PN: Capítulo 44


Capa PN

Possessing Nothing

Autores: Mogma (목마)
Tradutor: Pyown

Ogro

Haviam muitos monstros em Eria. Ogros eram um deles, mas eles eram um dos monstros mais fortes que andavam no chão com 2 pernas. Eles tinham resistência a magia, e eles tinham uma pele grossa que era realmente forte contra ataques.

Eles também eram muito inteligentes por isso era uma dor tentar combatê-los. Havia mesmo alguns ogros que usavam magia.

As guildas classificaram os monstros em Eria por dificuldade, e se os mercenários desse rank podiam vencer os monstros. Os orcs eram aproximadamente rank E e o ogro era aproximadamente rank A.

Sungmin nunca teve uma missão sobre uma conquista de um ogro. Eles eram monstros fortes. Ele sabia que sua vida era importante.

‘Ogro’

Sungmin tocou seu queixo. Era a missão para o seu teste de habilidade. Havia informações sobre ogros na floresta em Behengeru, e os aldeões fizeram um pedido para cuidar deles

“Você precisa vir comigo?”

A carroça seguiu. Ele perguntou a Lude que estava sentado na frente dele. Para isso, Lude sorriu amplamente.

“Eu não estou ocupado, então pedi ao presidente. Se eu posso ver você trabalhando.”

“Você suspeita que eu possa fazer alguma coisa?”

“Não, não é isso. Sua aura ontem foi a coisa real. Apenas… curiosidade, devo dizer. Eu, o presidente, todos nós temos curiosidade por você.”

Lude riu disso. Ele era um mercenário livre que não estava em uma legião, então tudo o que ele tinha era tempo. Sungmin sentiu estranho que Lude estava sendo tão alegre com ele.

Ele conhecia Lude. Ele o viu algumas vezes antes. Mas ele nunca teve nenhuma conexão com ele. Como Lude era um rank S ele era uma figura fora do seu mundo. O Sungmin de rank C não tinha nenhum negócio com ele

O bar do 1º andar. Sungmin… era uma das pessoas que estavam bebendo com as mulheres. Olhando para as pessoas de alto rank como Lude, tendo inveja em direção a elas, mas com muita medo de dizer qualquer coisa.

Essa pessoa estava sendo legal com ele. Ele não sabia o que Lude estava fazendo, mas ele não o afastou. As pessoas não podiam viver sozinhas. Sungmin sabia disso da montanha de Mush. Sogo ensinou isso a ele.

“Não desconfio das suas habilidades, mas você é jovem. Só faz 4 anos que você veio aqui?”

“Então você está preocupado que eu possa cometer um erro.”

“Sim. Não fique muito ferido. O presidente e eu, queremos garantir que você esteja seguro. Não é comum que haja uma pessoa como você que vem aqui.”

Não era apenas curiosidade. Mas também não era bondade. Sungmin olhou para Lude e voltou o olhar. O fundo foi bom.

“Você está em silêncio para sua idade. Você costuma ser assim?”

“Sim.”

Isso não era verdade. Apenas, foi o resultado da penalidade de silêncio da montanha. Ele estava acostumado.

A montanha deu muitas coisas à Sungmin, mas não eram todas positivas. Seus sentidos estavam desequilibrados. Ele estava bem treinado para sentir com o tato, mas seu cheiro ou audição não eram treinados.

Ele também não teve nenhuma experiência com a luta real. Estava sozinho na montanha. Como aqueles treinando não podiam ferir os outros, ele também não conseguiu lutar contra aqueles treinando. Ele tinhas as experiência de sua vida passada, mas o ele passado e agora eram duas pessoas completamente diferentes.

Ele nunca tinha enfrentado um ogro antes. Ele não podia mais confiar na experiência.

“Você já lutou com um ogro?”

“Nunca vi um.”

Ele passou pelo portão depois que o sol se pôs. Ouvindo a conversa, ele teria que ir meio dia mais à floresta.

“Mas eu tenho a informação básica. Chegaremos à noite se continuar assim. Está tudo bem?”

“Vamos descansar por um dia na aldeia que pediu o pedido. Se o ogro atacar de noite… teremos que estar preparados.”

Lude não estava nervoso. Ao contrário de Sungin, Lude já era um Rank S. Ele provavelmente teve experiência contra essas coisas.

“Os ogros não são como monstros normais. Há alguns que até usam magia.”

“Eu sei.”

“Então, isso é bom. Não havia informações sobre o ogro usando magia aqui, mas é bom saber por enquanto. Estou aqui para sua proteção, mas não vou ajudá-lo para começar. Se você for morrer, então vou salva-lo.”

“Eu sei.”

Sungmin respondeu. O sol já estava baixo e a carroça continuava correndo. Lude abriu seu saco. Talvez fosse um saco interdimensional, mas Lude tirou um pedaço de pão do saco.

Sungmin comeu o pão com Lude. Era um pão de abóbora normal, mas parecia delicioso para Sungmin, que acabou de tirar a penalidade de paladar.

“Você usa artes marciais? Você tem uma arma?”

“Sim. Eu uso uma lança.”

“Lança! Isso é bom. Eu uso espada. Eu não quero lutar com uma lança. É difícil lutar contra uma.”

Lude continuou conversando com Sungmin. Não era um assunto em que Sungmin estava realmente interessado. Ele já sabia que Lude usava espada.

“Você parece uma boa pessoa, mas você é tão chato.”

Lude resmungou depois de falar por um tempo. Sungmin sorriu amargamente com isso.

“Eu sou um pouco silencioso.”

“Não há realmente pessoas que são silenciosas quando dizem isso com a própria boca. Normalmente, eles simplesmente não querem falar com você.”

“Não é isso.”

“Estou brincando.”

Lude riu sozinho.

A carroça chegou à noite. Lude foi em direção e introduziu Sungmin ao prefeito da aldeia. O prefeito da aldeia franziu o rosto.

“Ele parece jovem…”

“Não há correlação entre idade e habilidade. Esse garoto poderia matar todos na aldeia ao mesmo tempo.”

Lude riu. O prefeito era um homem velho com barba. Ele estremeceu ligeiramente na declaração de Lude e olhou para Sungmin. Sungmin inclinou-se ligeiramente em direção ao prefeito.

“…Hm. Eu preparei um quarto. Se você quiser, também podemos dar-lhe alguma comida.”

“Obrigado.”

Sungmin foi dirigido para um quarto vazio dentro da casa do prefeito. Lude perguntou a Sungmin.

“Você quer beber?”

“Não.”

“Por quê. Porque você é jovem? Isso não é engraçado. Que tipo de mercenário não bebe?”

Lude resmungou e tirou uma grande garrafa de cerveja.

“É bom para você. Esfria sua mente… ”

Lude cantarolou e tirou a garrafa. Sungmin sentou-se olhando para ele.

“Não temos que ficar de guarda?”

“Por que temos que fazer isso?”

Lude largou a garrafa.

“Nos pediram para cuidar do ogro, não para ficar de guarda para a aldeia. Se eles nos derem mais dinheiro, eu poderia considerar isso. Mas não faz sentido fazer algo que eles não nos pediram.”

Sungmin entendeu. Ele também era um mercenário.

“A única coisa que move um mercenário é o dinheiro.”

Lude riu e bebeu um pouco mais. Para isso, Sungmin assentiu com a cabeça novamente. Ele não teria perguntado se era o Sungmin de alguns anos atrás.

Agora mesmo…

Ele lembra das palavras de Sogo sobre as coisas que ele não deve esquecer. Mas ele não se absteve demais disso. Sungmin e Sogo eram duas pessoas diferentes. Não havia nenhuma razão para Sungmin ter sido uma boa pessoa porque Sogo era.

Sogo pediu a Sungmin. Não se esqueça da bondade. Não havia amabilidade dada pelas pessoas da aldeia. Ele era um mercenário que conseguiu um trabalho e veio aqui para fazê-lo.

Era isso.

Não houve ataque no meio da noite. Como um hábito, Sungin acordou cedo. Não houve pesadelos, mas ele ainda estava acostumado a acordar cedo.

Lude ainda estava dormindo enrolado. Foi estranho ver um mercenário rank S, como Lude dormindo enrolado. Ele silenciosamente saiu do quarto.

Ele respirou o ar frio lá fora. Saindo para a gaiola de galinhas, ele viu as galinhas. Elas apenas olharam para Sungmin. Sungmin levantou sua lança.

Ran, na, zhe.

Ele os praticou. Devagar, lentamente. Ele mediu lentamente seus músculos. Mesmo que fosse o básico, ele colocou todo o seu esforço neles

“Diligente.”

Lude saiu depois que o sol já tinha saído. Ele bocejou altamente e se aproximou.

“Você deveria ter dormido mais. Você ficará cansado quando você caminhar pela floresta.”

“Não consigo dormir por muito tempo.”

“Foi por causa do meu ronco?”

“Não é isso.”

Lude sorriu para isso. Ele olhou para a lança que Sungmin estava segurando. Não era nada de especial. Apenas… realmente velha.

“Você deve obter uma nova arma.”

“Eu tenho uma extra.”

“Então… isso é bom. Vamos entrar.”

Lude bateu nos seus ombros.

“Nós temos que comer.”

“Sim.”

Ele guardou a lança.

Comentários