PTO: Capítulo 101


Capa PTO

Praise the Orc!

Autores: Lee Jungmin
Tradutor: Pyown

Como se Tornar Um Mago (1)

“Ah, Crockta. Você está atrasado dessa vez.”

Uma vez que Crockta voltou, Tiyo e Anor estavam jogando cartas na pousada introduzida por Radet. Foi por isso que Crockta havia terminado sua conexão.

Crockta voltou ao Templo do Deus Caído depois de conhecer o deus de cinzas. Paimon havia desaparecido e o Templo do Deus Caído estava vazio. Crockta voltou para suas acomodações e terminou a conexão. Então ele não se conectou por dois dias.

Tiyo já sabia que ele era amaldiçoado pelas estrelas. Ele não mostrou muitos sinais de cuidado e apenas explicou a Anor: “Achei que algo aconteceu.”

Ele não se conectou por muito tempo. De acordo com o tempo de Lorde Ancião, eles estariam esperando por alguns dias.

Crockta aproximou-se deles silenciosamente. Tiyo e Anor levantaram a cabeça.

Tiyo tinha um rosto pequeno, mas por dentro ele era um homem másculo. Ele era um companheiro confiável. Crockta olhou para o rosto novamente. Um rosto fofo, sobrancelhas delicadas e olhos grandes. Às vezes, seus olhos se tornavam selvagens de raiva, mas ele tinha o encanto nervoso de uma criança.

Os traços fizeram uma expressão estranha quando Tiyo olhou para Crockta. Seus cabelos se levantaram. A luz solar revelou sua pele pálida. O nariz de Tiyo enrugou. As rugas e expressões faciais sofisticadas.

Ele estava realmente vivo.

Dessa vez ele olhou para Anor. Seus ouvidos cortados foram curados, mas eles ainda pareciam feios. No entanto, ele mostrou os ouvidos sem hesitação enquanto olhava para Crockta. A pele e olhos negros distintivos dos elfos negros que sempre estavam medindo o humor dos outros, juntamente com os lábios suaves que falavam maldições.

Enquanto Crockta continuava a olhar para ele, Anor avermelhou e evitou seus olhos. Crockta começou a rir.

A luz do sol através da janela revelou a poeira flutuando no ar. Crockta olhou para a paisagem e assentiu. Esse foi Lorde Ancião, outro mundo onde muitos seres viviam.

Crockta abraçou Tiyo e Anor.

“O que você está fazendo dot?!”

“O-Oque foi?”

Crockta não respondeu.

Essas pessoas. Esse mundo. Era tudo real.

“Tiyo.”

“Oque dot?”

“Anor.”

“Sim.”

Crockta segurou-os dentro de seus braços fortes. “Não morram.”

Tiyo riu de suas palavras. “Crockta, você não nos viu por um tempo e você está de repente falando como uma garotinha.”

“Eu vou levanta-lo se você morrer.”

Crockta soltou-os e perguntou: “O que devemos fazer agora?”

Tiyo e Anor estavam andando na mesma estrada que Crockta. Enquanto ele estava ausente, eles planejariam um plano. Ele poderia acreditar em suas decisões.

“Iremos para Spinoa dot.

“Spinoa? Não são as linhas de frente?”

Ele ouviu que as linhas de frente da guerra já haviam aberto e que uma batalha estava ocorrendo no limite da área dos elfos negros.

“O líder dos elfos negros quer nos ver.”

“Líder.”

Embora o líder não tenha reinado como rei, Crockta soube que a maioria das decisões importantes associadas ao destino dos elfos negros foram feitas por ele. Normalmente, a personalidade de Tiyo diria que ele tentaria lutar contra o Grande Clã imediatamente em vez de ir a uma reunião.

“Radet falou com Tiyo. Os elfos negros não podem ser ignorados.”

“Que dedo duro dot!”

“É assim mesmo? Ahahat. Radet disse que os elfos negros não são tão fracos, então vão para Spinoa.”

Crockta assentiu. Os orcs eram grandes e pesados, mas os elfos negros tinham suas próprias vantagens. Em particular, eles eram muito mais assustadores do que orcs quando se tratava de guerra de cerco. Sua visão inata e sentidos afiados poderiam penetrar em alvos de longo alcance.

“Segundo ele, há algo maior do que lutar agora.”

“Nós estávamos apenas esperando por Crockta dot. Vamos começar agora mesmo!”

“Entendido.”

Tiyo e Anor já tinham preparado toda a bagagem. Crockta foi ao seu quarto. Ele não tinha muitas coisas porque deixou tudo o que não precisava antes de ir para o norte. Na verdade, apenas Matador de Ogros era suficiente.

Crockta deixou seu quarto. O sol de Lorde Ancião brilhava sobre ele. Ele franziu a testa e olhou para o céu. O céu azul ainda era o céu que ele conhecia.

Ele não teve nenhuma enorme convicção ou objetivo. Somente. Ele queria esmagar aqueles que o deixaram enojado.

 

***

Eles se despediram de Radet.

“Seria bom se conhecessem Jamero.”

“Estamos a caminho de Spinoa para que possamos encontra-lo.”

“Esse pode ser o caso.”

Jamero, que defendeu Nameragon com Radet, era um grande mago. Crockta estava curioso porque nunca conheceu tal pessoa desde Antuak e Tashaquil. A magia tinha aspectos semelhantes ao xamanismo, então ele esperava uma figura de tipo sábio.

O líder da guarnição de pé na frente do portão se aproximou. “Crockta.”

Crockta ainda não conhecia seu nome.

“Sinto muito por ser desrespeitoso na primeira vez que nos encontramos.”

Crockta riu e o rosto do guarda ficou vermelho.

“Não me arrependo de dizer isso. Parei as pessoas suspeitas de entrar na já confundida Nameragon. Mesmo que não fosse você, minha resposta teria sido a mesma.”

“Entendo.”

O líder da guarnição bateu abruptamente nas costas de Crockta. “Por favor, esteja seguro até a guerra acabar.”

“Você também. Fique vivo.”

Crockta olhou em volta para todos. Seus rostos eram diferentes quando ele os viu pela primeira vez. Em particular, os olhos dos soldados da guarnição estavam brilhando. Crockta mostrou enorme habilidade quando lutou com Driden. Ele pode ser o núcleo da guerra no futuro. Podem ser espécies diferentes, mas sentiram que estavam de frente para o homem que se tornaria um herói no futuro.

“Adeus.”

“Umm. Vejo vocês vivos novamente.”

“Tomem cuidado dot.

“Vejo vocês de novo.”

Crockta, Tiyo e Anor se viraram. Eles se afastaram lentamente de Nameragon. O lugar em que estavam indo era o norte de Nameragon, a terra onde a árvore do mundo crescia, Spinoa.

“O norte é melhor do que eu pensei dot.

Eles viajaram por um tempo depois de atravessar a fronteira, mas ainda havia mais lugares para ir.

“Você já ouviu falar sobre o líder elfo?” Perguntou Crockta.

De acordo com Radet, o líder havia mencionado diretamente Crockta e convidou ele para Spinoa. Apesar do conflito iminente, ele disse que havia algo que queria que Crockta visse primeiro.

“Ouvi dizer que ele é alguém que viveu por muito tempo, alguém sábio dot . Ele até ouve a voz da árvore do mundo.”

“Árvore do mundo.”

Crockta não tinha visto uma árvore do mundo antes. Uma existência sagrada para os elfos, era uma enorme árvore que crescia infinitamente até o céu.

Ele ouviu que havia uma árvore do mundo no território dos elfos no continente. Ela tinha um poder desconhecido e era bem sabido que mesmo um galho da árvore do mundo protegeria o proprietário de todos os tipos de desastres e maldições.

“Essa pessoa está nos pedindo para ir até lá.”

“Eu não quero que ele diga nada sobre lutar contra o Grande Clã dot. Os líderes são sempre assim.”

“Sim.”

Se fosse esse o caso, ele não ficaria feliz. Enquanto se dirigiam para o norte, Crockta descobriu um rebanho de montarias. Eles eram os animais que os orcs montavam quando alcançou o norte pela primeira vez. Já cavalgaram em montarias, mas as perderam nas montanhas Luklan.

Crockta e Tiyo trocaram olhares.

A expressão de Anor não era boa. “De jeito nenhum … certo? São selvagens. Caruks selvagens geralmente são difíceis de domar. Selvagens…”

No entanto, Crockta e Tiyo se moveram antes que Anor pudesse terminar sua frase.

“Esperem!”  Anor gritou, mas Tiyo já estava atirando com o General. Alguns dos caruks caíram no chão no súbito ataque. Tiyo tinha propositalmente colocado poder suficiente para não matá-los.

“Kuahahat! Eu sou Tiyo, um soldado da guarnição! Eu também sou um caçador dot!”

Tiyo riu e disparou descuidadamente o General. Crockta, que estava prestes a pegar um caruk caído, parou.

“Tiyo.”

“Kuahahat! Eu sou um caçador. Caruks serão pegos por mim! ”

“Tiyo.”

“O que Crockta? Você tem inveja do General dot?”

“……”

Crockta apontou para a esquerda em vez de responder.

“……”

As balas mágicas que derramaram do General começaram a parar lentamente. Tiyo desativou o General. Então ele virou.

“Hahahat, esses bastardos. Há muitos deles. Hahahat.”

“……”

“Se for esse o caso, acho que um retiro estratégico é certo dot. É melhor.”

“Sim.”

“… Hu, huhut.”

No momento em que Tiyo havia devastado o rebanho de Caruks. À esquerda, uma tremenda quantidade de montarias estavam se aproximando. Suas expressões eram sérias. Eles estavam respirando rudemente em direção a Tiyo, que intimidou os do seu rebanho. Eles começaram a pisar no chão.

“V-Venham! Hahahat! ”

Tiyo disse enquanto se movia para trás. O chão tremeu.

Dududududu!

Os caruks correram ferozmente contra o grupo de Crockta. Anor gritou e fugiu. Tiyo seguiu, mas ele teve pernas curtas e não ganhou muita velocidade. Crockta suspirou e agarrou Tiyo. Eles começaram a fugir.

Os caruks perseguiram-nos. Crockta também agarrou Anor enquanto estava correndo. Depois de colocar Tiyo e Anor em seus ombros, ele escolheu um terreno terrível que os caruks achariam difícil segui-lo e escaparam.

Os caruks perseguiram.

“Droga! Todos deem o fora!”

Tiyo começou a disparar o General do ombro de Crockta. No entanto, isso apenas fez os caruks mais irritados.

“… Desculpe dot.

Tiyo pediu desculpas enquanto observava as montarias avanlando violentamente com os olhos injetados. Crockta não podia ver atrás dele, mas podia adivinhar a situação. Ele sussurrou calmamente.

“Bul’tar…”

 

***

O grupo de Crockta, que terminou a perseguição com os caruks, decidiu acampar sob uma grande pedra. O sol estava se pondo e a escuridão desceu. A forma da lua tornou-se clara.

Ele colocou uma velha panela de ferro sobre a fogueira. Então colocaram a carne recebida de Nameragon na água. Alguns ingredientes simples foram adicionados para torná-la uma ótima refeição. Tiyo provou as especiarias.

“Kiing …”

Tiyo olhou para o caruk. O Caruk gemeu porque estava aterrorizado com a morte.

“Parece ser delicioso dot …”

“Nós temos que montá-lo amanhã.”

“Muito ruim dot…”

Eles mal conseguiram capturar duas montarias. Crockta montaria um, enquanto Tiyo compartilharia o outro com Anor.

“Se comermos esse cara, deixe Anor levantar os ossos …”

“Do que você está falando?!”

“Foi apenas uma sugestão dot.”

Tiyo lambeu os lábios. Em seguida, Tiyo começou a cuidar do General, enquanto Crockta adicionou mais galhos à fogueira. Anor estava brincando com os caruks.

Somente o som da fogueira podia ser ouvido. As estrelas brilhavam no céu. Foi uma bela paisagem. Crockta olhou fixamente para o céu. Depois de descobrir que não era um jogo, ele admirou a paisagem de Lorde Ancião mais uma vez.

O som de passos foram ouvidos.

“……?”

Crockta virou a cabeça.

Um grupo de elfos negros estava andando longe. A luz da fogueira atingiu-os, permitindo que suas aparências fossem vistas gradualmente. Havia três elfos negros com capuz. O homem à frente estava andando confortavelmente com um cajado.

Crockta cumprimentou-os primeiro. “Hey, vocês estão vivos?”

Ele parou e olhou para Crockta, antes de abrandar seus movimentos novamente. “Por essa noite, está tudo bem se compartilharmos a fogueira?”

“Está bem. Mas nós não temos muita comida.

“Temos comida suficiente. Se você tiver alguma queixa, nós a compartilharemos com vocês”

“Certo.”

Ele tirou o capuz. Ele parecia mais jovem em comparação com sua voz. O elfo negro na frente era o único a falar e seus seguidores não abriram a boca.

“Onde vocês estão indo?”

“Spinoa.”

“Hoh, um gnomo, orc e elfo negro indo para Spinoa …”

Ele sorriu e olhou para o rosto de Crockta. Crockta instantaneamente sabia quem ele era. Desde que chegou ao Pináculo, ele teve um bom senso para o ambiente circundante. Pode ser um bom pressentimento. O poder mágico no ambiente estava fluindo em torno desse homem de maneira favorável. Era como se estivesse recebendo-o.

Obviamente, ele era um mago com afinidade com a natureza.

“Não é estranho nessa era.”

Crockta chamou seu nome, “… Jamero.”

Comentários