e continuou avançando em alta velocidade; enquanto procurava seu inimigo. Normalmente, uma pessoa que priorizaria escapar desta área, mas não importa o que, Hajime queria matar aquele urso. Seu coração se partiu uma vez, mas ele não tinha escolha, ele queria lutar contra o monstro que o partiu.

“Guru-ua!”

Quando ele encontrou uma matilha de lobos; um deles saltou em sua direção. Usando um fio ele cuidadosamente puxou Donner, que foi colocada em sua coxa direita, enquanto ele dava uma cambalhota no ar.

Bang!

Uma bala sendo impulsionado pela explosão da Pedra de Combustão e força eletromagnética certeiramente atingiu seu alvo. A cabeça do lobo foi esmagada instantaneamente. Usando o “Air Walk” ele ainda estava no ar. Ele continuamente descarregou sua arma de fogo em direção aos lobos pulando. Nem todos os alvos foram atingidos, mas de alguma forma todos os seus inimigos pereceram e deixaram o local.

Hajime colocou Donner entre sua axila esquerda, e rapidamente recarregou. Ele continuou em sua missão sem olhar para trás os cadáveres dos lobos.

Depois de matar um pouco mais de lobos e coelhos; ele finalmente encontrou o seu alvo.

O urso estava apreciando sua refeição. Sua refeição parecia um daqueles coelhos. Quando ele confirmou que era o seu arqui-inimigo, Hajime riu sem medo e avançou em direção a ele.

O urso era o monstro mais forte deste nível; você pode até chamá-lo de um Senhor. Havia muitos lobos e coelhos neste nível, mas havia apenas um urso. Neste nível, o urso era invencível. Todos os demônios aqui prestavam atenção extra pra evita-lo. Retirada completa era oque acontecia quando o encotravam; nem mesmo um pensamento de resistência. Ninguém iria enfrentá-lo voluntariamente.

No entanto, isso era exatamente oque estava acontecendo na frente de seu rosto.

“Oi, Urso. Há quanto tempo. Meu braço direito estava gostoso? ”

A besta estreitou seus olhos afiados. Que tipo de criatura estava na frente dele? Por que ele não está correndo? Por que ele não congelou de medo e porque não tinah desespero em seus olhos? Vendo que ele não ligava, tudo que o urso pôde fazer foi ficar perplexo.

“É uma revanche. Eu vou fazer você entender que eu sou um inimigo, não uma presa”.

Hajime sacou Donner e apontou o cano para o urso. Enquanto naquela pose, ele se perguntou. Assustado? Não. Seus olhos não se enquadram em desespero; seu corpo não agitava com o medo. Há apenas o desejo sincero de sobreviver e se livrar de seu adversário.

Os lábios de Hajime se levantaram e transformaram-se em um sorriso destemido.

“Eu vou matar você, e então devorá-lo.”

Nessa declaração, ele descarregou Donner. Bang! Um barulho explosivo ecoou e uma bala feita de Minério Tauru acelerou em direção ao urso a mais de Mach 9.(11113,2Km/h)

“Gu-uu!”

O urso jogou instantaneamente seu corpo no chão para evitar o tiro. Ele evitou a bala que podia ver; a ação de esquiva foi antes do disparo. O mais provável é que ele antecipou a sede de sangue saindo de Hajime. Como esperado do Senhor deste nível. Para algo mais de 2 m de altura, ele tinha uma velocidade de reação surpreendente. Ele não foi capaz de evitar totalmente a lesão, e uma parte de seu ombro foi arrancado; sujando de sangue sua pele branca.

Fúria era vista nos olhos do urso. Ele tinha finalmente reconheceu Hajime como um inimigo.

“GAAA!”

Rugindo, ele correu para a frente com uma velocidade tremenda. Vendo a figura de um animal de altura de 2m com grandes e fortes braços, era uma imagem muito imponente.

“Haha! É isso aí! Eu sou seu inimigo! Não apenas uma presa pra você caçar! ”

Enquanto aprecia a pressão terrível do urso, Hajime não quebra seu sorriso. Aqui foi o ponto de mudança. Pensamentos de seu braço esquerdo e coração partido acumularam-se em seu cérebro. A causa de sua apostasia estava terminando. A cerimônia necessária para avançar para o futuro. Se não o fizesse, seu coração não se comprometeria; era oque ele acreditava.

O urso veio correndo de volta. Donner é acionada. Uma bala supersônica dirigia-se para a área entre as sobrancelhas do urso, mas de alguma forma o urso foi capaz de evitá-la. Como é que ele tem tal reação para um cara tão grande?

Quando o urso tinha entrado em seu alcance de ataque, ele brandiu suas garras. A magia especial foi ativada, e suas três garras pareciam se distorcer. Na mente de Hajime, a memória do coelho tentando desviar desse movimento passou em sua cabeça. Em vez de se esquivar no último momento, ele optou em recuar com força total.

Em grande estilo, as garras do urso passou na área deixada por Hajime. As garras nem tocaram no chão; três buracos foram gravados no solo.

O urso deu um rugido irritado por ter perdido seu alvo. Clang-clang, algo rolou perto do urso. Um objeto em forma de esfera verde escura com cerca de 5 cm de diâmetro chamou a atenção do urso quando ela caiu perto de seus pés. No momento em que o urso foi capaz de prestar atenção na pedra, o objeto emitiu uma luz intensa.

Hajime tinha feito esta granada de luz. O princípio é simples. Encha uma Pedra de Luz Verde de magia. Cubra a pedra para que aluz não escape. Pó de Pedra de Combustão foi comprimida no centro da granada de luz. Uma linha de pó de Pedra de Combustão foi usada como um pavio; que leva ao furo do compartimento central. Usando “Vestimenta do Trovão”, Hajime acende a pólvora de fora que vai até o centro da pedra. Quando a ignição atinge o centro, ficamos com a explosão. No momento em que ela quebra, a pedra irá liberar toda a luz que tinha acumulada. Hajime havia criado o pavio para durar 3 segundos. Havia um monte de problemas, mas era uma joia de orgulho para Hajime.

O urso nunca tinha encontrado uma arma, por isso foi completamente cego por um momento quando ele olhou bem para ela. Enquanto seus braços brilhavam em caos, ele foi forçado rugir. Não ser capaz de ver nada o fez entrar em pânico.

Hajime não ia deixar essa chance passar. Donner foi novamente disparado. A bala que foi acelerada eletromagneticamente atingiu o ombro esquerdo do urso, e o arrancou de seu tronco.

“Guru-uaaa!”

Um grito aterrorizado originou-se do urso quando ele sofreu uma dor que ele nunca tinha sentido em sua vida despreocupada. Uma quantidade abundante de sangue começou a fluir a partir da ferida. O braço esquerdo que foi arrancado estava girando no ar, e caiu no chão após a queda.

“Nossa, que coincidência…”

Ele não estava planejando mirar ali. Hajime ainda não era um exímio atirador. Ele tinha lutado com muitos inimigos que apenas correram. A menos que você tinha pleno conhecimento do seu movimento, era muito difícil disparar um tiro certeiro. Então a bala acertar seu ombro esquerdo foi pura coincidência.

Hajime continuou a disparar contra o urso furioso que não havia se recuperado. Mesmo que o urso estivesse confuso, ele instintivamente reagiu à sede de sangue que veio com o tiro; ele pulou para o lado para evitá-lo. Usando seu “Flicker”, Hajime saltou perto do braço caído do urso. Para urso, ligeiramente recuperado, ele levantou o braço esquerdo dele para mostrar.

Lentamente, usando sua mandíbula já forte de tanto comer carne de demonio; ele rasgou a carne de urso. Ele estava devolvendo o pesadelo que o urso lhe mostrou.

“Chew Chew… Como sempre, é uma porcaria. Mas como é um pouco melhor que os outros?”

Enquanto ele dizia, Hajime se agachava enquanto vigiava o urso. O urso não se mexeu. Não havia medo em seus olhos. Ainda assim, não podia mover-se descuidadamente pois seus olhos ainda se recuperavam da luz anterior.

Nesse intervalo, ele continuou sua refeição. Depois veio o incidente. A intensa dor que ele sentiu da primeira vez que ele comeu carne demônio voltou.

“Tsu!?”

Apressadamente, Hajime tentou tirar a água sagrada. Embora não fosse tão doloroso quanto antes, ele não conseguia se manter totalmente de pé; ele caiu de joelhos e seu rosto se retorcia de dor. Porque o urso era muito mais poderoso do que lobos e coelhos; essa era a causa da dor.

O urso não se importava com sua situação. Quando ele viu a oportunidade, começou a atacar novamente. Hajime não se moveu de sua posição agachada. A este ritmo, ele iria ser pisoteado. Quando parecia que seria uma repetição de seu primeiro encontro; Os lábios de Hajime se partiram em um sorriso.

Ele colocou Donner de volta no coldre, e pressionou o chão com a mão direita. Sua mão foi revestida de eletricidade. A força máxima de “Vestimenta do Trovão” foi descarregada no liquido no chão. Quando o urso entrou na área, o poder o acertou cruelmente.

O líquido no chão era o sangue do urso. Um mar de sangue espalhado como fontes. Hajime pegou o braço ensanguentado do urso, e espalhou sangue pelos ares. Ele conectou as poças de sangue que cercam com a dele. Comer em batalha e se mostrar não era algo que ele fazia. Embora ele não levava em consideração que sofreria da dor novamente. Hajime já tinha a intenção de preparar uma armadilha para ele. Ele queria comer o braço do urso e fazer ele ficar com raiva a ponte de correr em linha reta para ele. O plano foi um pouco frustrado, mas os resultados foi o mesmo.

Quando o urso entrou no mar de sangue, a forte corrente elétrica e a voltagem violou o seu corpo. Seus nervos foram forçados; músculos foram grelhados. Mesmo em plena potência, a Magia Especial de Hajime fica a par da original. Ele não podia lançar o seu raio e também sua produção foi reduzida para metade. Neste momento, foi o suficiente para paralisar temporariamente. Não seria estranho se essa magia tivesse energia suficiente para vaporizar um humano.

“Rugu-uuuu!”

O urso caiu em uma poça de seu próprio sangue. Seus olhos estavam ainda brilhantes e olhando para Hajime.

Hajime apenas devolveu o brilho. Lentamente ele se levantou enquanto suportando a dor. Sacando Donner, ele colocou o cano na cabeça do urso.

“Torne-se minha comida.”

Depois ele disse que suas palavras, ele puxou o gatilho. A bala executou fielmente o comando de seu mestre; ela pulverizou a cabeça do urso.

A bala fez um eco pelo do labirinto. Nem por um momento o urso tirou seus olhos de Hajime. Hajime fez o mesmo.

Não houve emoção como ele imaginava, mas ele não se sentia vazio também. Ele só fez o que tinha que fazer. Para viver, a fim de ganhar o direito de sobreviver nesta área.

Hajime fechou os olhos, e enfrentou seu próprio coração. Ele determinou que ele iria viver dessa maneira. Lutar não era algo que ele gostava. A dor não era seu companheiro ideal. Sentir fome era a ultima coisa que ele queria. Viver, era o que ele queria fazer. Ele ele esmagaria irracionalmente, para estraçalhar seus inimigos. Tudo em prol de sua sobrevivencia.

Ele vai viver dessa maneira… E… Voltar para casa.

“Sim, eu quero voltar. Outras coisas não importam. Eu vou encontrar meu próprio caminho para casa. Eu vou cumprir o meu desejo. Qualquer um que ficar no meu caminho, não importa o que seja eu vou… ”

Hajime abriu os olhos e pôs-se a rir sem medo.

“MATAR”


 

NomeNagumo HajimeIdade17 anos de idade
GêneroMasculinoNível17
ClasseArtista de Transmutação (Sinergista)
Força300Vitalidade400
Resistência300Agilidade450
Magia400Resistência Mágica400
Habilidades
  • Transmutação
    • Avaliação Mineral
    • Precisão em Transmutação
    • Investigação Mineral
    • Separação Mineral
    • Fusão Mineral
  • Manipulação Mágica
  • Estômago de ferro
  • Vestimenta do Trovão
  • Passo Divino
    • Air Walk
    • Flicker
  • Garras de Ar
  • Compreensão de Linguagem

 

iLivro
iLivro

Criação de Arma

Na escuridão, as pedras de luz iluminam a área circundante.

A luz projetava algumas sombras. Uma das sombras, projetava a silhueta de alguém agachado em frente uma beste e sons de mastigação puderam ser ouvidos.

“Augh, Guu, Isso é mesmo uma merda.”

Hajime comeu a carne amaldiçoada do lobo. A carne era muito dura, e sangue escorria enquanto ele mordia e engolia. Esta tinha sido a sua primeira refeição nas últimas semanas. O estômago foi surpreendido ao a carne receber de repente. Pontadas de dor eram sentidas em seu corpo como protesto de seu estômago. Hajime sabia que ele sentiria tal dor então ignorou e continuou comendo.

Sua aparência parecia feroz. Se algum dos seres humanos civilizados visse o que estava acontecendo eles se afastariam. O cheiro nojento e gosto iria levá-los a perder o apetite. Hajime nem sequer pensou nisso, porque ele estava feliz de ter uma refeição. Ele continuou a comer em um delírio.

Depois de comer muita carne a ponto sua barriga inchar e beber a Água Sagrada que a Igreja dos Santos dos invejaria. Um fenômeno incomum atingiu seu corpo.

“Ah? … Augh!?”

Uma dor intensa de repente sacudiu seu corpo. Erosão, era a melhor palavra para descrever essa horrível sensação que sentia passar por seu corpo. A dor se intensificou com o passar do tempo.

“Guaa! O-oque… Guu! ”

Dor excruciante corroía seu corpo. Hajime rolava no chão. Esta dor era tão forte que soprou para longe sua dor do membro arrancado.

Com as mãos trêmulas, Hajime enfiou a mão no bolso e tirou um tubo de ensaio feito de pedra. Ele rapidamente mastigou da borda do tubo e bebeu o conteúdo. A água sagrada rapidamente passou a trabalhar e a dor diminuiu, mas pouco tempo depois a agonia continuou.

“Higugaa! Mas que… Não adiantou? Augh! ”

Seu corpo começou a pulsar com a dor. Thump, Thump, o seu corpo pulsava. Até os sons podiam ser ouvidos vindos de seu corpo.

No entanto, no momento seguinte, as propriedades curativas da água sagrada começou a restaurar seu corpo. Quando terminou curá-lo, a dor voltou. Em seguida, foi curado novamente.

Mesmo a água sagrada não podia neutralizar os efeitos. A capacidade de cura tremenda estava realmente ultrapassada aqui.

Hajime gritou quando ele afundou no chão. Ele bateu a cabeça repetidamente contra a parede com a visão sem fim de seu inferno. Mesmo que ele queria morrer, não haveria ninguém para conceder o seu desejo, então ele não tinha escolha, a não ser suportá-la.

Alterações começaram acontecer no corpo de Hajime. Em primeiro lugar, o seu cabelo perdeu toda a cor. Talvez por causa de uma dor que quebrou seu limite, ou de outra causa, seu cabelo japonês preto virou branco. Em seguida, seus músculos e esqueleto começou a engrossar. Linhas vermelhas começaram a surgir por todo o corpo.

Há um fenômeno chamado de sobrecompensação. Esse é o processo que o corpo passa quando se treina os músculos. Os músculos são destruídos depois de ser severamente usado, a fim de compensar e adaptar-se á tensão, cria-se músculos mais fortes quando o corpo se recupera. O mesmo acontece com o esqueleto. O corpo de Hajime estava passando por este fenômeno.

Carne de demônio era um veneno mortal para os seres humanos. Todos eles tinham Pedras Mágicas em seu corpo, e isso os permitia ter maravilhosas habilidades físicas e seus poderes mágicos. Dentro de seu corpo essa magia foi aderindo em seus músculos e ossos.

Essas eram Magias Especiais que não eram necessárias Círculos Mágicos ou Canto para a conjuração, e sua magia estava sendo alterada. Esse tipo de alteração seria fatal para um ser humano. A partir do interior do corpo o veneno iria corroer o corpo e destruir as células. No passado, qualquer um que consumisse carne demônio seria quebrado em pedaços e morreria. Hajime sabia disso, mas sua fome o levara a ser incapaz de lembrar disso.

Se Hajime tivesse apenas comido a carne do demônio ele teria entrado em colapso e morrido. No entanto, houve um elixir que impediu isso. Água Sagrada, ele vai cura imediatamente o que uma vez foi quebrado. Devido a esta quebra constante, cura e sobrecompensação, seu corpo foi fortalecido em uma velocidade inacreditável.

Destruído, reparado, destruído e reparado. O corpo mudava enquanto pulsava. Parecia que ele estava renascendo. Uma cerimônia de nascimento para jogar fora a fraqueza do corpo, uma metamorfose. Os gritos de Hajime era como o primeiro choro de um recém-nascido.

Quando a pulsação parou, Hajime ficou mole. Seus cabelos eram de cor branca pura agora, e linhas vermelhas foram formadas em seu corpo. Ele era como os monstros que perambulavam este nível.

A mão direita de Hajime se contraiu. Os olhos fechados se abriram ligeiramente. Seus olhos embaçados visaram sua mão direita. Fechando seu punho, ele arrastava sua mão pelo chão. Hajime fechava e abria sua mão para provar que ainda estava vivo. Quando ele terminou de verificar se ele tinha o controle de seu corpo, ele levantou-se lentamente.

“…Ah, sim. Não se deve comer carne de demônio… eu sou um idiota… mas não podia fazer nada se não comê-lo.”

Completamente esgotado, Hajime apenas bufou. Tanto sua fome e sua dor do membro arrancado desapareceram após este incidente. Pelo contrário, seu corpo sentia-se estranhamente leve e transbordava de energia. Mesmo que ele tivesse acabado de passar por isso, ele estava em sua melhor condição. Os músculos mais claramente desenvolvidos eram o braço e abdômen. A altura de Hajime também aumentou em 10 cm, trazendo a altura total a 175 cm.

“O que aconteceu com o meu corpo? É uma sensação estranha… ”

Não só o seu corpo externo mudou, mas ele sentia que algo dentro estava fora do lugar. A sensação estranha fazia ele sentir frio e calor ao mesmo tempo. Quando sua consciência voltou um pouco mais, ele percebeu as linhas vermelhas em seu braço.

“Nossa, que desagradável. Me faz sentir como um demônio… Que piada. Ah sim, a placa de Status! ”

Vasculhando seus bolsos, ele procurou a placa de Status esquecida. Ainda bem que ele não a perdeu. A placa mostrou a situação atual de Hajime. Talvez ela mostrasse se algo de errado aconteceu com seu corpo.

 

NomeNagumo HajimeIdade17 anos de idade
GêneroMasculinoNível8
ClasseArtista de Transmutação (Sinergista)
Força100Vitalidade300
Resistência100Agilidade200
Magia300Resistência Mágica300
Habilidades
  • Transmutação
  • Manipulação Mágica
  • Estômago de Ferro
  • Vestimenta do Trovão
  • Compreensão de Linguagem

“… Oque!?”

Como sempre, sempre que ele está surpreso que ele muda para dialeto Kansai e realiza um Tsukkomi. Todas as suas estatísticas tinham aumentado significativamente, e ele tinha três novas habilidades. Ele não podia acreditar, e ele ainda estava apenas no nível 8. Níveis eram vistos como quantidade de progresso que a pessoa fez, para Hajime, isso significava que ele tinha muito potencial para crescer.

“Manipulação Mágica? ”

Ele se perguntou se ele podia controlar diretamente magia então. Hajime imaginou se a sensação que ele sentiu mais cedo era magia. Para verificar seus pensamentos, ele concentrou-se para testar essa “manipulação mágica.” As linhas vermelhas emergiram novamente quando Hajime se concentrou naquela sensação. Ele imaginou uma imagem em contraste a sensação em sua mão direita. Lentamente a sensação voltou e ele podia sentir o movimento da magia.

“Whoa! ”

Quando ele tentou levantar a voz com a sensação, a magia começou a se reunir em torno da formação de mágica em sua luva. Hajime surpreso tentou transmutar, e o chão se levantou facilmente.

“Sério? Eu não preciso cantar? Mas os princípios mágicos dizem que a manipulação direta de magia é impossível. Somente demônios poderia realizá-la. Talvez depois de consumir demônio carne, obtive a capacidade? ”

Acertou na mosca! Hajime com certeza adquiriu a habilidade dos demônios. Ele queria testar “Vestimenta do Trovão” agora.

“Como posso usá-lo? Se você dizer “Vestimenta do Trovão”, deve ter a ver com eletricidade. Foi a que os lobos conjuravam com suas caudas? ”

Ele tentou conjurar de várias maneiras, mas nada mudou. Hajime não sabia como era a sensação dessa magia, então ele não conseguia fazer. Resmungando, ele se lembrou de quando ele aprendeu a transmutar, e lembrou que a imaginação era importante. Magia não era apenas fazer uma Formação Mágica, era também formar uma imagem.

Hajime imaginou uma imagem de eletricidade estática estalante. Na ponta de suas mão direita emitia um pulso elétrico.

“Oh! Saiu. Agora entendi. Para os demônios, a parte mais importante era a imaginar a sua magia.”

Depois que ele deu um jeito nisso, ele repetiu e criou uma descarga de eletricidade. Ao contrário dos lobos, ele não poderia lançar o seu raio. Talvez seja por isso que era chamada de “Vestimenta do Trovão”, ela era capaz de revestir seu corpo de eletricidade. Praticar foi necessário para controlar a corrente e voltagem.

Por fim, a habilidade “Estômago de Ferro”. Talvez da próxima que ele comer carne de demônio ele não sofra de dor. Não havia comida no labirinto. Será que ele ainda sente dor de fome? Esta habilidade pode talvez resolver esta questão para ele, e ele presumiu assim.

Hajime pegou um pedaço de carne de lobo e disparou um raio. Depois de sua fome foi saciada, ele não quer mais comer carne crua. Ele continuou até que ela ficasse marrom.

Ansioso por isso, ele engoliu. 10 segundos… um minuto… 10 minutos se passaram e nada. Hajime começou a assar mais carne e comeu. Nenhuma dor o afligiu. Ele se perguntou se era por causa da habilidade ou se ele tivesse acabado de desenvolver uma tolerância para a isso. Hajime não sabia, mas ele se alegrou. Com isso, ele não tem que provar o inferno toda hora.

Hajime comeu até que ele estava cheio, e decidiu voltar para a base. Ele finalmente tem a possibilidade de derrotar aquele demônio urso. Determinado, ele decidiu trabalhar duro para desenvolver suas novas habilidades.

Outros lobos foram empalados por sua carne. Em comparação a primeira vez, desta vez foi fácil. Ele voltou para a área com o Cristal de Deus e criou um compartimento para armazenar a carne recolhida com transmutação.


Poucos dias se passaram desde que Hajime retornou à base, e todo esse tempo ele vinha treinando sua transmutação e novas habilidades.

Tudo estava indo bem, e todas as suas habilidades estavam progredindo bem. Sua habilidade transmutação passou por uma mudança. A habilidade desenvolveu uma outra a partir dela. “Avaliação Mineral” era o nome da habilidade. Na Capital Real do Reino, apenas a alta patente de Ferreiros tinham essa habilidade.

Normalmente, as formações mágicas necessárias para fazer magias de avaliação são muito maiores que formações usadas para magias ofensivas. As instalações que poderiam suportar essas grandes formações mágicas eram limitadas. Para aqueles que tiveram a habilidade, eles poderiam facilmente analisar qualquer mineral com apenas um canto e formação mágica, desde que estejam tocando-o. Esta habilidade gerada foi adquirida por treinar a habilidade de transmutação por muitos anos, não era uma habilidade inata.

Hajime decidiu verificar os minerais dos arredores com sua habilidade recém-descoberta. Quando uma pessoa usa a habilidade a descrição vai aparecer em sua placa de status. Por exemplo,

 

Pedra de Luz Verde
Esta pedra tem a capacidade de absorver a magia. Luz verde é produzida com essa magia armazenada. Se a pedra se partir, toda a magia acumulada será liberada em um instante.

Que descrição mais simples; mas cumpriu seu objetivo de qualquer forma. Hajime sorriu e seu riso estava cheio de idéias. A partir daqui ele poderia procurar minerais para fazer armas poderosas que poderiam ser seu trunfo.

 

Pedra de Combustão
Um minério inflamável. O sua estrutura é utilizada para alimentar a combustão; queima contínua diminuirá seu tamanho. Explosão pode ocorrer se haver muitas em um espaço fechado. Seu poder é equivalente a uma magia de fogo de nível superior; isso depende da quantidade e taxa de compressão usada em na forja.

Quando ele leu a descrição, ele sentiu um pensamento desenvolver em seu cérebro. Esta pedra pode desempenhar um papel semelhante a pólvora. Se este era o caso, então ele poderia criar uma arma com extremo poder de fogo com sua transmutação. Hajime estava animado. Várias tentativas e erros estavam prestes a acontecer. A quantidade de esforço necessária para projetá-lo não seria pequena. Mesmo que sua transmutação o salvou muitas vezes antes, ainda faltava um verdadeiro meio de ataque; a ideia de que ele receberia uma arma real o alegrou.

Dez dias se passaram desde que ele comeu o lobo, e, finalmente, ele tinha conseguido produzir seu projeto.

Com um ataque que poderia ultrapassar a velocidade do som por uma curta distância, era uma arma moderna com grande poder de fogo. Seu comprimento total era de 35 centímetros, tinha um tambor rotativo que comportava 6 balas feitas de Minério Tauru; o minério mais duro conhecido nesta área. O tambor foi alongado. As balas foram feitas usando Minério Tauru como o projétil e Pedra de Combustão comprimida era usada como propulsor. Revólver desnecessariamente grande seria a descrição apropriada. A Pedra de Combustão não foi o único explosivo destinado a propulsionar a bala. Usando sua “Vestimenta do trovão”, ele poderia produzir força eletromagnética para ajudar a acelerar a bala; como um canhão elétrico pequeno. Foi comparado a um poder que era 10 vezes mais forte do que um rifle anti-matéria. Ele o chamou de “Donner”. Hajime queria ter um parceiro para confiar.

“Eu fiz isso! Com isso eu vou ser capaz de lidar com esse monstro! ”

Hajime tinha projetado “Donner”, usando armas de fogo modernas como o modelo: ele olhou para sua obra-prima e riu ligeiramente. Artesãos deste mundo só sabiam como fazer uma boa espada ou armadura. Agora, uma nova arma foi criada neste mundo que foi governado por espadas e magia.


 

Minério Tauru
Minério preto duro. Dureza 8 (numa escala sendo 10 o mais duro). Resistente ao impacto e ao calor. Vulnerável ao frio. Torna-se frágil se esfriar. Gruda se aquecido.

 

iLivro
iLivro

Behemoth

 

Em ambos ao lados da ponte, uma formação mágica que emitia uma luz carmesim apareceu. O círculo mágico ao lado do corredor chegava a 10 metros. Aquele próximo as escadas tinha cerca de 1m, mas eles eram numerosos.

Desses incontáveis círculos mágicos vieram esqueletos com espadas no punho, eles era chamados Traum Soldier. Seus olhos eram da mesma cor que o círculo mágico que brilhava enquanto olhavam ao redor. 100 Traum Soldiers já haviam sido convocados e os números aumentavam.

Mesmo que houvessem tantos soldados esqueletos desse lado, o monstro gigante que estava do outro lado fez Hajime ter uma sensação de perigo. A partir do círculo mágico de 10 metros, um monstro com quase o mesmo tamanho de comprimento surgiu, com algum tipo de capacete gerado a partir da cabeça. Se comparado a qualquer animal que Hajime conhecia, o mais próximo era um Triceratops. No entanto, seus olhos carmesim brilhavam, enquanto com enormes dentes e garras, as chamas se reuniram em torno dos chifres em seu capacete.

Meld apenas sussurrou “Behemoth”. Naquele momento, o monstro respirou fundo e soltou um rugido ensurdecedor.

“Gurua~ a~ um aaaa~!! ”

“O quê?! ”

O rugido fez todos os sentidos de Meld voltar, ele rapidamente começou a emitir comandos para todos.

“Alan! Leve os alunos para a escada passando pelos Traum Soldiers! Kyle, Ivan, Gale! Eu preciso que vocês façam as melhores barreiras que puderem. Kouki, se apresse e chegue com o resto até as escadas! ”

“Espere um momento, Meld-san. Nós vamos ajudar! Esse monstro enorme é tão perigoso?! Nós…”

“Tolo! Isso é um verdadeiro Behemoth, com sua força atual seria impossível derrotá-lo! É um demônio de nível 65. Há um bom tempo atrás, os mais fortes aventureiros lutaram contra ele e foram incapazes de derrotá-lo! Apressem-se e vão! Eu não posso deixar vocês morrerem! ”

Até mesmo Meld vacilou por um momento com o monstro a frente deles. “Eu não posso simplesmente abandonar vocês! ” Foi a resposta que fez Kouki se manter firme. No momento Meld tentou argumentar com Kouki e recuar, mas o Behemoth rugiu e começou a ir em direção a eles. Nesse ritmo, os estudantes que estavam em retirada seriam pisoteados até a morte.

Para evitar isso, o mais forte dos militares Hairihi gerou múltiplas barreiras.

“Repila toda a malícia e inimizade, a providência absoluta do filho de Deus, deste santuário você não passará! 【Virtude Absoluta】”

A fórmula mágica para este feitiço foi gravada em uma papel de alta qualidade com 2 metros de largura. O encantamento tinha quatro frases para ser ativado. 3 delas tinham de ser feitas simultaneamente. E uma barreira enorme se manifestou. A barreira hemisférica brilhava em um puro branco parando o Behemoth.

No momento em que o Behemoth colidiu com a barreira, uma onda de choque irrompeu entre eles. Toda a ponte balançou e tudo ao redor dos pés do Behemoth foi pulverizado. Os estudantes que se retiravam gritaram e caíram com o terremoto causado artificialmente.

Traum Soldiers eram monstros que apareciam no nível 38. Eles eram absolutamente mais fortes que qualquer um que já havia encontrado até agora. Os alunos entraram em pânico da forma que foram parados por um enorme monstro atrás e na frente um exército de esqueletos.

Eles avançaram imprudentemente sem ter cuidado para manter a posição e foram para as escadas. Alan tentou acalmá-los desesperadamente, mas ninguém o ouviu graças ao terror iminente. Uma das estudantes foi empurrada para trás e caiu. Ela gemeu quando levantou a cabeça para ver um Traum Soldier atrás dela brandindo uma espada.

“?! ”

O monstro balançou a espada para baixo em direção à ela.

Ela pensou que ia morrer naquele momento, mas de repente os pés do Traum Soldier vacilaram. Ele perdeu o equilíbrio e a trajetória da lâmina atingiu o chão em vez dela. Além disso, a agitação continuou como uma onda em direção ao final da ponte, parando muitos Traum Soldier ao longo do caminho. Isso fez alguns monstros caírem no abismo.

À 2 metros da borda da ponte estava Hajime suspirando. Ele estava transmutando continuamente o chão. E com uma lâmina de terra, os monstros na ponte foram empurrados para o abismo. Sem saber, sua proficiência em transmutação estava melhorando devido a seu uso constante. O alcance de sua transmutação também parecia ter aumentado.

Enquanto bebia uma poção mana, Hajime rapidamente se aproximou da garota que caiu. Ele ajudou agarota. Hajime falou com a garota ainda atordoada com um sorriso.

“Vamos adiante. Está tudo bem, porque com exceção de mim, todos são fortes! ”

Hajime deu tapinhas nas costas dela com plena confiança, no momento seguinte, ela soltou um rápido e energético “Obrigado”.

Hajime tinha destruído a movimentação dos Traum Soldiers e os parou, naquele momento ele estava na vanguarda do campo de batalha. Todos estavam lutando em pânico de forma desleixada. Neste ritmo, era muito provável que alguém fosse morrer. Alan ainda estava tentando organizá-los, mas as coisas não estavam indo bem. Mais reforços vieram para os Traum Soldiers através de novos círculos mágicos.

“Precisamos de um líder forte para nos guiar, Amanokawa-kun! ”

Hajime começou a correr em direção ao grupo de Kouki.

O Behemoth ainda estava avançando repetidamente sobre a barreira. Uma poderosa onda de choque era produzida sempre que ele colidia com a barreira e a ponte tremia com a pressão. Já haviam rachaduras na barreira e era questão de tempo até o Behemoth atravessar. Meld aplicou um reforço na barreira, mas foi como a adição de uma gota em um balde de água.

“Ah merda! A barreira não vai aguentar muito tempo! Kouki, se apresse e vá! Vocês vão com ele! ”

“Não! Eu não vou abandonar vocês! Todos nós vamos sobreviver! ”

“Humpf, para ser tão egoísta a esse ponto…”

Meld tinha um rosto azedo com essa conversa. Era um espaço estreito, onde eles mal podiam evitar o Behemoth. Portanto, a melhor opção era se retirar, afinal, sem a barreira eles já teriam morrido. Tal percepção só podia vir com experiência, o que era o contrário de Kouki e seu grupo.

Meld insistia para que se retirassem, mas era uma explicação muito resumida sobre o motivo. Kouki não ouviu seus conselhos e se recusou a abandoná-lo. E era possível ver os olhos de alguém que queria um desafio, Kouki.

Algo que pode ser atribuído a sua mente adolescente. Ele estava superestimando a si mesmo, já que haviam tantos elogios direcionados a ele.

“Kouki! Ouça o que Meld diz! ”

Shizuku, que entendeu a situação, se agarrou no braço de Kouki para contê-lo.

“Essa não é a primeira vez que Kouki está assim! Eu vou apoiá-lo! ”

“Obrigado, Ryutaro! ”

A declaração de Ryutaro apenas fez Kouki insistir ainda mais. Shizuku estalou a língua após isso.

“Não fique assim nessa situação! Idiota! ”

“Shizuku-chan.”

Kaori estava preocupada com Shizuku.

E então, um menino pulou na frente de Kouki.

“Amanokawa-kun.”

“Na-Nagumo-kun?! ”

“Nagumo-kun?! ”

Todo mundo ficou surpreso com o quão sério estava Hajime.

“Se apresse e vá com todos! Você tem que ajudá-los! ”

“Por que essa atitude de repente? O que você está fazendo em um lugar como esse? Esse não é um lugar em que você deveria estar! Apenas deixe isso para nós, Nagumo…”

“E essa é uma situação para dizer isso? ”

Hajime mostrou uma força inesperada em suas palavras e Kouki parou de repreendê-lo. Até agora nunca tinham ouvido Hajime falar nesse tom. Ele sempre se mostrou com um sorriso no rosto e agora ver essa imagem foi chocante.

“Você não vê o que está acontecendo? Todos estão em pânico porque estão sem um líder! ’

Hajime apontou para os alunos e Kouki sentiu como se uma mão agarrasse seu peito. Na direção em que Hajime apontou, haviam alunos confusos sendo cercados por Traum Soldiers. Uma vez que eles estavam ineficiente sem um líder, estavam sendo esmagados pelos reforços. Apesar de que suas altas estatísticas estiveram os protegendo até agora, logo isso não faria diferença.

“Precisamos de um golpe que possa romper a formação deles! Algo que possa apagar o medo no coração de todos! E é você que tem tal poder! Não olhe apenas para frente, mas também para o que está atrás de você! ”

Atordoado ao ver seus colegas daquela forma, Kouki tremendo assentiu.

“Entendo! Eu irei imediatamente. Desculpe, Meld-san! ”

“Vão! ”

No momento em que Meld viu Kouki e seu grupo recuar, a barreira finalmente caiu com as investidas do Behemoth. Uma enorme onda de choque foi causada pela destruição da barreira e foi direto em direção de Hajime. Hajime rapidamente tomou a dianteira e transmutou uma barreira, porém ela foi facilmente descartada. Parece que ela havia enfraquecido-o. Uma grande quantidade de poeira rodeou o local quando o Behemoth soltou um rugido.

“Ryutaro, Shizuku, vocês podem me ganhar algum tempo? ”

Embora eles estivessem com um pouco de dor, os dois avançaram a pedido de Kouki. Desde que a barreira de Meld tinha sido desativada, eles foram ajuda-lo.

“Eu vou fazer o que puder! ”

“De alguma forma, eu vou fazer isso! ”

Ambos correram em direção ao Behemoth.

“Kaori, comece a curar Meld e seus homens.”

“Ok.”

Kaori rapidamente começou a fazer seu trabalho. Hajime estava do lado de Meld. Ele criou um muro de pedra para evitar os efeitos da batalha. Embora parecesse inútil em batalha, isso era melhor do que nada.

Naquele momento Kouki se reuniu com eles e começou a executar sua melhor habilidade.

“Ó vontade divina! Acabe com todos os males com vossa luz! O sopro de Deus! Sopre as ameaçadoras nuvens e purifique esse mundo! A misericórdia de Deus! Perdoe todos os pecados com seu poder! 【Poder do Céu】”

Uma aurora jorrou da espada santa após Kouki terminar de recitar. A habilidade era semelhante ao “Flash Crescente”, mas o nível do poder era completamente diferente. Ele abriu um corte na ponte quando disparou esse golpe no Behemoth balançando a ponte com seu poder. Após o cântico, Ryutaro e Shizuku haviam se distanciado. No entanto, depois de lutar contra o Behemoth eles estavam um péssimo estado. Eles tinham sofrido uma considerável quantidade de dano em um curto tempo.

O bombardeio de luz atingiu o Behemoth em cheio. A área onde o feitiço foi jogado preencheu a área e bateu no Behemoth. Um terremoto ressoou na ponte e gerou rachaduras por toda a parte.

“Se é isso… Ha…”

“Isso acabou com ele? ””

“Eu espero que sim.”

Ryutaro e Shizuku voltaram para o lado de Kouki. A respiração de Kouki estava pesada depois de usar tal quantidade de energia. Anteriormente, essa habilidade era seu trunfo. A maior parte de sua magia foi usada para fazê-la. Kaori tinha terminado o tratamento nos soldados debilitados e Meld tentava se levantar.

Quando a luz e a poeira baixaram…

Lá estava ele, um Behemoth ileso.

A besta enviou um olhar de morte para Kouki e rosnou. Ele levantou a cabeça, era realmente alto, e seus chifres começaram a brilhar com uma cor vermelha. Magma, era a palavra que descrevia perfeitamente o que o capacete do Behemoth parecia.

“Não fiquem parados! Mexam-se!

A voz de Meld os ajudou a recuperar os sentidos e eles começaram a se mover. O Behemoth correu em direção a eles. Como se fosse um meteorito, Behemoth pulou em direção de Kouki mirando um ataque com seu capacete.

Mesmo se eles fossem capaz de evitá-lo saltando para o lado, a onda de choque causada pelo impacto ainda os jogaria para fora. Quando pararam de rolar, eles viram a grande quantidade de ferimentos no corpo. Quando finalmente se recuperou, Meld correu. Os outros cavaleiros ainda estavam sendo tratados por Kaori. Apoiando-se, o Behemoth se esforçou para tirar a cabeça presa no chão, devido ao furo que havia feito com o par de chifres.

“Vocês podem se mover? ”

A única resposta que ele teve foram alguns gemidos. Eles provavelmente estavam paralisados pela onda de choque causada pela queda do Behemoth. O dano em seus órgãos internos parecia significativo.

Meld chamou por Kaori. Quando ele estava a procura dela, Meld centrou sua visão em Hajime.

“Garoto! Vá com Kaori e carregue Kouki para as escadas! ”

Para Meld que dirigiu essas instruções para Hajime, só poderia ser capaz de levar Kouki. Essa instrução indicou que ninguém mais seria capaz de escapar. Meld cerrou os dentes e preparou o escudo. Ele havia escolhido arriscar a própria vida para conter a besta.

Em um momento tão desesperado para Meld, Hajime fez uma sugestão. Esse método pode ser a única maneira de todos serem salvos. No entanto, a probabilidade de sucesso era muito baixa. Hajime também acabaria na posição mais perigosa.

Meld hesitou, mas o Behemoth já estava pronto para continuar. Eles não tinham tempo.

“Você vai fazer isso? ”

“Eu vou fazer isso! ”

Meld podia ver o olhar que Hajime tinha, e ele não pode evitar um sorriso.

“Eu não posso acreditar que vou confiar isso a você, eu certamente irei te salvar. Deixo isso com você! ”

“Sim! ”

Naquele instante Meld foi em direção ao Behemoth. Ele lançou uma magia simples para provocá-lo. O Behemoth parecia ter o hábito de atacar qualquer um que estava atacando ele no momento. O homem o animal se entreolharam.

Quando o capacete começou a inflamar, o Behemoth pulou. Meld ficou lá com a intenção de provocá-lo até o último instante. Naquele momento, um pequeno encantamento podia ser ouvido.

“Ventania. 【Wall Wind】”.

Ele deu um passo para trás ao mesmo tempo em que recitava a magia. Como um cometa, o Behemoth caiu na área onde Meld estava. O Wall Wind foi capaz de desviar a onda de choque e também detritos do impacto. Desde que foi um ataque simples, ele foi capaz de evitá-lo. Ele teria sido totalmente aniquilado se estivesse protegendo Kouki.

Mais uma vez, a cabeça do Behemoth ficou presa após o ataque. Com isso Hajime avançou, mas o escaldante calor remanescente o queimou. Ele suportou a dor e começou a recitar. Na verdade não poderia ser chamado de cântico, ele só havia dito o nome da magia.

“【Transmutação】”.

O movimento do Behemoth para desenterrar a cabeça do chão foi interrompido quando uma pedra caiu com toda a força em sua cabeça. E não importava se a pedra se quebrasse, Hajime apenas a consertava com a transmutação. Apoiando-se com as pernas o Behemoth ia se libertar com força, mas Hajime transmutou mais em volta do pé do monstro. Ele constantemente endurecia e transmutava a pedra, e finalmente o enterrou 1 em metro de pedra. O poder do Behemoth era tão terrível que se Hajime vacilasse um pouco rachaduras se manifestariam e o monstro escaparia. A fim de evitar isso Hajime não terminou sua contínua transmutação. Ele observou que o Behemoth dava tudo de si para se libertar. Para qualquer outra pessoa, isso pareceria bem bobo.

Nesse meio tempo, Kaori e os cavaleiros que se recuperaram se reuniram e foram com o grupo de Kouki. Próximos ao Traum Soldiers, os alunos haviam recuperado a compostura e estavam a cooperar uns com os outros. A razão para a recuperação foi devido a garota que Hajime havia salvo. Uma simples contribuição.

“Espere! Está faltando o Nagumo-kun.”

Kaori protestou a retirada de Meld.

“Esse é o plano dele! Nós estamos indo limpar os Traum Soldiers e então faremos uma zona de segurança, para bombardear a besta com magia! Claro, ele vai recuar! Ele pode fazê-lo quando nossa barragem mágica parar a besta mágica, e nesse intervalo poderemos recuar para o nível superior pelas escadas.”

“Então eu vou ficar e ajudá-lo! ”

“Não é possível! Sua cura é necessária para ajudar o grupo de Kouki e a nós na fuga! ”

“Mas! ”

Meld gritou para o protesto de Kaori.

“Não deixe que o esforço dele seja em vão! ”

“?! ”

Incluindo Meld, o outro que tinha maior poder era, sem dúvida Kouki. Se Kaori não usasse sua eficaz magia de cura eles eventualmente não teriam poder para parar o Behemoth. É por isso que é necessário que ela se junte ao grupo de fuga. Eles não teriam tempo para parar o ataque e curar os outros com métodos menos eficazes, e se não fossem rápidos o suficiente, Hajime ficaria sem mana o suficiente para interceptar o Behemoth.

“Sopro Divino, Purifique e Cure, 【Benção do Céu】”

Ao mesmo tempo que estava expressando uma vontade de chorar, ela continuou com o encantamento. Uma rajada de luz apareceu e uma luz pálida preencheu Kouki. A propriedade restauradora de sua magia curou seu corpo das lesões ao mesmo tempo em que o envolvia. Meld colocou uma mão no ombro de Kaori e assentiu com a cabeça, ela fez o mesmo. Mais uma vez, Kaori se virou para olhar a cena de Hajime transmutando o Behemoth. Todos eles começaram a recuar após isso.

Os números dos Traum Soldiers ainda estava aumentando. Atualmente, eles eram cerca de 200. Todos eles estavam próximos a escada da grande ponte. Mas, isso era na verdade bom. Se houvesse uma lacuna os alunos tentariam passar e sua falta de experiência os levaria a acabar cercados. Atualmente esse era um bom número para os alunos que estavam tendo problemas com os 100 mais cedo.

Por sorte, não houve uma única morte, tudo graças aos cavaleiros que estavam os protegendo. Não era exagero dizer que eles estavam cobrindo desesperadamente a vida dos alunos. A vontade veio sob a forma de toda a ferida que haviam ganhado.

Se eles perdessem o apoio dos cavaleiros, o aumento do número de estudantes que estavam em pânico e que não sabiam que a magia estava causando o aumento do número dos monstros acabaria ocorrendo em minutos.

O desespero atingiu os alunos que perceberam isso. O grupo que cooperou com a garota que Hajime salvou anteriormente lutava bravamente, mesmo que estivessem em seus limites. E quando eles pensaram que estava acabado…

“【Flash Crescente】”

Uma luz de cor branca explodiu direto através dos Traum Soldiers. Os esqueletos próximos as bordas laterais das pontes caíram no abismo. E após aquilo, mais soldados preencheram o local devido a lacuna feita pela habilidade. Embora ele certamente tivesse visto a escada que levava ao andar superior.

“Não desistam, irei abrir um caminho! ”

Ele soltou essas palavras enquanto o “Flash Crescente” passava por seus inimigos. Os alunos ficaram energizados pelo carisma de Kouki.

“O que vocês estão fazendo todo esse tempo? Lembre-se do treinamento que tivemos e cooperem uns com os outros! ”

O líder invocou uma habilidade semelhante ao “Flash Crescente” nos inimigos. O tom confiável retornou à sua voz. Seu corpo estava cheio de energia e sua mente limpa. A magia de Kaori estava fazendo um bom trabalho. A magia apenas o dava uma certa tranquilidade, mas isso somado ao desempenho de Kouki era muito eficaz.

Todos que tinham aptidão para com cura começaram a usar suas curas em todos. As pessoas com aptidão com magia fizeram uma retaguarda e começaram a recitar. A vanguarda formou um grupo firme e constantemente se transferiam, mas colocaram uma ênfase na proteção.

Os cavaleiros que se recuperaram se juntaram a eles e o sinal para o contra-ataque veio. A classe de alunos roubados começou a fazer o que eram de melhor, e iam em direção ao inimigo como uma onda. Monstro morriam tão rapidamente que deixaram de aparecer.

Logo, o caminho para as escadas foi aberto.

“Todos avancem! Precisamos garantir as escadas! ”

Kouki começou a correr após gritar. Shizuku e Ryutaro que haviam se recuperado acompanhavam Kouki. Eles passavam pelos Traum Soldiers facilmente. Finalmente, eles acabaram com os monstros. Kouki rapidamente usou sua magia para impedir que mais monstros nasçam da abertura que abriu.

Os alunos pareciam estar em dúvida. Acabaria assim. Na frente deles estavam as escadas e naturalmente, eles queriam estar seguros rapidamente.

“Esperem! Ainda temos que salvar Nagumo-kun! Sozinho, ele está suprimindo o demônio! ”

A classe encarou Kaori com uma expressão duvidosa. Todos pensavam que era impossível, já que todos imaginavam que ele era inútil. E quando eles perplexos olharam para a ponte, eles realmente estava lá.

“O que ele está fazendo? ”

“Esse demônio está sendo enterrado por ele! ”

Meld respondeu às perguntas dos alunos.

“Foi por causa que ele parou o Behemoth que pudemos recuar. Vanguarda, não deixe qualquer esqueleto chegar perto de nós. Retaguarda, prepare sua magia de longo alcance! Ele está prestes a ficar sem magia, ele irá recuar enquanto bombardeamos o Behemoth! ’

Os estudantes se prepararam quando aquela voz ressoou pelo local. Haviam pessoas que olhavam na direção da escada em arrependimento. Não era de se admirar, eles tinham uma experiência de quase morte. Eles, naturalmente queriam chegar a segurança o mais rápido possível. No entanto, quando Meld gritou com raiva para que eles se apressassem, eles voltaram para o campo de batalha.

No entanto havia Hiyama Daisuke. Desde que isso foi causado por ele, ele estava aterrorizado e queria correr o mais rápido que fosse possível.

Naquele momento, a cena do dia passado passou por sua mente, quando eles estavam hospedados em Horlard. Ele estava tão dominado pela ansiedade do dia seguinte e não conseguia dormir corretamente e saiu para tomar um ar, em seguida, dirigiu-se para o banheiro. A refrescante brisa passou por ele e ele voltava para seu quarto quando viu algo. Ao longo caminho, ele tinha visto Kaori em seu negligee. Esta foi a primeira vez que ele havia a visto dessa forma e ele instintivamente se escondeu e prendeu a respiração. Kaori passou sem notá-lo.

Daisuke estava interessado e a seguiu, até que ela parou na frente de um quarto e bateu na porta. Aquele que atendeu foi… Hajime. Hiyama surtou naquele momento. Ele gostava de Kaori, no entanto, achava que não era bom o suficiente para ela. Ao se comparar com Kouki ele viu que isso não era para ele, então desistiu.

Mas com Hajime era diferente, Daisuke imaginava que Hajime era inferior a ele. Então, ver Hajime na presença de Kaori era estranho. Ele pensou que se era o caso, ele pelo menos podia tentar. Sua insatisfação contra Hajime aumentava constantemente e agora isso havia se tornado ódio. Quando ele viu Kaori encantada com o Grantz Crystal, ele provavelmente foi impulsionado por tais sentimentos.

Hiyama lembrava de tudo isso olhando para Hajime que estava suprimindo o Behemoth por si mesmo, Kaori preocupada com Hajime e até mesmo rezando por ele… E um sorriso obscuro floresceu no rosto de Daisuke.

(NT – Kiyoshi: Sabe aquela clássica música? Vai dar merda, vai da merda ♫)

Hajime sentiu sua mana se esgotando, e se esforçou o máximo para continuar já que havia ficado sem poções. Ele rapidamente olhou o seu redor e viu que todos haviam se retirado. Fileiras estavam sendo formadas e magia sendo preparada para a última parte do plano.

O Behemoth ainda estava lutando, e a este ritmo ainda haveriam alguns segundos de intervalo mesmo que parasse a transmutação. Nesse meio tempo ele teria que tomar alguma distância. Uma gota de suor passou por seus olhos. Hajime nunca tinha estado em uma situação que fizesse seu coração bater tão alto a ponto de ouvi-lo. Cronometragem seria importante aqui.

Dezenas de fissuras formadas seguravam o Behemoth e elas mal conseguiam contê-lo. No mesmo momento, Hajime começou a correr.

Cinco segundos após Hajime começar a fugir o Behemoth se libertou completamente e rugiu. A raiva estava presente em seus olhos. Rapidamente, a sua visão procurou por seu inimigo e encontrou Hajime. O Behemoth rugiu novamente com raiva e recolheu o poder em suas pernas para correr atrás de Hajime.

No entanto, uma enxurrada de ataques mágicos o parou.

Como estrelas cadentes pintando o céu a noite, inúmeras magias de diversas cores bombardearam o Behemoth. Não haviam danos, mas isso o impedia de se movimentar.

Hajime abaixou e cabeça e correu enquanto tomava cuidado para não cair. Mesmo com todas essas magias letais passando por cima de sua cabeça, Hajime não temia por sua vida. Não havia maneira desses caras roubados perderem. A distância entre ele e o Behemoth também já estava em 30 metros.

Hajime relaxou com isso.

No entanto, aconteceu uma coisa que o fez congelar.

Uma das “Fire Ball” que estava no interminável fluxo de feitiços se inclinou ligeiramente e trocou seu caminho. Isso foi claramente apontado para Hajime.

(Por quê?!)

Dúvida e perplexidade, tudo isso passou por seu cérebro e o afetou.

Hajime deslizou e se preparou para esquivar da magia e ela atingiu o chão bem na frente de seus olhos. Ele foi soprado de volta pela onda de choque, mas nenhum dano real foi causado porque foi capaz de evitar um golpe direto, mas seu senso de equilíbrio caiu. Seu canal semicircular havia sido danificado.

Se levantar foi difícil, já que estava tonto. Como de costume o Behemoth não deixaria as coisas daquele jeito. Quando Hajime se levantou, a fera rugiu novamente. Hajime olhou para o Behemoth e ficou chocado com os olhares penetrantes do monstro. E pela terceira vez, os chifres começaram a ferver e o monstro se lançou em direção de Hajime.

Uma cabeça instável, a visão turva, um ameaçador Behemoth, gritos de impaciência e urros de seus colegas a distância.

Hajime desesperadamente tentou reunir força para saltar para longe. Mas um choque furioso destruiu toda a ponto no momento em que se chocou com o ataque do Behemoth. Rachaduras começaram a se espalhar a partir do epicentro e a ponte ruiu.

Finalmente, depois de tudo, a ponte desabou.

Ela finalmente tinha chegado a seu limite.

“Guaaa! ”

O Behemoth agarrou desesperadamente um lugar para se segurar. No entanto, mesmo o que estava ligado a ponte desmoronou e caiu no abismo. Uma profunda agonia podia ser ouvida do Behemoth.

Hajime se arrastou para escapar de alguma forma, no entanto tudo entrou em colapso.

“Ah, isso não é bom…”

Enquanto pensava isso, ele direcionou seus olhos para seus colegas de classe. Ele viu Shizuku segurando Kaori para trás como se ela quisesse pular atrás dele. Seus outros colegas estavam pálidos e tinham as mãos sobre os olhos ou bocas. Meld e os cavaleiros tinham uma expressão humilhante em seus rostos.

O andaime que segurava Hajime finalmente desmoronou. Ele caiu no obscuro abismo enquanto a última fagulha de luz sumia.

iLivro

Categorias