PTO: Capítulo 57


Capa PTO

Praise the Orc!

Autores: Lee Jungmin
Tradutor: Pyown

Para o Norte (2)

A porta se abriu.

Os rostos no bar sombrio voltaram-se para Crockta. Eles descobriram a aparência do orc antes de voltarem a conversar. Era um bar antigo que tinha cenários semelhantes aos ‘Os Comedores de Batata’ de Van Gogh.

Crockta sentou-se em uma mesa. O dono do lugar, que estava de pé no bar, lançou um olhar para Crockta, como se estivesse perguntando o que queria. Crockta declarou: “creme de espaguete.”

Ele falou calmamente, mas o interior do bar era estreito, fazendo com que sua voz baixa ecoasse por dentro. Os clientes do bar se voltaram para Crockta depois de ouvir creme de espaguete. Seus olhos ficaram abatidos. Os clientes estavam rindo dele.

“Um orc pedindo creme de espaguete … Isso não é uma comédia.”

“Não é um prato para garotinhas? Kukukuk … ”

“Será que ele também pedirá suco de morango e um parfait de kiwi? Kelkel …”

As sobrancelhas de Crockta se contraíram.

O dono do bar também riu, como achou absurdo, antes de entrar na cozinha. Ele colocou a manteiga na frigideira, serviu em caldo de galinha e agitou-a rapidamente, de modo que não havia aglomerados sólidos. Ao mesmo tempo, ele preparou 160 gramas de espaguete e cozinhou-o em três vezes a quantidade de água, enquanto também cozinhava bacon em outra panela.

Era uma receita clássica.

Crockta admirou a meticulosidade do mestre enquanto também apertava os olhos para a mesa dos clientes que estavam rindo dele.

Eles estavam comendo pratos de porco e bebendo álcool forte. Eles colocaram pedaços grossos na boca e chuparam os dedos gordurosos. Seus olhos estavam cheios de arrogância enquanto olhavam para Crockta enquanto mastigavam a carne. Então eles engoliram o álcool.

“……”

Ele tinha que admitir isso. Eram homens ásperos, homens reais. Ele estava comendo creme de espaguete no lugar sagrado desses homens. Crockta encontrou-se cada vez mais pequeno no primeiro andar. Aquele que era cego para romance e namoro havia pedido um creme de espaguete!

A comida que ele pediu saiu, e Crockta descobriu o garfo e a colher envolvidos em um guardanapo. Ele parou o dono e disse: “Espere.”

“……?”

O dono olhou para ele com um olhar desdenhoso, como se seu cliente estivesse sendo problemático. Crockta disse: “Pauzinhos.”

“… Hoh.”  Seus olhos mudaram.

“Pauzinhos.”

A atmosfera no bar foi mudada na declaração de Crockta, tornando-se uma onde as outras pessoas o reconheceram como um homem.

“Eu pensei que ele colocaria o garfo e a colher na tigela para girar o espaguete.”

“Talvez isso seja bom para seu gosto?”

“Eu também quero comer comidas gordurosas às vezes. Kukuk.”

Eles assentiram enquanto colocavam ovos cozidos em suas bocas e mastigavam. Crockta também engoliu o espaguete usando os pauzinhos. Ele mastigou e pediu whisky. Ele engoliu o copo de whisky entregue pelo dono.

“Kuoh.”

Crockta era agora um irmão do bar depois de beber o álcool.

“Ah, certo.”

Ele tinha sido varrido na atmosfera. Ele tinha uma missão separada. Crockta olhou de novo para o papel.

[Entre no bar e peça creme de espaguete. Então, peça pauzinhos em vez de um garfo para comê-lo com.

Depois disso, pegue uma linha do espaguete e use-a para desenhar um triângulo invertido na mesa.

Então eles lhe darão acesso.]

“……!”

Foi um grande problema. Crockta já tinha comido todo o seu creme de espaguete. Ele ergueu com força a mão que não iria subir. O dono olhou para Crockta e aproximou-se, colocando uma mão no ombro de Crockta.

“Hey, Macho Orc. Você quer algo para beber agora?”

Crockta falou em um tom hesitante, “Cr …”

“Cr?”

“Creme de espaguete… mais um …”

O olhar do proprietário tornou-se frio.

“……”

Crockta olhou para baixo. O dono voltou para a cozinha sem falar. Quando ele olhou em volta, os outros clientes também estavam chacoalhando suas cabeças para Crockta.

Crockta ficou envergonhado. Ele prometeu que assim que ele obtivesse informações da aliança, ele comeria um porco inteiro aqui. No final, Crockta comeu o creme de espaguete novamente com os pauzinhos e desenhou um triângulo invertido na mesa.

“……”

Os olhos do proprietário mudaram quando viu o símbolo. O proprietário caminhou em direção a Crockta e bateu na mesa.

“Hey, Orc.”

“……”

Crockta virou-se para ele. O dono acenou, “Venha aqui.”

Então ele abriu uma porta em um canto do bar e entrou. Crockta olhou após ele com uma expressão sombria e seguiu enquanto os clientes do bar incomodavam o orc.

“O que você fez Orc? Você vai ser batido?”

“Não chore enquanto você estiver sendo espancado. Kelkel.”

“Se você aguentar, então vou comprar para você algum creme de espaguete e um pouco de suco de morango também. Kikik!”

Eles cavaram de volta em sua carne de porco com a certeza de que eles estavam comendo comidas viris.

O interior da sala era maior que Crockta pensou. O dono do bar puxou algo no chão e revelou uma escada que levava ao porão. Parecia bastante profundo. Ele olhou para Crockta e desceu.

Profundamente no subterrâneo, havia uma sala escura e mal iluminada que parecia que era para fins de investigação. Dentro havia uma mesa com duas cadeiras voltadas uma para a outra. Cada um sentou-se e Crockta perguntou: “A calcinha é a marca da aliança?”

“É a nossa crença.”

“Calcinhas?”

“É a crença da aliança de informações que eles podem até descobrir a cor da calcinha de alguém.”

“……”

“Há algumas filiais que estão envergonhadas e usam o triângulo invertido, mas eu respeito a tradição.”

Era estranho, mas fazia sentido. Crockta assentiu. “Em qualquer caso, eu vim comprar informações.”

“Que informação você quer, Crockta?”

“……!”

Crockta ergueu o olhar. Esse homem já conhecia o nome de Crockta. O homem riu e continuou: “Você quer perseguir o resto do Clã Descongelada Balhae?”

“……!”  Crockta rapidamente concordou. “Sim, realmente ótimo. Eu posso acreditar que você é um membro da aliança de informações.”

“A informação sobre o clã Descongelada Balhae custa 20 ouro ou 30 ouro.”

“Qual é a diferença?”

“Eu vou deixar você saber se você tiver o dinheiro.”

Crockta assentiu com os braços cruzados. “É muito caro.”

“O pagamento precisa ser antecipado.”

“…Aqui.”

Crockta tirou algum dinheiro. Ele não sabia que ele iria pagar 30 ouro, então não restava muito dinheiro. “Agora, deixe-me saber a diferença.”

“20 ouro é para a informação atual, enquanto 30 ouro lhe dará mais informações para o futuro.”

“Você quer dizer?”

“A localização exata deles ainda é desconhecida, mas nós os observaremos e continuaremos acumulando informações. Vou lhe fornecer qualquer informação que obtivermos no futuro.”

Crockta balançou a cabeça. “Como posso confiar em você? E se você falhar?

“Falhar…”

O homem da aliança de informações se levantou do assento antes de se virar para a parede atrás dele. Ele colocou sua mão dentro do buraco na parede. O som de alguém que se movia poderia ser ouvido por dentro. Quando ele finalmente tirou a mão, ele estava segurando um pedaço de papel nele.

A aliança de informações deve estar além dessa sala. O homem entregou o pedaço de papel para Crockta.

“Luin.”

“Luin?”

“Esse é o novo nome de Grom, aquele que você está rastreando.”

O rosto de Crockta ficou duro. Ele verificou o papel que o homem lhe deu. Sobre o nome ‘Luin’, uma descrição aproximada de sua aparência, e alguma outra informação sobre isso.

“Você sabe que aqueles amaldiçoados pelas estrelas podem mudar sua aparência?”

“……”

“É difícil de acreditar, mas é verdade. Eles perdem todas as suas habilidades e aparecem com um novo visual. O orc Grom, aquele que te traiu e Lenox, tornou-se humano. Nós também não podemos acreditar nisso. A maldição das estrelas é um fenômeno realmente desconhecido.”

Crockta ouviu suas palavras. O homem parecia ter uma compreensão sutil dos usuários. Os NPCs agarraram gradualmente as características dos usuários. Crockta mais uma vez sentiu que Lorde Ancião era misterioso.

Eles realmente eram apenas IAs em um jogo? Os personagens tridimensionais que ele conheceu apenas farsas projetadas para o jogo ser apreciado?

“Vá para o Templo do Deus Caído.”

A voz de Gordon foi ouvida novamente. Crockta teve uma forte sensação de que deveria ir ao Templo do Deus Caído.

Crockta disse: “Sim, eu vou acreditar em você. Então vou comprar mais uma informação.”

“O que é?”

“Você sabe sobre o Templo do Deus Caído?”

Ele olhou para Crockta, sem esperar essa pergunta.

“Templo do Deus Caído … Eu não tenho nenhuma informação sobre isso. O norte está muito além da nossa influência.” O norte, uma terra áspera onde os ogros perambularam livremente e os wyverns voaram através dos céus. “Eu conheço a localização aproximada porque não é difícil de encontrar. Eu posso obtê-la de qualquer forma. Eu vou lhe dar de graça.”

“Obrigado.”

“Você quer dizer que vai para o norte?”

Crockta assentiu. O homem olhou para Crockta. Tatuagens em todos os lugares e um corpo robusto. Uma excelente grande espada. Era a aparência de um homem poderoso digno dos rumores. Ele estava qualificado para se dirigir para o norte.

“Quando você voltar do norte, terei informações sobre o clã Descongelada Balhae prontas.”  O homem sorriu.

“Entendo. A informação atual foi enviada para a caixa postal da Companhia de Ferraria.”

A aliança de informações já sabia que Crockta tinha uma conta. Crockta já havia feito ela hoje por causa de Stella, mas eles já sabiam dela. Isso significava que havia uma fonte de informação dentro da Companhia de Ferraria. Talvez fosse o estagiário de Stella.

Crockta assentiu e se levantou. O homem falou: “Se você estiver indo para o norte, então você pode querer descobrir mais informações de Quantes.”

Quantes era uma cidade localizada nas margens do norte. Crockta entrou no nome de Quantes em sua cabeça.

Crockta subiu as escadas com o dono e entrou no bar, onde os clientes anteriores do bar ainda estavam presentes. Eles olharam entre Crockta e o dono do bar com entusiasmo nos olhos.

“O que, nenhum golpe foi trocado?”

“Ele parece bem.”

Os clientes disseram com decepção.

Crockta falou com o funcionário da aliança de informações e dono do bar,  “Hey.”

“……?”

Ele olhou para Crockta por um momento. Foi um sinal para não dizer nada sobre a aliança de informações. Mas Crockta não estava tentando falar sobre isso.

“Um porco assado, é possível obter isso aqui?”

“……!”

Os clientes do bar ficaram atordoados com as palavras de Crockta.

“Eu gostaria de comer um porco assado inteiro.”

O dono do bar olhou para Crockta com surpresa antes de rir. “Você pode pagar?”

“Claro.”

Crockta olhou para os clientes que riram dele e disseram: “É diferente de comer um sanduíche que só contém alguns pedaços de porco.”

“……!”

Os seus rostos distorceram, mas não podiam fazer desculpas.

O dono do bar entrou na cozinha para preparar um porco assado. Em um canto da cozinha, havia um sistema completo de churrasco com ventilação. Ele colocou um porco em um espeto e começou a cozinhá-lo. O grande cheiro de carne de porco encheu o interior do bar.

“Hum, hum. Nós estamos indo.”

“Sim.”

“Coma deliciosamente, irmão orc.”

Os clientes beberam o álcool restante e tentaram escapar do bar como se estivessem fugindo. Crockta chamou-os.

“Hey vocês.”

“Sim…?”

Eles olharam para Crockta. Crockta gesticulou para a cozinha e perguntou. “Vocês não vão comer?”

“……!”

Pararam. Está certo. O orc era um homem.

Eles riram e provocaram-no sobre o suco de morango, mas um homem de verdade não se importaria. Ele esqueceu tudo sobre antes e convidou-os sem qualquer hesitação. Não seria viril se eles recusassem o convite.

“Isso é … nós perdemos.”

“Orc, você é um homem de verdade.”

“Eu conheci um homem decente. Kikikik.”

Eles voltaram a se virar. Juntando-se com Crockta, comeram carne de porco e beberam vinho. O dono do bar se juntou a eles mais tarde.

A comunhão entre homens!

Foi o último jantar que Crockta apreciou antes de se dirigir para o norte para encontrar o Templo do Deus Caído.

Comentários